Tag coronavírus - Por dentro do RN

coronavírus

Ômicron no Brasil - Governo de São Paulo confirma nova variante em paciente que não saiu do país

Ômicron no Brasil: Governo de São Paulo confirma nova variante em paciente que não saiu do país

Esse é o sétimo caso confirmado de Ômicron no Brasil, sendo o quarto em São Paulo. Os demais foram identificados no Distrito Federal (2) e no Rio Grande do Sul (1).

Um morador de São Paulo, de 67 anos de idade, que não viajou recentemente para o exterior, teve confirmada infecção pela variante Ômicron do coronavírus, informou neste sábado (11) a Secretaria Estadual de Saúde, acrescentando que ainda não é possível confirmar se a situação configura transmissão local da nova linhagem do coronavírus.

Segundo a secretaria, o homem tem esquema vacinal completo contra a covid-19, inclusive com dose de reforço, e apresentou apenas sintomas leves. “O paciente teve diagnóstico positivo para covid-19 no dia 7 de dezembro, após realizar um teste de PCR, e sua amostra foi submetida a sequenciamento genético, tendo a Ômicron como resultado. Ele está realizando isolamento domiciliar”, acrescentou a secretaria em nota.

Após a confirmação da nova variante, pessoas que tiveram contato com o paciente estão sendo procuradas para determinar se o caso representaria transmissão local da Ômicron. “Ainda não é possível confirmar se a situação configura transmissão local, justamente porque está em curso esse mapeamento de contatos”, disse a secretaria.

Esse é o sétimo caso confirmado de Ômicron no Brasil, sendo o quarto em São Paulo. Os demais foram identificados no Distrito Federal (2) e no Rio Grande do Sul (1). Todos esses casos foram confirmados em passageiros que chegaram ao país já infectados com a nova variante, que foi descoberta no sul da África.

A Ômicron tem gerado temores de que a grande quantidade de mutações na proteína spike do coronavírus, usada pelo vírus para infectar as células, possa significar que a variante escape da imunidade induzida por vacinas.

Alguns fabricantes de imunizantes, no entanto, afirmam que, embora seja possível que as vacinas existentes sejam menos eficazes contra a Ômicron, é provável que protejam os infectados pela nova variante contra quadros graves da covid-19.

Com informações da Agência Brasil

Foto: Reuters/Dado Ruvic/Direitos Reservados

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pacientes não vacinados são a maioria dos internados por covid-19

Pacientes não vacinados completamente são a maioria dos internados por covid-19

A cada dez hospitalizados por causa da covid-19, oito não haviam completado o esquema vacinal ou estavam totalmente desprotegidos. Os dados são de um levantamento realizado junto aos estados e capitais, somados ao Distrito Federal, em ao menos cinco estados, compilados pelo O Globo. De acordo com o jornal, capitais de outras três unidades da federação têm entre sete e nove pacientes sem imunização a cada dez internados.

Procurado pela reportagem, o Ministério da Saúde afirmou que se trata de um levantamento complexo, e que um estudo nacional ainda está em elaboração.

De acordo com a reportagem, os dados oferecidos pelos estados seguem diferentes métodos de análise: no Amazonas (onde 84,6% dos internados não tinham a imunização completa ou nem ao menos iniciada), os dados são do dia 19 de outubro. Já em Minas Gerais (85,1%), avalia-se todo o período até 26 de outubro. Na Paraíba (86,3%), também utilizam-se dados de todo o ano de 2021, assim como no Tocantins (85,7%). Já Pernambuco tem somente dados de julho (89,6%).

Nas capitais

Entre as capitais, a que indica maior relevância da vacinação entre os hospitalizados é o Rio de Janeiro: 94% dos internados atualmente na rede do município estão sem esquema vacinal completo ou nenhuma dose do imunizante. Já em Curitiba, 91% das internações até a terceira semana do mês ocorreram entre não imunizados. Em Cuiabá, entre setembro e outubro, 76% dos internados por covid-19 estavam sem vacinação. Enquanto em Recife 64,2% dos internados estavam sem registro de nenhuma dose ou tinham esquema vacinal incompleto.

Na cidade de São Paulo, o cenário é parecido: 24% dos internados não têm esquema completo, segundo a Secretaria Municipal da Saúde. Dados da Secretaria de Saúde de Campo Grande (MS) vão no mesmo sentido. Cerca de 60% dos pacientes que morreram em decorrência da Covid em setembro e outubro tinham recebido uma ou duas doses de vacina. Mas a idade da grande maioria das vítimas — 61 anos ou mais — justifica a necessidade da dose de reforço, afirma a pasta.

Cenário internacional

O jornal destaca ainda que não é só no Brasil que o impacto dos não vacinados no sistema de saúde é grande. Em Israel, o Ministério da Saúde do país divulgou a prevalência dos que não receberam a vacinação em dados de mortes e internações no último mês de setembro. Neles, é possível observar que 75% dos mortos por Covid-19 com menos de 60 anos não foram vacinados. Além disso, o governo ainda mostra que 82% dos pacientes hospitalizados em estado grave com menos de 60 anos não foram vacinados.

Outro levantamento, feito pelo departamento de saúde da Pensilvânia, nos EUA, mostra que os não totalmente vacinados representam 95% das internações e 97% das mortes, quando estende-se a lupa entre o período de janeiro a setembro deste ano.

Com informações da Agência O Globo

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Voos domésticos atingem 80% de nível pré-pandemia

Voos domésticos atingem 80% de nível pré-pandemia

Apesar da alta nos voos domésticos, voos internacionais ainda deixam a desejar no Brasil; ministro quer investir na promoção do Brasil lá fora.

Os voos domésticos já recuperaram 80% dos níveis de passageiros que havia antes da pandemia de Covid-19 no Brasil, segundo o ministro do Turismo, Gilson Machado. Em entrevista à Agência Brasil, durante visita à Expo 2020 em Dubai, nos Emirados Árabes, Machado disse que a companhia aérea Azul já até superou seus números pré-pandemia.

“O hub de Recife, por exemplo, já está com 115% de fluxo aéreo. A gente vê também as reservas nos hotéis no final do ano, não tem mais hotel praticamente no Nordeste brasileiro, nos endereços de ecoturismo, no Natal Luz de Gramado e Canela”, afirmou o ministro. Os voos internacionais, no entanto, ainda estão longe da recuperação. De acordo com Machado, as ligações aéreas com o exterior movimentam atualmente apenas 30% dos passageiros de antes da covid-19.

Gilson Machado chegou a Dubai com a mensagem de que pretende ampliar o número de turistas internacionais que viajam ao Brasil e aumentar os investimentos estrangeiros na infraestrutura de turismo do país. Ele acredita que depois da pandemia, muitos vão querer ter contato com a natureza, que seria um forte ativo brasileiro.

Mas, para isso, seria preciso investir na promoção do Brasil no exterior. “Estamos lutando por recursos para isso, porque a briga pelo turista internacional é briga de cachorro grande. O turismo é dinheiro na veia da economia. A gente vê hoje um país como o México, que tem US$ 500 milhões para divulgar seu país lá fora. Por isso que o México recebe praticamente quase dez vezes mais turistas estrangeiros que o Brasil. Nós estamos lutando junto com o Congresso Nacional, para que a Embratur tenha mais recursos”, acrescentou.

A meta é atingir um patamar de 12 milhões de visitantes internacionais, o dobro do recorde já registrado no país, que foi atingido em 2018, com 6,62 milhões. Nos dois anos anteriores, os números também ficaram próximos de 6,6 milhões. Em 2019, se esperava bater a marca de 7 milhões, devido à isenção de vistos para americanos, canadenses, japoneses e australianos.

Segundo o ministro, no entanto, a crise econômica na Argentina, principal emissor de turistas para o Brasil, representando mais de um terço do total, frustrou as expectativas, e o Brasil recebeu apenas 6,35 milhões de visitantes internacionais.


Com informações da Agência Brasil

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Variante Delta já circula em 12 municípios potiguares, afirma Sesap (RN)

Variante Delta já circula em 12 municípios potiguares, afirma Sesap; amostras foram confirmadas pela Fiocruz

Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) confirma a presença da variante Delta do novo coronavírus em 12 dos 167 municípios do Rio Grande do Norte. A confirmação ocorre após análises de de 28 amostras pela Fiocruz, com certificação positiva da nova variante em 27 delas. O número ainda poderá crescer, pois, ao todo, 34 amostras foram enviadas pela pasta.

Segundo a Sesap, o relatório com a confirmação da variante Delta foi recebido no início da tarde desta terça-feira (14) através do Laboratório Central Dr. Almino Fernandes (Lacen). As análises confirmadas foram nos município de São José do Mipibu (6), Parnamirim (4), Equador (4), São Gonçalo do Amarante (3), Nísia Floresta (3), Natal (2), além de Extremoz, Canguaretama, Jucurutu, Santa Cruz e Macaíba, com uma análise confirmada cada.

A secretaria reforça a necessidade da manutenção das medidas sanitárias e da importância de completar o esquema vacinal, pois a variante Delta está circulando por transmissão comunitária e os estudos apontam que ela conta com um alto potencial de transmissão. As equipes do setor de vigilância epidemiológica da Sesap seguem trabalhando no rastreio dos casos e no monitoramento do cenário em todo o Rio Grande do Norte.

