Após nova alta do diesel, setor de transportes pede apoio ao Governo do RN

Após nova alta do diesel, setor de transportes pede apoio ao Governo do RN

Setor de transportes considerou gravíssima a situação e pede apoio ao Governo do Rio Grande do Norte para amenizar os impactos do aumento.

O setor de transportes do Rio Grande do Norte se reuniu na manhã desta segunda-feira (14.mar.2022) com a diretoria do Departamento de Estradas e Rodagens (DER/RN), órgão gestor do transporte no Estado, para solicitar apoio por parte do Poder Executivo após o reajuste de 25% do óleo diesel, anunciado pela Petrobras na quinta-feira (10.mar.2022). O aumento no valor do insumo agravou ainda mais a crise que o setor enfrenta.

Na avaliação do presidente da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste (Fetronor), Eudo Laranjeiras, a situação é de extrema dificuldade para empresas e operadores do transporte opcional. “O governo tem que entender que a situação é gravíssima. As empresas estão insustentáveis e não sabem como manter o serviço. Alguma medida precisa ser tomada”, afirmou.

De acordo com o empresário, o aumento da última sexta-feira (11.mar.2022) tem reflexo direto na tarifa que atualmente é cobrada aos usuários. “Só esse aumento da sexta-feira, representa na tarifa em torno de 9 a 10%. Então, nós estamos precisando urgentemente de alguma solução”, considera.

A situação também se agravou para o transporte opcional. O presidente do Sindicato do Transporte Opcional Regular de Passageiros Intermunicipal do RN (Sintra/RN), Reno Carlos de Souza, avalia que o transporte está na UTI. “Precisamos sobreviver, pois desde sexta-feira nosso transporte entrou na UTI. Um veículo que trafega de Natal para Caicó e leva seis passageiros, não paga nem a metade do combustível. Esperamos que a partir deste encontro, possamos ter algum avanço junto ao governo estadual”, avalia.

Entre as sugestões sugeridas pelo setor de transportes ao DER/RN, está a solicitação do aumento na tarifa, a concessão de subsídios às passagens e/ou o fornecimento do óleo diesel às empresas e opcionais. Após o encontro com o órgão gestor, o setor aguarda novo encontro com a governadora Fátima Bezerra.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.