Penitenciária de Alcaçuz

Após fuga de 12 detentos, Secretaria prisional suspende visitas na Penitenciária de Alcaçuz

As televisitas e visitas presenciais ao maior complexo penal do estado, a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, estão suspensas temporariamente. A determinação é da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap). A medida foi tomada após a fuga de 12 presos na madrugada do sábado (17).

A Secretaria informou que a medida é necessária para a realização de revistas estruturais e pessoais em todas as celas da unidade e avaliação dos procedimentos de segurança. De acordo com a Seap, os fugitivos são todos da cela 9 da ala A do Pavilhão 4. O local tinha ao todo 22 detentos. Dez deles não fugiram.

A fuga ocorrida neste sábado foi a primeira da Penitenciária de Alcaçuz em três anos. A última havia ocorrido em fevereiro de 2018, quando Francisco Carlos dos Santos, de 34 anos, que era considerado um preso de “confiança”, escapou do complexo.

O Governo do Estado informou que a Polícia Penal e as forças de Segurança Pública estão mobilizadas na operação de captura dos 12 internos. Até o momento, ninguém foi preso.

Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.