Em Parnamirim, ex-prefeito e ex-secretário são condenados por incluir profissionais de saúde na folha salarial sem contrato formal

Em Parnamirim, ex-prefeito e ex-secretário são condenados por incluir profissionais de saúde na folha salarial sem contrato formal

O juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Parnamirim condenou o ex-prefeito de Parnamirim, Maurício Marques e um ex-secretário do município a pagar multa civil equivalente a cinco vezes o valor de seus últimos salários nos cargos, por terem contratado profissionais de saúde “verbalmente” para o município.

A condenação ocorreu dentro da ação civil de improbidade administrativa aberta pelo Ministério Público, que alegou que não havia qualquer formalização na contração dos profissionais, o que configurou, segundo o MP, uma “contratação precária” de profissionais para dar plantões no Hospital Regional Deoclécio Marques de Lucena entre os anos de 2009 e 2016.

Foto: Alessandro Sousa/Inter TV Cabugi

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.