CNPq

Servidor do CNPq ‘queima’ após apagão e dados acadêmicos desaparecem do Lattes; órgão não tem backup

Servidor do CNPq ‘queimou’ após apagão, deixou a Plataforma Lattes offline e, até onde se sabe, não possui backup; órgão emite nota esclarecendo caso.

Desde ontem (26) que professores e pesquisadores do Brasil inteiro tentam acessar a plataforma Lattes, onde ficam hospedadas todas as informações dos pesquisadores, bem como os seus trabalhos desenvolvidos, mas não conseguem. Ao procurarem o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) foram informados de que o sistema Lattes estava fora do ar, pois, o servidor do CNPq “queimou”.

Dessa maneira, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico revelou que o servidor do CNPq “queimou” e que não havia backup da plataforma lattes e que ainda não é possível dimensionar a quantidade de dados que foram perdidos. “A placa do servidor que queimou não tinha backup, a gente não sabe exatamente o que a gente perdeu (de dados), se perdeu alguns segundos, minutos, horas, dias. A folha de pagamento também está comprometida, vai ter que fazer algum processo manual, enfim, está um caos no CNPq”, informa o Conselho .

Em comunicado publicado nas redes sociais, o governo federal omite que pode ter perdido milhares de dados referentes à produção científica no Brasil. “O CNPq informa que segue em esforço conjunto com o Ministério da Ciência Tecnologia e Inovações (MCTI) para o restabelecimento dos sistemas após evento que causou a indisponibilidade das plataformas”.

Em seguida, o comunicado afirma que “a prioridade é restaurar o acesso aos currículos na Plataforma Lattes o mais rápido possível”.

Notícia atualizada às 14h45 de 27 de julho de 2021

No Twitter, CNPq emitiu nota explicando o ocorrido. Você pode conferir a publicação do órgão abaixo:

INFORME CNPQ

Em continuidade aos comunicados sobre a indisponibilidade do servidor do CNPq, incluindo as Plataformas Lattes (Currículo Lattes, Diretório de Grupos de Pesquisa, Diretório de Instituições e Extrator Lattes) e Carlos Chagas, fazemos os seguintes esclarecimentos:

O problema que causou a indisponibilidade dos sistemas já foi diagnosticado em parceria com empresas contratadas e os procedimentos para sua reparação foram iniciados. O CNPq já dispõe de novos equipamentos de TI e a migração dos dados foi iniciada antes do ocorrido. Independentemente dessa migração, existem backups cujos conteúdos estão apoiando o restabelecimento dos sistemas.

Portanto, não há perda de dados da Plataforma Lattes. O pagamento das bolsas implementadas não será afetado. Todos os prazos de ações relacionadas ao fomento do CNPq, incluindo a Prestação de Contas, estão suspensos e, de ofício, serão prorrogados. Os comunicados oficiais do CNPq são feitos exclusivamente por meio dos canais oficiais na internet: site e redes sociais. Manteremos todos atualizados sempre que houver novas informações sobre a questão.

Para demais dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento pelo telefone 61 3211 4000 ou pelo e-mail [email protected] Reforçamos que o CNPq/MCTI estão comprometidos com a restauração do acesso aos sistemas operacionais com a maior brevidade possível.

FIM DA NOTA

Foto: Reprodução/CNPq

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.