Foto: Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Novo lote de vacina

Novo lote de vacinas da Pfizer chega ao Brasil

Um novo lote com 1.076.400 doses da vacina contra a covid-19 da farmacêutica Pfizer/BioNTech chegou ao Brasil na noite desta terça-feira (24). Os imunizantes do novo lote chegaram ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, e correspondem ao 53° lote entregue ao país pela Pfizer.

Segundo a farmacêutica, deverão ser entregues ao Ministério da Saúde mais 5.377.320 de doses da vacina, entre os dias 24 e 29 de agosto. Os imunizantes farão parte do Programa Nacional de Imunização (PNI), e serão, ao todo, cinco voos que sairão do Aeroporto de Miami, nos Estados Unidos, com destino ao Aeroporto Internacional de Viracopos.

Com os lotes anteriores já entregues ao Brasil, 53.325.090 doses da vacina já foram repassadas ao Ministério até o dia 29 de agosto, de acordo com previsão da empresa.

Foto: Kevin David/A7 Press/Estadão Conteúdo

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

População adulta vacinada

Presidente Bolsonaro afirma que espera ‘plena normalidade’ em dezembro, com população adulta vacinada

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) demonstrou otimismo sobre a situação da pandemia da Covid-19 no Brasil. O chefe do poder executivo afirmou nesta terça-feira (24) que espera que, no mês de dezembro, o Brasil entre na fase de “plena normalidade”. O calendário de vacinação pelo Ministério da Saúde prevê população adulta vacinada com duas doses até o fim de novembro.

Durante entrevista a uma rádio de Alagoas, Bolsonaro também voltou a defender o uso facultativo de máscara pela população, assim como é a vacinação. De acordo com o presidente, o governo “está na iminência de sugerir que uso de máscara passe a ser opcional”.

Foto: Palácio do Planalto

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Zeca Pagodinho capa

Após internação por causa da Covid-19, cantor Zeca Pagodinho recebe alta de hospital no Rio de Janeiro

O cantor e compositor Zeca Pagodinho, de 62 anos, teve alta nesta quinta-feira (19) da Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro. Zeca havia sido internado no último sábado (14) para tratamento da covid-19. Em nota, o hospital informou que “o estado de saúde do paciente é bom e ele foi liberado pela equipe médica”.

De acordo com as informações do hospital, Zeca Pagodinho já vinha apresentado evolução clínica boa nos últimos dias, sem necessidade de suporte de oxigênio. Ele chegou a gravar um vídeo agradecendo aos fãs a torcida por sua recuperação. “Obrigado por todos que oraram e torceram por mim. Já estou acabando o tratamento. O importante é se vacinar para poder se recuperar mais rápido. Em breve estamos aí pelo mundo”, disse o cantor.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Crianças e Adolescentes

Anvisa nega autorização da CoronaVac para crianças e adolescentes

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negou a autorização para a aplicação da vacina contra a covid-19 CoronaVac em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos. A rejeição ocorreu ontem (18). O pedido havia sido feito pelo Instituto Butantan, produtor da vacina no Brasil. Atualmente, apenas a vacina da Pfizer está aprovada para aplicação de adolescentes no Brasil.

Utilizada desde janeiro no Brasil, a CoronaVac foi o primeiro imunizante contra a Covid-19 aprovado para uso emergencial acima de 18 anos no país.

A decisão da Anvisa foi unânime, e considerou que o perfil de segurança da CoronaVac na população pediátrica não foi suficientemente demonstrado pelo Butantan nos dados enviados à Anvisa. De acordo com a agência, também há dificuldade de determinar a eficácia da vacina para crianças. A ausência de algumas informações sobre a proteção da CoronaVac em adultos, ainda não enviadas pelo Butantan, comprometeu a análise para crianças e adolescentes, destacou o órgão regulador federal.

Foto: Ilustração/Prefeitura de Fortaleza

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

menor índice de ocupação de UTI no RN

Rio Grande do Norte tem o menor índice de ocupação de leitos de UTI Covid desde o início da pandemia

Dados sobre o menor índice de ocupação de leitos de UTI são da plataforma Regula RN, que monitora em tempo real a situação de todas as regiões do Estado

O Rio Grande do Norte está atingindo, em agosto, o menor índice de ocupação de leitos de UTI desde o início da pandemia de coronavírus, em março de 2020.

Dados da plataforma Regula RN, que monitora em tempo real a situação de todas as regiões do Estado, aponta que desde o começo do mês, a taxa de ocupação tem variado entre 30,98% (08 de agosto) e 38,16% (02 de agosto). Os números são os menores de toda a pandemia.

Na quinta-feira (12), a taxa de ocupação estava em 30,17%, com 89 leitos sendo utilizados e 198 disponíveis. A menor taxa, até então, havia sido registrada em 23 de outubro de 2020, com 33,94%.

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Glória Menezes com Covid-19

Boletim médico aponta boa recuperação de Glória Menezes da Covid-19; atriz permanece internada

A atriz Glória Menezes permanece internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, por complicações da Covid-19. Ela e o marido, o ator Tarcísio Meira, falecido hoje, se internaram na última sexta-feira (6).

De acordo com o último boletim divulgado nesta quinta-feira (11), Glória se encontra em recuperação e está em retirada progressiva do oxigênio nasal. Ela apresentou apenas “sintomas leves” da doença.

Foto: Paulo Belote / TV Globo

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Água e Sal

Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população

As autoridades no norte da Alemanha pediram a milhares de pessoas para que recebessem outra aplicação da vacina contra a Covid-19 depois que uma investigação policial descobriu que uma enfermeira teria injetado nelas uma solução de água e sal – soro fisiológico. Uma profissional da Cruz Vermelha é suspeita de injetar água e sal nos braços das pessoas em vez de doses genuínas em um centro de vacinação na Frísia, um distrito rural perto da costa do Mar do Norte, no início da primavera.

“Estou totalmente chocado com este episódio”, reconheceu Sven Ambrosy, um vereador local, no Facebook, quando as autoridades locais fizeram a ligação para cerca de 8.600 residentes que podem ter sido afetados. Embora a solução salina seja inofensiva, a maioria das pessoas que foram vacinadas na Alemanha em março e abril, quando a suposta mudança ocorreu, são pessoas idosas com alto risco de contrair a doença viral potencialmente fatal.

O investigador policial Peter Beer, em entrevista coletiva veiculada pela mídia alemã, explicou que, segundo os depoimentos das testemunhas, havia “razoável suspeita de perigo”. O motivo da enfermeira, cuja identidade não foi divulgada, não ficou claro, mas ela expressou opiniões céticas sobre as vacinas em postagens nas redes sociais. De acordo com a emissora do NDR, o suspeito de 40 anos está sendo investigado por uma unidade especial por crimes de motivação política.

A suspeita enfermeira negou as acusações por meio de seu advogado, que garantiu que em todo caso se tratava de um “fato concreto”. “É incorreto que, devido ao comportamento de nosso cliente, doses da vacina que consistiam apenas em água e cloreto de sódio (água e sal) tenham sido administradas em algum momento”, disse o advogado Christoph Klatt em declarações à agência EPD. Ao contrário, o advogado ressalta que a enfermeira tentou indenizar parte da vacina derramada devido ao rompimento acidental de um frasco com restos de outras bolhas.

Em qualquer caso, foi “um acontecimento específico”, acrescentou, e sublinhou que o seu cliente “não agiu por motivação política ou administrou apenas água e sal em desejasse ser vacinado com a solução salina”. A advogada também criticou que, apesar de em um primeiro depoimento à polícia a ré ter comunicado que havia tentado indenizar o líquido derramado, as autoridades ignoraram esse detalhe em suas informações. Um porta-voz da Promotoria de Oldenburg confirmou que “isso foi de fato mencionado no primeiro interrogatório”.

Foto: Reprodução/Internet

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Leia mais:

Combate à variante Delta

Fórum de Governadores cobra ao Governo Federal medidas de combate à variante Delta

O Fórum de Governadores enviou ofício ao ministro da Saúde Marcelo Queiroga solicitando apoio ao combate à variante Delta do novo coronavírus. Os administradores estaduais colocam no documento uma preocupação com uma terceira onda da covid-19, impulsionada por essa variante.

No documento, os governantes solicitam vacinas adicionais ao Rio de Janeiro, um dos epicentros da disseminação da Delta. O quadro do estado é apontado não somente como ameaça à população carioca mas também aos esforços nacionais de combate à variante Delta e à pandemia. Na capital do estado, a cepa representa 45% de todos os diagnósticos de Covid-19.

No ofício, os governadores expressam “expectativa de que ações imediatas levadas a cabo por esse ministério sejam neste momento destinadas ao referido Estado, de modo a evitar uma catástrofe de proporções ainda mais graves no futuro próximo, caso o atual ritmo de transmissibilidade da variante Delta não seja contido em tempo hábil”.

Os governadores destacam que estudos indicam a variante delta com taxas de transmissibilidade 100% maiores do que o vírus original e 30% acima da variante Gama (primeiramente conhecida como P1).

O Ministério da Saúde informou à Agência Brasil que recebeu e analisa o ofício.

Com informações da Agência Brasil

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Fiscaliza RN

Fiscaliza RN: MPF investiga aquisição de medicamentos vencidos durante pandemia no RN

Fiscaliza RN aponta indícios de irregularidades, que passarão por investigações suplementares para comprovar se houve ilicitude.

De janeiro de 2020 até nove de junho deste ano, 30 entes públicos do Rio Grande do Norte podem ter adquirido mais de R$ 577 mil em medicamentos vencidos, utilizando recursos federais repassados pela União. Os indícios de irregularidades serão investigados de forma aprofundada pelo Ministério Público Federal (MPF), a partir de relatório da plataforma Fiscaliza RN, elaborado por equipe multidisciplinar do MPF, Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) e Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN).

O procurador da República Fernando Rocha explica que “o objetivo do relatório é traçar hipóteses de irregularidade na aplicação de recursos públicos federais destinados ao enfrentamento da Covid-19”. Segundo ele, “as informações obtidas a partir das técnicas de inteligência digital são caminhos investigatórios para o MPF, que trazem indícios suficientes para autorizar investigações suplementares”.

O Fiscaliza RN indicou 535 itens de compra com Notas Fiscais Eletrônicas (NF-es) emitidas no mesmo dia ou após a expiração do prazo de validade. As possíveis aquisições de medicamentos vencidos ocorreram em 26 municípios potiguares, na Secretaria de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Norte, no Hospital Dr. José Pedro Bezerra, no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel e no Hospital Colônia Dr. João Machado. O relatório analisou todos os registros de Notas Fiscais Eletrônicas Públicas no período, observando a chave de emissão, seus produtos, as quantidades, os valores unitários, os valores totais, o emissor e o destinatário.

O que é o Fiscaliza RN?

A plataforma Fiscaliza RN é uma solução de tecnologia que permite a fiscalização do emprego de recursos públicos federais no combate à pandemia de covid-19, utilizando a Ciência de Dados e Inteligência de Dados, fruto de parceria entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o MPF e o TCE/RN.

Uma das principais funções do Fiscaliza RN é a extração automática de dados brutos de fontes relevantes – como as NF-es de produtos adquiridos pelos entes da administração pública – e a centralização de suas informações.

Foto: Reprodução/Jornal Joca

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Natalenses

53% da população de Natal já recebeu ao menos uma dose da vacina contra Covid

O avanço da vacinação contra Covid-19 em Natal atingiu a marca de mais de 564 mil doses aplicadas, de acordo com a Prefeitura Municipal. O número representa mais de 53% dos natalenses elegíveis para a vacinação que já tomaram ao menos uma dose de um dos imunizantes que estão disponíveis na capital.

Segundo a prefeitura, entre sexta (23) e domingo (25), foram 14.478 doses aplicadas, sendo 8.025 na sexta, 4.461 no sábado e 1.992 no domingo. Com o bom ritmo alcançado, já são mais de 152 mil natalenses com o esquema vacinal completo, representando quase 20% da população apta a ser vacinada.

Tanto nas 35 UBSs que realizam a vacinação, quanto nos quatro drive-thru, a movimentação foi intensa nesta segunda-feira (26). Os últimos grupos que ganharam o direito de se imunizar em Natal foram os de pessoas sem comorbidades a partir dos 32 anos e de trabalhadores da indústria a partir de 24 anos.

“Graças ao empenho, trabalho, planejamento e organização, a nossa campanha de vacinação contra a Covid-19 tem obtido resultados bastante expressivos. Estamos passo a passo, caminhando para vencermos essa pandemia. Mesmo com o avanço da vacinação, impactando positivamente na diminuição dos leitos ocupados, infecções e óbitos, precisamos ficar alertas e manter todas as precauções, até que a maior parte da população esteja imunizada. A Prefeitura de Natal vai continuar oferecendo toda essa estrutura para vacinar o quanto antes mais natalenses”, afirmou o prefeito Álvaro Dias.

Foto: Alex Régis/Secom

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Número de pacientes internados nas UTIs Covid cai pela metade em um mês no RN

O número de pacientes internados em UTIs Covid nos hospitais do Rio Grande do Norte caiu pela metade em um mês. Nesta segunda-feira (26), 43,07% dos leitos críticos amanheceram ocupados, o que representa a tendência de queda nas solicitações. O percentual é o menor desde 15 de novembro do ano passado.

De acordo com dados da plataforma Regula RN na manhã de hoje, 193 UTIs estavam disponíveis, 146 estavam sendo utilizados, e 15 bloqueados.

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Variante Delta

Covid-19: variante Delta já foi confirmada em 143 pessoas no Brasil

Novo balanço do Ministério da Saúde mostra que foram identificados, até ontem (23), 143 casos de pessoas infectadas com a variante Delta do novo coronavírus. Esse tipo de alteração do vírus era anteriormente conhecida como “variante indiana”. No levantamento anterior, divulgado em 19 de julho, haviam sido detectados 110 casos. Dos 143 infectados no Brasil, nove tiveram quadro grave e morreram em função das complicações decorrentes da covid-19. No balanço anterior, as autoridades haviam registrado cinco óbitos.

O local com mais registros até o momento foi o Rio de Janeiro, com 88 casos mapeados. Em seguida vêm São Paulo com 15, Paraná com 13, Distrito Federal com seis, Maranhão com sete, Santa Catarina com cinco, Rio Grande do Sul e Pernambuco com três cada, dois em Goiás e um em Minas Gerais. Dos sete casos do Maranhão, seis foram detectados em um navio que aportou no litoral do estado. No balanço anterior, divulgado no dia 19 de julho, as autoridades de saúde haviam detectado casos em sete estados, enquanto no balanço de hoje foram dez.

Das nove mortes em razão da variante Delta do novo coronavírus, quatro ocorreram no Rio de Janeiro, outras quatro no Paraná e uma no Maranhão. O ministério afirmou em comunicado que orienta estados e municípios a ampliar o sequenciamento genômico (procedimento que permite encontrar as variantes do novo coronavírus entre os infectados).

Além disso, são recomendações a notificação imediata dos casos, o isolamento dos infectados e a adoção de medidas de prevenção em áreas onde foram encontrados pacientes com a variante.

Com informações da Agência Brasil

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Natal vai vacinar público a partir de 32 anos neste final de semana

A Prefeitura do Natal amplia a vacinação na cidade. Neste sábado (24), o público a partir dos 32 anos já pode ser imunizado. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal), estarão disponíveis os quatro pontos de drive (Nélio Dias, Palácio dos Esportes, Via Direta e Sesi – este último não abre aos domingos) para que a população possa receber a primeira dose do imunizante.

Além do público de 32 anos, também há avanço na vacinação dos trabalhadores da indústria. O público a partir dos 24 anos poderá se vacinar neste sábado, com ponto exclusivo no Sesi. As grávidas, puérperas e lactantes, bem como os demais grupos anteriormente contemplados, também podem buscar um dos quatro drives neste fim de semana.

“A SMS Natal reforça que as informações oficiais sobre os grupos em vacinação, locais de aplicação, filas nos drives, documentação e dúvidas frequentes estão disponíveis em vacina.natal.rn.gov.br. Para agilizar o processo de imunização, é importante que seja efetuado antecipadamente o cadastro no RN Mais Vacina”, destaca nota da Prefeitura.

Segunda Dose

Oxford

Os drives SESI, Nélio Dias, Palácio e Via Direta estarão com aplicação da D2 da Oxford para quem se vacinou até o dia 01 de abril, no sábado (24); e para quem se vacinou até dia 02 de abril, no domingo (25).

CoronaVac

Quem completou 28 dias da primeira dose deve se dirigir ao drive do Palácio dos Esportes ou Nélio Dias, que também dispõem de sala para pedestres.

Pfizer

Natal ainda não recebeu o lote destinado à segunda dose da Pfizer, assim que receber divulga como será a vacinação.

Foto: Joana Lima/Secom

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Variante mata quatro fluminenses

Variante Delta faz as 4 primeiras vítimas no Rio; dados foram confirmados pela Secretaria de Estado de Saúde

Os quatro primeiros casos de mortes pela variante Delta da covid-19 foram registrados no estado do Rio de Janeiro. As confirmações foram feitas na noite desta quinta-feira (22) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Segundo a secretaria, os quatro casos foram: uma mulher de 73 anos, moradora de São João de Meriti; um homem de 50 anos, morador de Duque de Caxias; uma mulher de 43 anos, moradora de São João de Meriti, e um homem de 53 anos, ainda sem identificação do município de residência.

“A SES informa que o estado do Rio de Janeiro tem um dos maiores programas de vigilância genômica da covid-19 de todo o Brasil. Na última rodada, quando 380 amostras foram analisadas, os dados mostraram que aproximadamente 78% eram da variante P.1 (Gama/Brasil) e cerca de 16% da variante B1.617.2 (Delta). Dessa forma, é possível afirmar que foi identificada circulação da variante Delta no estado do Rio de Janeiro. Contudo, a variante P.1 ainda continua sendo a mais frequente”, informou a secretaria.

A SES explicou que o estudo ocorre por amostragem, sendo que um dos critérios de escolha das amostras são as que têm maior carga viral, de pacientes que podem ter maior gravidade clínica. “Com isto, as vigilâncias municipais, após investigação epidemiológica com apoio da SES, identificaram quatro casos de óbitos por covid-19 entre os pacientes que foram confirmados com a variante Delta”.

