Jeff Bezos

Blue Origin faz últimas revisões antes do voo de Jeff Bezos ao espaço nesta terça-feira

A empresa de voos espaciais do bilionário Jeff Bezos, Blue Origin, concluiu as revisões voo para o seu primeiro voo tripulado, que enviará o bilionário e três outros tripulantes para o espaço suborbital em uma nave chamada New Shepard. A missão histórica está programada para esta terça-feira, 20 de julho, data na qual comemora-se o 52º aniversário da aterrissagem da Apollo 11 na Lua.

“Analisamos todos os sistemas do veículo, incluindo hardware, software e procedimentos”, disse o diretor de voo da Blue Origin, Steve Lanius, durante uma coletiva de imprensa neste domingo, 18 de julho. “No momento, não há quaisquer pendências e a New Shepard está pronta para voar”, concluiu. A previsão do tempo também parece que irá cooperar; e mostra apenas uma remota chance de chuvas e trovoadas nas primeiras horas da manhã de terça-feira. As condições de tempo na hora do lançamento, todavia, devem ser boas.

A New Shepard foi projetada para transportar pessoas e cargas úteis em viagens curtas ao espaço suborbital. Quatro veículos diferentes da New Shepard foram lançados em 15 voos de teste suborbitais até o momento, mas a missão de terça-feira será a primeira a transportar tripulantes.

Foto: Reprodução/Blue Origin

A equipe consiste em Jeff Bezos, fundador da Amazon e da Blue Origin, esta última em 2000; seu irmão Mark Bezos, o aviador veterano Wally Funk e Oliver Daemen, de 18 anos, o primeiro cliente pagante da empresa. Funk, de 82 anos, se tornará a pessoa mais velha a chegar ao espaço, e Daemen será a mais jovem.

Bezos será o segundo bilionário a atingir o espaço suborbital em menos de duas semanas. Em 11 de julho, o fundador do Virgin Group, Richard Branson, voou até a fronteira final da atmosfera no primeiro voo totalmente tripulado a bordo da VSS Unity, da Virgin Galactic .

O preço para voar pela Virgin Galactic foi de US$ 250.000. A Blue Origin não revelou quanto está cobrando por um assento. A empresa realizou um leilão especial para um assento no voo de terça-feira, que foi ganho por alguém que prometeu US $ 28 milhões. O comprador, ainda misterioso, desistiu da missão devido a conflitos de agendamento.

Foto: Reprodução/Blue Origin

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.