Ex-‘Tiazinha’ desabafa sobre fãs não aceitarem seu envelhecimento

Suzana Alves, atriz que ficou famosa por interpretar a personagem Tiazinha, fez um desabafo durante entrevista ao canal Rap77 do YouTube, falando sobre como os fãs não entendem que ela envelheceu e deixou de ser um símbolo sexual.

“Eu acho que poucas pessoas não aceitaram esse meu amadurecimento. A realidade é que tenho 42 anos e os cabelos brancos começaram a nascer nessa idade, quando não há uma genética em que a pessoa comece com 20 anos. Normalmente, com a maturidade, a mudança hormonal e fisiológica começa aos 35 anos. E o cabelo grande eu sempre escondi. Antes de crescer um pouquinho, eu ia lá e fazia a raiz. Eu venho nesse momento de uma vida, assim, natural”, começou.

Agora, aos 42 anos, Suzana está no elenco de “Gênesis”, da Record TV, e revela que prefere uma aparência mais natural. “Eu gosto de não fazer plástica, de não tomar nada que modifique meu corpo, que não modifique minha essência. Sempre gostei de produtos naturais para a pele. Óleos essenciais, chá (…) Então, o cabelo branco foi natural dessa essência”, contou.

E, ao contrário do que muitos acreditam, a atriz não gostava de ser associada a um símbolo sexual. “Minhas amigas todas ficaram famosas: Mariana Ximenes… Tudo amiga minha. A gente cresceu junto, fizemos comerciais juntas. Ficamos famosas. Só que elas foram fazer novela e eu virei um símbolo sexual, um ícone pop, um mito, e falei: “E agora? O que eu faço? E os meus sonhos?” Sempre tive muita inteligência emocional de não perder a minha essência. Virei uma estrela mas não queria me permitir ser uma estrela na vida real. Mas fiquei em conflito porque eu não tinha mais acesso a nada e a ninguém”, finalizou.

Do IstoÉ Gente
Foto: Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.