Perseverance, da NASA, começa de vez sua primeira missão científica em Marte - Por dentro do RN
Perseverance, da Nasa, inicia sua missão

Perseverance, da NASA, começa de vez sua primeira missão científica em Marte

O Perseverance, ou Percy para os mais íntimos, pousou dentro da cratera Jezero, em Marte, ainda em 18 de fevereiro, com o helicóptero Ingenuity acoplado em sua “barriga”.

Porém, somente agora, após a atualização de todos os seus sistemas e a conclusão da missão de demonstração de tecnologia do Ingenuity, o Perseverance começou a se dedicar integralmente à sua própria missão científica, que se concentra na busca por sinais da antiga vida em Marte e na coleta de amostras para retornar à Terra no futuro.

O Ingenuity, por sua vez, teve a sua missão estendida e requer menos suporte e supervisão para continuar operando.

Essa mudança começou em 1º de junho, quando o Perseverance deixou a zona onde pousou em fevereiro. “Estamos colocando a fase de comissionamento e o local de pouso em nosso retrovisor e seguindo adiante na estrada”, disse Jennifer Trosper, a nova gerente de projeto da JPL.

“Nos próximos meses, o Perseverance vai explorar um pedaço de chão da cratera de 4 quilômetros quadrados”, concluiu Trosper. As amostras que forem coletadas nessa nova cratera voltarão à Terra em alguma missão futura e serão as primeiras coletas realizadas por um rover na superfície de outro planeta.

O Perseverance irá explorar duas unidades geológicas distintas em seu caminho: a “Crater Floor Fractured Rough”, que possui muitos leitos rochosos antigos e expostos, e a cratera “Séítah”, que também possui leitos rochosos, mas também possui cristas e dunas de areia, entre outras características.

“Para fazer justiça a ambas as unidades no tempo alocado, a equipe criou a versão marciana de um mapa estilo clube de automóveis antigo”, disse o astrobiólogo Kevin Hand, co-líder da campanha científica junto com a cientista do JPL, Vivian Sun. Segundo os cientistas, a exploração do solo marciano tem uma rota planejada, com desvios previstos para evitar possíveis obstruções; além de áreas de interesse que, a depender da situação, podem ser estudas.

Se tudo correr de acordo com o planejado, o Perseverance irá coletar e armazenar uma ou duas amostras de cada um dos quatro locais definidos – pontos que a equipe dizem que melhor capturam a história e evolução de Jezero, que hospedou um grande lago e um longo delta de rio atrás.

“Começar com as unidades geológicas de ‘Crater Floor Fractured Rough’ e ‘Séítah’ nos permite começar nossa exploração de Jezero bem no início”, disse Hand. “Esta área estava abaixo de pelo menos 100 metros de água, há 3,8 bilhões de anos. Não sabemos que histórias as rochas e afloramentos em camadas nos contarão, mas estamos ansiosos para começar”, conclui.

Depois de concluir o trabalho em “Crater Floor Fractured Rough” e em “Séítah”, o Perseverance voltará ao local de pouso, que a equipe da missão batizou em homenagem à famosa autora de ficção científica Octavia E. Butler.

O veículo espacial movido a energia nuclear irá então rolar para o norte e oeste em direção ao local de sua segunda campanha científica: o delta de Jezero.

Após adiamentos, helicóptero da NASA faz primeiro voo em Marte - Mundo -  SBT News
Ingenuity visto a partir do Perseverance

Aqui na Terra, os deltas são conhecidos por melhor armazenarem compostos orgânicos e sinais de vida, então a equipe da missão está ansiosa para ver o que os antigos depósitos do rio de Jezero contêm.

A missão do Perseverance está programada para durar pelo menos um ano em Marte, que equivale a cerca de 687 dias terrestres. Mas o robô pode continuar vagando por muito mais tempo, se o sucesso do Curiosity servir de guia.

O Perseverance foi fortemente remodelado após o rover Curiosity, também da NASA, que continua a explorar a cratera Gale de Marte hoje, quase nove anos após tocar o solo em agosto de 2012.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado Vulcão Cumbre Vieja em La Palma não dá sinais de abrandamento Cocaína no Ceará tem tudo, menos o princípio ativo da droga