A cidade de Houston, no Texas, sedia convenção de armas após massacre em escola nos EUA - Por dentro do RN
Texas sedia convenção de armas após massacre em escola nos EUA

A cidade de Houston, no Texas, sedia convenção de armas após massacre em escola nos EUA

Após um violento massacre por arma de fogo em uma escola primária no Texas, nos Estados Unidos, deixar 21 mortos, o estado recebe, a partir desta sexta-feira (27.mai.2022), a convenção de armas da Associação Nacional do Rifle (NRA). O evento anual acontece em Houston, que fica a 500 quilômetros de Uvalde, cidade onde o crime ocorreu.

Ao comentar o atentado, nessa quinta-feira (26.mai.2022), a organização disse que o atirador era “um criminoso isolado e problemático”. Além disso, afirmou que vai refletir sobre o massacre durante o evento, que tem início ao mesmo tempo em que o país debate a adoção de uma legislação mais rígida sobre o tema.

Identificado como Salvador Ramos, de 18 anos, o autor do tiroteio era um estudante do ensino médio e fugiu da casa onde vivia com os avós. Pessoas próximas ao atirador confirmaram à imprensa local que ele sofria bullying durante a adolescência e tinha problemas familiares. Na escola, ele era alvo de provocações por ser gago.

Cancelamento

Previamente confirmado, o dono da empresa do fuzil utilizado por Salvador para dizimar dezenas de vidas, Daniel Defense afirmou através de um porta-voz que não comparecerá à convenção de armas. O empresário também restringiu o acesso às suas publicação no Twitter, porque uma postagem na qual uma criança segurava um fuzil repercutiu muito mal após a chacina.

Dias após o massacre, em 16 de maio, Defense havia postado uma foto publicitária de uma criança segurando um rifle AR-15. “Ensina a criança no caminho que deve andar e, quando envelhecer, não se desviará dele”, dizia a legenda, em menção a uma passagem bíblica.

Segundo a imprensa norte-americana, o empresário afirmou que o momento não seria adequado para a exposição dos produtos “devido à horrível tragédia de Uvalde, onde um dos nossos produtos foi utilizado de maneira criminosa. Acreditamos que não é apropriado promover nossos produtos nesta semana”, reiterou.

Autodeclarado armamentista, o ex-presidente Donald Trump é um dos que já confirmaram presença na feira de armas de fogo. “Os Estados Unidos precisam de verdadeiras soluções e de uma verdadeira liderança neste momento, não de políticos e declarações partidárias”. “É por isso que respeitarei meu engajamento de falar na convenção de armas no Texas”, afirmou o político.

Do Metrópoles
Foto: Ilustração/Spencer Platt/AFP

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado