Internacional

Os principais acontecimentos ao redor do planeta, tudo o que acontece no Mundo você encontra aqui, no Por dentro do RN.

Palmeiras vence em casa para assumir do Grupo F da Libertadores

Palmeiras vence em casa para assumir do Grupo F da Libertadores

Botafogo perde para LDU e fica na lanterna de sua chave

Com gols do garoto Estevão, de Aníbal Moreno e de Flaco López o Palmeiras derrotou o Liverpool (Uruguai) por 3 a 1, na noite desta quinta-feira (11) no Allianz Parque, para assumir a liderança do Grupo F da Copa Libertadores com quatro pontos.

Mas, apesar de garantir a vitória final, o Verdão iniciou o confronto ficando em desvantagem, pois, logo aos dois minutos, o zagueiro Rosso aproveitou bola espalmada pelo goleiro Weverton após cobrança de falta de Rodríguez para abrir o marcador. A partir daí a equipe comandada pelo técnico português Abel Ferreira avançou suas linhas, oferecendo espaços para perigosos contra-ataques adversários.

No entanto, a insistência do Palmeiras foi premiada momentos antes do intervalo, aos 49 minutos, quando Raphael Veiga cobrou escanteio para o volante Aníbal Moreno marcar de cabeça. E a virada do Verdão surgiu de uma nova assistência do seu camisa 23, desta vez aos 12 do segundo tempo. O meio-campista fez um belo lançamento para a área e o argentino Flaco López mostrou habilidade para desviar com a ponta do pé e superar o goleiro Lentinelly.

Com a vantagem no placar, o time brasileiro ficou mais confortável no confronto, e passou a criar mais oportunidades de marcar. E o terceiro veio aos 20 minutos com a terceira assistência de Raphael Veiga na partida. O maestro do Verdão levantou a bola na área, onde o garoto Estevão, de 16 anos, cabeceou com categoria para marcar o seu primeiro gol em uma edição da Libertadores.

Botafogo lanterna

Se o Palmeiras brilhou em casa, o Botafogo teve uma noite para esquecer em Quito. Jogando no Estádio Casa Blanca, o Alvinegro foi superado por 1 a 0 pela LDU (Equador). O único gol da partida foi marcado pelo meio-campista Alzugaray. O resultado deixa a equipe de General Severiano na lanterna do Grupo D da Copa Libertadores.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Palmeiras vence em casa para assumir do Grupo F da Libertadores Read More »

Brasil adia exigência de visto de turistas dos EUA e mais dois países

Brasil adia exigência de visto de turistas dos EUA e mais dois países

Medida deve entrar em vigor em 10 de abril de 2025

Os turistas da Austrália, Canadá e Estados Unidos, que possuem passaporte comum, ainda poderão entrar pelas fronteiras terrestres, portos e aeroportos sem apresentar visto para o Brasil. Um decreto publicado em edição extra do Diário Oficial da União na terça-feira (9), atrasou em um ano – para 10 de abril de 2025 – a medida que determinava a exigência do documento a partir de hoje.

A decisão inicial, prevista para janeiro deste ano, já havia sido adiada (https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2024-04/brasil-passa-exigir-visto-de-turistas-da-australia-canada-e-dos-eua) uma vez pelo Ministério de Relações Exteriores (MRE) sob a justificativa de que a decisão poderia afetar o turismo em alta temporada, no início do ano.

A Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) publicou nota na qual informa estar em contato com companhias aéreas, associações de operadoras e agências de turismo dos países que já foram informados sobre a mudança.

Fluxo de turistas

Também destacou “a importância da decisão do governo para a manutenção do crescimento na chegada de turistas estrangeiros destes mercados internacionais, notadamente os Estados Unidos, segundo maior emissor para o Brasil em 2023, com 668.478 turistas (11,31% do total)”. Ainda segundo a instituição, nos dois primeiros meses deste ano a chegada de norte-americanos ao Brasil foi 11% superior ao mesmo período do ano anterior.

Reciprocidade

O visto deixou de ser obrigatório para ingresso de turistas norte-americanos, canadenses, australianos e japoneses no Brasil em 2019. Na época, nenhum dos países foi recíproco à decisão e os brasileiros continuaram tendo que apresentar o visto ao entrarem em qualquer um dos quatro países. No ano passado, o Japão firmou um acordo com o Brasil de isenção recíproca, que entrou em vigor em setembro e vale para viagens de até 90 dias.

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Brasil adia exigência de visto de turistas dos EUA e mais dois países Read More »

Março é o 10° mês consecutivo de recorde de calor global

Março é o 10° mês consecutivo de recorde de calor global

El Niño contribui para temperaturas elevadas, mas mudanças climáticas são a principal causa

O planeta Terra bateu, em março de 2024, o décimo mês consecutivo de recorde de calor global, de acordo com o programa europeu de observação da Terra Copernicus. As temperaturas do ar e dos oceanos também atingiram o nível máximo histórico neste mês.

Março teve uma média de 14,14° Celsius (°C), ultrapassando o recorde anterior de 2016 em um décimo de grau. Foi também 1,68°C mais quente do que no final do século 19, antes da intensificação da queima de combustíveis fósseis.

Desde junho de 2023, o planeta tem batido recordes de calor todos os meses, com contribuição do El Niño, que aquece a zona central do Pacífico e altera os padrões climáticos globais.

Com a desaceleração do El Niño, as margens de superação das temperaturas médias globais devem diminuir.

No entanto, os cientistas do clima atribuem a maior parte dos recordes de calor às mudanças climáticas provocadas pelo homem, devido às emissões de gases de efeito estufa como o dióxido de carbono e o metano.

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Março é o 10° mês consecutivo de recorde de calor global Read More »

Elon Musk convida Alexandre de Moraes para debate

Elon Musk convida Alexandre de Moraes para debate

Convite do CEO do X ao ministro do STF e posicionamentos políticos marcam embate nas redes.

O bilionário Elon Musk, CEO do X (antigo Twitter), desencadeou um embate virtual com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (8.abr.2024), ao convidá-lo para um diálogo franco sobre as restrições impostas pela Suprema Corte.

Em meio a trocas de acusações e ameaças de descumprimento de decisões judiciais, Musk questionou a suposta “censura” no Brasil e chegou a defender o impeachment de Moraes.

Após o embate nas redes sociais, Moraes incluiu o nome de Musk no inquérito que investiga as milícias digitais. O empresário, por sua vez, revelou que a plataforma continuava recebendo demandas para suspender contas de membros do Parlamento e jornalistas renomados, alegando pressão do ministro para atender tais solicitações.

Diante da crise, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), defendeu a necessidade de regulamentação das redes sociais para evitar a disseminação de informações manipuladas e ataques às instituições. Pacheco destacou a importância das regras nesse contexto e cobrou da Câmara dos Deputados a votação de um projeto já aprovado pelo Senado em 2020.

Enquanto isso, Luís Roberto Barroso, presidente do Supremo, ressaltou que as decisões judiciais devem ser objeto de recursos legais e não de descumprimento deliberado. O embate entre Musk e Moraes também impulsionou a discussão sobre a regulação das redes entre os governistas, que destacaram a importância de responsabilizar quem atentar contra a democracia.

No entanto, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), descartou pautar o Projeto de Lei das Fake News, afirmando que o tema não é prioritário. Aliados de Lira indicam que o ambiente polarizado e a falta de votos para aprovação da proposta são fatores determinantes nessa decisão.

Foto: dmoberhaus/Visualhunt/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Elon Musk convida Alexandre de Moraes para debate Read More »

Air France terá dois novos voos em Fortaleza

Air France terá dois novos voos em Fortaleza

Companhia operará cinco frequências semanais na cidade no inverno europeu 2024-2025; em parceria com a GOL, clientes podem se conectar ao mundo a partir de Fortaleza

A Air France aumentará a sua operação em Fortaleza no próximo inverno europeu. A companhia aérea francesa passará a ter cinco voos semanais ligando a capital cearense a Paris entre outubro de 2024 e fevereiro de 2025, frente às atuais três frequências semanais ofertadas na rota.

“O desempenho do mercado brasileiro nos encoraja a expandir as operações em Fortaleza na próxima temporada europeia de inverno. Na capital cearense, nosso grande destaque fica para as elevadas taxas de ocupação, o que nos faz olhar mais atentamente para a necessidade de ampliar a oferta na ligação mais rápida que oferecemos da América do Sul para a Europa”, destaca Manuel Flahault, diretor geral do Grupo Air France-KLM na América do Sul.

A aeronave escalada para todos os voos em Fortaleza será o Boeing 777-200, com capacidade para 328 pessoas, em três classes de serviço: Business Class (28 assentos), Premium Economy (32) e Economy (268). O atual número de assentos semanais terá um incremento de 69%. Os novos voos serão ofertados às quintas-feiras e aos sábados, e as três frequências atualmente em operação seguem disponíveis às terças, sextas-feiras e aos domingos.

Chegando em Paris, os clientes que desembarcam provenientes de Fortaleza podem não só visitar a capital francesa, mas também fazer conexões para centenas de destinos na Europa, na África e na Ásia, incluindo a China.

Em parceria com a GOL, que em 2024 completa dez anos ao lado do Grupo Air France-KLM, clientes de outras regiões do Brasil também podem voar para Paris e outros destinos fazendo conexão em Fortaleza. O mesmo vale para passageiros oriundos da capital francesa, que podem acessar dezenas de aeroportos em outras cidades brasileiras pela GOL.

As passagens para os novos voos já podem ser adquiridas em airfrance.com.br ou por meio dos agentes de viagem.

Sobre a Air France

Desde 1933, a Air France promove e destaca a França ao redor mundo. Com uma atividade dividida entre transporte de passageiros, carga e manutenção aeronáutica, a Air France é um grande player do transporte aéreo. Mais de 38 mil funcionários que compõem a sua força de trabalho estão comprometidos diariamente para oferecer a cada cliente uma experiência única de viagem.

Air France, KLM Royal Dutch Airlines e Transavia formam o Grupo Air France-KLM. O Grupo conta com seus poderosos hubs Paris-Charles de Gaulle e Amsterdã-Schiphol para oferecer uma vasta rede internacional de voos. Seu programa de passageiro frequente Flying Blue tem mais de 17 milhões de membros. A Air France e a KLM são membros da aliança SkyTeam, que tem um total de 18 companhias aéreas membros.

A Air France estabeleceu metas ambiciosas de desenvolvimento sustentável, e está trabalhando para reduzir e apoiar projetos que absorvem a armazenam carbono da atmosfera em sumidouros naturais de carbono. Como parte do programa Air France ACT, a companhia está comprometida em reduzir suas emissões de CO2 por passageiro-km em até 30% vs. 2019, representando -12% em emissões absolutas de CO2. Essa ambição é apoiada por amplos investimentos para renovar sua frota com aeronaves de nova geração mais eficientes em combustível, o desenvolvimento de mais Combustível Sustantável de Aviação, ou a generalização da eco-pilotagem.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Air France terá dois novos voos em Fortaleza Read More »

Moraes inclui Elon Musk em inquérito das milícias digitais

Moraes inclui Elon Musk em inquérito das milícias digitais

Decisão sai após multibilionário publicar crítica ao STF e ao ministro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou a inclusão do multibilionário Elon Musk entre os investigados do chamado Inquérito das Milícias Digitais (Inq. 4.874), que apura a atuação criminosa de grupos suspeitos de disseminar notícias falsas em redes sociais para influenciar processos políticos.

Na mesma decisão, tornada pública na noite desse domingo (7), Moraes ordena a instauração de um “inquérito por prevenção” para apurar as condutas de Musk, dono da rede social X (antigo Twitter), entre várias outras empresas. Segundo o ministro, a inclusão do empresário no Inquérito das Milícias Digitais foi motivada pela possível “dolosa [intencional] instrumentalização criminosa da rede social X”. Já a abertura de um outro processo deve-se às recentes manifestações de Musk, como a de que liberaria contas de usuários da X suspensas por decisões judiciais brasileiras – conduta que, em sua decisão, Moraes tipifica como possíveis casos de obstrução da Justiça e incitação ao crime.

“Determino, ainda, que a provedora de rede social X se abstenha de desobedecer qualquer ordem judicial já emanada, inclusive realizar qualquer reativação de perfil cujo bloqueio foi determinado por essa Suprema Corte ou pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob pena de multa diária de R$ 100 mil por perfil e responsabilidade por desobediência à ordem judicial dos responsáveis legais pela empresa no Brasil”, sentenciou Moraes.

Críticas ao STF

O ministro proferiu sua decisão um dia após o multibilionário publicar, nas redes sociais, a primeira de uma série de postagens criticando o ministro e o STF. No último sábado (6), Musk usou o espaço para comentários do perfil do próprio ministro no X para atacá-lo.

Em uma mensagem de 11 de janeiro, na qual Moraes parabenizava o ministro aposentado do STF Ricardo Lewandowski por assumir o comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Musk questiona : “Por que você exige tanta censura no Brasil?”.

Em outra postagem, ainda no sábado, Musk prometeu “levantar” [desobedecer] todas as restrições judiciais, alegando que Moraes ameaçou prender funcionários do X no Brasil. Já ontem (7), no início da tarde, pouco antes de o ministro divulgar sua decisão, Musk acusou Moraes de trair “descarada e repetidamente a Constituição e o povo brasileiro”. Sustentando que as exigências de Moraes violam a própria legislação brasileira, Musk defendeu que o ministro renuncie ou seja destituído do cargo.

Pouco depois, ele recomendou aos internautas brasileiros utilizarem uma rede privada virtual (VPN, do inglês Virtual Private Network) para acessar todos os recursos da plataforma bloqueados no Brasil.

Campanha de desinformação

Em sua sentença, Moraes sustenta que, “na data de 6 de abril”, o dono da X “iniciou uma campanha de desinformação sobre a atuação do STF e do TSE, reiterada no dia 7, instigando a desobediência e obstrução à Justiça, inclusive em relação a organizações criminosas”.

Moraes também cita um outro inquérito – o 4.781 – de 2019, que investiga indícios de divulgação de notícias falsas, denúncias caluniosas, ameaças e outras infrações, para lembrar que a “instrumentalização criminosa dos provedores de redes sociais e de serviços de mensagens para [o cometimento] da mais ampla prática de atividades criminosas nas redes sociais” está “evidente”.

“Ressalto ser inaceitável que qualquer dos representantes dos provedores de redes sociais e de serviços de mensageria privada, em especial o ex-Twitter, atual X, desconheçam a instrumentalização criminosa que vem sendo realizada pelas denominadas milícias digitais, na divulgação, propagação, organização e ampliação de inúmeras práticas ilícitas nas redes sociais, especialmente no gravíssimo atentado ao Estado Democrático de Direito e na tentativa de destruição do STF, Congresso Nacional e Palácio do Planalto, ou seja, da própria República brasileira, principalmente após a tentativa golpista de 8 de janeiro de 2023”, comentou Moraes, em sua decisão, lembrando que ele mesmo se reuniu, em diferentes ocasiões, com representantes das principais plataformas digitais para discutir “o real perigo dessa instrumentalização criminosa”.

“Os provedores de redes sociais e de serviços de mensagem privada devem absoluto respeito à Constituição Federal, à lei e à jurisdição brasileira”, sentenciou Moraes, acrescentando que a dignidade humana, a proteção à vida de crianças e adolescentes e a manutenção do Estado Democrático de Direito “estão acima dos interesses financeiros dos provedores de redes sociais e de serviços de mensagem privada”. E que o ordenamento jurídico brasileiro prevê a necessidade destas empresas atenderem todas as ordens e decisões judiciais, inclusive as que determinam o fornecimento de dados pessoais ou outras informações que possam contribuir para a identificação de usuários.

Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Moraes inclui Elon Musk em inquérito das milícias digitais Read More »

Barroso diz que toda empresa que opera no Brasil deve cumprir a Constituição

Barroso diz que toda empresa que opera no Brasil deve cumprir a Constituição

SFT mantém proteção às instituições, diz ministro após fala de Musk

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, disse nesta segunda-feira (8) que todas as empresas que operam no Brasil devem seguir a Constituição do país, as leis e as decisões das autoridades brasileiras. Após manifestações do empresário Elon Musk sobre decisões do ministro do STF Alexandre de Moraes, Barroso garantiu que o Supremo continuará protegendo as instituições.

“O Supremo Tribunal Federal atuou e continuará a atuar na proteção das instituições, sendo certo que toda e qualquer empresa que opere no Brasil está sujeita à Constituição Federal, às leis e às decisões das autoridades brasileiras. Decisões judiciais podem ser objeto de recursos, mas jamais de descumprimento deliberado. Essa é uma regra mundial do Estado de Direito e que faremos prevalecer no Brasil”, declarou o presidente do STF, em nota.

Elon Musk, dono da plataforma X e da fabricante de veículos elétricos Tesla, pediu o impeachment do ministro Alexandre de Moraes e disse que não acataria a decisão judicial que determinou a suspensão de perfis acusados de disseminar notícias falsas que atentariam contra o STF e a democracia.

Sem citar nominalmente o caso, Barroso disse que travou-se recentemente no Brasil “uma luta de vida e morte pelo Estado Democrático de Direito e contra um golpe de Estado, que está sob investigação nesta Corte com observância do devido processo legal”.

“O inconformismo contra a prevalência da democracia continua a se manifestar na instrumentalização criminosa das redes sociais”, argumentou o ministro.

Críticas ao STF

Nos últimos dias, Elon Musk publicou uma uma série de postagens criticando o ministro Alexandre de Moraes e o STF. No sábado (6), ele usou o espaço para comentários do perfil do próprio ministro no X para atacá-lo.

Em mensagem de 11 de janeiro, na qual Moraes parabeniza o ministro aposentado do STF Ricardo Lewandowski por assumir o comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Musk questiona : “Por que você exige tanta censura no Brasil?”.

Em outra postagem, ainda no sábado, Musk prometeu “levantar” [desobedecer] todas as restrições judiciais, alegando que Moraes ameaçou prender funcionários do X no Brasil. Já ontem (7), no início da tarde, pouco antes de o ministro divulgar sua decisão, Musk acusou Moraes de trair “descarada e repetidamente a Constituição e o povo brasileiro”. Sustentando que as exigências de Moraes violam a própria legislação brasileira, Musk sugeriu que o ministro renuncie ou seja destituído do cargo.

Pouco depois, Musk recomendou que os internautas brasileiros usem uma rede privada virtual (VPN, do inglês Virtual Private Network) para acessar todos os recursos da plataforma bloqueados no Brasil.

Na noite de domingo, Moraes determinou a inclusão de Musk entre os investigados do chamado Inquérito das Milícias Digitais (Inq. 4.874), que apura a atuação criminosa de grupos suspeitos de disseminar notícias falsas em redes sociais para influenciar processos políticos.Na mesma decisão, o ministro ordena a instauração de um “inquérito por prevenção” para apurar as condutas de Musk.

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Barroso diz que toda empresa que opera no Brasil deve cumprir a Constituição Read More »

Diplomatas mexicanos deixam o Equador após invasão à embaixada

Diplomatas mexicanos deixam o Equador após invasão à embaixada

Crise diplomática entre os países se intensifica após operação policial em Quito

Os diplomatas mexicanos deixaram o Equador neste domingo (7.abr.2024), após o rompimento das relações diplomáticas entre os dois países. A medida foi tomada em resposta à invasão da embaixada do México em Quito pela polícia equatoriana na sexta-feira (5.abr), com o objetivo de prender o ex-presidente Jorge Glas, que ali estava sob asilo político.

“Nosso pessoal diplomático deixa tudo para trás no Equador e volta para casa de cabeça erguida (…) após o assalto à nossa embaixada”, escreveu a ministra mexicana das Relações Exteriores, Alicia Bárcena, na rede social X (antigo Twitter).

O governo mexicano qualificou a operação policial como uma violação da sua soberania e do direito internacional. A ação também foi condenada pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, pelo Departamento de Estado norte-americano e pela União Europeia.

Governos latino-americanos de diversas correntes políticas, como Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, entre outros, também se manifestaram contra a invasão da embaixada.

Após ser retirado da embaixada, Jorge Glas foi transferido para a prisão de segurança máxima de La Roca, em Guayaquil. Ele era procurado por desvio de fundos públicos na reconstrução da província de Manabí, após um terremoto em 2016. Glas também deveria retornar à prisão para cumprir pena por associação ilícita e suborno em casos relacionados à Odebrecht.

Glas se refugiou na embaixada mexicana em dezembro de 2023, alegando perseguição política e “lawfare”. O asilo foi concedido na sexta-feira, mas a invasão da embaixada levou ao rompimento das relações diplomáticas entre Equador e México.

Foto: Tim Mossholder/Pexels

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Diplomatas mexicanos deixam o Equador após invasão à embaixada Read More »

Paraguai entrega 25 presos brasileiros à Polícia Federal

Paraguai entrega 25 presos brasileiros à Polícia Federal

Transferência ocorreu nas fronteiras com Paraná e Mato Grosso do Sul

O Paraguai expulsou 25 brasileiros que estavam presos no país e eram procurados pela polícia e a Justiça do Brasil por crimes como homicídio, estupro e tráfico de drogas. Eles foram entregues à Polícia Federal na última quinta-feira (4) no Paraná e em Mato Grosso do Sul, estados que fazem fronteira com o território paraguaio.

Em nota, a PF informou que 16 deles foram transferidos na Pontes da Amizade em Foz do Iguaçu (PR) e nove em Ponta Porã (MS).

De acordo com a Polícia Federal, as negociações para o operação foram iniciadas há cerca de um ano, quando foi solicitada às autoridades paraguaias que identificassem quantos brasileiros estavam detidos no país.

A transferência exigiu reforço do policiamento e presença de equipes especializadas. O fluxo de carros e pedestres na Ponte da Amizade foi interrompido por 25 minutos para a passagem das forças de segurança do Paraguai no lado brasileiro.

Os detidos serão agora levados para prisões em diversos estados do Brasil onde irão cumprir a pena.

Foto: Divulgação/Polícia Federal

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Paraguai entrega 25 presos brasileiros à Polícia Federal Read More »

Elon Musk questiona Alexandre de Moraes sobre censura no Brasil

Elon Musk questiona Alexandre de Moraes sobre censura no Brasil

CEO do X critica intervenções do STF na liberdade de expressão online

Elon Musk, empresário e dono do X, utilizou suas redes sociais no sábado (6.abr.2024) para questionar o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre o excesso de censura no Brasil. Em uma publicação na plataforma, Musk expressou suas preocupações sobre os limites da liberdade de expressão e o papel das autoridades brasileiras na moderação do conteúdo online.

“Por que você está determinando tanta censura no Brasil”, questionou Musk em resposta a uma postagem na qual Moraes desejava sucesso a Ricardo Lewandowski, indicado para o Ministério da Justiça. Esse posicionamento de Musk vem à tona em meio a uma série de vazamentos de e-mails internos do X, antigo Twitter, que criticam a atuação do ministro do STF e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os e-mails, atribuídos a diretores e consultores jurídicos do X, revelam pedidos de informações do Ministério Público sobre casos relacionados a informações falsas sobre a pandemia de Covid-19. Este não é o primeiro embate público de Musk sobre o assunto. Em janeiro, o bilionário já havia expressado preocupação com a “censura imposta” por Moraes a perfis na rede social.

Naquela ocasião, a Justiça suspendeu contas, incluindo a do deputado federal Nikolas Ferreira e a do youtuber Monark, após publicações em defesa dos extremistas que invadiram as sedes dos Três Poderes em 8 de janeiro de 2023.

Foto: Jurvetson/VisualHunt

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Elon Musk questiona Alexandre de Moraes sobre censura no Brasil Read More »

PGR envia ao STF manifestação sobre Bolsonaro na Embaixada da Hungria

PGR envia ao STF manifestação sobre Bolsonaro na Embaixada da Hungria

Ex-presidente permaneceu no local entre os dias 12 e 14 de fevereiro

A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma manifestação sobre a estadia do ex-presidente Jair Bolsonaro na Embaixada da Hungria, em Brasília, no mês passado.

De acordo com a PGR, o documento foi enviado na noite de quinta-feira (4) à Corte e não será divulgado porque está em segredo de Justiça.

Na semana passada, o ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, deu cinco dias para a procuradoria opinar sobre as explicações de Bolsonaro para o episódio.

Na segunda-feira (25), o jornal The New York Times publicou que o ex-presidente permaneceu entre os dias 12 e 14 de fevereiro deste ano hospedado na embaixada.

Dias antes, em 8 de fevereiro, Bolsonaro teve o passaporte apreendido por determinação de Moraes após sofrer uma busca e apreensão durante a Operação Tempus Veritatis, que investiga a tentativa de golpe de Estado no país após o resultado das eleições de 2022.

Pelas regras internacionais, a área da embaixada é inviolável pelas autoridades brasileiras. Dessa forma, Bolsonaro estaria imune ao eventual cumprimento de um mandado de prisão.

Na semana passada, a defesa de Bolsonaro disse que é “ilógico” considerar que o ex-presidente pediria asilo político para a embaixada. Segundo a defesa, Bolsonaro não tinha preocupação com eventual prisão.

Bolsonaro é aliado do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, que esteve na posse do ex-presidente em 2018. Em 2022, Bolsonaro visitou Budapeste, capital húngara, e foi recebido por Orbán. Além disso, ambos trocam constantes elogios públicos.

Hospedagem

A publicação norte-americana analisou as imagens das câmeras de segurança do local e imagens de satélite, que mostram que Bolsonaro chegou no dia 12 de fevereiro à tarde e saiu na tarde do dia 14 de fevereiro.

As imagens mostram que a embaixada estava praticamente vazia, exceto por alguns diplomatas húngaros que moram no local. Segundo o jornal, os funcionários estavam de férias e a estadia de Bolsonaro ocorreu durante o feriado de carnaval.

Segundo a reportagem, no dia 14 de fevereiro, os diplomatas húngaros contataram os funcionários brasileiros, que deveriam retornar ao trabalho no dia seguinte, dando a orientação para que ficassem em casa pelo resto da semana.

Foto: Marcos Corrêa/PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

PGR envia ao STF manifestação sobre Bolsonaro na Embaixada da Hungria Read More »

Colômbia expulsa diplomatas argentinos após comentários de Milei contra Petro

Colômbia expulsa diplomatas argentinos após comentários de Milei contra Petro

Declarações do presidente argentino desencadeiam medida drástica da Colômbia

A Colômbia tomou uma decisão contundente em resposta aos comentários do presidente argentino, Javier Milei, sobre o presidente colombiano, Gustavo Petro. Na quarta-feira (27.mar.2024), o Ministério das Relações Exteriores da Colômbia anunciou a expulsão de diplomatas argentinos de sua embaixada no país.

As declarações de Milei, feitas em uma entrevista à CNN, onde ele referiu-se a Petro como “terrorista”, “assassino” e “comunista”, desencadearam a medida.

Segundo comunicado emitido pelo ministério colombiano, os comentários de Milei não apenas minaram a confiança entre as nações, mas também feriram a dignidade do presidente Petro, que foi eleito democraticamente. Essa não é a primeira vez que as palavras de Milei geram controvérsia diplomática entre os dois países. Em janeiro, a Colômbia já havia convocado seu embaixador na Argentina em resposta a comentários semelhantes proferidos pelo presidente argentino.

Gustavo Petro, o primeiro presidente de esquerda da Colômbia, tem um passado ligado ao movimento guerrilheiro M-19, que já foi desmobilizado há muito tempo. Enquanto isso, Milei, que se define como libertário, não hesitou em criticar outros líderes regionais durante a entrevista, incluindo o presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador.

Foto: RS/via Fotos Publicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Colômbia expulsa diplomatas argentinos após comentários de Milei contra Petro Read More »

Ponte em Baltimore desaba após colisão com navio

Ponte em Baltimore desaba após colisão com navio

Equipes de resgate buscam por sete pessoas desaparecidas

Uma das principais pontes de Baltimore, nos EUA, a Francis Scott Key Bridge, desabou na madrugada de terça-feira (26.mar.2024) após ser atingida por um navio porta-contêineres. Vários veículos caíram no Rio Patapsco e equipes de resgate trabalham para encontrar pelo menos sete pessoas desaparecidas.

O navio, chamado Dali, atingiu um dos pilares da ponte, fazendo com que a estrutura se rompesse em vários pontos e desabasse na água. Imagens do local mostram a gravidade do acidente, com destroços da ponte espalhados pelo rio e um denso nevoeiro preto saindo do navio, que também pegou fogo.

Equipes de resgate em ação

Cerca de 200 bombeiros, policiais e outros profissionais de emergência estão no local realizando buscas por sobreviventes. Helicópteros e barcos também estão sendo utilizados na operação.

