Tag coronel Francisco Araújo - Por dentro do RN

coronel Francisco Araújo

Operação Verão 2022 inicia no próximo dia 5 e conta com o reforço de 1.312 novos policiais militares

Operação Verão 2022 inicia no próximo dia 5 e conta com o reforço de 1.312 novos policiais militares

A Operação Verão 2022 terá um reforço no efetivo de 1.312 novos policiais militares, que foram formados neste ano. A Operação Verão será lançada pelo governo do Estado no próximo dia 5 de janeiro, após o recebimento de sugestões de prefeitos de municípios litorâneos e de empresários do segmento do turismo.

A discussão com a sociedade civil aconteceu ontem, em cerimônia no Centro de Convenções de Natal e a governadora do Estado, Fátima Bezerra, estava presente. Além do aumento na quantidade de policiais, ela assegurou o pagamento das diárias operacionais dos agentes.

“É um momento de fortalecimento das ações da Operação Verão. Além do acréscimo no efetivo, o governo garantiu o pagamento das diárias operacionais, que são essenciais para a mobilização das forças de segurança”, disse a governadora Fátima Bezerra.

O secretário de Segurança Pública, Francisco Araújo, diz que os policiais recém-formados participarão do policiamento ostensivo em todas as praias do litoral potiguar. Eles serão divididos de acordo com as unidades operacionais.

“Temos um planejamento e, com a sugestão dos gestores municipais, será feita uma reprogramação com ajustes com intuito de dar uma melhor sensação de segurança em todas as cidades da orla marítima”, declara Araújo. Ao todo, o estado possui mais de 400 quilômetros de faixa litorânea distribuídos em 24 cidades, de Tibau do Norte ao Sagi.

A operação é integrada com todas as forças de segurança dos três entres federativos, ou seja, União, Estados e Municípios. O vice-governador Antenor Roberto ressaltou o esforço estadual em trabalhar a segurança pública de forma integrada com as prefeituras, para que o trabalho operacional possa ser aperfeiçoado.

“Desde o início da nossa gestão, as ações na área de segurança pública ocorrem de forma integrada. Por isso, convidamos os municípios, alguns inclusive que possuem guardas municipais, para que possamos trabalhar juntos com o intuito de coibir os excessos que possam ocorrer neste período de veraneio”, comentou.

No ano passado, a Operação Verão custou ao governo aproximadamente R$ 7 milhões em diárias operacionais e mobilizou 735 agentes, entre militares e civis. Entre os equipamentos entregues no ano passado, estavam ônibus, micro-ônibus, caminhonetes, ambulâncias, viaturas para o Itep/RN, coletes e escudos balísticos.

Foto: Reprodução/Adriano Abreu

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Polícia Militar do RN ganha reforço de 290 novos soldados, sendo 197 policiais femininas;

Polícia Militar do RN ganha reforço de 290 novos soldados, sendo 197 policiais femininas

O Governo do Rio Grande do Norte concretiza mais uma ação que visa ao fortalecimento da segurança pública do estado. Após a formação de 1.017 soldados no Curso de Formação de Praças (CFP) da Polícia Militar em 2020, uma solenidade no Centro de Convenções de Natal formou 290 novos soldados nessa sexta-feira (3.dez.2021), sendo 197 mulheres, o que concretiza a maior turma feminina de praças policiais militares do Brasil.

Sobre este incremento de recursos humanos aos quadros da Polícia Militar, a governadora Fátima Bezerra destacou que a gestão trata o aumento do efetivo como prioridade. “É um orgulho para nós concretizarmos este desejo de formar novos soldados para a Polícia Militar. É uma necessidade da corporação e por isso não mediremos esforços para incrementar ainda mais os efetivos das forças de segurança”, afirmou a governadora, que esteve acompanhada do vice-governador Antenor Roberto e do secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed/RN), coronel Francisco Araújo.

Polícia Militar do RN ganha reforço de 290 novos soldados, sendo 197 policiais femininas
Foto: Divulgação/Raiane Miranda/Assecom

Integrados ao curso de formação que teve duração de 10 meses, os alunos foram apresentados às técnicas e táticas profissionais que lhes permitirão desempenhar um serviço de qualidade, voltado para garantir segurança e dignidade à sociedade potiguar.

A turma concluinte do CPF 2021 foi nomeada em forma de homenagem ao soldado da Polícia Militar Márcio do Nascimento Costa, morto em serviço no ano de 2010. Para o descerramento da placa, foram convidados os pais e a irmã do homenageado, soldado M Costa, que faz parte da turma.

