Polícia Civil prende no RN dupla suspeita de matar dois jovens durante uma partida de sinuca em Cuité (PB)

Polícia Civil prende no RN dupla suspeita de matar dois jovens durante uma partida de sinuca em Cuité (PB)

Rui Barbosa Santos Júnior e Alison Costa Santos jogavam sinuca quando foram surpreendidos e mortos pela dupla no município de Cuité, na Paraíba.

Policiais civis da 9ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Santa Cruz, em ação conjunta à Delegacia Especializada de Capturas e Polinter (DECAP) e à Polícia Civil da Paraíba (PCPB), deram cumprimento, durante diligências da Operação Vaquejada de Sangue, nesta quarta-feira (20), a dois mandados de prisão preventiva em desfavor de José Leonardo dos Santos, 24 anos e de Guilherme Vindoura da Silva, 21 anos.

Os mandados de prisão foram expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, em decorrência da suspeita da prática dos crimes de dois homicídios e de três tentativas de homicídios, praticados no dia 3 de outubro deste ano, na zona rural do município de Cuité/PB, após uma discussão durante uma partida de sinuca.

José Leonardo foi detido na cidade de Japi, no Rio Grande do Norte. No momento da abordagem, ele também foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. No local, foi apreendida uma espingarda calibre 12, sem registro. José Leonardo foi encaminhado ao sistema prisional da Paraíba, onde permanecerá à disposição da Justiça. Guilherme Vindoura foi detido em Parnamirim e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Sobre o caso

No dia 3 de outubro de 2021, acusados e vítimas estavam em um bar no Sítio Batentes, zona rural de Cuité, logo após terem participado de uma festa (vaquejada), quando, por volta das 5h, após desentendimento durante uma partida de sinuca, os acusados surpreenderam às vítimas, efetuando vários disparos, que levou a óbito, ainda no local, Rui Barbosa Santos Júnior, 19 anos, e Alison Costa Santos, 21 anos, além de atingir outras três pessoas, sendo duas mulheres e um adolescente de 17 anos que estavam no ambiente.

As investigações foram iniciadas pela Polícia Civil da Paraíba, por meio do Núcleo de Homicídios/GTE/13ª DSPC, foram coletadas provas que apontaram que os dois suspeitos dos crimes eram da cidade de Japi, situada no Rio Grande do Norte, identificados como sendo José Leonardo dos Santos e Guilherme Vindoura da Silva.

Na delegacia, durante interrogatório, José Leonardo confessou a prática dos homicídios e das tentativas de homicídios, praticados na zona rural de Cuité, confessando ainda que no dia 30 de julho do corrente ano, havia cometido um homicídio na cidade de Japi (RN). Em seu interrogatório, Guilherme Vindoura também confessou a prática dos homicídios e das tentativas de homicídios em Cuité, mas alegou que a arma de fogo que utilizou para prática dos crimes foi vendida em um sítio na cidade de Japi, no dia seguinte à prática criminosa.

As prisões representam uma integração policial que transpõem fronteiras estaduais, imbuída do dever de repressão aos crimes contra à vida. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.