Com informações da Agência Brasil

Foto: Reprodução/Reuters

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Variante delta

Variante Delta no Brasil: já são 135 casos da nova variante confirmados

Nesta quarta-feira, 21, o Ministério da Saúde atualizou seu levantamento de casos da COVID-19 no Brasil com o número de casos confirmados da variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia. A cepa do novo Coronavírus está em circulação em solo nacional e já infectou 135 pessoas – 5 infectados vieram a óbito.

De acordo com a pasta, as mortes foram registradas no Maranhão (1), onde a variante foi identificada pela primeira vez no país, e no Paraná (4).

Já os casos confirmados, além do Maranhão (6, registrados em um navio que passava pela costa daquele estado) e Paraná (13), foram identificados no Distrito Federal (6), Goiás (2), Pernambuco (2), Minas Gerais (1), Santa Catarina (5), São Paulo (10), Rio Grande do Sul (3) e Rio de Janeiro, que tem o maior número de infectados com a cepa indiana (87). Vale lembrar que, de acordo com o Ministério da Saúde, um dos casos em solo gaúcho é considerado “importado” do Rio de Janeiro.

A variante Delta, ou indiana, é classificada pela Organização Mundial da Saúde com alto nível de preocupação. De acordo com a OMS, estudos indicam que essa mutação da COVID-19 identificada pela primeira vez na Índia possui taxa de infecção maior do que a linhagem original do vírus.

O Ministério da Saúde diz que tem dialogado com secretarias municipais e estaduais de saúde para ampliar a vigilância sobre casos que possam ter relação com a variante Delta. A pasta recomenda, dentre as ações que indica aos órgãos locais, o sequenciamento genômico de quem tenha testado positivo para que se identifique e se mapeie rapidamente possíveis casos dessa variante em circulação no Brasil, podendo assim gerar iniciativas para a rápida contenção da transmissão.

Foto: NIAID/Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Governo federal anuncia recursos para ampliação de equipes de saúde

O Ministério da Saúde anunciou hoje (21) a disponibilização de recursos para a ampliação de equipes e de profissionais de saúde vinculados à atenção primária. O nome é dado à rede de acompanhamento e atendimento formada, por exemplo, pelos postos de saúde e pelas equipes de saúde da família.

De acordo com o ministério, serão liberadas verbas para contratação de 13.415 agentes comunitários de saúde, 1.791 equipes de saúde bucal, 3.374 equipes de saúde da família e 2.477 equipes de atenção primária. A entrada em atuação dos profissionais, contudo, depende dos municípios. Esses precisam atender às exigências do ministério para receber os recursos e viabilizar a contratação dos novos profissionais.

“O Ministério da Saúde está se comprometendo a custear, mas o município precisa implantar. Os recursos começam a ser repassados a partir do momento que as equipes são de fato implantadas. Em alguns casos, os municípios já estavam fazendo e agora entramos com os recursos”, declarou o secretário de Atenção Primária a Saúde do Ministério, Raphael Câmara.

Pandemia

Na entrevista coletiva de anúncio da ampliação das equipes, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi questionado sobre a situação das vacinas contra a covid-19 Covaxin e Sputnik V.

A vacina indiana (Covaxin) teve sua contratação pelo ministério suspensa após denúncias, feitas pelo deputado Luís Miranda (DEM-DF) e seu irmão, chefe de importação do Ministério da Saúde, Luís Ricardo Miranda, de superfaturamento e de pressões atípicas para contratação.

Já o imunizante russo (Sputnik V) foi adquirido por uma série de governos estaduais do Nordeste. Nos dois casos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação em caráter excepcional, mas impôs condicionantes.

Queiroga lembrou que a compra da Covaxin está suspensa para análise por recomendação da Controladoria Geral da União (CGU) e disse que a inclusão desse imunizante e da Sputnik V no Programa Nacional de Imunizações (PNI) será analisada.

“É preciso fazer análise de conveniência e oportunidade no momento em que temos mais de 600 milhões de doses de vacinas [compradas]. Se for do desejo dos governadores [do Nordeste] importar, pode importar. Mas para incluir no PNI é necessário que tenhamos os registros da Anvisa”, destacou Queiroga.

Variante delta

O ministro também foi perguntado sobre novas medidas diante do crescimento da variante delta do coronavírus no país. Até semana passada, foram confirmados mais de 100 casos. Hoje o Distrito Federal informou que a variante foi detectada na capital.

“A campanha de vacinação está sendo realizada. Temos adotado estratégias como reforçar vacinas nas regiões de fronteira. O cenário epidemiológico aponta melhora, com diminuição do número de casos e óbitos e internações. Se teve uma variante diagnosticada, resta saber se ela é de importância”, respondeu.

Adolescentes

Questionado sobre o início da vacinação de adolescentes em alguns estados, Marcelo Queiroga disse que a equipe do PNI está estudando a possibilidade e que irá se pronunciar após uma avaliação.

É importante que estados e municípios não se adiantem com a inclusão de públicos que não foram incluídos no PNI”, recomendou.

Com informações da Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Presidente do COI

Presidente do COI descarta risco de Covid-19 em Tóquio

O presidente do COI, o Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, disse nesta quinta-feira (15) que existe um risco “zero” de participantes dos Jogos infectarem moradores do Japão com covid-19 no momento em que os casos atingem uma alta de seis meses na cidade-sede.

“O risco para outros moradores da Vila Olímpica e o risco para o povo japonês é zero”, disse Presidente do COI, acrescentando que os atletas e as delegações da Olimpíada passaram por mais de oito mil exames de coronavírus e que só três foram positivos. Estes casos foram isolados, e seus contatos próximos também estão sujeitos a protocolos de quarentena, disse Bach no início das conversas com a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, e a presidente da Tóquio 2020, Seiko Hashimoto.

A pouco menos de uma semana da cerimônia de abertura de 23 de julho, Tóquio relatou 1.308 infecções novas de covid-19 nesta quinta-feira (15), seu maior número diário desde o final de janeiro. Adiada no ano passado por causa da pandemia de covid-19, a Olimpíada tem pouco apoio público no Japão em meio aos temores generalizados de um novo surto de coronavírus.

Críticos da realização dos Jogos de Tóquio apresentaram nesta quinta-feira (15) uma petição que já reuniu mais de 450 mil assinaturas neste mês, noticiou a mídia do país. Os organizadores impõem “bolhas” olímpicas para evitar novas transmissões da covid-19, mas especialistas médicos temem que não sejam suficientemente vedadas.

As informações são da Agência Brasil

Foto: Reuters/Fabrizio Bensch/Direitos Reservados

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Academias de Ginástica

Academias perderam 52% do faturamento em decorrência da pandemia

De acordo com a 11ª edição da Pesquisa de Impacto da Pandemia do Coronavírus nas Micro e Pequenas Empresas, realizada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), as academias registraram, em maio, um patamar 52% menor do que seria normal para o mês. O segmento está entre o grupo de atividades mais afetadas pela crise do novo coronavírus no Brasil. O levantamento aponta que metade das academias estão com dívidas em atraso.

Na edição anterior da pesquisa, realizada em fevereiro, o segmento estava 42% abaixo do normal. Essa piora de cenário que fez com que esses empresários se tornassem os mais aflitos entre todos os setores analisados: 72% alegam que estão com muita dificuldade de manter o negócio.

O resultado faz com que as academias estejam novamente no grupo dos segmentos mais afetados pela pandemia, que é composto por pequenos negócios que atuam no Turismo e Economia Criativa, ambos com nível de faturamento de -68%; Beleza, com -53%; e Logística e Transporte, com -50%.

Foto: Arquivo/SCA

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Estudo mostra que as glândulas salivares são ‘reservatórios’ do novo coronavírus

Análises foram feitas durante autópsias de pacientes que faleceram em decorrência do novo coronavírus; as glândulas salivares funcionam como “reservatórios” da Covid-19

Um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), que teve resultados publicados no Journal of Pathology, mostra que o novo coronavírus (SARS-CoV-2), causador da Covid-19, infecta e se replica em células das glândulas salivares. As informações são da Agência Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Segundo o estudo, constatado por meio de análises de amostras de glândulas salivares, obtidas na autópsia de pacientes que morreram em decorrência da Covid-19, os tecidos especializados na produção e secreção de saliva funcionam como “reservatórios” do novo coronavírus.

É o primeiro relato de vírus respiratório capaz de infectar e se replicar nas glândulas salivares. Até então, acreditava-se que apenas vírus causadores de doenças com prevalência muito alta, como o da herpes, usavam as glândulas salivares como reservatório. Isso pode ajudar a explicar por que o SARS-CoV-2 é tão infeccioso”, disse à Agência Fapesp o primeiro autor do estudo, Bruno Fernandes Matuck, doutorando na Faculdade de Odontologia da USP.

As biópsias foram guiadas por ultrassom em 24 pacientes, com idade média de 53 anos, que morreram em decorrência da Covid-19. Foram extraídas amostras de tecidos das glândulas parótida, submandibular e menores. O material foi submetido a análises moleculares para identificação da presença do vírus. De acordo com a pesquisa, os resultados indicaram a presença do vírus em mais de dois terços das amostras.

“Observamos vários vírus aglomerados nas células das glândulas salivares, um indicativo de que estão se replicando em seu interior. Não estavam presentes nessas células passivamente”, disse Matuck. A partir dos resultados obtidos, os pesquisadores pretendem avaliar, agora, se a boca pode ser uma porta de entrada direta do novo coronavírus nos humanos.

