Tag Karenina Hentz da Cunha Lima - Por dentro do RN

Karenina Hentz da Cunha Lima

Movimenta Mulheres RN lança campanha de 16 dias pelo fim da violência contra as mulheres

Movimenta Mulheres RN lança campanha de 16 dias pelo fim da violência contra as mulheres

O Movimenta Mulheres RN, presidido por Karenina Hentz da Cunha Lima, Isabella Lauar e Caroline Maciel, organizou uma vasta agenda de atividades em prol da Campanha dos 16 dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres.

“Nós preparamos a agenda com o norte da enorme responsabilidade que temos de promover atividades que contribuam para as discussões a respeito do tema, que propicie o acesso das pessoas aos debates, observando absolutamente todas as nuances necessárias diante da complexidade que é o fenômeno da violência contra as mulheres e toda sua pluralidade”, pontua a arquiteta Karenina Hentz.

A abertura da Agenda Oficial do grupo ocorrerá no dia 25 de novembro, data que marca o início da Campanha Internacional, no Meu Barraco Boteco & Bistro, às 19h e ficará a cargo da banda A Cor da Terra, das artistas potiguares Beth Milanez e Jacy Lobo, integrantes e coordenadoras da pasta de Música do Movimenta Mulheres RN, que farão um belo tributo à cantora Marília Mendonça, destacando o feminismo por trás das suas letras. Seguindo a programação, os mais diversos temas serão abordados com convidadas especiais, mulheres atuantes na causa.

Confiram abaixo a agenda completa:

26/11 – Live Internacional no @movimentamulheresrn – 16h – Tema: “Relações Tóxicas, mulheres e violência de gênero”, com a psicóloga espanhola Dra. Elena Cedillo e a jurista espanhola Dra. Raquel López Merchán;

29/11 – Live Internacional no @movimentamulheresrn – 20h – Tema: “Se eu posso, você pode! Superando a violência de gênero”, com a ativista espanhola María José Garcia Palma;

30/11 – Live no @movimentamulheresrn – 19h – Tema: “Desmistificando o Feminismo e a Mulher Inventada pelo Machismo”, com a professora de Direito Penal e escritora feminista Carla Fernandes;

01/12 – Live no @movimentamulheresrn – 20h – Tema: “Griout da Resistência” – Atividade cultural desenvolvida pela coordenadora da pasta de Letras e Literatura do MM/RN, a professora e escritora Kalina Paiva, que receberá convidadas especiais;

02/12 – Live no @movimentamulheresrn – 19h – Tema: “Políticas Públicas de Natal em prol das mulheres natalenses”, com a vereadora de Natal Nina Souza;

03/12 – Live no @movimentamulheresrn – 19h – Tema: “A Violência Contra as Mulheres nos Espaços de Poder”, com a Dra. Magna Letícia, também integrante e coordenadora do Movimenta Mulheres RN;

06/12 – Live no @movimentamulheresrn – 11h – Tema: “Feminismo(s)”, com a professora convidada Alice Bianchini, diretamente de São Paulo; live no @movimentamulheresrn – 19h – Tema: “Levante Feminista Contra o Feminicídio”, com as integrantes do Levante Feminista RN, Raíssa Paula e Joriana Pontes e a professora e investigadora do assunto, Isabella Lauar;

07/12 – Live no @movimentamulheresrn – 19h – Tema: “Mobilidade Urbana e as Mulheres”, com a professora convidada Miss Lene Pereira;

08/12 – Live no @movimentamulheresrn – 19 – Tema: “O trabalho da SEMJIDH Pelas Mulheres do RN”, com as secretárias Julia Arruda e Wanessa Fialho;

09/12 – Live no @movimentamulheresrn – 19h – Tema: “Criminologias Feministas”, com a professora e doutrinadora jurídica convidada, Soraia da Rosa Mendes, diretamente da Bahia. O evento será encerrado com a Exposição Fotográfica Online de Leila Lima: “Por Todas”;

10/12 – Live no @movimentamulheresrn – 19h – Tema: “Princípios da Lei Maria da Penha” com a Promotora de Justiça Érica Canuto.
E as atividades não param por aí.

No dia 09 de dezembro, às 10h, o Movimenta Mulheres RN estará, juntamente com a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Natal, promovendo uma Audiência Pública a respeito da pauta de “Violência de Gênero Política”.

“É de extrema importância a participação de todas e todos nesta Campanha. Os 16 dias de ativismo devem acontecer visando que as reflexões que traçarmos nesta Campanha sirvam de bússola para que possamos atuar, cada vez mais e com ações contínuas, no enfrentamento das tantas violências praticadas contra nós, mulheres”, encerra a investigadora jurídica Isabella Lauar.

Foto: Divulgação/Movimenta Mulheres RN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Movimenta Mulheres compõe grupo criado pelo Governo do RN para construção de monumento em homenagem à Nísia Floresta

Movimenta Mulheres compõe grupo criado pelo Governo do RN para a construção de monumento em homenagem à Nísia Floresta

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte publicou ontem a Portaria Conjunta n° 008, de 13 de outubro de 2021, que constitui Grupo de Trabalho Intersecretarial – GTI com a finalidade de promover discussões e desenvolver estudo para verificar a viabilidade de construção do equipamento denominado “Monumento à Mulher” em homenagem à Nísia Floresta Brasileira Augusta, idealizado pela arquiteta e urbanista Karenina Hentz da Cunha Lima, também presidenta do Movimenta Mulheres RN.

“Comemoramos este passo inicial, formalizado pelo Governo do Estado do RN e o acolhimento e engajamento da Governadora Fátima Bezerra, comprometida com nossas lutas e ciente, enquanto única mulher governadora do Brasil, da enorme necessidade do resgate à memória de Nísia Floresta Brasileira Augusta”, afirma Karenina Hentz.

O grupo será coordenado pela Secretaria de Estado das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos (SEMJIDH), contando com a participação da assessoria do Gabinete Civil do Governo do Estado, da Secretaria de Turismo, da Secretaria de Estado da Infraestrutura, da Fundação José Augusto e do Grupo Movimenta Mulheres (RN), representando a sociedade civil.

“Estivemos, no último 12 de outubro, no município de Nísia Floresta para realizar um Cortejo Poético em comemoração aos seus 211 anos. O último restauro ao túmulo de Nísia aconteceu em 1989. Assim constatamos, mais uma vez, a extrema necessidade de realocar os restos mortais da nossa Eterna Educadora e Defensora das Mulheres, que permanecem à beira da estrada, sem nenhuma sinalização adequada ao seu túmulo, sem nenhum cuidado ou manutenção”, diz Karenina Hentz.

Esperamos com um ‘Monumento à Mulher’ resgatar a memória de Nisia Floresta, bem como ladeá-la das inúmeras norte-rio-grandenses que se destacaram em nossa história. O Rio Grande do Norte é referência mundial de mulheres pioneiras e temos obrigação de cuidar bem deste legado”, continua a arquiteta.

O Grupo de Trabalho Intersecretarial – GTI terá duração de 60 (sessenta) dias, podendo ser prorrogado por mais 30 (trinta) dias, período no qual estudos serão propostos e observados de maneira multifocal no afã de viabilizar a construção. “Uma vez erguido o Monumento à Mulher, teremos certeza de que a representatividade de Nísia Floresta entrará não somente na rota Cultural do nosso Estado, mas na rota do Turismo, movimentará a economia do município e será referência internacional e sem fronteiras do pioneirismo e das lutas das mulheres do RN”, conclui Karenina Hentz.

Foto: Reprodução/Grupo Movimenta Mulheres (RN)

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Fátima Bezerra recebe Projeto de Resgate à Memória de Nísia Floresta de grupo feminista Movimenta Mulheres RN

Fátima Bezerra recebe Projeto de Resgate à Memória de Nísia Floresta de grupo feminista Movimenta Mulheres RN

O grupo feminista Movimenta Mulheres RN apresentou oficialmente, nesta quinta-feira (7), à governadora Fátima Bezerra e ao vice-governador Antenor Roberto, o projeto “Monumento à Mulher”. A ideia é viabilizar uma construção arquitetônica e artística dedicada ao reconhecimento do pioneirismo das mulheres no Rio Grande do Norte, sobretudo pelo expoente histórico de Nísia Floresta (Dionísia Gonçalves Pinto).

A proposta, idealizada pela arquiteta e urbanista é uma das presidentas do MM/RN, Karenina Hentz da Cunha Lima, deve ser executada em parceria com o Governo do RN, que instituirá no próximo dia 12 de outubro – aniversário de Nísia Floresta – grupo de trabalho para analisar a exequibilidade, parcerias e os trâmites necessários à realização da obra.

O grupo terá participação da Secretaria das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humano (Semjidh), Fundação José Augusto, representada na reunião pelo diretor-presidente Crispiniano Neto, Secretaria de Infraestrutura (SIN) e Secretaria de Turismo, além de representantes da sociedade civil.

Durante o encontro – intermediado pela titular da Semjidh, Júlia Arruda, e pela subsecretária Políticas para as Mulheres da pasta, Wanessa Fialho, além da vereadora de Natal Divaneide Basílio –, ficou acertada a realização de um concurso para o projeto arquitetônico, pensado para o município de Nísia Floresta.

“Sou encantada com o projeto”, disse a governadora, que já conhecia a iniciativa. “A concepção do museu coloca Nísia falando para o Brasil, Nísia falando para o mundo. Vamos delinear os passos. A ideia de fazer o concurso é muito saudável. A instalação desse projeto vai ser um atrativo a nível mundial, além de se tratar um local extremamente aprazível com aquele litoral”.

De acordo com a proposta, para a arquiteta e urbanista Karenina Hentz da Cunha Lima, o objetivo é atribuir visibilidade às mulheres, preservando suas memórias, lutas e feitos, superando o apagamento de suas identidades. Movimentar o Turismo. Trazer representatividade ao município de Nísia Floresta.

A intenção, segundo as proponentes, é que o monumento possa abrigar os restos mortais da educadora e escritora potiguar, que representará mulheres emblemáticas na História, por vezes não nomeadas. Karenina acrescenta que será essencial “a marca do governo, que já vem enaltecendo a representatividade das pessoas de personalidades do Rio Grande do Norte”.

A reunião ainda contou com a presença de outras membras do Movimenta Mulheres RN, como a presidenta Isabella Lauar, Kalina Paiva, Emanuelle Elisa e Marcelange Brito.

Foto: Assessoria de Comunicação/ Emanuelle Elisa

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Agosto Lilás

Movimenta Mulheres RN lança agenda para o Agosto Lilás contra a violência doméstica

O Agosto Lilás é um mês inteiro dedicado às pautas de enfrentamento da violência doméstica contra as mulheres e também, em 2021, vem representando o marco dos 15 anos de vigência da Lei Maria da Penha no Brasil. Pensando em realizar as mais diversas ações em prol dessa causa, o Movimenta Mulheres (MM/RN) lança, oficialmente, sua agenda especial de atividades que serão desenvolvidas ao longo do mês.

Com convidadas especiais de renome nacional, o Movimenta Mulheres promoverá palestras sobre os mais diversos enfoques: “convidamos a historiadora brasileira Mary Del Priore, que possui uma profunda pesquisa a respeito da temática, para falar de seu novo livro “Sobreviventes e Guerreiras” que analisa a situação histórica das mulheres no Brasil de 1500 a 2000. Também estará conosco a jurista Maria Berenice Dias, que trará o tema da aplicabilidade da Lei Maria da Penha para as mulheres transsexuais.”, explica Karenina Hentz da Cunha Lima, presidenta do Movimenta Mulheres.

Para além das palestras, o Movimenta Mulheres promoverá várias ações de capacitação a respeito da Lei Maria da Penha, que percorrerão desde os municípios de Ceará-Mirim, Ielmo Marinho e Maxaranguape, até Nísia Floresta, com a distribuição da Cartilha “Movimente-se Contra a Violência Doméstica – Um Guia MM sobre os seus Direitos”, para todas as participantes.

“É mais do que necessário criarmos esta rede de capacitação acerca da Lei Maria da Penha, para que todas as mulheres estejam cientes dos seus direitos e possam atuar, umas pelas outras, no plano da prevenção da violência doméstica”, enfatiza Isabella Lauar, Presidenta do Movimenta Mulheres.

A Cartilha do MM contará com um capítulo especial que trará orientações de como as mulheres devem proceder antes, durante e depois de uma determinada agressão. “São os Planos de Proteção, para que as mulheres tenham o conhecimento de como devem proceder em busca de Justiça”, referenda Karenina Hentz da Cunha Lima.

No final do mês, o MM/RN ainda lançará uma exposição fotográfica com Leila Lima, fotógrafa, procuradora do Estado e coordenadora de Exposições do grupo, nominada de “Laços – Movimente-se contra a violência doméstica”, na qual diversas mulheres, consideradas expoentes do Estado, participarão unidas em prol da causa.

“Com a mensagem de que todas as ações empregadas no Agosto Lilás devem ser prioritárias em todo nosso calendário. A conscientização não deve ser pontual. Através dos nossos laços, podemos atuar comprometidas com o fim da violência doméstica praticada contra as mulheres.”, finaliza Isabella Lauar. A agenda completa de atividades especiais do Movimenta Mulheres está disponível em: @movimentamulheresrn.

Foto: Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Saiba mais sobre o Movimenta Mulheres RN em:

Movimenta Mulheres: grupo é criado para desenvolver ações em prol das mulheres do Rio Grande do Norte; conheça

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado