Ministério Público de Milão solicita extradição e prisão internacional de Robinho

Ministério Público de Milão solicita extradição e prisão internacional de Robinho

Pedido de extradição e prisão internacional de Robinho se dá em decorrência da condenação do ex-jogador por estupro na Itália, em 2013.

De acordo com informações do jornal “La Repubblica“, o Ministério Público de Milão solicitou ao Ministério da Justiça da Itália um pedido de extradição e um mandado de prisão internacional para o jogador Robinho. Ele foi condenado de forma definitiva a nove anos de prisão por violência sexual contra uma mulher de 23 anos.

O fato aconteceu em Milão, na Itália, no ano de 2013. Na ocasião, o atacante jogava pelo Milan. A sentença ocorreu no dia 19 de janeiro deste ano, na Corte de Cassação de Roma, que órgão equivalente ao Supremo Tribunal Federal (STF) no Brasil.

Além de Robinho, o amigo do jogador, Ricardo Falco, também foi condenado por violência sexual em grupo contra uma jovem albanesa. O crime aconteceu em uma boate. Outros quatro brasileiros, segundo a denúncia da Procuradoria da cidade, também participaram da violência sexual contra a mulher. Como os outros quatro brasileiros deixaram a Itália durante a investigação, eles não foram acusados, sendo apenas citados nos autos.

Foto: Divulgação/Santos FC

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.