Foto: Débora Barreto/Fiocruz

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Festa do Globo

Presença de infectados na festa do Globo pode gerar punição

Seis pessoas contaminadas, entre jogadores e comissão técnica, estavam presentes na festa do Globo de Ceará-Mirim, logo após o título inédito do Campeonato Potiguar.

Parece que a comemoração do primeiro título estadual do Globo de Ceará-Mirim foi longe demais. De acordo com Alciney Santos de Araújo, árbitro da final do Campeonato Potiguar, membros da comissão técnica e jogadores que haviam testado positivo para o novo coronavírus foram a campo comemorar a festa do Globo no Frasqueirão, logo após a final do jogo na última quarta-feira, 23.

Alciney soube do caso por meio do delegado da partida, Rubem Neto, e do árbitro reserva, Tarcísio Flores; e anotou o fato na súmula da partida após o apito final. Ao ser notificada pelo árbitro, a Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) afirmou em nota encaminhará o caso às autoridades competentes.

Foto: Reprodução/Instagram/FNF

De acordo com Rubem Neto e Tarcísio Flores, os jogadores e integrantes da comissão técnica do Globo estavam “infringindo as determinações da nota técnica emitida pela FNF, após uma exigência realizada pelo Ministério Público e da decisão liminar proferida pelo Tribunal de Justiça Desportiva”.

De acordo com os protocolos da CBF, os jogadores devem ser afastados assim que receberem o resultado positivo dos exames e devem, também, permanecer afastados por um prazo mínimo de dez dias. Se os protocolos tivessem sido seguidos pelo clube de Ceará-Mirim, os jogador sequer deveriam ter ido ao estádio.

Se não bastasse a gravidade do caso por si só, apenas o goleiro Pedro Paulo parece ter se preocupado com a utilização de máscara de proteção durante a comemoração. Pela lei, a não obediência às medidas determinadas pelo Ministério da Saúde e da Justiça, conjuntamente, na Lei 13.979, é passível de prisão ou multa. A Lei define as diretrizes sanitárias que devem ser seguidas para evitar a propagação da Covid-19.

Foto: Reprodução/Instagram/Globo FC

Nova variante p5

Nova variante, a P5, é identificada no estado do Rio de Janeiro

A informação da nova variante foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. Não se sabe ainda se a nova variante é mais transmissível ou letal que as outras.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro (Ses), dezenove casos da nova variante do coronavírus já tinham sido localizadas no estado de São Paulo anteriormente e foi identificada no Rio de Janeiro ontem, 22.

A B.1.1.28, que foi nomeada como P5, foi identificada no município fluminense de Porto Real, logo na divisa com o estado de São Paulo. Não se sabe, até o momento, se a nova variante é mais letal ou mais transmissível que as outras variantes identificadas.

O que se sabe, no entanto, é que a P5 tem a mesma estrutura da cepa original, sofrendo mutações apenas no spike, como é nomeada a coroa do vírus que se liga às celulas.

A descoberta só foi possível devido ao monitoramento da Rede Corona-Ômica-RJ, uma parceria entre a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), o Laboratório de Virologia Molecular da UFRJ, o Laboratório Central Noel Nutels, da Fundação Oswaldo Cruz, a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro e a FGV.

Foto: Pete Linforth/Pixabay

Ministro lamenta a morte de 500 mil brasileiros pela covid-19

Através de uma nota no Twitter, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, lamentou a morte de meio milhão de brasileiros por conta da covid-19. Queiroga afirmou prestar solidariedade a cada pai, mãe, amigos e parentes, que perderam seus entes queridos: “500 mil vidas perdidas pela pandemia que afeta o nosso Brasil e todo o mundo. Trabalho incansavelmente para vacinar todos os brasileiros no menor tempo possível e mudar esse cenário que nos assola há mais de um ano”, afirmou o ministro.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

500 mil mortos no Brasil

Covid-19 mata 500 mil brasileiros

O Brasil atingiu neste sábado, 19, a marca de 500 mil mortos pela Covid-19. Os dados são das secretarias estaduais de Saúde, levantados pelo consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia no Brasil.

Na tarde de hoje, o país chegou a chegou a 500.022 pessoas mortas em razão da pandemia, além de 17.822.659 casos confirmados de Covid.

Fonte: G1

Os números consideram os dados divulgados pelos estados da Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins. Os demais entes federativos ainda não atualizaram as informações sobre casos e mortes até as 14h de hoje.

Foto: Valdo Leão/Semcom/Ilustração/Fotos Públicas

Taxa de ocupação das UTIs está em menos de 80%

Uma boa notícia para iniciar este sábado, 19 de junho. A taxa de ocupação dos leitos de UTI Covid no Rio Grande do Norte está em menos de 80%, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap-RN).

Segundo o Regula RN, são 76,26% leitos de UTI Covid disponíveis na manhã deste sábado. Essa taxa não acontecia desde o mês de dezembro.

Em relação aos leitos clínicos disponíveis para tratamento de Covid-19, são 53,74% a disposição da população no estado.

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília/Ilustração

Natal aplica mais de 50 mil doses em oito dias

A vacinação realizada pela Prefeitura do Natal está em ritmo acelerado. Hoje, com o início da aplicação da primeira dose contra a Covid-19 da população com 48 anos ou mais, sem comorbidades, Natal avançou 11 anos em oito dias. Em uma semana, foram aplicadas 51.163 doses, entre as faixas de idade de 59 e 48 anos. A diminuição da faixa etária durante toda a semana e a imunização desses grupos veio com uma boa dose de emoção e esperança na vida pós-pandemia.

“A ideia da Prefeitura do Natal de reduzir as idades da campanha para o público em geral deu certo. Na quinta passada a faixa etária de imunização diminuiu para 59 anos ou mais sem comorbidades e nesta sexta, para 48 anos. Isto sem citar os grupos prioritários que também avançaram paralelamente. Estamos fazendo a nossa parte”, comemora o prefeito Álvaro Dias.

Os dados da Secretaria Municipal de Saúde confirmam a eficácia do avanço da imunização. Desde a quinta-feira passada (10) com a vacinação de 3.444 pessoas até ontem (17), com destaque para terça-feira (15) de 12.219 pessoas imunizadas, Natal contabiliza um significativo volume de doses aplicadas nestes últimos oito dias. Confira os dados no final da matéria.

Hoje, além deste público sem comorbidades, continua a vacinação dos grupos prioritários das pessoas a partir de 18 anos com comorbidades; trabalhadores industriais a partir dos 38 anos; grávidas e puérperas; os profissionais que atuam na educação do ensino fundamental I e II de escolas públicas e privadas de Natal, e demais grupos prioritários.

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal reforça ainda a importância da segunda dose do imunizante. “Pedimos à população que olhe seu cartão de vacina e veja a data aprazada para receber a segunda dose”, solicita George Antunes, Secretário de Saúde de Natal.

Além dos seis pontos de drive da cidade, a população tem 35 unidades básicas de saúde para buscar o imunizante. Para os profissionais da educação a Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal) disponibiliza o Palácio dos Esportes e mais dois pontos exclusivos: o ginásio do colégio Expansivo, na Zona Norte (Rua Wiliam Marinho de Leiros, 50 – Pajuçara); e o ginásio do Instituto Sagrada Família, no Alecrim (R. Olinto Meira, 1076. Alecrim). Os locais funcionarão diariamente das 08h às 16h, inclusive aos domingos.

Mais informações sobre todos os públicos, locais de vacinação e documentação podem ser conferidas no vacina.natal.rn.gov.br .

Doses Aplicadas nos últimos oito dias:
10/06 – 3.444
11/06 – 6.568
12/06 – 5.686
13/06 – 1.438
14/06 – 8.814
15/06 – 12.219
16/06 – 8.072
17/06 – 4.922

Total de doses aplicadas nos oito dias – 51.163

Além deste número, foram aplicadas 4.914 doses nos profissionais da Educação Infantil entre os dias 07 e 17 de junho.

Da Secom/Natal
Foto: Joana Lima/Secom

Natal começa a vacinar pessoas com 48 anos ou mais

A vacinação das pessoas com 48 anos de idade sem comorbidades começa hoje (sexta-feira, 18) em Natal. A imunização pode ser feita nos seis pontos de drive-thru em funcionamento no município, e nas 35 unidades básicas de saúde. A documentação necessária para esse público é documento com foto, cartão de vacinação e comprovante de residência de Natal.

De acordo com a Prefeitura, os drives funcionam das 8h às 16h, na UnP Roberto Freire, Ginásio Nélio Dias, sede da OAB, Sesi, Shopping Via Direta e Palácio dos Esportes. A gestão municipal também confirmou a redução da faixa etária apta dos trabalhadores industriais para 38 anos e mais.

Foto: Joana Lima/Prefeitura de Natal

São Gonçalo do Amarante vacina 5 mil pessoas em dois dias; imunização segue para grupos prioritários

Mais de cinco mil doses da vacina contra a Covid-19 foram aplicadas nesta quarta e quinta-feira, dias 16 e 17 de junho, em São Gonçalo do Amarante, município da região metropolitana de Natal. A cidade ampliou a campanha de imunização para pessoas acima de 40 anos, sem comorbidades, e para trabalhadores do ensino médio.

