Em Goiás, homem mata casal que teria infectado seus familiares com a Covid-19; Flanklaber e Marília morreram com, pelo menos, 19 disparos

Um homem matou um casal a tiros em Itumbiara, na região Sul de Goiás, após acusá-los de transmitir o coronavírus a membros de sua família. Flanklaber Silva e Silva, de 40 anos, e Marilia Silva e Silva, de 37 anos, foram alvejados por, ao menos, 19 tiros. O filho de uma das vítimas também foi baleado, mas sobreviveu. O crime aconteceu na última terça-feira, dia 17.

Flanklaber morreu no local. Já Marilia chegou a ser socorrida e levada ao hospital no município, mas não resistiu. Já o sobrevivente foi socorrido e transferido para Goiânia, e relatou à Polícia Civil que os três vinham recebendo ameaças de um conhecido, que queria vingar a morte do pai e do irmão por Covid-19. O atirador acreditava que a contaminação dos familiares teria sido responsabilidade das vítimas.

O autor do crime ainda não foi identificado. Para o delegado que comanda as investigações, Felipe Sala, a polícia deve voltar a ouvir a vítima para ter mais detalhes, mas já existe uma lista de suspeitos. As investigações seguirão comandadas pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil de Goiás.

Foto: Reprodução/Facebook

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.