Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave sobem 135% no Brasil

Casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave sobem 135% no Brasil

De acordo com o boletim InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado na última sexta-feira (15.jan.2022), houve um aumento de 135% nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) das últimas três semanas de novembro em relação às três últimas semanas. Os casos passaram de 5,6 mil casos para 13 mil.

Ao comentar o caso, o pesquisador Marcelo Gomes, responsável pelo InfoGripe, afirmou que “a velocidade com que a covid-19 se espalha entre a população cresceu semanalmente de 4% para 30%”, disse.

Segundo os dados, houve crescimento em todas as faixas etárias a partir de 10 anos de idade, desde o final de novembro e início de dezembro até o momento atual. O boletim considera que o aumento da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) foi consequência tanto da epidemia de gripe quanto pela retomada do crescimento de casos de covid-19.

Foto: Reprodução/Débora Barreto/Fiocruz

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.