Styvenson diz que Agripino faz 'acordo com o satanás' e chama ex-senador de 'bunda mole'

Styvenson diz que Agripino faz ‘acordo com o satanás’ e chama ex-senador de ‘bunda mole’

Ao criticar a união do DEM e do PSL, que se tornarão o partido “União Brasil”, o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) ironizou a criação da nova legenda, que surge com a proposta de dar mais força às candidaturas do chamado “centro democrático”. Segundo ele, os integrantes do partido são “bunda mole”.

A declaração foi feita em entrevista a rádio 98 FM de Natal nesta quarta-feira (6). O “União Brasil” será o maior partido do Brasil em termos de bancada no Congresso, com 82 deputados e 8 senadores, inicialmente.

“O cara que sabe fazer política, o experiente, ele é tão bom que precisa de dinheiro, partido grande, tempo de televisão, se juntar com um monte de gente, fazer uma quadrilha, para poder ganhar. Mas não é bom? Faz só, porra. Faz como Styvenson. Tem coragem não. Tudo bunda mole”, declarou o senador.

Em seguida, Styvenson foi perguntado se a crítica também se dirigia ao ex-senador pelo RN, José Agripino, que será vice-presidente nacional da nova sigla. Styvenson disse que sim, e criticou o ex-parlamentar: “Cadê? Está lá? Se para ganhar uma eleição precisa de televisão, tempo, fundo eleitoral gigantesco, precisa fazer esse tipo de acordo até com o satanás para ganhar, qual o mérito de vencer uma campanha assim?”, declarou.

Fotos: Roque de Sá/Pedro França/Agência Senado

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.