Paulinho Freire presta contas na FECAM/RN, por Thiago Martins - Por dentro do RN
Paulinho Freire presta contas na FECAM RN, por Thiago Martins

Paulinho Freire presta contas na FECAM/RN, por Thiago Martins

Por Thiago Martins
Para o Por Dentro do RN

O presidente da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (Fecam/RN) realizou uma prestação de contas da entidade junto aos filiados na sexta-feira (19 de novembro) em Natal. Presidentes de Câmaras de todo o estado acompanharam as informações prestadas por Paulinho, além da análise das ações da entidade. Ponto positivo e um exemplo a ser seguido por todas as federações.

1ª prova: chegar a UFRN

Neste domingo, 21, foram aplicadas as primeiras provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2021). Diferente dos anos anteriores, quando dezenas de linhas de ônibus iam até a UFRN para o garantir o transporte dos estudantes que realizam a prova no local, neste ano, a STTU determinou que apenas duas linhas adentrem a Universidade. Para quem utiliza o transporte público de Natal, a primeira prova deste Enem foi, sem dúvidas, chegar à UFRN em meio a uma frota tão escassa.

Petigorando

Nem mesmo a linha Circular do Campus, que funciona de forma gratuita saindo do Via Direta até a Universidade, circulou. Isso por que as empresas de ônibus de Natal resolveram “entregar” a linha. Há meses a UFRN ‘petigora’ (por que não dizer “implora”?) pelo retorno do transporte na Universidade, em diversas reuniões não apenas com a Prefeitura, mas com órgãos de fiscalização. Até agora, sem qualquer ação que determine o retorno da linha.

Incêndio controlado?

O governo Fátima Bezerra (PT) passou pelas suas piores semanas, com uma sucessão de crises complicadas que afetaram muito a imagem do executivo estadual. A morte de um senhor que teve o atendimento recusado na porta do Hospital Walfredo Gurgel, a greve dos anestesistas (e consequentemente os hospitais lotados), a CPI da Covid na Assembleia com sessão secreta e um show a parte, ameaça da suspensão das atividades no Aeroporto de Mossoró e ainda a prisão do coordenador da Segurança Pública, Ivênio Hermes.

Em meio a tudo isso, a governadora estava na Dinamarca, participando de eventos estratégicos para o Estado. Não deu outra… foi um prato cheio diante de um período tão conturbado. A fumaça permaneceu, com a associação do governo ao cancelamento dos shows da Festa do Boi – erro gravíssimo da Anorc, associação responsável pela feira, na escolha da empresa responsável pelas apresentações. O incêndio ainda não foi totalmente controlado.

Mudanças

De toda forma, o governo Fátima iniciou as mudanças no secretariado, através da troca no comando da comunicação, com a saída de Guia Dantas, que passa a ser responsável pela assessoria da governadora, e o ingresso de Daniel Cabral para a pasta, estratégica no trato com a sociedade e apresentação das ações do governo. Segundo fontes ligadas à Governadoria, foi a primeira de uma reforma administrativa que vai acontecer na gestão estadual.

Escolham seus lados

Outro quadro que deixou o governo – este em definitivo – foi o secretário adjunto da Infraestrutura, Haroldo Azevedo Filho. Haroldinho entregou o cargo que ocupava desde o início da gestão de Fátima para acompanhar o pai, empresário Haroldo Azevedo, que trocou a pré-candidatura ao Senado por uma disputa pelo Governo do Estado, sendo um dos nomes que vai rivalizar com a governadora. Haroldo foi suplente do senador Geraldo Melo na década de 1990 e, entre outras áreas, é dono das rádio 94 e 97 FM de Natal.

PSDB dividido

As assessorias dos deputados até que tentam mostrar a unidade do PSDB potiguar em torno do nome do governador paulista João Doria, em sua disputa à vaga no Planalto, mas o sentimento forte nas bases é pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

E Moro, hein?!

De volta ao Brasil e já inserido no cenário político nacional, o ex-juiz da operação Lava Jato já está dando trabalho a quem estava no jogo. Entre os três mais bem colocados – Bolsonaro, Lula e Ciro – há sinal de luz amarela com os próximos passos de Moro, e a tendência é um combate dos três – mesmo que de forma independente – para desidratar o candidato desde já.

Me diz com quem tu andas…

No RN, o aliado de Moro é o senador Styvenson, do mesmo partido ao qual o ex-juiz se filiou, o Podemos.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Sobre Thiago Martins, colunista do Por Dentro do RN

Thiago Martins

Thiago Martins tem 28 anos, é jornalista formado pela UFRN e atua do jornalismo político no Estado. Apesar de sua maior dedicação ser na área de Assessoria de Comunicação, observa e acompanha as principais ações políticas do Rio Grande do Norte, do Brasil, e do mundo, e escreve nesta coluna a respeito do tema. É proibida a reprodução total ou parcial deste texto sem autorização do autor e sem a inserção dos créditos, de acordo com a Lei nº 9610/98.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado Vulcão Cumbre Vieja em La Palma não dá sinais de abrandamento Cocaína no Ceará tem tudo, menos o princípio ativo da droga