Tag Dançando nas Dunas - Por dentro do RN

Dançando nas Dunas

Parque das Dunas completa 44 anos em novembro

Parque das Dunas completa 44 anos em novembro

A primeira Unidade de Conservação do Rio Grande do Norte faz aniversário neste mês de novembro. Conhecido popularmente como Parque das Dunas, o Parque Estadual Dunas do Natal Jornalista Luiz Maria Alves, um dos atrativos naturais da capital potiguar, completa 44 anos de existência no próximo dia 22.

Para celebrar a data, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), por meio da gestão do Parque, preparou uma programação durante os dias 19, 20 e 21 de novembro, com o intuito de sensibilizar a população para a importância da Unidade, oferecendo atividades culturais, literárias, de saúde, e que relembrem a necessidade de se preservar a área verde de grande simbologia para o Rio Grande do Norte, responsável por abrigar variadas espécies florística e faunística da Mata Atlântica.

De acordo com a gestora do Parque das Dunas, Mary Sorage, celebrar o aniversário do Parque com uma programação voltada para práticas esportivas e de qualidade de vida, além da biodiversidade potiguar, faz todo sentido no trabalho de conservação da natureza e no foco da saúde das pessoas e dos demais seres vivos.

“O Parque completa 44 anos e apesar das restrições sanitárias é um momento que gostaríamos de celebrar, de festejar e mostrar o quanto a Unidade é importante. Lembrando que a data também serve para ressaltar que é um momento de luta pela conservação da Natureza, de debates sobre a necessidade de coexistirmos junto a ela, e que somente com a sua sobrevivência é que podemos pensar em um futuro possível para todos nós. O Parque das Dunas exala a essência da vida”, ressaltou Mary Sorage.

Um dos destaques da programação é o lançamento do e-book do Parque das Dunas, que será disponibilizado gratuitamente nos sites institucionais do Idema (idema.rn.gov.br) e do Parque (parquedasdunas.rn.gov.br). O material elaborado pela equipe técnica do Parque das Dunas, a obra possui mais 250 páginas e escrita em formato bilíngüe, será um guia a fim de apresentar as espécies da fauna encontradas na Unidade de Conservação e Posto Avançado da Biosfera em território Potiguar, com fotografias feitas por biólogos e dados sobre a diversidade biológica. Um trabalho de pesquisa e catalogação feito em mais de dois anos.

Além do lançamento do Guia Fotográfico, outras atividades estão programadas para celebrar o aniversário, em parceria com a Universidade Potiguar-UNP, serão realizadas ações de massagens, avaliação física, orientações voltadas para a temática de educação ambiental, dança, aferição de pressão arterial e glicemia, alongamentos, entre outros.

Som da Mata

Nascido em Brasília, Anderson formou-se bacharel em saxofone clássico pela UnB. Apesar de nunca ter abandonado o seu lado erudito, foi no jazz e na música brasileira que construiu sua carreira. Radicado em Natal há mais de dez anos, coordena o Grupo de Improvisação Livre da UFRN e o combo Jazz Pandemia.

Parque das Dunas

Espaço para caminhadas, brincadeiras, trilhas, atividades ao ar livre de todos os tipos e para todas as idades, o parque também é lugar de produção de mudas nativas, de pesquisa, ciência, disseminação de conhecimento e também onde acontecem renomados projetos culturais, como o Dançando nas Dunas, Bosque Encena, o Som da Mata, feiras de livros, quadrinhos, artesanato e muito mais.

O Parque das Dunas, apesar de oferecer um ponto de encontro das pessoas, o contato com a natureza, espaço para a prática de atividades físicas e realização de eventos, ele vai muito além dessas possibilidades. É um local que ocupa uma área de aproximadamente 1.172 hectares, um fragmento do Bioma da Mata Atlântica brasileira, fundamental para a qualidade de vida da população, contribuindo tanto na recarga do lençol freático da cidade, quanto na purificação do ar. O setor de uso público é o “Bosque dos Namorados”, ocupando uma área aproximada de sete hectares, com mais de mil e quinhentas árvores nativas da Mata Atlântica.

Outro fato é que o Parque das Dunas abriga uma fauna e flora de grande valor biológico, e entre as espécies, muitas estão em processo de extinção, por isso a importância de se falar sobre a necessidade de preservação.

Confira a programação:

Dia: 19/11 (sexta-feira)

Auditório Tocandira

Lançamento do eBook da Fauna do Parque das Dunas e entrega dos certificados de Gratidão, às 9h.

