Stephen Harmon

Homem ironiza vacinação e morre de Covid duas semanas depois: ‘não sei quando vou acordar; por favor, orem’

Um morador de Los Angeles chamado Stephen Harmon morreu duas semanas após ironizar o incentivo da população americana à vacinação. Em seu perfil no Twitter, Herman chamou de “Testemunhas da Covid” os americanos que “saiam de porta em porta” conscientizando os moradores sobre a importância das vacinas no combate à propagação da Covid-19.

Os “inspetores” de vacinas de porta em porta realmente deveriam ser chamados de Testemunhas JaCovid.

A postagem foi realizada em 8 de julho e, cerca de duas semanas depois, Stephen Harmon afirma que está indo para a UTI devido à infecção pela SARS-CoV-2. Durante a internação, o homem muda o tom e pede orações aos seguidores. Informações dão conta que Harmon não resistiu à intubação e faleceu.

Estou optando pela intubação, lutei contra isso o máximo que pude, mas infelizmente chegou a um ponto de escolha crítica e, por mais que eu odeie ter que fazer isso, prefiro que seja boa vontade do que um procedimento de emergência forçado. Não sei quando vou acordar, por favor, orem.

Ainda não consigo respirar sozinho e realmente luto para retomar qualquer capacidade. Preciso de cuidados físicos 24 horas por dia, 7 dias por semana para as funções humanas mais básicas, como beber água. Por favor, continuem orando para que meu corpo responda aos medicamentos e a esse lixo com agilidade no processo e dê o fora do meu sistema. Minha equipe tem sido ótima no hospital, mas definitivamente está começando a me afetar fisicamente, emocionalmente e mentalmente. Acreditando e precisando de um milagre em grande estilo aqui.

Foto: Reprodução/Twitter

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.