SMS Natal

Greve dos profissionais de Saúde de Natal aumenta a espera por ambulâncias do Samu; categoria reivindica melhorias

Greve dos profissionais de Saúde de Natal aumenta a espera por ambulâncias do Samu; categoria reivindica melhorias

A greve dos profissionais de Saúde de Natal tem afetado o funcionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a paralisação trouxe uma redução de 50% no número de ambulâncias circulando. Dos 10 veículos da Unidade de Suporte Básico (USB), cinco estão em circulação. Já para as Unidades de Suporte Avançado (USA), são quatro ambulâncias e duas rodando.

Segundo a SMS, a greve tem causado um atraso. Porém, a pasta atribui a demora também à retenção das macas no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. “Se as macas ficam retidas, a ambulância tem que ficar parada, porque não vai andar sem maca. A outra causa é a greve dos enfermeiros e técnicos de enfermagem. Porém, mesmo com a frota que está na ativa, se não fossem as macas paradas, o tempo de espera seria menor, porque teria fluxo. Sem rotatividade, complica ainda mais”, disse a assessoria.

No Walfredo Gurgel, o vaivém de ambulâncias se mantém, sendo a maioria de ambulâncias brancas, que vêm do interior. Assim, para a coordenadora de Pronto-Socorro do hospital, a greve não trouxe consequências graves para o hospital. “O hospital não sente tanto o impacto. Pelo contrário. Como tem um número menor de ambulância circulando, teoricamente vai chegar menos ambulância aqui”, diz Melka Torquato. A diretora do Walfredo, Maria de Fátima Pinheiro, concorda: “as ambulâncias brancas batem recorde. Elas chegam muito mais aqui do que as ambulâncias do Samu. Se só o Samu trouxesse para o Walfredo, a gente diminuiria a superlotação do nosso corredor”, afirma.

A diretora lembra que o tempo de saída para as emergências se mantém em um minuto, quando a equipe é chamada e sai da base. Nesses casos, é acionado o código 3 [o mais grave] para ir até a ocorrência. Porém, com metade das ambulâncias circulando, não dá para suprir toda a demanda, o que causa um atraso para as outras ocorrências. “Se tiver o chamado e não tiver ambulância, é lógico que vai demorar mais”, argumenta Melka Torquato. “O que a população faz? Pega e leva por conta própria. Acontece, vem de carro próprio, porque quer salvar o seu parente”, diz a diretora do Walfredo.

Reivindicação dos profissionais de Saúde

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde/RN) afirmou que a entidade não tem uma posição definida no momento. Como as decisões são da categoria, a direção convocará uma assembleia nesta sexta-feira (13.mai.2022).

Porém, sobre os problemas do Samu, o coordenador do Sindsaúde, Flávio Gomes, justificou que não são resultado da paralisação. “Não são problema da greve. São recorrentes na Prefeitura de Natal, mas só aparecem na greve”. O sindicalista criticou o tratamento recebido pela categoria nos dois anos de pandemia e afirmou que a greve é unificada com outros sindicatos.

Além do Sindsaúde, participam o Sindicato dos Enfermeiros (Sindern), dos Odontologistas (Soern) e dos Farmacêuticos (Sinfarn). Os médicos compõem outra categoria, que não aderiu. Gomes disse esperar outro posicionamento da Prefeitura. “Uma proposta digna para o servidor, nada de boca. Queremos compromisso por escrito”, disse o diretor.

As exigências dos profissionais de Saúde de Natal são a garantia do pagamento de insalubridade, gratificações e aumento salarial. A proposta da Prefeitura é de reajuste de 8%, enquanto os profissionais exigem uma reposição dos oito anos sem reajuste. A cobrança principal é para a atualização da data-base.

Os sindicalistas não falam de uma porcentagem específica, entretanto, se baseiam em um estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) para justificar a perda do poder de compra do salário mínimo nos últimos anos. Com isso, os vencimentos dos servidores estariam defasados.

Com informações da Tribuna do Norte
Foto: Reprodução/Alex Régis

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

CCZ de Natal intensifica o uso do carro fumacê para conter o avanço de arboviroses

CCZ de Natal intensifica o uso do carro fumacê para conter o avanço de arboviroses no município

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS/Natal), através do Centro de Controle de Zoonoses, tem intensificado as ações de combate ao mosquito transmissor de arboviroses (dengue, zika e chikungunya) no município. Além de ampliar as ações educativas e visitas domiciliares, a utilização de UBV portátil e pesada (carro fumacê) vem sendo aplicada em algumas áreas da cidade, como na Zona Oeste, atualmente. Essa modalidade é indicada para localidades onde exista índice de infestação significativo do Aedes aegypti e transmissão da dengue com casos notificados.

Na última segunda-feira (2.mai.2022) o CCZ iniciou um novo ciclo de pulverização em quarteirões-chave dos bairros de Felipe Camarão, Cidade da Esperança, Nossa Senhora de Nazaré e Bom Pastor. O Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) esclarece que existem critérios técnicos para a solicitação e aplicação do fumacê, sendo essa uma estratégia intensa de combate aos mosquitos adultos de uma região.

