Tag Manifestação - Por dentro do RN

Manifestação

Manifestações pró-governo perdem força após o 7 de setembro e tiveram baixa adesão no domingo (12) em Brasília

Manifestações pró-governo perdem força após o 7 de setembro e tiveram baixa adesão no domingo (12) em Brasília

Marcada para a manhã de ontem (12), a manifestação pró-governo teve baixa adesão por parte dos manifestantes favoráveis a Bolsonaro. O ato estava marcado para ter início às 9h, porém, poucas pessoas compareceram à Esplanada dos Ministérios. Vias próximas ao local foram bloqueadas pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), que esperava movimentação até às 14h de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na manhã de hoje, o cenário vazio contrastou com as imagens da última terça-feira, 7 de setembro, dia da Independência, quando apoiadores do presidente se reuniram na Esplanada do Ministério em apoio ao chefe do poder executivo, com críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF). O próprio presidente participou dos atos em Brasília e na Avenida Paulista, em São Paulo.

Para este domingo, a baixa adesão dos apoiadores ocorreu após o próprio presidente mudar o tom adotado por ele próprio nos discursos do 7 de setembro, além de divulgar carta em que até elogiou o ministro Alexandre de Moraes, do STF.

Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Fábio Faria voto impresso motociata em Natal

‘Presidente, o Brasil está com você’, diz Fábio Faria após manifestações por voto impresso

Ministro Fábio Faria é potiguar e, no passado, já defendeu os governos Lula e Dilma. Hoje, está à frente das Comunicações no governo Bolsonaro.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, publicou vídeo em sua conta no Twitter direcionado ao presidente Jair Bolsonaro, por ocasião das manifestações realizadas, em todo Brasil, pela defesa do voto impresso a partir das eleições de 2022. Em algumas capitais, milhares de pessoas foram às ruas.

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou vídeo que foi transmitido nos atos em defesa do voto impresso de Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, onde afirmou que ele e seus seguidores não vão “esperar acontecer para tomar providências”. “Juntos nós faremos o que tiver que ser necessário para que, repito, haja contagem pública dos votos e tenhamos eleições democráticas no ano que vem”, afirmou.

Sem a participação de Fábio Faria, motociata em Natal contou com apoio de movimentos de direita, como o “Nas Ruas”

Em Natal, a manifestação contou com o apoio do movimento “Nas Ruas”, e teve concentração na Av. Engenheiro Roberto Freire, em Ponta Negra, na zona Sul da capital. Os manifestantes andaram por diversas ruas de Natal, inclusive realizando uma “motociata” e se reuniram com os demais apoiadores no shopping Midway Mall, onde houveram discursos em defesa da mudança no sistema eleitoral brasileiro.

O ato teve como objetivo apoiar o governo do presidente Bolsonaro e pressionar as instituição federais para a aprovar o uso do voto impresso aditável no Brasil.

Foto: Reprodução/Twitter

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado