Mesmo com bandeira vermelha, consumo de energia cresce no Rio Grande do Norte

Mesmo com bandeira vermelha, consumo de energia cresce no Rio Grande do Norte

Apesar da bandeira vermelha patamar 2 vigente na conta de energia das famílias brasileiras, o consumo no Rio Grande do Norte aumentou no mês de julho. O estado registrou 732 megawatts médios, volume 12% maior que o registrado no mesmo mês do ano passado. Entre os estados brasileiros, o RN lidera o ranking de maior aumento do índice na comparação com igual período de 2020.

O dado integra um levantamento da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), e ainda tem caráter preliminar.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mantém desde o mês de julho a bandeira vermelha patamar 2. Isso significa que, para cada 100kWh consumidos de energia elétrica, é necessário pagar R$ 9,492. De acordo com as previsões da Agência, a tarifa atual, que é considerada a mais cara, será mantida até novembro deste ano.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.