“Vamos cumprir quatro ciclos de aplicação, sempre no início da manhã ou fim da tarde, que é o período de atividade do mosquito. A situação vetorial de adoecimento nesses pontos do Distrito Oeste está elevada, por isso além de contar com o trabalho dos agentes de endemias, iniciamos o carro fumacê. Vale salientar que é muito importante o trabalho em conjunto com a comunidade, uma vez que a UBV elimina mosquitos cortando a cadeia de transmissão e adoecimento, mas não combate os ovos e larvas em água parada”, comenta Vaneska Gadelha, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde.

A aplicação do inseticida de maneira espacial é uma forma complementar às demais técnicas de enfrentamento. É necessário manter também as ações de combate e controle para que o fumacê tenha eficácia, tais como: descartar lixo de maneira correta, manter garrafas e potes voltados para baixo, cobrir a caixa d’água, colocar pratos com terra sob o vaso das plantas e eliminação de focos do mosquito.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Confira onde realizar testes para a covid-19 em Natal II

Confira onde realizar testes para a covid-19 em Natal

Com o aumento dos casos de covid-19, Influenza e síndromes respiratórias, confira onde realizar testes para a covid-19 em Natal.

Com o aumento expressivo no número de casos de covid-19 que tem ocorrido durante o mês de janeiro no Rio Grande do Norte, a prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal) divulgou uma lista de unidades básicas de saúde (UBS) que disponibilizam os testes rápidos para covid-19.

Segundo a SMS/Natal, os testes podem ser feitos em UBS localizadas nas quatro zonas administrativas da cidade, e são realizados apenas nos pacientes que passam por atendimento com médico do município e que recebem a prescrição. A pasta também informou que os locais não são centros de testagens, mas unidades referenciadas para atendimento a síndromes respiratórias.

A lista de unidades foi divulgada no site Natal Vacina, montado pela prefeitura durante a pandemia da covid-19.

Confira onde realizar testes para a covid-19 em Natal

Confira onde realizar testes para a covid-19 em Natal

Foto: Senado Federal/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Patrulha Maria da Penha em Natal completa 2 anos em janeiro

Patrulha Maria da Penha em Natal completa 2 anos em janeiro

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) comemora neste mês de janeiro o segundo ano de lançamento da Patrulha Maria da Penha em Natal. O programa de proteção à mulher vítima de violência foi lançado em janeiro de 2020. A partir daí, foi iniciada a sequência de formação dos guardas municipais para atuar na proteção às mulheres, implantados os investimentos em viatura e material de serviço, até chegar a operação propriamente dita.

Para a secretária Sheila Freitas, a implantação da Patrulha Maria da Penha em Natal é um marco histórico da expansão das políticas públicas em defesa das mulheres no âmbito do município. A iniciativa é responsável pela proteção de mais de 100 mulheres que sofrem ou sofreram ameaças a suas vidas e têm quase sempre como único amparo as guarnições da Guarda Municipal que agem diuturnamente na proteção a vítima e na repulsa qualificada do agressor.

“São dois anos que temos muito a comemorar, pois durante esse tempo não perdemos nenhuma das vidas as quais o Poder Judiciário nos concedeu a confiança de guardá-las e protegê-las. Hoje a Patrulha Maria da Penha de Natal é referência e isso motivou outros municípios a criarem suas patrulhas também e Natal vem contribuindo para a formação desses agentes de segurança que vão atuar nas cidades parceiras, com isso a Patrulha de Natal é responsável por fomentar uma rede cada vez mais ampla em defesa da mulher e da vida em nosso Estado”, comemorou a secretária.

Ao longo desses dois anos, a Patrulha Maria da Penha de Natal foi ampliando os serviços de proteção, assistência e independência das mulheres atendidas pelo programa. Primeiro foi o acompanhamento de segurança propriamente dito, depois veio a implantação da escolta garantidora de direitos que leva e traz a mulher para exercer seu direito de voto nas eleições, em seguida foram firmadas parcerias com a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) garantindo distribuição de cestas básicas e capacitação profissional para as mulheres atendidas pela Patrulha. Já com o Sindicato dos Permissionários da Ceasa foi implantada a distribuição quinzenal de legumes e com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) incorporado o atendimento médico com agilidade às mulheres escoltadas pela Patrulha.

No âmbito administrativo também foi possível impulsionar avanços como a criação de uma plataforma virtual de alimentação de dados referentes as ações desenvolvidas pela Patrulha Maria da Penha, que tem como foco construir um banco de informações que contribua para retratar a violência contra a mulher no âmbito da capital potiguar.

“É importante lembrar que no ano passado iniciamos um trabalho de palestras direcionada às comunidades e escolas com a missão de conscientizar sobre a Lei Maria da Penha e neste ano lançaremos uma cartilha com informações didáticas falando sobre direitos e dignidade na vida das mulheres”, concluiu a secretária Sheila Freitas.

Procedimento

O procedimento de funcionamento da Patrulha ocorre logo após a Justiça notificar o Programa para conceder proteção à mulher em risco. Nessa situação, é realizada a primeira comunicação com a vítima, onde é marcada a visita inicial em que ela escolhe o lugar, a partir da sugestão da Patrulha, seja em casa ou ainda num órgão do município, como escola ou unidade de saúde próximas a sua residência.

Na primeira visita a mulher assina uma Ficha de Adesão à Patrulha e recebe as informações sobre o serviço de assistência psicológica, social e jurídica oferecidos, bem como, a comunicação da Patrulha com ela e dela com a Patrulha, devendo a mesma em caso de iminente perigo, por aproximação do violador, ligar para o número da Patrulha, que vai agir na sua proteção.