Coordenado pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento Policial (CFAP) da Polícia Militar, este foi o primeiro curso de formação da corporação após a promulgação da lei de equidade de gênero, de julho de 2021, que promove a concorrência livre de vagas entre candidatos de ambos os sexos.

Durante a solenidade, as autoridades presentes realizaram a entrega das insígnias para as primeiras colocadas no curso de formação. A governadora, professora Fátima Bezerra, realizou a entrega da medalha Tiradentes, concedida aos primeiros lugares dos cursos de formação, para a soldado Dahyane.

Polícia Militar do RN ganha reforço de 290 novos soldados, sendo 197 policiais femininas
Foto: Divulgação/Raiane Miranda/Assecom

O vice-governador Antenor Roberto realizou a entrega da insígnia para a soldado Miranda, segunda colocada no curso. Coube ao comandante geral da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, entregar a medalha a soldado Isabelly, terceira colocada no curso. Com a conclusão das turmas de 2020 e de 2021, o Governo do Estado incorpora 1.307 novos policiais militares ao efetivo da corporação, que não recebia novos policiais desde 2006, ano em que foi realizado o último concurso.

Novo concurso

Na mesma ocasião, a governadora aproveitou para anunciar que autorizou a realização de um novo concurso para a Polícia Militar, com a abertura de mais 1.158 vagas para fortalecer ainda mais a corporação, oferecendo à população mais segurança.

A respeito da apresentação dos novos policiais militares à sociedade potiguar, o Comandante Geral da Polícia Militar, coronel PM Alarico Azevedo, reiterou o ofício que os novos soldados terão a partir de agora. “A missão dos novos soldados é árdua, mas a formação é de excelência. Os honrados homens e mulheres formandos nesta turma terão uma nova vida daqui em diante. Darão o melhor de si para defender o povo do Rio Grande do Norte”, disse.

Em leitura da mensagem aos presentes, a oradora da turma, soldado Rianny, emocionou o público e as autoridades ao mencionar os sacrifícios dos alunos para a concretização da formação policial. “O cinza da Polícia Militar do Rio Grande do Norte que nos reveste não é apenas uma farda, mas é a marca da vitória de quem abriu mão de si, e de tudo que amava, para dedicar a vida ao propósito ímpar de servir e proteger aqueles que carecem os nossos cuidados”, enfatizou a soldado.

Polícia Militar do RN ganha reforço de 290 novos soldados, sendo 197 policiais femininas
Foto: Divulgação/Raiane Miranda/Assecom

Após a conclusão oficial do curso, os novos soldados serão apresentados nas diversas unidades da Polícia Militar, para que realizem o estágio operacional, momento em que poderão colocar em prática tudo o que aprenderam durante o curso, sob a supervisão de policiais com maior experiência operacional.

Além dos já citados estiveram presentes o promotor e representante do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) Vitor Azevedo, os deputados estaduais Subtenente Eliabe e Coronel Azevedo, representando a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o procurador-geral do estado (PGE), Luiz Antônio Marinho, o subcomandante da Polícia Militar, coronel Zacarias Mendonça, o diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Manoel Marques, o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Luiz Monteiro, o diretor do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) Marcos Brandão, a secretária de Segurança e Defesa Social de Natal (SEMDES), delegada Sheila Freitas, além de outras autoridades militares.

Foto: Divulgação/Raiane Miranda/Assecom

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Secretaria da Administração Penitenciária (Seap/RN) inicia curso de formação para 104 novos policiais penais

Secretaria da Administração Penitenciária (Seap/RN) inicia curso de formação para 104 novos policiais penais

Com a convocação dos novos 104 candidatos a policiais penais, em apenas três anos de governo, a atual gestão terá aumentado em cerca de 20% o efetivo da Polícia Penal.

A Secretaria da Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte (Seap/RN), através da Escola Penitenciária (Espen), realizou na manhã da segunda-feira (22), a aula inaugural do Curso de Formação Profissional, como fase do concurso público para o cargo de policial penal da Seap/RN. Com a convocação dos novos 104 candidatos, em apenas três anos de governo, a atual gestão terá aumentado em cerca de 20% o efetivo da Polícia Penal.

A abertura do evento contou com a presença do vice-governador, Antenor Roberto; do secretário da Seap/RN, Pedro Florêncio; do juiz federal, Walter Nunes; do secretário da Segurança Pública e da Defesa Social, coronel Francisco Araújo; do promotor de Justiça, Victor Emanuel; do procurador-geral da República, Ronaldo Sérgio; do juiz de Execuções Penais, Henrique Baltazar; representando o Itep, o diretor do Instituto Médico Legal (IML), Fernando Marinho; da presidente do Sindicato dos Policiais Penais, Vilma Batista, entre outras autoridades.

Antenor Roberto disse aos futuros policiais penais que o Governo do Estado trata a pasta da Administração Penitenciária como parte efetiva do sistema se segurança pública estadual. “Temos uma política de Estado de Segurança Pública pensada de forma sistêmica. Não é política de governo, mas de Estado. Essa integração se desenvolve no dia a dia. Nós criamos a Secretaria da Administração Penitenciária porque pensamos a segurança pública de forma integrada”, disse.

Secretaria da Administração Penitenciária (Seap/RN) inicia curso de formação para 104 novos policiais penais
Foto: Divulgação/Seap

O secretário Pedro Florêncio deu as boas-vindas aos alunos falando sobre a responsabilidade do servidor público e fez um breve relato dos avanços do sistema penitenciário na atual gestão.

Em seguida, o juiz Walter Nunes fez a abertura do curso com uma palestra sobre a história da execução penal no mundo e no Brasil, abordando temas como o fenômeno social do crime; o sistema prisional nacional; o controle na prisão; fundamentos do poder de punir; pena de prisão; a eficiência do sistema prisional; finalidade da execução da pena; Lei de Execução Penal de 1984; entre outros. “O dia de hoje nos diz porque estamos avançando nessa área. A política de segurança pública do Estado é sensível ao sistema penitenciário”, disse.

Segundo Pedro Florêncio, os policiais penais ingressarão numa Seap modernizada, com novos sistemas de videomonitoramento, de comunicação, de transporte e com armamentos novos e modernos. Além disso, encontrarão um sistema penitenciário disciplinado, seguro e avançando em ações de trabalho com uso de mão de obra carcerária e educação prisional.

O curso focará no papel do policial penal enquanto agente público e de transformação social, para uma gestão ética, eficiente, técnica e pautada na legalidade e na dignidade humana. São exigidos 100% de frequência em disciplinas que envolvem armamento, tiro e procedimentos de escolta penal, além do estágio supervisionado. Entre disciplinas teóricas e práticas, o curso terá carga horária de 528 horas.

Foto: Divulgação/Seap

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Sesed RN investiga se onda de violência tem relação com suposto racha de facção no Estado

Sesed RN investiga se onda de violência tem relação com suposto racha de facção no Estado

A Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor) e a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed/RN) estão aumentando o efetivo policial para prevenir novas ocorrências no Estado, após a realização de roubos e furtos de carros, inclusive a mão armada, perseguição policial com capotamento e o assassinato de um policial militar da reserva.

Segundo as forças de segurança, o pano de fundo destes crimes pode ser disputa pelo poder dentro da facção Sindicato do Crime, cujos membros estão divergindo sobre a forma de agir. O racha foi identificado pelos setores da segurança pública do RN.

Em entrevista ao jornal Tribuna do Norte, o secretário da Sesed, coronel Francisco Araújo, disse que ainda não é possível afirmar a relação entre a crise interna da organização criminosa e a sequência de atos criminosos, o que depende de uma investigação. “Só uma investigação minuciosa das delegacias especializadas com o Ministério Público é que, no final, poderá dizer. Já está em andamento, inclusive com as Forças Tarefa da Polícia Federal”, declarou o secretário.

De acordo com o secretário, todas as ações de investigação com caráter mais específico estão a cargo da Deicor e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPRN). “Eles é que podem dizer o que pode ser tornado público. Já tivemos reuniões com eles interagindo, trocando informações para tomar as medidas adequadas”, informou.

Foto: Adriano Abreu/Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Segurança Pública do RN

Após noite de terror em Natal, Secretaria de Segurança Pública reforça patrulhamento; foram 9 assassinatos em menos de 48h

O secretário de Segurança Pública, coronel Francisco Araújo, informou que o patrulhamento da Polícia Militar na zona Norte de Natal foi reforçado. O aumento no patrulhamento ocorre após nove homicídios em menos de 48 horas na região. Segundo o secretário, Polícia Civil trabalha na investigação dos casos.

“Nós estamos com ações de policiamento ostensivo, com várias unidades da Polícia Militar fazendo o patrulhamento, e com ações da Polícia Civil. A população deve entender que o poder público estadual, através das instituições de segurança pública, está na rua trabalhando para garantir a sua segurança”, disse o coronel.

O secretário também garantiu que as forças de segurança têm total comando da situação: “Muitas vezes as pessoas ficam pregando fake news em grupos de WhatsApp e, ao invés de ajudar, trazem pânico para a sociedade. Mas a população pode confiar no sistema de segurança pública, que está fazendo ações para manter a ordem”, garantiu o secretário.

Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado Vulcão Cumbre Vieja em La Palma não dá sinais de abrandamento Cocaína no Ceará tem tudo, menos o princípio ativo da droga