Dia: 20/11 (sábado)

Espaço Folha das Artes

  • Manhã:

Avaliação física – 9h às 11h

Zumba – 9h às 10h

Recreação (atividades lúdicas) – 10h às 11h

  • Tarde:

Avaliação física – 14h às 16h

Alongamento – 15h às 16h

Recreação (atividades lúdicas) – 15h às 16h

Espaço Oficina de Artes

Orientação de higiene bucal e entrega de kit´s

  • 9h às 12h

Anfiteatro Pau-brasil

Aferição de pressão arterial e glicemia

  • 9h às 12h
  • 14h às 16h

Informativo sobre Novembro Azul

  • 9h às 12h
  • 14h às 16h

Orientação nutricional

  • 9h às 12h
  • 14h às 16h

Espaço da trilha, próximo ao Viveiro

Massagem relaxante (pés e mãos)

– 9h às 12h

  • 14h às 16h

Atividades vinculadas ao Parque (orientação voltada para Educação Ambiental)

  • 9h às 12h
  • 14h às 16h

Dia: 21/11 (domingo)

Anfiteatro: Orquestra D’Amore, às 10h

Anfiteatro: Som da Mata, às 16h30

Espaço Folha das Artes: Eco Feira, das 8h às 17h

Espaço Oficina de Artes: Lançamento do livro Musical, 8h às 12h

Foto: Celly Maia/Idema (RN)

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Som da Mata retoma apresentações presenciais e recebe o grupo Fuxico de Feira neste domingo (14)

Som da Mata retoma apresentações presenciais e recebe o grupo Fuxico de Feira neste domingo (14)

Além do grupo Fuxico de Feira no domingo, Shaman Tribal Company apresenta espetáculo Híbrida neste sábado (13), de maneira virtual.

O Dançando nas Dunas virtual acontece no próximo sábado, 13 de novembro, às 16h30, e recebe o espetáculo Híbrida, da Shaman Tribal Company, companhia de dança com núcleos em Natal/RN e Piracicaba/SP que há 15 anos trabalha com pesquisa, fruição artística, ensino, fomento e formação de público em Fusão Étnica Contemporânea (Tribal Fusion), com apresentações realizadas em diversos estados brasileiros, além de Argentina, Chile, Colômbia e Estados Unidos.

Este espetáculo reúne em sua montagem pesquisas e laboratórios que vem sendo desenvolvidos desde a fundação da companhia. O roteiro abrange coreografias criadas pelo próprio corpo de baile sob a direção de Cibelle Souza. A atmosfera cênica é toda construída sob o olhar da fusão étnica contemporânea, com base na dança do ventre, dança indiana, flamenco e danças folclóricas do norte da África.

O Dançando nas Dunas acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Nata, por meio da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro da Arena das Dunas, além do apoio do Governo do Estado através do Idema/RN e da Padaria Hora do Pão.

Já na tarde do domingo, 14 de novembro, às 16h30, o projeto Som da Mata retorna às apresentações presenciais recebendo a banda Fuxico de Feira, composta pelos músicos Fernandinho Régis (rabeca, 7 cordas e cavaco), Felipe Erick (sanfona e 7 cordas), Abner Moabe (percussão) e Valério Felipe (percussão).

O grupo deu início em 2018, a partir de uma sugestão de Carlinhos Zens de montar uma banda cujo repertório passeasse pela música brasileira, em especial a nordestina, mas que também explorasse o cancioneiro popular. Para este show, o Fuxico traz um repertório que contempla composições de grandes nomes como Dominguinhos, Sivuca e o mestre Luiz Paixão.

O projeto Som da Mata também ocorre graças à renúncia fiscal da Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro da Unimed Natal e da Uniodonto RN, além do apoio do Governo do Estado através do Idema/RN e da Padaria Hora do Pão.

Informações:

Projeto Dançando nas Dunas (virtual)

O espetáculo Híbrida fica por conta da Companhia Shaman Tribal Company, com produção da Praieira Filmes. A exibição online ocorrerá no Instagram (@dancandonasdunas), no Facebook (Dançando nas Dunas) e no YouTube (Dançando nas Dunas). O evento ocorre neste sábado, 13 de novembro, às 16h30 e será realizado pela Sá de Paula Produções.

Projeto Som da Mata (presencial)

O show com o grupo Fuxico de Feira no Parque das Dunas dá boas vindas à retomada do Projeto Som da Mata, no Anfiteatro Pau-Brasil do Parque das Dunas, localizado na Avenida Alexandrino de Alencar, S/Nº, bairro Tirol. O evento ocorre no próximo domingo, 14 de novembro, a partir das 16h30. O acesso ao parque custa R$ 1,00 e o espetáculo é gratuito. Para mais informações, (84) 3201-3985 | (84) 3201- 4440

Foto: Divulgação/Fuxico de Feira

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado Vulcão Cumbre Vieja em La Palma não dá sinais de abrandamento Cocaína no Ceará tem tudo, menos o princípio ativo da droga