Foto: Reprodução/Semdes

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Secretaria Municipal de Saúde promove Dia D de vacinação para as forças de Segurança de Natal

Secretaria Municipal de Saúde promove Dia D de vacinação para as forças de Segurança de Natal

A secretaria municipal de Saúde definiu a próxima terça-feira, dia 21 de dezembro, para realizar o Dia D de vacinação contra a covid-19 das forças de segurança em Natal. A partir das 8 horas da manhã, no comando da PM, na avenida Rodrigues Alves, equipes da Secretaria estarão vacinando guardas municipais, policiais militares, civis, servidores do Itep, STTU, Polícia Rodoviária Federal e demais categorias que compõem as forças de segurança em Natal. 

A vacinação ocorrerá durante todo o dia e visa aplicar a dose de reforço nos servidores das forças de Segurança que atuam em Natal, mas também serão disponibilizados imunizantes para quem, por algum motivo, estiver com o esquema vacinal em atraso. 

A estratégia do município tem sido levar a vacinação ao maior número de pontos possível para incentivar as pessoas a se protegerem contra a covid-19. Nesta quarta-feira, 15 de dezembro, a SMS inicioou a vacinação nas feiras públicas de Natal e também no shopping Midway Mall. Na próxima semana, a equipe estará se deslocando para outros shoppings da cidade.

Foto: Divulgação/Semdes

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Prefeitura de Natal anuncia abertura de dois drives de vacinação no feriado

Prefeitura de Natal anuncia abertura de dois drives de vacinação no feriado

A Prefeitura de Natal anunciou que vai abrir dois drives de vacinação no feriado da Proclamação da República, na próxima segunda-feira (15.nov.2021). Os pontos do Via Direta, na zona Sul, e Nélio Dias, na zona Norte, estarão disponíveis para a população tomar a a primeira dose, a segunda dose ou a dose de reforço das vacinas contra covid-19. Já os demais locais estarão fechados na data. Segundo a prefeitura, os dois pontos de vacinação vão funcionar das 8h às 16h.

Além do anúncio do funcionamento no feriado, a Prefeitura informou que os serviços de vacinação do Palácio dos Esportes e Sesi vão fechar e que serão transferidos integralmente para os drives Nélio Dias e Via Direta. Segundo o secretário de Saúde de Natal, George Antunes, a mudança ocorre para otimizar a capacidade de atendimento dos drives.

“O Via Direta e o Nélio Dias tem capacidade de atender até três mil pessoas por dia e são localizados em pontos estratégicos da cidade. Também deixamos a vacina disponível em todas as unidades de saúde, sendo algumas delas com horário estendido”, afirmou o secretário.

Segundo a pasta, a aplicação volta ao normal e será retomada nas 35 Unidades Básicas de Saúde (UBS) na terça. Em oito delas, há horário estendido até 18h: UBS São João, UBS Nova Descoberta, USF Nova Natal, UBS Pajuçara, USF Panatis, USF Vale Dourado, USF Bom Pastor e USF Felipe Camarão II.

Vacinação em Natal

Primeira dose

Pessoas com 12 anos e mais.

Segunda dose

CoronaVac

Podem se vacinar as pessoas que completaram os 28 dias da primeira dose do imunizante CoronaVac.

Oxford/AstraZeneca

Podem receber a aplicação da D2 da Oxford quem se vacinou até o dia 05 de setembro. Grávidas que tomaram a D1 de Oxford e que, por recomendação do Ministério da Saúde, não tomaram a segunda dose poderão completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer.

Pfizer

A segunda dose da Pfizer está disponível para quem tomou a primeira dose até 20 de setembro.

Terceira dose

Estão aptos a receber a terceira dose: população em geral com 60 anos e mais e profissionais e trabalhadores da saúde a partir de 18 anos.

  • É necessário ter completado o esquema vacinal, com duas doses ou dose única, de qualquer imunizante (Coronavac, Oxford ou Pfizer) há seis meses ou 180 dias;
  • Os profissionais e trabalhadores da saúde devem apresentar documentação comprobatória de vínculo;
  • Os Imunossuprimidos também podem receber a terceira dose, desde que tenham completado o esquema vacinal há 28 dias, apresentando laudo médico.

O lado deve ser de: Imunodeficiência primária grave; Quimioterapia para câncer; Transplantadas de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids; uso de corticóides em doses > 20mg/dia de prednisona, ou equivalente, por > 14 dias; uso de drogas modificadoras da resposta imune ou pacientes com hemodiálise e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Foto: Ilustração/Adriano Abreu/Tribuna do Norte

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Natal atinge 87% da população vacinada com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19

Natal atinge 87% da população vacinada com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19

A cidade de Natal atingiu esta semana a marca de 87% da população acima de 12 anos de idade com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, dos 767.628 mil natalenses aptos a se vacinar, 668.464 mil tomaram pelo menos uma dose ou o imunizante de dose única Janssen.

Já a população que tomou as duas doses e completou o esquema vacinal alcançou a marca a 64%, ou seja, mais da metade dos natalenses estão totalmente imunizados. Até a tarde desta sexta-feira (29), a Prefeitura de Natal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, havia aplicado 1.191.519 doses de imunizantes contra a doença, entre D1, D2 e doses únicas.