Segundo o secretário de saúde do município, Jalmir Simões, São Gonçalo estava com doses estocadas e com pouca procura: “Após levantarmos dados internos, decidimos estipular uma meta e avançar com a campanha. Conseguimos bater a meta e agora temos mais 5 mil são-gonçalenses com a primeira dose”, afirmou.

De acordo com o gestor, a aplicação da primeira dose desse grupo foi suspensa nesta sexta-feira (18) devido o atraso na entrega de mais doses que estava programada para quinta-feira. “Isso acabou afetando o andamento do nosso cronograma. Mas seguimos vacinando os grupos prioritários”, disse.

Foto: João Viana/Ilustração/Fotos Públicas

Motoristas de aplicativo serão vacinados no RN

A Coordenação Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SESAP), solicitou formalmente ao o Sindicato dos Trabalhadores em Aplicativos de Transportes do Estado do Rio Grande do Norte (Sintat/RN) o quantitativo do efetivo dos motoristas ativos a se vacinarem. As informações são do Blog do Barreto.

A solicitação tem o propósito de distribuir aos municípios as doses da vacina contra a COVID-19, imunizando os motoristas de aplicativos. A categoria está contemplada no Plano Nacional de Imunização (PNI). A Sesap informou que encaminhará a vacina para todos os municípios, no entanto se faz necessário o envio da listagem por município domiciliar, garantindo assim que o número de doses seja coerente com o quantitativo de profissionais aptos a se vacinar.

No RN, motoristas do transporte público já estão sendo vacinados desde a semana passada.

Foto: Noeltock/Visual Hunt/Ilustração

Areia Branca: Prefeitura imuniza 569 pessoas contra Covid em 24 horas

A vacinação avança em Areia Branca, município da região oeste potiguar. Nas últimas 24 horas, a Prefeitura municipal, através da Secretaria de Saúde, realizou 569 imunizações contra Covid-19. De acordo com dados da gestão, foram vacinados, até às 13 horas desta quinta-feira (17), trabalhadores da Educação, pessoas com comorbidades e maiores de 50 anos.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Areia Branca

52% da população acima de 18 anos já foi vacinada em Natal

Mais da metade da população acima de 18 anos já foi vacinada em Natal. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS), 397.929 pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19. O número corresponde a 52% da população da capital, que conta com 40 postos de vacinação e seis drive-thrus realizando a vacinação.

De acordo com a SMS, com o avanço da imunização, já há reflexo na redução na ocupação de leitos. Atualmente, segundo a secretaria, a situação da capital é confortável, com leitos clínicos e de UTI disponíveis para a população.

Foto: João Viana/Ilustração/Fotos Públicas

RN permanece com fila zerada por leitos críticos e tem a menor taxa de ocupação desde fevereiro: 85,6%

O Rio Grande do Norte permanece com queda na média móvel de pedidos de internações e fila por leitos críticos de UTI Covid. Na manhã desta quinta-feira, 17, a fila estava zerada, de acordo com dados do Regula RN. O Portal aponta 58 vagas de UTIs covid disponíveis. O percentual é o menor desde o dia 23 de fevereiro.

Segundo a Sesap (Secretaria Estadual de Saúde do RN), a ocupação de leitos críticos no Estado é de 85,6%. Mas apesar dos números positivos, nove hospitais públicos do RN seguem com 100% de ocupação dos leitos críticos para tratamento da covid-19.

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília/Ilustração

São Paulo do Potengi: Prefeito Pacelli toma primeira dose de vacina contra COVID-19

O prefeito da cidade de São Paulo do Potengi, Eugênio Pacelli (MDB), anunciou em suas redes sociais que tomou a primeira dose da vacina contra o COVID-19, novo tipo de Coronavírus. A imunização ocorreu na manhã desta quarta-feira, 16, em um dos pontos de vacinação montados pelo executivo municipal.

De acordo com a publicação feita nas redes sociais do prefeito, a imunização ocorreu com uma dose da fabricante Pfizer. “Chegou a minha vez! Com alegria e gratidão, recebi hoje a 1ª dose da vacina”, exclamou o gestor. Pacelli tem 57 anos e, de acordo com o calendário de imunização divulgado pela prefeitura de São Paulo do Potengi, está incluído no público-alvo que pode, neste momento, procurar os postos de vacinação – pessoas entre 50 e 59 anos, sem comorbidades.

O prefeito ainda fez um apelo para que os moradores procurem as unidades de saúde e se vacinem contra o COVID-19. “Aproveito pra reforçar o chamado a todos os potengienses de 50 anos ou mais que ainda não se vacinaram: procurem um dos postos de vacinação do nosso município, e se vacinem. A vacina salva”, disse.

São Paulo do Potengi, distante 75 km de Natal, possuía, até ontem (15), 1256 casos confirmados do novo Coronavírus (destes, 7 foram confirmados nas 24h anteriores). 37 pessoas faleceram na cidade por conta da doença.

Natal: Vereador Hermes Câmara participa da distribuição de cestas básicas no IBAM

Parlamentar destinou emenda de R$ 100 mil a SEMTAS para compra de cestas básicas em Natal

O vereador Hermes Câmara (PTB) participou nesta quarta-feira (16 de junho) da entrega de cestas básicas para pessoas atendidas pelo projeto social da Igreja Batista do Avivamento Mundial (IBAM), polo Cidade da Esperança. A entrega foi feita pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS), e é fruto de uma emenda impositiva no valor de R$ 100 mil destinada pelo vereador.

A entrega contou com a presença do secretário da Semtas, Adjuto Dias, que destacou as ações realizadas pela pasta no atendimento social durante o período de isolamento social, em decorrência da pandemia do novo Coronavírus. Na ocasião, o vereador Hermes parabenizou o trabalho desenvolvido pela secretaria e reforçou o apoio as ações sociais.

“A destinação da emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil e a compra e distribuição das cestas básicas é uma ação muito importante, que visa acolher as pessoas que mais precisam neste momento, afetadas pela pandemia da Covid-19. Nós podemos diminuir as dificuldades que muitas pessoas estão passando, e a entrega dessas cestas vem nesse intuito: ajudar a quem mais precisa”, afirmou o vereador durante a entrega.

As cestas contêm produtos essenciais, e busca suprir as necessidades momentâneas das famílias natalenses: “Queremos reforçar nossa disposição em continuar ajudando a quem mais precisa nesse momento”, afirmou o vereador Hermes Câmara.

Ele agradeceu ainda a IBAM pela iniciativa dos trabalhos sociais realizados: “Registro nossos agradecimentos nas pessoas do Apóstolo Ivan e dos Pastores Thiago, Gildenor e Nadja, que estiveram conosco na entrega das cestas. Será uma ajuda muito importante a população que necessita”, considera Hermes.

Angicos: Prefeito Pinheiro fala sobre novo decreto municipal

Na noite dessa terça-feira, 15, o prefeito de Angicos Miguel Pinheiro Neto participou da live “Angicos Agora!” juntamente com o Chefe da Vigilância Sanitária Jacaúna Lopes e a enfermeira epidemiológica Luana Palhares. Uma live esclarecedora sobre as novas regras e medidas que estão presentes no novo decreto municipal que entraram em vigor nesta quarta-feira, 16.

Os três conversaram com a população, responderam perguntas e detalharam o que vai acontecer nos próximos dias, assim como será o formato da fiscalização. Segundo o prefeito, o novo decreto está “atendendo aos pedidos do povo”.

Confira os detalhes aqui.

Coronavírus: sintomas neurológicos e psiquiátricos da covid-19 são ‘regra e não exceção’

Perda do olfato, dor de cabeça, ansiedade, depressão e outros sintomas psicológicos e neurológicos são comuns em pessoas que tiveram covid-19. Tanto em quem sentiu sintomas graves quanto os casos mais leves.

Foi o que revelou um meta-análise de 215 estudos sobre covid-19 feitos em 30 países, que incluiu um total de 105.638 pessoas que sentiram os sintomas graves da doença.

“Na verdade, foi algo que nos surpreendeu. Esperávamos que esses sintomas aparecessem nos casos mais graves, mas não foi o que encontramos. Até vimos o oposto no caso de alguns desses sintomas”, explica à BBC News Mundo, o serviço de notícias em espanhol da BBC, Jonathan Rogers, pesquisador da University College London (Reino Unido) e autor da pesquisa.

“Parece que afetar a saúde mental e o cérebro é uma regra da covid-19, e não uma exceção.”

Os sintomas neurológicos e psiquiátricos mais comuns foram perda do olfato (43%), fraqueza (40%), fadiga (38%), perda do paladar (37%), dor muscular (25%), depressão (23%), dor de cabeça (21%) e ansiedade (16%).

Da BBC
Foto: GETTY IMAGES

Premiê britânico adia relaxamento de lockdown em um mês

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, adiou em um mês os planos de suspender as restrições do lockdown por causa da pandemia de covid-19. Ele alertou que a variante Delta, mais infecciosa, poderia matar mais milhares de pessoas se ele não fizesse nada.

No estágio final de um plano delineado em fevereiro, Johnson esperava descartar a maioria das restrições no dia 21 de junho, quando pubs, restaurantes, clubes noturnos e outros estabelecimentos poderiam reabrir totalmente.

A medida muito aguardada foi adiada para 19 de julho.

