Após exoneração conjunta de 29 funcionários do Inep, MEC mantém Enem 2021

Após exoneração conjunta de 29 funcionários do Inep, MEC mantém Enem 2021

Funcionários do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) pediram exoneração conjunta nesta segunda-feira (8.nov.2021). Ao todo, 29 servidores pediram exoneração ou dispensa do cargo em comissão ou função comissionada para os quais foram designados como titulares ou substitutos. Eles afirmam que “não se trata de posição ideológica ou de cunho sindical”.

O Inep é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), responsável por avaliações nacionais, a exemplo do Enem, que será realizado para mais de 3 milhões de estudantes nos próximos dias 21 e 28 de novembro. Ainda de acordo com os servidores, os pedidos de exoneração se deram por conta da “fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima do Inep”.

MEC afirma que Enem está mantido

O Ministério da Educação (MEC) confirmou, na segunda-feira (8.nov.2021), que o cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 está mantido e não será afetado pela saída de servidores do Inep. Segundo o órgão, as provas estão com a empresa que será responsável pela aplicação dos exames no final deste mês.

Ainda de acordo com o MEC, o Inep está monitorando a situação para garantir a normalidade do exame.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.