Após ataque que matou 21 pessoas, Biden pede endurecimento de leis sobre armas nos EUA

Após ataque que matou 21 pessoas, Biden pede endurecimento de leis sobre armas nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu aos norte-americanos que enfrentem o lobby de armas do país e pressionem o Congresso a endurecer as leis sobre armas. A declaração ocorreu após o ataque em uma escola, onde 19 crianças e dois professores foram mortos. O massacre é considerado o tiroteio mais letal nos Estados Unidos em quase uma década.

Na terça-feira (24.mai.2022), Salvador Ramos, de 18 anos, iniciou o massacre atirando em sua avó, que sobreviveu. Em seguida, ele foi até a Robb Elementary School em Uvalde, no Texas, onde matou pelo menos 21 pessoas antes de ser morto, aparentemente baleado pela polícia

De acordo com policiais, Salvador foi visto vestido com colete à prova de balas. Ao chegar próximo à escola, ele bateu seu carro, e saiu do veículo carregando um rifle. Ainda de acordo com os policiais, o atirador agiu sozinho. O motivo do massacre ainda não está claro.

Biden afirmou, durante um discurso televisionado, até quando o país iria enfrentar o lobby das armas. “Como nação, temos que perguntar quando, em nome de Deus, vamos enfrentar o lobby das armas?” O presidente ainda acusou o lobby de bloquear a promulgação de leis sobre armas de fogo e de segurança mais duras. “Estou farto e cansado disso. Temos que agir”, disse o presidente, sem entrar em detalhes.

Foto: Reprodução/Facebook

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.