“Acho que é sensato esperar um pouquinho mais”, disse Johnson em entrevista coletiva. “No pé em que as coisas estão e com base no que consigo ver neste momento, tenho fé de que não precisaremos mais do que quatro semanas.”

O tempo adicional será usado para acelerar o programa de vacinação britânico – um dos mais adiantados do mundo – encurtando de 12 para oito semanas o tempo recomendado entre doses para pessoas de mais de 40 anos.

A situação será revista em 28 de junho, o que pode permitir que a reabertura seja adiantada, mas o porta-voz de Johnson disse que isso é considerado improvável.

Nas últimas semanas, houve um crescimento significativo de novos casos provocados pela Delta, variante descoberta inicialmente na Índia. As autoridades de saúde acreditam que essa variante é 60% mais transmissível do que a linhagem antes predominante, e cientistas alertam que ela pode desencadear uma terceira leva de infecções.

Nessa segunda-feira (14), o Reino Unido registrou 7.742 casos novos e três mortes pela doença

Com reportagem adicional de Sarah Young e David Milliken
Da Agência Brasil
Foto: Reuters/Direitos Reservados

Municípios de três regiões adotam novas medidas anticovid

Os prefeitos de municípios das regiões do Vale do Açu e Central defenderam nesta segunda-feira (14) a adesão ao decreto estadual, editado na semana passada, que contém medidas menos restritivas de enfrentando à covid-19, em relação aos regionalizados até então em vigor nos 15 municípios dessas duas regiões.

Em reunião realizada na segunda-feira (14 de junho), conduzida pelo secretário de Gestão de Projetos e Metas de Governo e Relações Institucionais, Fernando Mineiro, que também é coordenador do Pacto pela Vida, ficou acertado que a partir de hoje (terça-feira, dia 15), os municípios adotarão as medidas estabelecidas no decreto estadual 30.641/2021, com vigência até 23 de junho, cabendo a cada prefeito a edição de atos normativos mais rígidos caso considere necessários em função das especificidades locais.

As medidas também valem para os municípios do Alto Oeste, sob jurisdição da 6ª Regional de Saúde, cujo decreto com foco específico na região, caducou. “Os decretos regionalizados foram uma boa experiência, ajudaram a conter a demanda por leitos depois de uma longa batalha. Esperamos que a situação continue melhorando para que não seja necessário dar um passo atrás”, afirmou o secretário Fernando Mineiro.

Foto: Município de Jucurutu – @angulo_diferenciado

Delegações estrangeiras contaminam hoteleiros

Delegações estrangeiras contaminam funcionários de hotéis em Brasília

Delegações estrangeiras da Copa América agem como roteadores de Covid e faz torneio registrar 41 casos

Com a chegada das seleções participantes da Copa América no Brasil, rede hoteleira de Brasília registra pelo menos dez casos de Covid-19 entre os seus funcionários. O Ministério da Saúde confirmou a informação ainda na segunda feira, 14.

Na véspera do jogo contra o Brasil, 13 jogadores da seleção venezuelana já haviam testado positivo para o novo coronavírus. Os atletas foram isolados e a equipe jogou desfalcada, perdendo de 3 a 0 para o time comandado por Tite. Mas os casos confirmados não se resumem à Venezuela. Na seleção boliviana, quatro atletas também testaram positivo e não jogarão a próxima partida.

Delegações estrangeiras trazem o coronavírus para o Brasil

Ainda segundo o Ministério da Saúde, há um monitoramento ativo dos funcionários que têm contato direto com as delegações estrangeiras que desembarcam no País e se hospedam na rede hoteleira. Além disso, a pasta liderada pelo ministro Marcelo Queiroga alega ter divulgado protocolos de segurança para evitar a transmissão do vírus na competição. “Faz parte. Se não tivermos possibilidade de casos positivos, não teríamos protocolos rigorosos. Devem vir outros atletas e acontecerá a partida normalmente”, disse Queiroga.

Na próxima quinta-feira, a seleção brasileira enfrenta o Peru, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Na tarde de ontem, 14, a Federação Peruana de Futebol anunciou que um membro da comissão técnica, o preparador físico Néstor Bonillo, testou positivo para Covid e se encontra em isolamento.

Ipanguaçu completa uma semana sem registros graves de Covid

Boas notícias na região do Vale do Açu. No município de Ipanguaçu, o prefeito Valderedo Bertoldo comemorou o fato de a cidade completou, nesta segunda-feira (14), uma semana sem registrar qualquer internação para uso de oxigênio ou acompanhamento médico, ou transferência para hospitais de referência para a COVID-19.

“Devemos essa excelente notícia a dois fatores: primeiramente o avanço da vacinação, a melhor forma de prevenir essa doença. E segundo, graças aos decretos que já vigoram desde o final de maio, medidas de grande eficácia no combate ao Coronavírus”, declarou o Prefeito.

O gestor também orientou a população sobre a vacinação e o distanciamento social: “Se você já pode se vacinar, procure o ponto de vacinação mais próximo e tome a vacina! Se não puder, fique em casa, saia somente de máscara e não promova e nem participe de aglomerações”, afirmou Valderedo.

Foto: Divulgação

Covid: Fila por UTI permanece zerada no RN

A fila por leitos por UTI no Rio Grande do Norte está zerada. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap-RN). Segundo a pasta, o RN teve uma redução de 30,31% no número de solicitações por leitos em 14 dias.

Dados do Regula RN apontam que o RN tinha 40 leitos de UTI disponíveis para atendimento a pacientes com Covid na manhã de hoje (segunda-feira, 14 de junho), com cinco pessoas aguardando vagas. A ocupação geral está em 90%. Os dados apontam ainda que a pior situação é em Mossoró, que está com 100% de ocupação. A Região Metropolitana tem 88,2% de ocupação, enquanto no Seridó 75% das vagas estão ocupadas.

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília/Ilustração

Covid-19: Rússia sorteia carro para incentivar vacinação frente a aumento de casos

O prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, anunciou neste domingo (12) a realização de um sorteio de um carro para incentivar os cidadãos a se vacinarem contra o coronavírus, diante do aumento preocupante de novas infecções.

O anúncio foi feito um dia após a decisão de Sobyanin de decretar uma semana de recesso na capital russa, entre os dias 12 e 20 de junho, a fim de conter a disseminação da epidemia. “De 14 de junho a 11 de julho, os cidadãos que receberem sua primeira injeção da vacina contra a Covid-19 poderão participar da loteria para ganhar um carro”, anunciou o prefeito em um comunicado oficial.

A cada semana, cinco carros no valor de aproximadamente 1 milhão de rublos cada, o equivalente a € 11.500, estarão em jogo, de acordo com a mesma fonte. “Mas é claro que o principal ganho para quem se vacinar não pode ser comparado a nenhum carro. É a sua própria saúde e equilíbrio espiritual”, acrescentou o prefeito de Moscou.

Na mesma linha, autoridades da região de Moscou anunciaram a realização de um sorteio de um apartamento de três cômodos para aqueles que aceitarem receber a primeira dose da vacina, de 15 a 25 de junho.

Regras mais rígidas

No sábado (11), Sobyanin já havia ordenado o fechamento de áreas de recreação infantil em centros comerciais e parques até o dia 20 de junho. O governo ainda pediu aos empregadores que priorizem o home office para seus funcionários e proibiu restaurantes de atenderem a clientela das 23h00 às 06h00.

A prefeitura de Moscou também anunciou a reabertura de hospitais de campanha para acomodar os pacientes.

A Rússia registrou 14.723 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas, sendo que 7.704 somente em Moscou, atualmente o maior foco da epidemia no país. Ao todo, o país conta oficialmente 5.208.687 casos de Covid-19 desde o início da epidemia, com 126.430 mortes.

Num dos países mais afetados pela doença, a campanha de vacinação, lançada em dezembro de 2019, avança lentamente, em um contexto de desconfiança generalizada da população quanto à eficácia e segurança das vacinas. Até agora, 18 milhões de russos, ou cerca de 12% da população, receberam pelo menos uma dose do imunizante, de acordo com dados oficiais.

Dados globais

Em todo o mundo, a pandemia de Covid-19 já matou 3.797.342 pessoas desde dezembro do ano passado até este domingo, de acordo com um levantamento da AFP a partir de fontes oficiais.

Depois dos Estados Unidos (599.672 mortos), os países que registram o maior número de mortes são Brasil (486.272), Índia (370.384), México (230.095) e Peru (188.443), que tem o maior número de mortos em relação a sua população.

(Com dados da AFP)
Do MSN Notícias
Foto: Reuters/Shamil Zhumatov

Governo antecipa chegada de 3 milhões de doses da Janssen, confirma Queiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou neste sábado (12.06.2021) que 3 milhões de doses da vacina da Janssen serão enviadas ao Brasil de forma antecipada. A previsão inicial é que as doses chegariam entre outubro e dezembro de 2021.

A data de chegada não foi divulgada, mas a previsão é que o imunizante chegue no início da próxima semana. A vacina, que tem apenas uma dose, será utilizada nas capitais.

O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa, em que o ministro também explicou sobre a testagem de jogadores para a Copa América, que começa nesse domingo (13.jun).

Chegada da Janssen

A antecipação foi possível depois que o FDA (Food and Drug Administration), agência reguladora dos Estados Unidos, autorizou a utilização de 10 milhões de doses da vacina que foram produzidas na fábrica em Baltimore (Maryland).

A produção da fábrica, operada por um fornecedor da J&J, foi interrompida depois que o FDA detectou mistura de substância das vacinas da Janssen e da AstraZeneca, que também é fabricada no local.

As doses que serão enviadas ao Brasil foram produzidas antes deste problema começar, segundo relatório da agência norte-americana.

O prazo de validade da vacina expira em 27 de junho. O FDA estendeu o prazo em 6 semanas e passou o vencimento para 8 de agosto. Entretanto, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ainda precisa autorizar a ampliação da validade no Brasil.

Redução de 25% no valor do contrato

Queiroga afirmou que o contrato de compra de 38 milhões de doses da Janssen teve redução de 25% no valor previsto, de R$ 2,1 bilhões, sendo US$ 10 por dose.

O motivo da redução, segundo o ministro, foram revisões feitas pela farmacêutica ao longo do tempo de produção do imunizante.

A medida dará ao Ministério da Saúde uma economia de mais de R$ 480 milhões. O pagamento só será efetuado após a chegada dos imunizantes e serão pagas apenas as doses aplicadas.

Testagem para Copa América

Marcelo Queiroga explicou o protocolo de testagem das delegações que participam da Copa América, que começa nesse domingo (13.jun).

A seleção da Venezuela, que estreia no torneio contra o Brasil no estádio Mané Garrincha em Brasília, teve 12 membros da delegação que testaram positivo para a covid. A equipe está hospedada em um hotel na Asa Norte, na capital federal.

Marcelo Queiroga afirmou que a delegação embarcou de Caracas com todos os testes RT-PCR negativos e, depois que chegaram ao Brasil, testaram positivo.

Estes jogadores e membros da comissão técnica vão cumprir isolamento de 14 dias. Segundo Queiroga, eles só poderão sair do país depois de testarem negativo no exame RT-PCR. Além disso, será feita sequência genômica do exame para saber qual variante foi detectada.

Para o jogo de domingo, a seleção da Venezuela foi autorizada pela Conmebol a convocar novos jogadores, que também só poderão disputar a partida com o teste negativo. Sobre um possível adiamento do jogo de estreia, o ministro disse que essa decisão cabe a Conmebol.

O ministro informou que os testes realizados pela delegação brasileira não deram positivos para a covid. A seleção da Bolívia, que está em Goiânia (GO), já confirmou 4 casos da doença.

Do MSN Notícias
Foto: Walterson Rosa/MS

Fiocruz recebe mais um carregamento de IFA

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu, neste sábado (12 de junho), mais um carregamento com o ingrediente farmacêutico ativo (IFA) destinado a produção de vacina contra a covid-19. A matéria-prima para a produção das vacinas da AstraZeneca chegou no final da tarde do sábado (12) no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro.

Segundo a Fiocruz, os insumos vieram do laboratório Wuxi Biologics, na China, e a entrega da remessa permitirá a continuidade da produção das vacinas, garantindo entregas semanais ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) até o dia 10 de julho.

Na sexta-feira (11), a Fiocruz entregou 2,7 milhões de doses da vacina de covid-19 ao PNI.

“Com esta remessa, a fundação atinge cerca de 53,8 milhões de doses entregues ao PNI. A pedido da Coordenação de Logística do Ministério da Saúde, as entregas semanais se manterão às sextas-feiras e não seguirão para o almoxarifado em São Paulo, conforme previsto anteriormente”, afirmou a Fiocruz por meio de nota.

Foto: Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

RN registra menor número de solicitações de leitos para pacientes com Covid desde fevereiro

Desde o mês de fevereiro que o Rio Grande do Norte não tinha um número tão baixo de solicitações de leitos para pacientes com Covid.

No sábado (12), foram 76 casos de solicitações. A última vez que este número ficou abaixo de 80 foi no mês de fevereiro deste ano, conforme informou o Secretário Estadual de Planejamento, Aldemir Freire, nas redes sociais.

Blog do BG
Foto: Cícero Oliveira/Agecom/UFRN

RN começa domingo com fila de espera por leitos críticos zerada

O domingo começou combina boa notícia para a população potiguar. Mesmo com a possibilidade do número aumentar, nesse domingo foi zerada a fila de espera para leitos críticos, sem ninguém no aguardo.

Mas a boa notícia não para por aí, ainda foram contabilizados 40 leitos livres para atender os pacientes, o que ajuda no combate à doença, desafoga o sistema público se saúde e reduz a carga psicóloga jogada nos profissionais da saúde.

Do Blog do BG

Fernando Brito-Ministério da Saúde

Ministério da Saúde recebe mais 2,7 milhões de doses de AstraZeneca

Um novo lote com 2,7 milhões de doses da vacina AstraZeneca foi recebido pelo Ministério da Saúde ontem (sexta-feira, 11 de junho). De acordo com a pasta, outras 800 mil doses da CoronaVac também haviam sido entregues pelo instituto Butantan e que serão, em breve, distribuídas através do Plano Nacional de Imunização (PNI).

De acordo com o Ministério, as doses serão distribuídas por todos os estados e o Distrito Federal. O Ministério também informou que espera mais doses para o mês de junho.

Segundo o “Vacinômetro”, cerca de 109,4 milhões de doses de vacina já foram distribuídas, das quais 76,7 milhões foram aplicadas.

O ministro da saúde, Marcelo Queiroga, informou que a expectativa da pasta é que 160 milhões de brasileiros sejam vacinados até dezembro.

Foto: Fernando Brito/Ministério da Saúde

RN é o segundo estado com maior queda no número de casos de coronavírus

O Rio Grande do Norte foi o segundo estado com maior queda no número de casos de coronavírus, segundo análise da Semana Epidemiológica (SE) 22, de 30 de maio a 5 de junho. De acordo com o Ministério da Saúde, as maiores reduções no número de casos foram nos estados do Amapá (-36%) e Rio Grande do Norte (-28%).

O boletim epidemiológico aponta que oito estados tiveram incremento de casos na Semana Epidemiológica 22, sete ficaram estáveis e 11 mais o Distrito Federal tiveram redução. As principais altas se deram em São Paulo (35%) e Roraima (27%).

Durante a SE 22, os novos casos de covid-19 tiveram alta de 3%, o que o Ministério da Saúde considera estabilidade.

Os boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde sobre o Coronavírus reúnem a avaliação da pasta sobre a evolução da pandemia, considerando as semanas epidemiológicas, tipo de mediação empregada por autoridades de saúde para essas situações. A semana epidemiológica é um recorte temporal adotado por autoridades de saúde para analisar esses movimentos.

Relatório do LAIS aponta benefícios com a imunização no RN

Mesmo com o aumento nos pedidos de leitos para o tratamento da covid-19 durante as duas últimas semanas de maio, o Rio Grande do Norte começa a demonstrar uma reação quanto a pandemia do coronavírus, vivenciada em todo o mundo. Essa reação se deve ao fato de o estado ter avançado na imunização dos grupos prioritários, principalmente, idosos acima de 60 anos. É o que aponta o novo relatório do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN), utilizando como fonte as informações das plataformas Coronavírus RN, RegulaRN e RN Mais Vacina, todas integrantes do ecossistema tecnológico criado pelo LAIS para o enfrentamento à pandemia.

O documento traz, também, a lista dos municípios que mais solicitaram internações pela covid-19 no período entre os dias 1 e 9 de junho. De acordo com o diretor executivo do LAIS, professor Ricardo Valentim, esses dados são fundamentais na tomada de decisão quanto às medidas restritivas necessárias a serem adotadas pelas gestões municipais. Valentim ressalta também que quando são observados os dados acumulados durante toda a pandemia, a respeito dos pedidos por internações (solicitações por 1.000 habitantes) em leitos covid-19 por município do RN, observa-se que o município de Pau dos Ferros é o responsável pelo maior número de solicitações para internar pacientes com covid-19. “Portanto, a situação de Pau dos Ferros deve ser observada com bastante atenção”, reforça ele.

Entre as quatro recomendações feitas no relatório, os pesquisadores reforçam a necessidade de expandir a imunização da população, incluindo crianças a partir dos 12 anos e o planejamento para a retomada das atividades econômicas no Rio Grande do Norte, sempre avaliando com base em novas matrizes de risco.

Foto: GovSP/Fotos Públicas/Ilustração

Bolsonaro recua sobre uso de máscara e diz que decisão é de governadores e prefeitos

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mudou seu posicionamento sobre desobrigar o uso de máscaras pelas pessoas vacinadas ou já recuperadas do novo coronavírus. Nesta sexta-feira, 11 de junho, ao deixar o Palácio da Alvorada, ele repetiu que pediu ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, um estudo sobre o tema. Porém, diferente do que afirmou ontem, Bolsonaro disse que a decisão final caberá ao ministro e aos governadores e prefeitos.

“Quem vai decidir é ele (Queiroga), não o parecer. Se bem que quem define, na ponta da linha, são os governadores e os prefeitos. Segundo o Supremo, quem manda são eles”, afirmou Bolsonaro. Ontem, o presidente recebeu críticas após relevar a demanda feita ao ministro Marcelo Queiroga.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado Vulcão Cumbre Vieja em La Palma não dá sinais de abrandamento Cocaína no Ceará tem tudo, menos o princípio ativo da droga