Tarifa Social de Energia Elétrica

População de Caiçara do Norte, Serrinha, Alto do Rodrigues e Santa Cruz podem negociar dívidas de luz em unidade móvel da Cosern até quinta-feira (18)

População de Caiçara do Norte, Serrinha, Alto do Rodrigues e Santa Cruz podem negociar dívidas de luz em unidade móvel da Cosern até quinta-feira (18)

Clientes terão a oportunidade de solicitar ligações e negociar dívidas de luz na Unidade Móvel instalada pela Cosern nesses municípios.

A Unidade Móvel de Atendimento da Neoenergia Cosern percorrerá, até a próxima quinta-feira, dia 18 de agosto, as cidades de Caiçara do Norte, Serrinha, Alto do Rodrigues e Santa Cruz. Nos quatro municípios, o veículo ficará estacionado na região central, entre 9h e 16h para oferecer, entre outros serviços, o cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e a negociação de dívidas de luz.

“Também vamos oferecer orientações sobre como pagar a fatura com cartão de crédito no site e como realizar pagamentos por PIX, além de parcelamentos que realizamos na própria unidade móvel”, explica Marcos Holanda, gerente de Relacionamento com Clientes da Neoenergia Cosern.

Além dessas cidades, a Unidade Móvel de Atendimento percorrerá outros seis municípios até o final deste mês, incluindo comunidades rurais, como a Maísa, em Mossoró. Os cronogramas com localidades e horários estão disponíveis no site da Neoenergia Cosern (www.neoenergiacosern.com.br).

Feirão de negociação de dívidas de luz

Os clientes da Neoenergia Cosern também podem, a partir desta segunda-feira (15), negociar as dívidas em atraso há pelo menos 180 dias com até 40% de desconto no Feirão Fique em Dia. A ação tem a finalidade de oferecer mais facilidades de pagamento aos clientes, zerando as cobranças de juros, correção monetária e multa das faturas com vencimento superior a 180 dias.

Com isso, o desconto para o cliente será de até 40% da dívida total. A condição especial terá uma duração de 30 dias e permitirá a quitação do débito à vista ou parcelado em até 24 prestações no cartão, com o desconto de 23% na taxa de serviço cobrada pelo cartão de crédito.

A intenção da companhia é contribuir com a recuperação financeira dos consumidores que se depararam com dificuldade no orçamento doméstico no último ano e torná-los adimplentes com a concessionária. O cliente interessado em aproveitar a oportunidade do Saldão Feirão Fique em Dia deve acessar o Portal de Negociação da empresa (www.neoenergiacosern.com.br), clicar no link negociação de dívidas e realizar todo o processo. Além do site, as negociações podem ser realizadas via WhatsApp (3215-6001) e pelo teleatendimento, no número 116.

A Unidade Móvel de Atendimento oferece os seguintes serviços à população:

• Pedidos de novas ligações;

• Cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE);

• Atualização de cadastro;

• Troca de titularidade;

• Religação;

• Desligamento definitivo;

• 2ª via de faturas;

• Cadastramento de fatura por e-mail;

• Pagamento de faturas com cartão de débito.

Calendário

Caiçara do Norte: 15 de agosto

Serrinha: 16 de agosto

Alto do Rodrigues: 17 de agosto

Santa Cruz: 18 de agosto

Sobre a Neoenergia Cosern

Reconhecida como a distribuidora com a Melhor Gestão Operacional, a Melhor Qualidade do Fornecimento, o Melhor Modelo de Gestão e a Melhor Ouvidoria do Brasil em premiações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee) e Fundação Nacional de Qualidade (FNQ) em 2022, a Neoenergia Cosern está presente nos 167 municípios potiguares. Detém uma área de concessão de 53 mil quilômetros quadrados e atende 1,5 milhão de clientes (3,5 milhões de habitantes).

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Mais de 11,5 milhões de famílias de baixa renda poderão ter redução automática na conta de luz

Mais de 11,5 milhões de famílias de baixa renda poderão ter redução automática na conta de luz

Famílias de baixa renda inscritas em programas sociais do governo passarão a ser incluídas, automaticamente, como beneficiárias da Tarifa Social de Energia Elétrica. Com isso, mais de 11,5 milhões de famílias podem passar a receber o benefício, com descontos de até 65% na fatura mensal da conta de luz, somando-se aos 12,3 milhões de famílias de baixa renda que já usufruem da redução.

O protocolo que permite o cadastramento automático dessas famílias foi assinado nesta terça-feira (30), na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em Brasília, com a presença do presidente Jair Bolsonaro e de diversos ministros. Antes, era necessário que cada família beneficiária de programa governamental requeresse individualmente o benefício, o que retardava e dificultava o processo, pois a maior parte era humilde, muitas moradoras de regiões distantes.

Para o presidente Bolsonaro, o benefício imediato é a desburocratização do processo, beneficiando o maior número de pessoas com iniciativas de repasse de renda.

“Basicamente, se resume na redução de burocracia, o que estamos fazendo desde quando assumimos em 2019. Essa medida veio a calhar. Estamos vivendo um período – peço a Deus – que seja pós-pandemia. Onde as consequências das medidas adotadas no passado, para combater o vírus, nos levaram a essa situação, de aumento de inflação. Essas medidas são aos mais humildes que atingem, ao informal, porque o Brasil, conosco, criou mais empregos de carteira assinada, mesmo durante o ano mais grave da pandemia. Então os mais vulneráveis e humildes são atingidos por esta medida, reduzindo a conta de luz”, disse o presidente.

Bolsonaro destacou também o aumento no número de empregos que estão sendo criados, apesar do país recém começar a sair da crise econômica mundial resultante da pandemia.

“Lembro que nos anos de 2015 e 2016, sem pandemia, o Brasil perdeu 2,5 milhões de empregos. E o nosso governo, mesmo com a pandemia, já criou 2,5 milhões de empregos. Isto é trabalho de todos, não apenas meu, dos ministros, dos secretários, mas de todos os servidores públicos que colaboram conosco nesta empreitada. Temos tudo para sermos uma grande Nação e a seremos, se Deus quiser”, finalizou Bolsonaro.

Os critérios para receber a tarifa social continuam os mesmos: têm direito a ela as famílias inscritas no Cadastro Único com renda mensal menor ou igual a meio salário-mínimo por pessoa, e também as famílias com portador de doença que precise de aparelho elétrico para o tratamento – nesse caso com renda mensal de até três salários-mínimos. Também têm direito as famílias com integrante que receba o Benefício de Prestação Continuada.

Com informações da Agência Brasil

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado