Consórcio Nordeste cancela Sputnik V

Presidente do Consórcio Nordeste suspende a compra de doses da vacina Sputnik-V

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias (PT), anunciou a suspensão da compra da vacina Sputnik-V, imunizante russo contra a Covid-19. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (5). O comunicado aconteceu após a reunião entre o consórcio e o Fundo Soberano Russo.

O governador disse que o acordo do Consórcio Nordeste, que previa a compra de 37 milhões de doses da vacina, foi suspenso pelo Governo da Rússia, que não obteve uma licença excepcional de importação e a Sputnik V não foi incluída no Plano Nacional de Imunização, além das novas limitações impostas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A primeira entrega dos imunizantes, com aproximadamente 1 milhão de doses para seis estados do Nordeste, estava prevista para acontecer semana passada. O Fundo Soberano Russo informou que as vacinas que seriam destinadas para o Brasil serão enviadas agora para o México, Argentina e Bolívia, e que, assim que o Brasil decidir, as vacinas estarão disponíveis para envio imediato.

Foto: Reprodução/Facebook/Embaixada da Rússia no Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.