Para o prefeito Álvaro Dias, o alto índice de cobertura vacinal em Natal é resultado de um trabalho eficiente, modelo para outras cidades. “Estamos fazendo um trabalho incansável para proteger a população. Dobramos o número de salas nas UBS e os drives fazem um trabalho rápido e eficiente e intensificamos a D2 ao mesmo tempo que avançamos para proteger a população mais jovem. Chegamos a uma nova fase com a vacinação da D3. Estamos vencendo a covid-19 através da vacina”, disse o prefeito.

A secretária adjunta de Atenção Integral à Saúde, Rayanne Araújo, comentou que além do avanço na vacinação da D2, a Prefeitura de Natal iniciou a aplicação da terceira dose, dentro do cronograma do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. “A Prefeitura avança na vacinação da D2 e já conta com 64% da população com esquema completo. Vamos avançar na medida que o Ministério da Saúde for liberando os imunizantes”, comentou. Para a terceira dose, segue o calendário proposto pelo PNI que inclui três grupos prioritários, os 65 anos e mais, imunossuprimidos e profissionais de saúde.

Neste final de semana e feriado, a Prefeitura estará vacinando normalmente. No sábado (30) a vacinação segue sem alteração em todos os drives, das 08h às 16h; e no trailer de vacinação das 08h às 15h. No domingo (31) não há aplicação de vacinas em Natal. Na segunda-feira (01) e terça-feira (02), feriado, a vacinação ocorrerá exclusivamente nos drives Via Direta e Nélio Dias, mantendo o horário padrão (08h às 16h). Os demais pontos, drives, trailer de vacinação e as UBS, retomam o atendimento na quarta-feira (03).

Foto: Alex Régis/Redação/Secom

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Em Natal, população a partir dos 65 anos já pode tomar dose de reforço (D3)

Em Natal, população a partir dos 65 anos já pode tomar dose de reforço (D3)

Teve início nesta quarta-feira (6) a vacinação da dose de reforço para o público a partir de 65 anos em Natal. As informações são da Prefeitura municipal, que afirma que a população pode comparecer a qualquer ponto vacinal da cidade para receber a D3 da vacina contra a Covid-19. A partir da quinta-feira (7), a vacinação será para o público de 60 anos e mais.

De acordo com a gestão municipal, será ampliada a aplicação da D3 para os idosos de 65 anos que tenham se imunizado há pelo menos seis meses com as duas doses ou dose única de qualquer imunizante contra a Covid-19 e sejam residentes da capital. Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal) também vai ampliar o prazo da D2 de Oxford, nesta quarta (06) para aqueles que tomaram a primeira dose até 22 de julho.

Além da população de 65 anos, a SMS/Natal informa que no site https://vacina.natal.rn.gov.br é possível ver todos os públicos em vacinação, documentação, dúvidas frequentes e demais informações sobre e vacinação na capital. Também teve início nesta quarta-feira (6), o início da aplicação da D3 para os imunossuprimidos, de acordo com os critérios do Plano Nacional de Operacionalização do Ministério da Saúde.

“Os indivíduos desse grupo devem apresentar laudo médico que comprove estar dentro dos critérios listados abaixo. O intervalo mínimo para a terceira dose de reforço deverá ser de 28 dias após a segunda dose do esquema vacinal completo”, afirma a nota da secretaria.

As pessoas que receberão a dose adicional são:

  • Imunodeficiência primária grave
  • Quimioterapia para câncer
  • Transplantadas de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
  • Pessoas vivendo com HIV/Aids
  • Uso de corticoides em doses > 20mg/dia de prednisona, ou equivalente, por > 14 dias
  • Uso de drogas modificadoras da resposta imune (ver abaixo)
  • Pacientes com hemodiálise
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias)

Drogas modificadoras da resposta imune e doses consideradas imunossupressoras:

  • Metotrexato
  • Leflunomida
  • Micofenolato de mofetila
  • Azatipirina
  • Ciclofosfamida
  • Ciclosporina
  • Tacrolimus
  • 6-mercaptopurina
  • Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe)
  • Inibidores de JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadactinibe)

SEGUNDA DOSE


CORONAVAC

  • As pessoas que completaram os 28 dias da primeira dose do imunizante CoronaVac podem procurar as UBS do município ou qualquer drive-thru para receber a segunda dose.

OXFORD

  • UBS do município e todos os drives estarão com aplicação da D2 da Oxford para quem se vacinou até o dia 22 de julho.
  • Grávidas que tomaram a D1 de Oxford.
  • As gestantes que tomaram a primeira dose com o imunizante Oxford e que, por recomendação do Ministério da Saúde, não tomaram a segunda dose poderão completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer e em todas as UBS do município ou qualquer ponto de aplicação.

PFIZER


A segunda dose da Pfizer está disponível nas UBS do município ou nos drives Nélio Dias, Palácio dos Esportes, Via Direta ou ginásio do Sesi para quem tomou a primeira dose até 06 de agosto.

Foto: Alex Régis/Secom/Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Prefeitura anuncia ampliação de público para a D2 da Pfizer e Oxford e D3 para idosos a partir dos 95 anos

Prefeitura anuncia ampliação de público para a D2 da Pfizer e Oxford e D3 para idosos a partir dos 95 anos

Natal amplia neste sábado as datas para as pessoas que se vacinaram com a primeira dose de Oxford até 15 de julho e para quem tomou a primeira dose de Pfizer até 29 de julho. Essas pessoas devem procurar um dos pontos de drive para tomarem a D2 e completarem os seus esquemas vacinais. Outro público que pode ser vacinado é o de idosos com 95 anos ou mais. Essa dose de reforço será aplicada nessa faixa etária independe do imunizante da D1, sendo necessário somente ter finalizado o esquema nós últimos seis meses.

Na segunda-feira, a SMS Natal começa a vacinar, com a dose de reforço, os idosos institucionalizados. Para receber a D2 e D3 as pessoas devem levar o cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência de Natal. Todas as informações sobre a vacinação de Natal estão disponibilizadas no https://vacina.natal.rn.gov.br/.

Aos domingos os drives não funcionam, na segunda além dos quatro drives, o público em vacinação pode procurar uma das 35 UBS

Foto: Reprodução/Joana Lima/Secom

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Natal iniciou hoje vacinação de adolescentes de 17 anos com comorbidades ou deficiência permanente

Natal iniciou hoje vacinação de adolescentes de 17 anos com comorbidades ou deficiência permanente

A Secretaria de Saúde de Natal iniciou, neste sábado (11), a vacinação de adolescentes de 17 anos com comorbidades ou deficiência permanente, além de privados de liberdade. De acordo com a prefeitura, os jovens devem procurar atendimento em um dos quatro pontos de drive-thru (Palácio dos Esportes, Via Direta, Sesi ou Nélio Dias) acompanhados dos pais ou responsáveis legais.

Já a partir da próxima segunda-feira (13), a vacinação também estará disponível nas 35 salas espalhadas pela cidade. Por sua vez, a imunização dos adolescentes privados de liberdade será realizada nas unidades em que eles estão.

Pessoas com Deficiência (PcD)

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal), os adolescentes que possuem deficiência permanente devem apresentar laudo médico ou uma cópia do documento oficial de identidade com indicação de deficiência ou qualquer outro documento que indique tal condição, além do cartão de vacinação e comprovante de residência de Natal.

Para os adolescentes de 17 anos com comorbidades, será necessário apresentar cópia de um dos documentos como laudos com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde; ou declarações com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde; ou prescrições médicas (somente as que tiverem carimbo ou cupom grampeado da farmácia da UBS ou ProSUS ou Unicat ou Hiperdia); ou relatórios médicos com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde ou ainda cadastro no Hiperdia, ProSUS ou Unicat.

A lista das comorbidades descritas no Plano Nacional de Operacionalização pode ser acessada no site da prefeitura. Para agilizar o processo de imunização, a Secretaria Municipal de Saúde ainda pediu que as famílias realizem, com antecedência, o cadastro na plataforma RN Mais Vacina.

A vacinação de pessoas com 18 anos ou mais segue sendo realizada em Natal. Até agora, o município vacinou 77% do público de 18 a 29 anos.

Foto: Alex Régis/Prefeitura de Natal

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Prefeitura amplia serviços de saúde na Policlínica Oeste, na Cidade da Esperança

Prefeitura amplia serviços de saúde na Policlínica Oeste, na Cidade da Esperança

Procedimentos como ultrassonografias abdominal e transvaginal, punção de mama e tireoide, vasectomia, postectomia, grupo de tabagismo e linha de cuidado e atenção à obesidade passaram a ser ofertadas pela Prefeitura de Natal na Policlínica Oeste, localizada na Cidade da Esperança, a partir desta segunda-feira (23).

De acordo com a prefeitura, as consultas e procedimentos, exceto o grupo de tabagismo, são realizadas via Sisreg, sistema de regulação utilizado pela gestão municipal em toda a rede. De acordo com a prefeitura, o procedimento para realização de consultas e serviços especializados ocorre após marcação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), onde o paciente passa pelo médico clínico geral e recebe o encaminhamento para realização dos serviços específicos.

A prefeitura afirma que, no caso da vasectomia, basta o paciente demonstrar interesse em consulta realizada em qualquer UBS para ser encaminhado ao médico especialista da Policlínica Oeste. O paciente também terá que passar por equipe multidisciplinar de enfermagem, assistência social e psicologia no local.

As inscrições para o grupo de tabagismo têm início nesta segunda-feira (23), na própria policlínica. Basta que os usuários procurem o setor de serviço social da unidade para realizar a inscrição portando cartão SUS e documentos pessoais. A primeira reunião tem previsão de acontecer em 05 de outubro, e o objetivo é promover encontros para compartilhar experiências e incentivar maneiras de largar o vício em tabaco.

“A ampliação desses serviços significa mais pessoas sendo atendidas em nossa rede. Apesar dos serviços acontecerem na Policlínica Oeste, a gente consegue integrar toda a cidade, fazendo com que fique à disposição de qualquer pessoa que precise daquele procedimento em Natal”, diz o secretário Municipal de Saúde, George Antunes.

Foto: Divulgação/SMS

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Vacinados com Pfizer até 31 de maio já podem tomar a segunda dose a partir deste sábado (21)

Vacinados com Pfizer até 31 de maio já podem tomar a segunda dose a partir deste sábado (21) em Natal

Teve início, neste sábado, 21 de agosto, a aplicação da segunda dose para os vacinados com Pfizer que tomaram a D1 até o dia 31 de maio.

Teve início, neste sábado, 21, a aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer em pessoas que tomaram a D1 até o dia 31 de maio. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal), para se vacinar, a população pode se dirigir a um dos drives: Via Direta, Sesi, Palácio dos Esportes e Nélio Dias, que também contam com salas para pedestres.

Na segunda-feira (22), as pessoas também podem comparecer a uma das 35 salas de imunização nas Unidades Básicas de Saúde do município, que não funcionam aos sábados. A pasta alerta ainda que, antes de sair de casa, o cidadão acesse o site https://vacina.natal.rn.gov.br/ e clique no link para ver quem pode se vacinar no dia.

A prefeitura também alerta que as demais vacinas, Oxford e CoronaVac, também estarão disponíveis neste sábado nos quatro drives. No caso da vacina de Oxford, podem receber o imunizante as pessoas que se vacinaram com a D1 até o dia 02 de junho também podem procurar um dos pontos de vacinação. Já em relação à CoronaVac, quem completou 28 dias da primeira dose já pode receber a D2.

Em Natal, o público a partir de 18 anos precisa comparecer aos pontos de vacinação para receber a primeira dose do imunizante.

Foto: Alex Régis/Secom

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Vacina DJ Balada Natal 18 anos

Tuntz! Tuntz! Vacinação do público de Natal a partir dos 18 anos começa nesta quarta-feira e terá DJ e balada

Para estimular a adesão dos jovens à imunização, a Prefeitura do Natal fará anunciou um mutirão com balada noturna e DJ na cidade. De acordo com o prefeito da capital potiguar, Álvaro Dias (PSDB), a cidade vai começar nesta quarta-feira (18) a vacinar contra a Covid-19 pessoas sem comorbidades a partir dos 18 anos.

A vacinação estará disponível em 35 unidades básicas de saúde e 5 drives-thru. Em dois deles, na Arena das Dunas e no Ginásio Nélio Dias, será realizado um mutirão com direito a DJ e balada para estimular a adesão dos jovens à imunização. De acordo com a prefeitura, na Arena e no Nélio Dias, a aplicação das vacinas acontecerá das 16h às 21h. Em virtude desse atendimento, os locais não terão atendimento pela manhã e no começo da tarde.

A segunda dose também estará disponível nos pontos de vacinação da cidade, inclusive para quem já se vacinou com a primeira do imunizante da Pfizer. Para completar o ciclo vacinal, é necessário a apresentação do cartão de vacina, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Além do público a partir dos 18 anos, a Secretaria Municipal de Saúde também estará aplicando a segunda dose; confira cronograma

Oxford
Pode receber a D2 quem recebeu a primeira dose até 26 de maio ou há 85 dias.

CoronaVac
Pode receber a D2 quem completou 28 dias da primeira dose. 

Pfizer
Pode receber a D2 quem recebeu a primeira dose até 21 de maio.

Foto: Ilustração

Foto: Reprodução/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

21 anos

Prefeitura de Natal mantém vacinação de público a partir dos 21 anos neste sábado; confira

Prefeitura de Natal acaba de confirmar a manutenção da faixa etária para a vacinação contra a Covid-19 em Natal partindo dos 21 anos de idade neste sábado, 14 de agosto. Assim, a população a partir de 21 anos de idade (e todo mundo que não tomou por alguma razão) sem comorbidades poderá se vacinar.

A documentação necessária para o público por faixa etária (21 anos) é o comprovante de residência, documento com foto e cartão de vacinação. Para agilizar a inserção das doses aplicadas no sistema, a Prefeitura orienta que as pessoas façam o cadastro antecipadamente no RN Mais Vacina.

Ainda de acordo com a gestão municipal, a população pode encontrar o endereço das 35 UBS no site https://vacina.natal.rn.gov.br/; e acompanhar como estão as filas nos quatro drives (Via Direta, Sesi, Palácio dos Esportes e Ginásio Nélio Dias) disponíveis para a vacinação na capital. Outra novidade é que os drives de vacinação do município vão funcionar de segunda a sábado, das 08h às 16h.

SMS/Natal também anuncia que retomou o funcionamento do ponto de aplicação na Arena das Dunas desde a última segunda-feira, 9 de agosto de 2021, atendendo à demanda dos públicos em vacinação exclusivamente no sistema de drive-thru, sempre de segunda a sábado das 08h às 16h.

Além do público a partir dos 21 anos, a Secretaria Municipal de Saúde também estará aplicando a segunda dose; confira cronograma

A segunda dose também estará disponível nos pontos de vacinação da cidade, inclusive para quem já se vacinou com a primeira do imunizante da Pfizer. Para completar o ciclo vacinal, é necessário a apresentação do cartão de vacina, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Oxford
Pode receber a D2 quem recebeu a primeira dose até 22 de maio ou há 85 dias.

CoronaVac
Pode receber a D2 quem completou 28 dias da primeira dose. 

Pfizer
Pode receber a D2 quem recebeu a primeira dose até 21 de maio.

Foto: Ilustração/Prefeitura de Itararé

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Xepa da Vacina Raiane Miranda

Cadastramento da Xepa da Vacina deve ser feito online; após PL de Divaneide Basílio, mais de 300 já se vacinaram em Natal

A Prefeitura de Natal informa que, a partir desta quarta-feira, 11 de agosto, o cadastramento para receber a dose da Xepa da Vacina deve ser realizado por meio do portal Natal Vacina, desenvolvido pela Secretaria de Saúde de Natal (SMS/Natal). Desta forma, o interessado não precisa mais sair de casa para conseguir uma vaga na fila dos imunizantes que sobram diariamente.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde do município, até agora, mais de 300 natalenses já puderam se imunizar através dessa inciativa. O projeto da Xepa da Vacina foi iniciativa da vereadora Divaneide Basílio, do Partido dos Trabalhadores de Natal. De acordo com a parlamentar, a ideia para o PL (que foi sancionado pelo prefeito Álvaro Dias e se tornou lei) partiu do fato de que determinados fabricantes possuem um prazo curto de validade dos frascos após abertos, como a Pfizer e a CoronaVac, que têm o limite de apenas seis horas.

Logo, para evitar desperdícios e avançar com a vacinação na cidade, a Prefeitura de Natal sancionou a Lei n° 7.170/2021, regulamentando a Xepa da Vacina. Para se imunizar, basta ser residente de Natal e morar próximo a uma das 35 UBS espalhadas pela capital; além de ser maior de 18 anos. Uma das primeiras pessoas contempladas foi a fotógrafa Raiane Miranda da Silva, de 20 anos, moradora do bairro Planalto, na zona Oeste da capital. Ela tomou o imunizante da Pfizer na UBS Rosângela Lima.

“A ficha ainda está caindo. Quando eu soube da xepa, saí de casa às 06h da manhã para aguardar a UBS Rosângela Lima abrir e fazer o meu cadastro. Nem acreditei quando me ligaram por volta das 16h, larguei tudo que estava fazendo e saí correndo. Estou feliz demais e agradeço pelo acolhimento que eu tive e a oportunidade de tomar a vacina”, comemorou Raiane Silva.

Com a criação do formulário online, a Secretaria Municipal de Saúde cessou, nesta terça-feira (10), o cadastro presencial, o qual passa a ser possível somente no formato online, através do Portal Natal Vacina. Apesar disso, o meio de contato com o cidadão continua sendo através do número de telefone informado no ato do cadastro.

Foto: Raiane Miranda/Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Notícias relacionadas à Xepa da Vacina em Natal

23 Anos

A partir desta quarta-feira, população a partir dos 23 anos de Natal já pode se vacinar; não é preciso ter comorbidades

Prefeitura de Natal acaba de confirmar mais uma redução na faixa etária para a vacinação contra a Covid-19 em Natal a partir desta quarta-feira, 11 de agosto de 2021: a partir de amanhã, a população a partir de 23 anos de idade sem comorbidades poderá se vacinar.

A documentação necessária para o público por faixa etária (23 anos) é o comprovante de residência, documento com foto e cartão de vacinação. Para agilizar a inserção das doses aplicadas no sistema, a Prefeitura orienta que as pessoas façam o cadastro antecipadamente no RN Mais Vacina.

Ainda de acordo com a gestão municipal, a população pode encontrar o endereço das 35 UBS no site https://vacina.natal.rn.gov.br/; e acompanhar como estão as filas nos quatro drives (Via Direta, Sesi, Palácio dos Esportes e Ginásio Nélio Dias) disponíveis para a vacinação na capital. Outra novidade é que os drives de vacinação do município vão funcionar de segunda a sábado, das 08h às 16h.

SMS/Natal também anuncia que retomou o funcionamento do ponto de aplicação na Arena das Dunas desde a última segunda-feira, 9 de agosto de 2021, atendendo à demanda dos públicos em vacinação exclusivamente no sistema de drive-thru, sempre de segunda a sábado das 08h às 16h.

Além do público a partir dos 23 anos, a Secretaria Municipal de Saúde também estará aplicando a segunda dose; confira cronograma

A segunda dose também estará disponível nos pontos de vacinação da cidade, inclusive para quem já se vacinou com a primeira do imunizante da Pfizer. Para completar o ciclo vacinal, é necessário a apresentação do cartão de vacina, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Oxford
Pode receber a D2 quem recebeu a primeira dose até 19 de maio ou há 85 dias.

CoronaVac
Pode receber a D2 quem completou 28 dias da primeira dose. 

Pfizer
Pode receber a D2 quem recebeu a primeira dose até 21 de maio.

Foto: Ilustração/Prefeitura de Niterói

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

30 anos em Natal

Natal reduz idade mínima e vacina população a partir dos 30 anos nesta segunda-feira; confira cronograma completo

Prefeitura de Natal acaba de anunciar diminuição da faixa etária na capital e público a partir dos 30 anos já pode se vacinar nesta segunda-feira.

Prefeitura de Natal informou que vai retomar a vacinação contra a Covid-19 a partir de amanhã (2). A população a partir de 30 anos de idade sem comorbidades poderá se vacinar. Além do público a partir dos 30 anos, os profissionais da indústria a partir dos 18 anos também podem ser vacinados. Esses últimos têm como ponto exclusivo de vacinação o drive do Sesi da Avenida Capitão-Mor Gouveia.

A documentação necessária para o público por faixa etária (30 anos) é o comprovante de residência, documento com foto e cartão de vacinação. Para agilizar a inserção das doses aplicadas no sistema, a Prefeitura orienta que as pessoas façam o cadastro antecipadamente no RN Mais Vacina.

Ainda de acordo com a gestão municipal, a população pode encontrar o endereço das 35 UBS no site https://vacina.natal.rn.gov.br/; e acompanhar como estão as filas nos quatro drives (Via Direta, Sesi, Palácio dos Esportes e Ginásio Nélio Dias) disponíveis para a vacinação na capital.

Além do público a partir dos 30 anos e industriários a partir dos 18, a Secretaria Municipal de Saúde também estará aplicando a segunda dose

A segunda dose também estará disponível nos pontos de vacinação da cidade, inclusive para quem já se vacinou com a primeira do imunizante da Pfizer. Para completar o ciclo vacinal, é necessário a apresentação do cartão de vacina, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Oxford
Pode receber a D2 quem recebeu a primeira dose até 10 de maio, ou 85 dias.

CoronaVac
Pode receber a D2 quem completou 28 dias da primeira dose. 

Pfizer
Pode receber a D2 quem recebeu a primeira dose até 21 de maio.

Grávidas que tomaram a primeira dose com o imunizante da Oxford
As gestantes que tomaram a primeira dose com o imunizante Oxford e que, por recomendação do Ministério da Saúde, não tomaram a segunda dose, poderão completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer.

Foto: Divulgação/Prefeitura do Natal

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Xepa da Vacina

Xepa da Vacina: saiba agora como fazer o cadastro

A Xepa da Vacina teve início nesta quinta-feira em Natal. A população a partir de 18 anos que reside na cidade e no entorno de uma das 35 UBS ou um dos quatro drives que estão vacinando contra a Covid já pode se cadastrar para receber a dose do imunizante. A partir do cadastro feito, caso ocorra sobra de vacina, a UBS fará contato telefônico pedindo o comparecimento da pessoa em até 20 minutos para receber o imunizante.

Segundo a prefeitura da capital, as salas de vacinação das 35 UBS funcionam até às 15h. Caso haja sobra de vacinas, a UBS vacinará até 15h30. Já os drives funcionam até às 16h e, em caso de sobra dos imunizantes, funcionarão até às 16h30 para vacinar a população. Após o contato feito, caso a pessoa não chegue a tempo, seu cadastro vai para o último lugar da ordem cronológica.

“Se hoje houver sobra, nossa equipe já inicia hoje a vacinação. Essa ação é muito importante, porém lembro às pessoas que em Natal há poucas sobras de vacina, pois tentamos otimizar o máximo o fluxo para que não haja perda. O imunizante da Oxford após aberto pode ser armazenado por até 48h, os imunizantes CoronaVac e Pfizer têm durabilidade de até seis horas, então se houver sobras serão com esses dois últimos”, explica o secretário municipal de Saúde, George Antunes.

Para dar transparência a ação, a SMS Natal vai disponibilizar no prazo de até 72 horas no site https://vacina.natal.rn.gov.br/ , a data, número do cadastro e local onde a pessoa foi vacinada. A prefeitura também orienta que, para maior agilidade na inserção dos dados, é importante que a pessoa esteja cadastrada no RN Mais Vacinas.

No formulário de cadastro, o usuário deverá informar nome completo, número de CPF, endereço e telefone. O projeto da Xepa da Vacina foi sancionado pelo prefeito Álvaro Dias no último dia 19 de julho.

O que diz a lei da Xepa da Vacina?

  • Os postos de aplicação de vacinas do município de Natal ficam determinados a destinar as sobras do dia da vacina contra a covid-19 aos maiores de 18 anos que residam no entorno das unidades de saúde;

  • O objetivo é evitar a perda da vacina, sendo considerada conduta ilegal, qualquer postura que configure burla à ordem estabelecida no Programa Nacional de Vacinação;

  • Os postos de vacinação deverão fazer o registro dos quantitativos de pessoas vacinadas com a sobra da vacina, assim como de eventuais descartes;

  • Os postos de vacinação deverão cadastrar os moradores do seu entorno, e quando houver sobra de vacinas da covid-19, devem entrar em contato com o cadastrado, por telefone;

  • O cadastrado deve comparecer ao local de aplicação no prazo máximo de 20 minutos.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Operação Rebotalho

Operação Rebotalho: PF investiga irregularidades na compra de ventiladores pulmonares em Natal

A Polícia Federal está fazendo uma operação na manhã desta quinta-feira (1) na Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS). Em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte (MPF/RN), a “Operação Rebotalho” foi deflagrada, destinada a apurar a compra de ventiladores pulmonares para o Hospital de Campanha, instalado na Via Costeira.

A Operação Rebotalho apura a possível prática dos crimes de dispensa indevida de licitação e peculato na aquisição de respiradores usados pela SMS. Aproximadamente 20 policiais federais e quatro servidores da CGU estão cumprindo quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela 14ª Vara Federal – Seção Judiciária do Rio Grande do Norte, nos municípios de Natal, Goiânia/GO e Aparecida de Goiânia/GO.

A operação decorre de inquérito policial instaurado no mês de novembro de 2020, com base em auditoria da própria CGU, que identificou indícios de montagem e direcionamento da dispensa de licitação, além de superfaturamento de R$ 1.433.340,00. A investigação indica que os equipamentos comprados tinha origem de qualidade duvidosa, alguns apresentado defeitos desde a entrega.

Os elementos indicam que os respiradores comprados pela SMS/Natal são sucateados, podendo chegar a 15 anos de uso. Inclusive, parte deles possui origem clandestina, uma vez que a empresa fabricante informou que os números de série não correspondem a equipamentos por ela produzidos.

Segundo a PF, também há evidências de que os bens foram adquiridos por valor muito superior em mais de 100% ao cobrado pela indústria para equipamentos novos, da mesma marca, e com especificações técnicas superiores.

Mais informações a qualquer momento.

Foto: Divulgação/PF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado