Brasil na semifinal do Mundial Sub 17

PORTAL DA CBF

Mais uma missão cumprida com sucesso pela Seleção Brasileira Sub-17! Na noite dessa segunda-feira (11), o Brasil venceu a Itália por 2 a 0 e carimbou a vaga rumo às semifinais da Copa do Mundo da categoria. No Estádio Olímpico de Goiânia, Patryck e João Peglow marcaram os gols da classificação brazuca. 100% na competição, com cinco vitórias em cinco jogos, a Canarinho vai encarar a França na próxima fase. O duelo decisivo será na quinta-feira (14), às 20h (de Brasília), no Bezerrão.

O jogo

Dono absoluto dos primeiros minutos, o Brasil começou a partida em ritmo alucinante, marcando pressão e controlando a posse de bola. A primeira chance veio aos quatro minutos de jogo. Kaio Jorge deu ótimo passe para Pedro Lucas, que soltou o pé para boa defesa do goleiro Molla. Mas logo na sequência, o arqueiro italiano nada pôde fazer contra a finalização certeira de Patryck. O lateral recebeu lançamento de Pedro Lucas, saiu em velocidade e surpreendeu Molla ao bater direto para o gol, aos cinco: 1 a 0 e festa brasileira em Goiânia. Aos poucos, a Itália equilibrou as ações e tentou responder com Tongya, Pirola e Brentan. Retomando o domínio ofensivo, a Canarinho voltou a pressionar. Talles Costa e Henri esbarraram na defesa adversária. Até que, na marca dos 39, Peglow ampliou para a Seleção Brasileira. Em contra-ataque bem trabalhado, Pedro Lucas encontrou o camisa 10 pela direita, que bateu cruzado e saiu para o abraço: 2 a 0.

Correndo atrás do prejuízo, a Itália teve mais a bola no início do segundo tempo, mas foi o Brasil que assustou primeiro. Aos 11, Yan arriscou o chute de fora da área, Kaio Jorge tentou o desvio, mas Molla fez a defesa. Três minutos depois, a seleção italiana chegou com perigo em cruzamento rasteiro de Ruggeri, que Cudrig não aproveitou. O terceiro da Canarinho quase saiu aos 14. Gabriel Veron roubou a bola, driblou o marcador e bateu rasteiro para mais uma boa participação do goleiro italiano. A Seleção Brasileira seguiu no ataque e, aos 22, foi a vez de Talles Costa fazer grande jogada individual. O meia apareceu pela direita, invadiu a área e tocou para Pedro Lucas pegar de primeira mandando rente à meta adversária. Na sequência, Molla salvou a Itália de novo após mais uma finalização de Patryck. Já aos 36, Donelli operou um milagre dentro da área para salvar o Brasil depois de chute Gnonto. Confortável no jogo, a Canarinho soube administrar o resultado para sair de campo com mais uma vitória e vaga carimbada para as semifinais.

Brasil: Matheus Donelli; Yan, Henri, Luan Patrick, Patryck; Daniel Cabral, Talles Costa, Pedro Lucas (Sandry); Gabriel Veron (Matheus Araujo), Kaio Jorge e João Peglow (Gustavo Garcia). Técnico: Guilherme Dalla Déa

A garotada carimbou o passaporte para a semifinal e festejou com entusiasmo (Foto: Alexandre Loureiro / CBF)
OBSERVAÇÃO – Querendo ser notificado sempre que este jornal for atualizado, deixe um comentário com o seu nome e número do zap.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *