Laudo Laudo revela causa da morte de Paulinha Abelha, ex-cantora da banda Calcinha Preta

Laudo revela causa da morte de Paulinha Abelha, ex-cantora da banda Calcinha Preta

Uma mistura fatal de 16 substâncias pode ter sido crucial para a causa da morte de Paulinha Abelha, ex-vocalista da Calcinha Preta.

O laudo feito após a morte da cantora Paulinha Abelha, da banda Calcinha Preta, foi divulgado neste domingo (6.mar.2022) no programa “Domingo Espetacular” da RecordTV. De acordo com a emissora, quatro doenças foram apresentadas como responsáveis pelo falecimento da artista: meningoencefalite, hipertensão craniana, insuficiência renal aguda e hepatite.

Segundo a reportagem, a primeira doença, meningoencefalite, é uma inflamação do cérebro e dos tecidos vizinhos, comumente causada por uma infecção. Além da causa da morte de Paulinha Abelha, a origem do colapso ainda está sendo investigada. A reportagem também mostrou que um outro documento, denominado de painel toxicológico, encontrou 16 substâncias no corpo da ex-cantora, entre eles anfetaminas e barbitúricos, que podem ser o caminho para mais respostas sobre o caso.

Uma medicação tarja preta frequentemente no tratamento do Transtorno do Déficit de Atenção (TDAH) foi encontrado no corpo da artista. Entre os efeitos adversos ao remédio, estão a redução de apetite, perda de peso, náuseas e vômito. A medicação fazia parte de uma receita médica fornecida pela nutróloga que acompanha a artista.

Segundo a reportagem exibida na TV, a médica também receitou antidepressivo, redutor de apetite, calmantes naturais, estimulantes, cápsulas para memória e uma fórmula que promete reduzir medidas.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.