Inundações em Nova York fazem prefeito declarar estado de emergência na cidade

Inundações em Nova York fazem prefeito declarar estado de emergência na cidade

Nova York declarou ontem (2) estado de emergência, depois de a Região Nordeste dos Estados Unidos (EUA) ter registrado fortes ventos e chuvas ainda associadas ao Furacão Ida que causaram inundações significativas. Na cidade de Nova York, praticamente todas as linhas do metrô foram suspensas.

“Estamos vivendo um evento climático histórico com chuva recorde em toda a cidade, inundações brutais e condições de estrada perigosas”, afirmou o prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio, em declarações à imprensa. Tanto De Blasio quanto a governadora do estado, Kathy Hochul, observaram que as fortes chuvas deixaram a região numa “situação terrível”.

“Tomamos todas as precauções necessárias e mobilizamos recursos, mas a `mãe natureza` faz o que quiser, e esta noite ela ficou muito zangada”, disse Hochul à CNN. De Blasio chegou ao ponto de proibir o tráfego rodoviário em Nova York até as 5h (hora local), após o Serviço de Meteorologia Nacional ter recebido “muitas informações de salvamentos e motoristas presos pela água”.

O governador do estado vizinho de Nova Jersey, Phil Murphy, também declarou estado de emergência, enquanto o Aeroporto Internacional de Newark cancelou todos os voos e as ferrovias da região suspenderem quase todos os serviços.

Com informações da Agência Brasil

Foto: Jerry Lai/USA TODAY Sports/Direitos reservados

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.