Número de vítimas ainda incerto

Ainda não há um número oficial de vítimas, mas as autoridades acreditam que pelo menos sete pessoas estejam desaparecidas. O diretor de comunicações do Corpo de Bombeiros de Baltimore, Kevin Cartwright, classificou o incidente como um “evento de vítimas em massa em desenvolvimento”.

Investigação em andamento

A causa do acidente ainda está sendo investigada, mas as autoridades acreditam que o navio pode ter excedido o limite de altura da ponte. A Guarda Costeira dos EUA está liderando a investigação.

Impacto no tráfego

A ponte Francis Scott Key é uma importante via de ligação entre Baltimore e o Condado de Baltimore. O desabamento da ponte causou um grande congestionamento na região. As autoridades pedem aos motoristas que evitem a área e utilizem rotas alternativas.

Foto: Stabbur’s Master/Visualhunt/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Ponte em Baltimore desaba após colisão com navio Read More »

Bolsonaro se hospeda na embaixada da Hungria após perder passaporte

Bolsonaro se hospeda na embaixada da Hungria após perder passaporte

Ex-presidente permaneceu dois dias na embaixada após apreensão de passaporte; autoridades brasileiras e STF agem para esclarecer circunstâncias

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) enfrenta nova controvérsia após ter passado dois dias na Embaixada da Hungria, em Brasília, entre os dias 12 e 14 de fevereiro, como revelou o jornal The New York Times. O político teve seu passaporte apreendido pela Polícia Federal durante a Operação Tempus Veritatis, por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

As investigações sugerem que Bolsonaro buscava refúgio na embaixada, ambiente protegido onde as leis e autoridades brasileiras não têm alcance, levantando suspeitas sobre uma possível tentativa de fugir da justiça enquanto enfrenta processos criminais em solo nacional. O jornal americano teve acesso a imagens do circuito de segurança da embaixada, que mostram a presença do ex-presidente acompanhado por seguranças e funcionários diplomáticos.

A permanência de Bolsonaro na embaixada despertou a atenção da Polícia Federal, que agora investiga se houve violação das restrições impostas pelo STF. O ministro Alexandre de Moraes concedeu um prazo de 48 horas para que Bolsonaro forneça esclarecimentos sobre sua estadia na representação húngara, visando entender as circunstâncias dessa hospedagem e se houve burla às medidas judiciais.

Enquanto isso, o Ministério das Relações Exteriores convocou o embaixador da Hungria, Miklos Halmai, para prestar esclarecimentos sobre o caso. A reunião entre o diplomata e autoridades brasileiras busca esclarecer os detalhes da hospedagem de Bolsonaro e entender o papel da embaixada no episódio.

A defesa do ex-presidente alega que sua estadia na embaixada teve como objetivo manter contatos com autoridades do país estrangeiro e atualizar cenários políticos entre as nações. Porém, as autoridades brasileiras e o STF estão determinados a esclarecer as circunstâncias dessa permanência, garantindo que as medidas judiciais sejam cumpridas e a investigação prossiga conforme a lei.

Foto: Alan Santos/PR/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Bolsonaro se hospeda na embaixada da Hungria após perder passaporte Read More »

Grupo de oposição na Venezuela diz ter sido impedida de registrar candidata

Grupo de oposição na Venezuela diz ter sido impedido de registrar candidata

Coligação enfrenta obstáculos no processo de inscrição para as eleições de julho

A coligação da oposição na Venezuela enfrentou um revés significativo nesta terça-feira (26.mar.2024), ao anunciar que não conseguiu registrar Corina Yoris como candidata nas eleições presidenciais de 28 de julho. O atual presidente, Nicolás Maduro, permanece como candidato único após o encerramento oficial das inscrições.

O dirigente da oposição, Omar Barboza, expressou a frustração da coligação, declarando que, apesar dos esforços incessantes ao longo do dia, não conseguiram exercer seu direito constitucional de registrar seu candidato. Barboza denunciou a falta de acesso ao sistema de registro de candidaturas do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) venezuelano, em um vídeo divulgado pela Plataforma Unitária Democrática (PUD).

A PUD, composta pelos principais partidos de oposição, tinha a intenção de registrar Corina Yoris, uma renomada filósofa e professora universitária de 80 anos, como substituta de María Corina Machado. Machado, favorita nas pesquisas e indicada como candidata da PUD após vencer as eleições primárias em outubro, foi privada do direito de ocupar cargos públicos por 15 anos.

Corina Yoris relatou ter esgotado todos os recursos disponíveis para resolver a situação, incluindo tentativas de reclamação na sede do CNE. No entanto, ela acusou o órgão de estar sob controle militar, impedindo o acesso. Além disso, Yoris criticou Nicolás Maduro, que oficializou sua candidatura para um terceiro mandato de seis anos, acusando-o de desrespeitar a Constituição venezuelana.

Foto: RS/via Fotos Publicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Grupo de oposição na Venezuela diz ter sido impedido de registrar candidata Read More »

Daniel Alves é libertado sob fiança após condenação por estupro

Daniel Alves é libertado sob fiança após condenação por estupro

Ex-jogador da seleção brasileira aguarda recurso em liberdade condicional, mas com restrições impostas pela justiça espanhola

O ex-jogador da seleção brasileira Daniel Alves foi solto da prisão de Barcelona nesta segunda-feira (25.mar.2024) após pagar fiança de 1 milhão de euros. A decisão foi tomada por um tribunal local na quarta-feira (20.mar), que concedeu liberdade condicional a Alves enquanto ele recorre da condenação por estupro.

Alves foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por agredir sexualmente uma jovem em uma boate de Barcelona em dezembro de 2022. Ele já cumpriu cerca de um quarto de sua sentença.

Como condições para sua liberdade provisória, Alves teve que entregar seus passaportes brasileiro e espanhol, comparecer ao tribunal semanalmente e se manter afastado da vítima.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Daniel Alves é libertado sob fiança após condenação por estupro Read More »

Ministério Público da Espanha recorre contra liberdade provisória de Daniel Alves

Ministério Público da Espanha recorre contra liberdade provisória de Daniel Alves

Promotores alertam para possível fuga do jogador caso benefício seja concedido

O Ministério Público espanhol intensificou sua oposição à concessão de liberdade provisória a Daniel Alves, na última sexta-feira (22.mar.2024). Argumentando o risco de fuga do jogador de 40 anos, promotores de Barcelona apresentaram recurso à Justiça espanhola. Alves permanece sem pagar a fiança estipulada em um milhão de euros (aproximadamente R$ 5,3 milhões) e deve permanecer detido durante o fim de semana.

Este movimento representa mais um capítulo na batalha legal em torno do ex-jogador do Barcelona. Recentemente, o Ministério Público anunciou sua intenção de buscar uma sentença mais severa para Alves, cuja condenação inclui quatro anos e meio de prisão, seguidos por cinco anos de liberdade condicional, por agressão sexual. Estima-se que o novo recurso possa buscar uma pena de nove anos de reclusão.

As acusações contra Daniel Alves surgiram após uma denúncia de abuso sexual feita por uma mulher de 23 anos, relacionada a um caso ocorrido em uma boate em Barcelona, na madrugada de 31 de dezembro de 2022. Desde então, Alves foi preso em janeiro de 2023 e posteriormente condenado em fevereiro deste ano.

Após sua condenação, a defesa do jogador solicitou liberdade provisória, que foi concedida mediante o pagamento da alta fiança. No entanto, a decisão judicial impôs uma série de restrições, incluindo a proibição de deixar a Espanha, a entrega de seus passaportes, distância mínima da vítima e comparecimento periódico ao tribunal.

A recusa prévia de cinco pedidos de liberdade provisória antes da condenação evidencia a preocupação da justiça espanhola com o possível risco de fuga ou interferência nas investigações. A imprensa local especula que a crise no sistema carcerário do país pode influenciar o desfecho deste caso, destacando as complexidades enfrentadas pelo ex-jogador do Barcelona neste processo legal.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Ilustração/Arquivo

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Ministério Público da Espanha recorre contra liberdade provisória de Daniel Alves Read More »

Kate Middleton revela estar em tratamento contra câncer

Kate Middleton revela estar em tratamento contra câncer

Princesa compartilha sua jornada e agradece apoio da família real e dos fãs

Kate Middleton surpreendeu o público nesta sexta-feira (22.mar.2024) ao revelar que está enfrentando os estágios iniciais de um tratamento contra o câncer. Em um vídeo emocionante, a princesa descreveu os últimos meses como “absurdamente difíceis” e admitiu que o diagnóstico foi um “grande choque”. Embora não tenham sido fornecidos detalhes específicos sobre o tipo de câncer ou o tratamento, Kate assegurou ao público que está se sentindo cada dia mais forte.

A declaração da princesa foi acompanhada por uma nota do Palácio de Kensington, expressando confiança na recuperação completa de Kate. Desde uma cirurgia abdominal no início do ano, que inicialmente não indicava a presença de câncer, a princesa tem estado fora dos holofotes públicos, alimentando especulações sobre sua saúde.

Kate revelou que a presença do câncer foi detectada durante exames pós-operatórios, levando-a a iniciar um tratamento preventivo com quimioterapia. A princesa enfatizou a importância da privacidade para sua família, composta pelo príncipe William e seus três filhos, George, Charlotte e Louis, e pediu compreensão, espaço e tempo para lidar com essa fase desafiadora.

A ausência de Kate de eventos públicos desde o Natal e sua recente hospitalização, coincidindo com a revelação do tratamento do rei Charles III para o câncer, levaram a uma onda de especulações. A princesa expressou gratidão pelo apoio de seu marido, o príncipe William, e dos admiradores da família real, destacando que o amor e a gentileza demonstrados por eles têm sido fontes de conforto.

Após o anúncio, não se espera que Kate e William participem das celebrações da Família Real no domingo de Páscoa, e não há planos imediatos para o retorno da princesa às suas funções oficiais. Kate encerrou sua mensagem com palavras de encorajamento para todos aqueles que enfrentam o câncer, instando-os a manter a fé e a esperança em suas jornadas de recuperação.

Foto: Reprodução X

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Kate Middleton revela estar em tratamento contra câncer Read More »

Dorival Júnior espera "ótima resposta" do Brasil contra a Inglaterra

Dorival Júnior espera “ótima resposta” do Brasil contra a Inglaterra

Jogo às 16h deste sábado marca estreia do técnico à frente da seleção

Às vèsperas da sua primeira partida no comando da seleção brasileira de futebol, o técnico Dorival Júnior abriu o jogo sobre a expectativa do torcedor em voltar a se encantar com a amarelinha. O amistoso do Brasil neste sábado (23) contra a Inglaterra, às 16h (horário de Brasília), no Estádio de Wembley, em Londres, será um desafio e tanto para Dorival, que assumiu o comando do time há pouco mais de dois meses. .

“A seleção sempre que estiver em campo vai gerar uma expectativa acima do normal ao nosso torcedor, é um fato que temos que conviver. Passamos um ano um pouquinho complicado. Talvez tenhamos essa herança neste momento”, admitiu o treinador, referindo-se a 2023, em que o time terminou em sexto lugar nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Após quatro jogos sem vencer, a seleção terá pela frente neste sábado a atual número 3 do mundo no ranking da Fifa: a Inglaterra está atrás da líder Argentina e da França, segunda colocada. O técnico é realista quanto à disparidade, mas acredita na evolução da equipe brasileira ao longo do tempo.

“Hoje a Inglaterra ocupa uma posição de destaque, que vem com um trabalho consolidado, que em encontrando alternativas. O Brasil é o contrário, precisa encontrar esta confiança e o mesmo equilíbrio. Do dia para a noite isso não acontece, não existe mágica no futebol. Porém, nós temos qualidade e capacidade suficientes para entendermos o que o jogo nos peça. Temos jogadores altamente ofensivos, de altíssimo nível. Acho que a essência do futebol brasileiro sempre foi se organizar para poder atacar com segurança. Eu acredito que seja tudo o que nós buscamos”.

A expectativa é de que a seleção comece jogando neste sábado com Bento, Danilo, Fabrício Bruno, Lucas Beraldo e Wendell; João Gomes, Bruno Guimarães e Lucas Paquetá; Vini Jr, Rodrygo e Raphinha. O treinador esclareceu quais critérios irá adotar para escalar o time titular.

“Eu tentei avaliar por uma única condição: merecimento. E me surpreendi positivamente com as condições de todos os convocados. Todos aqueles que aqui vieram nos deram uma resposta muito positiva. Logicamente, uma equipe jovem, montada praticamente nos últimos 10 dias, e que naturalmente tivemos apenas três momentos para estarmos juntos. Porém, tentamos acelerar o máximo possível esse processo. Espero que encontremos uma ótima resposta. Temos uma equipe que, com o tempo, será confiável. Não tenho dúvidas disso”, garantiu Dorival.

Prisões de Robinho e Daniel Alves

O treinador também abordou durante a coletiva as prisões de Robinho e Daniel Alves, ex-jogadores da seleção brasileira, presos após condenação por estupro coletivo e agressão sexual, respectivamente. Ex-treinador de Robinho no Santos, Dorival destacou o profissionalismo do atleta, mas defendeu a punição dele, e também de Dani Alves, com quem não chegou a trabalhar.

“É um momento difícil para todos nós expressarmos toda e qualquer situação. Primeiro eu penso nas famílias das pessoas envolvidas, e, principalmente, nas vítimas desses episódios, que acontecem diariamente no nosso país e em todo mundo e que, de repente, não são abordados, são abafados porque as pessoas não têm voz. Se comprovado algum tipo de crime, ele tem que ser penalizado, por mais que doa no meu coração falar a respeito de uma pessoa com quem tive um convívio excepcional”, concluiu.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Dorival Júnior espera “ótima resposta” do Brasil contra a Inglaterra Read More »

Polícia Federal prende Robinho por estupro

Polícia Federal prende Robinho por estupro

Ex-jogador será levado para penitenciária

A Polícia Federal (PF) prendeu na noite desta quinta-feira (21) o ex-jogador Robson de Souza, conhecido como Robinho. De acordo com a polícia, o preso irá passar por exame no Instituto Médico Legal (IML), audiência de custódia e será levado para penitenciária.

O mandado de prisão foi expedido pela Quinta Vara da Justiça Federal em Santos.

Mais cedo, a presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Maria Thereza de Assis Moura, assinou a autorização para a Justiça Federal prender o ex-jogador. Para evitar a prisão, a defesa do ex-jogador entrou com um pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF), que foi negado hoje em decisão monocrática pelo ministro Luiz Fux.

Nessa quarta-feira (20), por 9 votos a 2, a Corte Especial do STJ decidiu que o ex-jogador deve cumprir no Brasil a pena de 9 anos de prisão por estupro. A sentença foi definida pela Justiça da Itália, onde o ex-jogador foi condenado em três instâncias por estupro, ocorrido dentro de uma boate de Milão, em 2013.

Foto: Ricardo Saibun/Santos FC/Ilustração/Arquivo

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Polícia Federal prende Robinho por estupro Read More »

Daniel Alves obtém liberdade provisória mediante fiança de 1 milhão de euros

Daniel Alves obtém liberdade provisória mediante fiança de 1 milhão de euros

Ex-lateral-direito da Seleção Brasileira condenado por estupro em Barcelona aguardará desfecho do processo em liberdade, mas com restrições impostas pela Justiça espanhola

A Justiça da Espanha concedeu liberdade provisória ao ex-lateral-direito da Seleção Brasileira, Daniel Alves, condenado por estupro em Barcelona. A decisão veio após a solicitação da defesa do jogador, que argumentou junto ao Tribunal de Justiça da Espanha pela liberdade provisória do atleta, detido desde janeiro de 2023. Contudo, para obter a liberdade, Alves precisará pagar uma fiança no valor de 1 milhão de euros estipulada pela Justiça.

Além da fiança, o ex-jogador do São Paulo terá que cumprir uma série de condições impostas pela Justiça espanhola. Entre elas, está a obrigação de entregar os passaportes brasileiro e espanhol às autoridades, comparecer semanalmente aos tribunais e manter uma distância mínima de 1 quilômetro da vítima.

A advogada de defesa de Daniel Alves, Inés Guardiola, afirmou que o jogador não pretende fugir do país e reiterou sua confiança no sistema judicial. Durante a audiência, realizada de forma remota, Guardiola declarou aos jornalistas: “Temos que esperar pela decisão. De qualquer forma, o Sr. Alves manifestou que nunca fugirá da ação da Justiça e que continua acreditando na Justiça”.

Daniel Alves foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão por estupro na Espanha, conforme sentença proferida pelo Tribunal Superior de Justiça da Catalunha em fevereiro deste ano. O jogador já cumpriu um ano de prisão, período que será descontado da sua condenação.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Daniel Alves obtém liberdade provisória mediante fiança de 1 milhão de euros Read More »

Dólar fecha acima de R$ 5 pela primeira vez desde outubro

Dólar fecha acima de R$ 5 pela primeira vez desde outubro

Bolsa sobe 0,17% em meio à expectativa sobre juros

Em meio à cautela em torno das definições dos juros nos Estados Unidos e no Brasil, o dólar fechou acima de R$ 5 pela primeira vez desde o fim de outubro. A bolsa de valores fechou em leve alta.

O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (18) vendido a R$ 5,026, com alta de R$ 0,028 (+0,57%). A cotação chegou a abrir em leve queda, mas passou a subir após a abertura dos mercados norte-americanos. Na máxima do dia, por volta das 12h, a moeda norte-americana chegou a R$ 5,03.

A cotação está no nível mais alto desde 31 de outubro, quando fechou em R$ 5,04. A divisa acumula alta de 1,09% em março e de 3,56% em 2024.

No mercado de ações, o dia também foi marcado pela instabilidade. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 126.954 pontos, com alta de 0,17%. As ações de mineradoras se recuperaram das quedas dos últimos dias com a alta na cotação internacional do minério de ferro. No entanto, ações de petroleiras e de companhias elétricas caíram.

No mercado de câmbio, a expectativa com os juros no Brasil e nos Estados Unidos predominou. Na quarta-feira (20), o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) e o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidem as taxas básicas de juros nos Estados Unidos e no Brasil.

Dados recentes que indicam o aquecimento da economia norte-americana aumentaram as apostas de que o Fed só começará a cortar os juros em junho. Taxas altas em economias avançadas estimulam a fuga de investidores de países emergentes.

No Brasil, a expectativa é que o Copom faça um novo corte de 0,5 ponto na Taxa Selic. No entanto, dados que indicam aquecimento da economia brasileira, como a prévia do PIB divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central, aumentou as chances de que o BC pare de cortar a Selic em junho. Uma queda menor que o esperado estimula a migração de investidores da bolsa de valores para investimentos em renda fixa.

Foto: Pixabay/Pexels/Ilustração

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Dólar fecha acima de R$ 5 pela primeira vez desde outubro Read More »

Vladimir Putin é reeleito para mais um mandato na Rússia

Vladimir Putin é reeleito para mais um mandato na Rússia

Eleição controversa ocorre em meio a ataques e repressão

Vladimir Putin conquistou mais um mandato presidencial na Rússia, garantindo sua permanência no poder até 2030. A TV estatal Russia-24 confirmou a vitória, anunciando que Putin obteve cerca de 88% dos votos, de acordo com resultados preliminares oficiais.

A confirmação do favoritismo de Putin veio após três dias de votação, iniciada na sexta-feira (15.mar.2024) e encerrada no domingo (17.mar) à tarde, com mais de 8 milhões de votos online registrados. Os outros três candidatos, todos deputados, foram amplamente considerados como meros apoiadores do atual presidente, não apresentando concorrência real.

Com 24 anos no poder, Putin se torna o presidente mais longevo da Rússia desde a era de Josef Stalin. Sua reeleição é vista como praticamente certa pela imprensa internacional, o que lhe daria a oportunidade de ultrapassar os quase 30 anos de Stalin no comando.

A eleição ocorreu em um ambiente de repressão severa, com a supressão de meios de comunicação independentes e grupos de direitos humanos. A morte de Alexei Navalny, um dos opositores mais destacados de Putin, enquanto estava detido em fevereiro, além do aprisionamento e exílio de outros críticos, destacam a atmosfera restritiva em que o processo eleitoral se desenrola.

Além disso, a eleição foi marcada por eventos externos, incluindo ataques aéreos da Ucrânia contra a Rússia e incursões em território russo. No domingo, um ataque com drones lançado pela Ucrânia em direção a Moscou acrescentou mais tensão ao cenário, com 36 drones de longo alcance direcionados a oito regiões russas, incluindo a capital.

Putin, mais uma vez, emerge como figura central na política russa, consolidando seu domínio em um período de agitação e desafios tanto internos quanto externos.

Foto: Kremlin/Divulgação/Via Fotos Públicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Vladimir Putin é reeleito para mais um mandato na Rússia Read More »

Brasil disputa sede da Copa do Mundo Feminina 2027

Brasil disputa sede da Copa do Mundo Feminina 2027

Fifa confirma candidatura brasileira em reunião do Conselho

O Brasil está oficialmente na disputa para sediar a Copa do Mundo Feminina em 2027. Em uma reunião do Conselho da Fifa realizada nesta quinta-feira, a entidade máxima do futebol confirmou os países concorrentes para receber o torneio. Além do Brasil, há outros dois concorrentes na disputa pela sede. A decisão final será revelada durante o 74º Congresso da Fifa, marcado para acontecer de 13 a 17 de maio, em Bangkok, na Tailândia.

Uma das candidaturas adversárias ao Brasil é uma proposta conjunta apresentada por Bélgica, Alemanha e Holanda. A outra concorrente reúne México e Estados Unidos. Vale ressaltar que os Estados Unidos, juntamente com o Canadá, já serão sede da Copa do Mundo de 2026. O anúncio do país-sede da Copa do Mundo Feminina de 2027 está agendado para o último dia do congresso.

No mês de fevereiro, uma delegação da Fifa realizou uma visita de inspeção no Brasil. Durante a visita, os representantes da entidade estiveram em cidades como Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Recife. O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, que também integra o Conselho da Fifa, participou da reunião desta quinta-feira. Rodrigues ressaltou a importância estratégica da Copa do Mundo para o desenvolvimento do futebol feminino no Brasil, destacando o cumprimento dos requisitos exigidos e o esforço contínuo para angariar votos entre os eleitores. Cada uma das 211 associações nacionais de futebol filiadas à Fifa terá direito a um voto, cujo resultado será público ao final da votação.

Um dos pontos favoráveis à candidatura brasileira é o fato de o país nunca ter sediado uma edição da Copa do Mundo Feminina. Ao contrário da Alemanha, em 2011, e dos Estados Unidos, em 1999 e 2003, o Brasil ainda não teve essa oportunidade. Além disso, a qualidade dos estádios brasileiros, que atendem aos padrões exigidos pela Fifa, é considerada um ponto positivo para a candidatura. Vale ressaltar que a Copa do Mundo Feminina de 2023, sediada na Austrália e Nova Zelândia, registrou a maior audiência da história do torneio, superando até mesmo os números das Olimpíadas de Sydney, em 2000. O torneio também foi a maior edição já realizada, contando com a participação de 32 seleções.

Além da escolha da sede da Copa do Mundo Feminina de 2027, o Conselho da Fifa abordou outras questões que serão discutidas durante o Congresso em maio. Foi apresentado o Relatório Anual de 2023, que destacou um investimento recorde no desenvolvimento do futebol, totalizando US$ 2,25 bilhões (cerca de R$ 11,23 bilhões) destinados ao ciclo de 2023 a 2026. Esse valor representa um aumento significativo em comparação com os programas de desenvolvimento implementados antes de 2016.

Outro tema a ser debatido durante o 74º Congresso é o combate ao racismo no futebol. O presidente da Fifa, Gianni Infantino, já se manifestou favorável à interrupção de jogos em casos de racismo, demonstrando a preocupação da entidade em enfrentar esse problema que afeta o esporte em escala global.

Foto: Thais Magalhães/CBF/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Brasil disputa sede da Copa do Mundo Feminina 2027 Read More »

Eleições presidenciais na Rússia começam sem oposição a Putin

Eleições presidenciais na Rússia começam sem oposição a Putin

Putin caminha para o quinto mandato em um cenário de controle e manipulação eleitoral

A Rússia se prepara para uma jornada eleitoral que se estende de hoje (15.mar.2024) até domingo, com expectativas voltadas para a recondução de Vladimir Putin ao seu quinto mandato presidencial, estendendo-se até 2030. Este processo ocorre em meio à ausência de uma oposição independente significativa, além do controle rigoroso sobre a informação e possíveis manipulações.

De acordo com a Comissão Eleitoral Central, mais de 112,3 milhões de eleitores estão convocados para participar da votação ao longo dos próximos três dias, tanto na Rússia continental quanto em regiões ocupadas na Ucrânia, incluindo a Crimeia anexada, além de mais de 1,9 milhão de eleitores no exterior.

Esta eleição marca a primeira vez em que o processo eleitoral se estende por três dias, uma mudança que tem sido vista por analistas como um possível instrumento de manipulação. Além disso, há a estreia da votação online em 29 regiões, aumentando o risco de maior controle por parte dos serviços de inteligência (FSB).

As eleições são percebidas como uma formalidade, com o vencedor já previamente estabelecido. Apenas candidaturas consideradas amigáveis ao Kremlin foram autorizadas, incluindo Nikolai Kharitonov, do Partido Comunista, Leonid Slutsky, do Partido Liberal Democrata, e Vladislav Davankov, do Novo Partido Popular.

A morte repentina do líder da oposição Alexei Navalny, em circunstâncias pouco claras, enquanto cumpria pena de 19 anos por acusações de extremismo, e a rejeição do recurso do opositor Boris Nadezhdin apenas ampliam as incertezas em torno do processo eleitoral.

A candidatura de Putin também enfrenta suspeitas, especialmente relacionadas à violação da lei ao avançar com a reforma constitucional para possibilitar sua reeleição por mais seis anos. Com denúncias de violações eleitorais no passado, a legitimidade do processo é questionada, especialmente em um cenário de crescente repressão à liberdade de expressão e mídia independente.

As eleições, além de uma formalidade, são interpretadas como um plebiscito interno sobre a política externa de Putin, especialmente relacionada à invasão da Ucrânia, que absorve uma fatia significativa dos recursos do Estado. Enquanto o presidente busca manter o apoio popular, a oposição busca canalizar o descontentamento, convocando para protestos e incentivando votos contrários a Putin.

Para domingo (17.mar), está marcado o protesto internacional “Meio-dia Contra Putin”, uma iniciativa da oposição para reunir cidadãos, dentro e fora da Rússia, em assembleias de voto ao meio-dia, como forma de expressar uma posição coletiva contra a atual situação política.

Foto: Sergei Savostyanov/TASS/Fotos Públicas/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Eleições presidenciais na Rússia começam sem oposição a Putin Read More »

Senado Argentino rejeita megadecreto de reformas econômicas de Milei

Senado Argentino rejeita megadecreto de reformas econômicas de Milei

Presidente enfrenta derrota legislativa em sua agenda de austeridade.

O Senado da Argentina rejeitou, nesta quinta-feira (14.mar.2024), o megadecreto de reformas econômicas proposto pelo presidente Javier Milei, um golpe significativo na agenda de austeridade do líder libertário, que busca reestruturar a economia do país.

Milei, economista polêmico cujo partido detém minoria no Congresso, assumiu o cargo em dezembro e tem utilizado seus poderes para emitir decretos presidenciais e implementar medidas que variam de privatizações a reformas trabalhistas. No entanto, o decreto, inicialmente composto por mais de 600 artigos, foi rejeitado por 42 votos contra 25, com quatro abstenções. Vale ressaltar que sua rejeição definitiva só ocorrerá se também for rejeitada pela Câmara dos Deputados, onde o partido do presidente também tem minoria.

Esta votação representa a segunda derrota legislativa para Milei, após os parlamentares terem bloqueado, no mês passado, um pacote separado de reformas abrangentes. O senador da oposição, Martín Lousteau, justificou seu voto contra o decreto, alegando que este é inconstitucional.

O decreto assinado em dezembro, apenas alguns dias após o início do mandato do novo presidente, marca o início do choque de tratamento de Milei para os problemas econômicos crônicos da Argentina, incluindo a desvalorização do peso em mais de 50%. Embora as medidas do governo tenham movido os desequilíbrios fiscal e comercial do país em direção favorável, também afetaram significativamente a população, com a inflação anual atingindo 276% no mês passado e os níveis de pobreza alcançando 57% da população.

Foto: Fórum Econômico Mundial/Ciaran McCrickard/Via Fotos Públicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Senado Argentino rejeita megadecreto de reformas econômicas de Milei Read More »

Aliança Democrática vence eleições legislativas em Portugal

Aliança Democrática vence eleições legislativas em Portugal

Resultados e análise do pleito que redefine o cenário político português

O processo eleitoral das eleições legislativas de Portugal encerrou neste domingo (10.mar.2024), definindo a composição da Assembleia da República com a escolha de 230 deputados. As projeções indicam uma abstenção que varia entre 32% e 46,5% dos 10,8 milhões de eleitores aptos a votar.

O Ministério da Administração Interna (MAI) revelou que até às 16h, 51,96% dos eleitores já haviam comparecido às urnas, superando a participação registrada nas últimas eleições legislativas de 2022.

Esta eleição, ocorrendo dois anos antes do previsto, foi desencadeada pela renúncia do primeiro-ministro socialista António Costa, em meio a uma investigação de corrupção há quatro meses. O pleito colocou em confronto os dois partidos que historicamente se alternam no poder desde o fim da ditadura fascista há cinco décadas: o Partido Socialista (PS) e o Partido Social Democrata (PSD).

A Aliança Democrática (AD) emergiu como a coligação mais votada, obtendo 29,49% dos votos e conquistando 79 deputados. Enquanto isso, o Chega, partido de viés populista, surpreendeu ao quadruplicar o número de deputados, garantindo 48 mandatos. O PS, por sua vez, ficou em segundo lugar, com 28,66% dos votos e 77 deputados ao final das apurações.

Os resultados finais ainda aguardam a apuração dos votos nos círculos da emigração, que elegem quatro deputados, segundo dados da Secretaria-Geral do Ministério de Administração Interna – Administração Eleitoral.

Foto: João Pedro Domingos/Fotos Públicas/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Aliança Democrática vence eleições legislativas em Portugal Read More »

OMS alerta que crianças estão morrendo de fome no norte de Gaza

OMS alerta que crianças estão morrendo de fome no norte de Gaza

Tedros apela a Israel para garantir ajuda humanitária

Após visitar os hospitais Al-Awda e Kamal Adwan, no norte da Faixa de Gaza, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse ter feito “descobertas sombrias”, ao citar níveis graves de desnutrição, crianças morrendo de fome, grave escassez de combustível, alimentos e suprimentos médicos e edifícios hospitalares destruídos.

Nas redes sociais, Tedro lembrou que as visitas, no último fim de semana, foram as primeiras desde o início de outubro do ano passado, “apesar dos nossos esforços para obter um acesso mais regular ao norte de Gaza”. “A situação no Hospital Al-Awda é particularmente terrível, pois um dos edifícios está destruído”, destacou.

“O Hospital Kamal Adwan é o único hospital pediátrico no norte de Gaza e está lotado de pacientes. A falta de alimentos resultou na morte de dez crianças. A falta de eletricidade representa uma séria ameaça ao atendimento aos pacientes, especialmente em áreas críticas como a unidade de cuidados intensivos e a unidade neonatal.”

Ainda segundo Tedros, a OMS conseguiu entregar 9,5 mil litros de combustível para cada um dos hospitais da região, além de alguns suprimentos médicos essenciais. “Isso representa uma fração de todas as necessidades urgentes para o salvamento de vidas”, pontuou.

“Apelamos a Israel para que garanta que a ajuda humanitária possa ser entregue de forma segura e regularmente. Os civis, especialmente crianças, e o pessoal de saúde precisam de ajuda imediatamente. Mas o principal remédio que todos esses pacientes necessitam é paz. Cessar-fogo”, concluiu.

Foto: Jorge Araujo/Fotos Publicas/Ilustração

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

OMS alerta que crianças estão morrendo de fome no norte de Gaza Read More »

Falha global causa instabilidade no Facebook e Instagram

Falha global causa instabilidade no Facebook e Instagram

Meta corrige falha e plataformas voltam a funcionar após duas horas de instabilidade

A Meta, controladora do Facebook e Instagram, corrigiu na tarde desta terça-feira (5.mar.2024) uma falha global que deixou as redes sociais fora do ar por cerca de duas horas. A pane começou por volta das 12h30 (horário de Brasília) e afetou usuários em diversos países.

No Brasil, o site Downdetector, que reúne queixas sobre aplicativos e sites, chegou a registrar mais de 40 mil reclamações de usuários do Facebook e 30 mil sobre o Instagram. Os relatos começaram a diminuir por volta das 14h, quando as plataformas voltaram a funcionar gradualmente.

Problema técnico, diz a Meta

O diretor de comunicações da Meta, Andy Stone, publicou no X (antigo Twitter) que a instabilidade foi causada por um problema técnico. Ele não detalhou, porém, qual foi a falha.

“Hoje cedo, um problema técnico fez com que as pessoas tivessem dificuldade em acessar alguns de nossos serviços. Resolvemos o problema o mais rápido possível para todos os afetados e pedimos desculpas por qualquer inconveniente”, disse.

Outros países também foram afetados

Nos Estados Unidos, por exemplo, o Facebook teve mais de 580 mil reclamações, enquanto o Instagram, mais de 90 mil. Já no Reino Unido, foram mais de 150 mil reclamações no Instagram, e mais de 25 mil no Facebook.

Foto: Tofros/Pexels

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Falha global causa instabilidade no Facebook e Instagram Read More »

Suprema Corte dos EUA autoriza Trump a concorrer nas eleições presidenciais de novembro

Suprema Corte dos EUA autoriza Trump a concorrer nas eleições presidenciais de novembro

Decisão unânime derruba restrições estaduais e fortalece caminho do ex-presidente republicano rumo à Casa Branca

A Suprema Corte dos Estados Unidos deliberou nesta segunda-feira (4.mar.2024), que o ex-presidente Donald Trump mantém o direito de concorrer nas eleições presidenciais marcadas para novembro deste ano. Esta determinação, tomada às vésperas da Superterça, momento em que 15 estados e um território norte-americano realizam votações simultâneas para selecionar seus candidatos, concede a Trump a continuidade de sua pré-candidatura pelo Partido Republicano, onde ele é amplamente considerado o favorito.

A decisão do tribunal máximo do país reverte uma sentença específica emitida pelo estado do Colorado, estabelecendo um precedente que se estende para qualquer outro estado que conteste a participação de Trump nas eleições. Com essa decisão, praticamente não há mais obstáculos para a presença do ex-presidente na corrida eleitoral.

A controvérsia judicial teve origem na alegação de que Trump violou um artigo da Constituição dos Estados Unidos, particularmente durante os eventos da insurreição de 6 de janeiro de 2021, quando uma multidão invadiu o Capitólio em Washington. Na ocasião, a Justiça do Colorado argumentou que, por sua participação na insurreição enquanto ainda era presidente, Trump deveria ser impedido de ocupar novamente cargos públicos. No entanto, a Suprema Corte, composta por uma maioria conservadora, sustentou que não cabe aos estados decidirem sobre a elegibilidade de candidatos para cargos federais, como a Presidência.

A decisão unânime dos juízes, incluindo três indicados por Trump durante seu mandato como presidente, ressalta a independência da Suprema Corte e sua interpretação da Constituição. Eles afirmaram que os estados podem desqualificar candidatos para cargos estaduais, mas não possuem autoridade para aplicar disposições constitucionais relacionadas a órgãos federais, como a Presidência.

Enquanto isso, o ex-presidente Trump, que enfrenta várias batalhas legais, incluindo acusações de conspiração para alterar os resultados das eleições de 2020, celebrou a decisão como uma “grande vitória para os Estados Unidos”. Esta decisão surge no mesmo dia em que tem início um dos principais processos judiciais que Trump enfrenta nos EUA, acusado de conspiração para manipular os resultados das eleições de 2020, onde foi derrotado pelo democrata Joe Biden. A determinação da Suprema Corte oferece um impulso significativo à campanha de Trump e marca um ponto crucial em sua busca pela reconquista da Casa Branca.

Foto: Isac Nóbrega/PR

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Suprema Corte dos EUA autoriza Trump a concorrer nas eleições presidenciais de novembro Read More »

Brasileira é vítima de estupro coletivo na Índia

Brasileira é vítima de estupro coletivo na Índia

Crime aconteceu durante viagem de moto com o marido pelo continente asiático; três suspeitos foram presos

Uma turista brasileira foi vítima de um estupro coletivo cometido por sete homens na Índia na última sexta-feira (1º.mar.2024). O crime aconteceu no distrito de Dumka, enquanto a vítima viajava junto com o marido, de origem espanhola, pelo continente asiático.

O casal seguia de moto até o Nepal, mas decidiu acampar na região. Durante a noite, eles foram atacados pelo grupo. As vítimas receberam atendimento médico e denunciaram o crime às autoridades policiais.

Até o momento, três dos sete suspeitos foram identificados e presos. A embaixada do Brasil em Nova Déli acompanha o caso e prestou assistência à vítima.

Embaixada oferece apoio

Em nota, a embaixada brasileira afirmou que “seguirá à disposição para prestar toda a assistência cabível e acompanhar todos os desdobramentos do caso, em estreita coordenação com as autoridades espanholas e indianas”.

A embaixada também ressaltou que “reitera seu compromisso com a proteção dos direitos dos brasileiros no exterior e repudia todo tipo de violência contra a mulher”.

Foto: Arquivo Pessoal

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Brasileira é vítima de estupro coletivo na Índia Read More »

Veja repercussão da fala de Lula sobre guerra em Gaza e Holocausto

Veja repercussão da fala de Lula sobre guerra em Gaza e Holocausto

Assunto tem gerado críticas e apoios ao presidente

A fala do presidente Luiz Inácio Lula da Silva comparando as ações militares de Israel na Faixa de Gaza ao Holocausto contra judeus da 2ª Guerra Mundial teve ampla repercussão no Brasil e no exterior. O comentário fez o governo de Israel declarar Lula persona non grata no país. Em resposta, o governo brasileiro convocou de volta ao país o embaixador de Tel Aviv “para consultas”.

No Brasil, movimentos sociais, sindicatos, lideranças políticas e entidades que representam israelenses, judeus e palestinos se manifestaram sobre o tema, criticando ou defendendo o teor do comentário. Veículos de imprensa nacionais também dedicaram ampla cobertura sobre a declaração do presidente.

Em resposta às críticas recebidas por Lula, o Instituto Brasil-Palestina (Ibraspal) expressou “total solidariedade” ao presidente brasileiro e afirmou que é apropriada a comparação entre a ação de Israel em Gaza e a de Adolf Hitler na Alemanha nazista.

“Enquanto a intenção de Hitler era a eliminação dos judeus, a de ‘Israel’ consiste na aniquilação do povo palestino, em uma operação de limpeza étnica. Nesse sentido, os nazistas e os sionistas podem ser considerados entidades irmãs siamesas”, afirmou, em nota, Ahmed Shehada, presidente da Ibraspal.

O sionismo é o movimento político, surgido na Europa no século 19, que deu origem ao Estado de Israel.

O Instituto Brasil-Palestina defendeu que a ação de Israel em Gaza não é “direito de defesa”, como diz o governo israelense, e argumentou que o direito internacional não autoriza “bombardeios contra escolas, hospitais, mesquitas, igrejas e residências de civis desarmados, tampouco permite o sequestro e tortura de milhares de palestinos. No entanto, ‘Israel’ persiste em tais práticas”.

Em posição oposta ficou a Confederação Israelita no Brasil (Conib). A organização condenou a fala de Lula e chamou a comparação de “distorção perversa da realidade” que ofenderia a memória das vítimas do Holocausto.

“Os nazistas exterminaram 6 milhões de judeus indefesos na Europa somente por serem judeus. Já Israel está se defendendo de um grupo terrorista que invadiu o país”, afirmou.

A Confederação Israelita completou que “o governo brasileiro vem adotando uma postura extrema e desequilibrada em relação ao trágico conflito no Oriente Médio, abandonando a tradição de equilíbrio e busca de diálogo da política externa brasileira”.

Outra organização judaica do Brasil, o Judeus Pela Democracia, disse que a fala é uma “vergonha histórica sobre todos os pontos de vista” e que ela estimula o antissemitismo, ou seja, a discriminação contra os povos semitas, entre os quais, estão os judeus. Para essa entidade, o que acontece em Gaza é uma tragédia humanitária, “mas a guerra de hoje não é remotamente parecida com o Holocausto”.

Por outro lado, a Articulação Judaica de Esquerda saiu em defesa do presidente Lula.

“As semelhanças são insuportáveis. São dolorosas e desconfortáveis. Mas é impossível, conhecendo os antecedentes e as medidas adotadas pelos nazistas, não comparar com a situação dos palestinos vivendo há 55 anos em condição apátrida e sob pogmons (avalizados e estimulados pelas autoridades israelenses)”.

Pogmon é um termo usado historicamente para denominar atos de violência em massa contra um grupo étnico ou religioso.

“Quando se menciona isso não se banaliza o Holocausto. Faz-se memória e justiça, restabelece-se a verdade e honram-se aqueles que lutaram e sobreviveram”, afirmou o grupo.

Outro coletivo judaico que saiu em defesa do presidente Lula foi o Vozes Judaicas Por Libertação. Em carta, o grupo argumentou que “a comparação entre genocídios é sempre delicada pois a experiência vivenciada por cada povo afetado é inigualável”.

Mesmo assim, o coletivo acredita que as palavras do presidente foram necessárias. “A contradição de o povo judaico ser ora vítima e agora algoz é palpável, tenebrosa e desalentadora. Lula externou o que está no imaginário de muitos de nós”, afirmou.

O Vozes Judaicas Por Libertação pediu que o governo vá ainda mais longe, rompendo relações diplomáticas e comerciais com Israel.

“As palavras têm poder. Se a forma como Lula se expressou na ocasião foi pouco cuidadosa – tropeçando justamente neste ninho de comparações forçadas – sua fala tem o objetivo de atingir a imaginação e provocar uma crise moral sobre Israel”, acrescentou, em nota, a organização.

Oposição

A fala do presidente Lula gerou forte reação na oposição ao governo no Congresso Nacional. Alguns deputados tentam colher assinatura para protocolar um pedido de impeachment na Câmara dos Deputados.

A deputada federal Bia Kicis (PL-DF) disse que o presidente cometeu crime de responsabilidade sob o argumento de a fala expor o Brasil ao perigo de guerra e citou o Artigo 5ª da Lei do Impeachment (1.079/1950). “É inadmissível o vexame a que Lula está submetendo o Brasil, país que tanto contribuiu para a fundação do Estado de Israel”, afirmou a parlamentar.

A presidenta do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, rebateu a oposição. “Golpistas querendo impeachment de Lula só pode ser piada”, comentou a deputada federal por São Paulo.

Sobre a reação do governo de Israel, Gleisi disse que “Netanyahu devia se preocupar com a rejeição que desperta no mundo e em seu próprio país, antes de tentar repreender quem denuncia sua política de extermínio do povo palestino”.

Comissões de Relações Exteriores

A fala de Lula sobre a guerra em Gaza e o Holocausto também repercutiu entre os presidentes da Comissões de Relações Exteriores do Congresso Nacional

Na Câmara, o presidente da comissão que fiscaliza a política externa do governo, o deputado federal Paulo Alexandre Barbosa (PSDB-SP), repudiou a comparação entre as ações de Israel em Gaza e o Holocausto.

“É lamentável, injusto e desrespeitoso comparar o Holocausto à dolorosa guerra na Faixa de Gaza, motivada por atos do grupo terrorista Hamas. Os povos israelense e palestino vivem um momento triste, de luta contra o terrorismo, e não devemos criar mais pontos de tensão sobre esse fato, mas nos unir para combater práticas violentas como as exercidas pelo Hamas”, destacou.

Já o presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, senador Renan Calheiros (MDB-AL), não comentou o teor da fala do presidente, mas convidou o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, a ir à comissão para discutir o tema.

“O ministro, como sempre, se prontificou a ir já na primeira semana de março, em virtude das agendas do G-20 e outros compromissos internacionais”, informou o parlamentar.

Imprensa

Parte da imprensa brasileira condenou a fala do presidente Lula por meio de editoriais – textos que representam a opinião dos donos dos veículos.

Para O Globo, Lula “agride a História” ao comparar Israel aos nazistas. Já a Folha de São Paulo disse que a “banalização do Holocausto não deveria estar no repertório de um chefe de Estado”. Por sua vez, o Estado de S. Paulo afirmou que Lula “aviltou a História, a memória dos judeus assassinados pelos nazistas e os interesses do Brasil”.

Coube à Gleisi Hoffmann sair em defesa de Lula. Para ela, Lula se colocou ao lado da maioria dos países, que condenam as ações de Israel em Gaza.

“Quem ficou isolada nesse episódio foi a grande mídia do Brasil, cega pelo preconceito contra a política externa soberana de Lula. Enxergou banalização do Holocausto onde Lula criticou o governo de extrema-direita de Netanyahu e sua política de extermínio, condenada pelo mundo inteiro. Manipular a fala de Lula, isto sim, é banalizar o genocídio do povo palestino”, respondeu em uma rede social.

CUT e MST

Movimentos sociais e sindicais que historicamente apoiam os governos do PT também saíram em defesa do presidente Lula.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) se solidarizou com Lula contra o que chamou de duros e injustos ataques “que está sofrendo da extrema direita, do sionismo e da grande imprensa, cúmplices dos crimes que o governo de Israel comete contra o povo palestino e a humanidade”.

Para a CUT, “é preciso coragem para desmascarar a indústria internacional do medo patrocinada pelo governo de Israel que tenta inclusive silenciar jornalistas no Brasil com ameaças e processos”. No início do ano, o jornalista Breno Altman foi notificado para responder a um inquérito da Polícia Federal (PF) por críticas ao Estado de Israel.

Já o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) publicou carta em apoio ao presidente assinada pelos movimentos sociais do Campo Unitário. “Lula foi corajoso em condenar a prática de extermínio na qual mais de 12 mil crianças já foram cruelmente assassinadas”, diz o documento.

Entenda o caso

Em entrevista coletiva durante viagem oficial à Etiópia, o presidente brasileiro classificou as mortes de civis em Gaza como genocídio, criticou países desenvolvidos por reduzirem ou cortarem a ajuda humanitária na região e disse que “o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino não existiu em nenhum momento histórico. Aliás, existiu quando Hitler resolveu matar os judeus”.

“Não é uma guerra entre soldados e soldados. É uma guerra entre um Exército altamente preparado e mulheres e crianças”, disse Lula.

A declaração gerou fortes reações do governo israelense. O primeiro-ministro de Israel, Benjamim Netanyahu, disse que a fala “banaliza o Holocausto e tenta prejudicar o povo judeu e o direito de Israel se defender”.

Guerra

Um ataque do Hamas, no dia 7 de outubro, desencadeou a escala do conflito na Faixa de Gaza e deu início a mais um capítulo de um conflito que se arrasta há décadas. Homens armados mataram 1,2 mil israelenses e levaram cerca de 250 reféns. Israel declarou guerra aos agressores e mobilizou o exército para uma resposta. As autoridades de saúde de Gaza, que é controlada pelo Hamas, estimam que cerca de 28 mil palestinos, em sua maioria civis, tenham sido mortos na região desde o início do conflito em outubro.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Veja repercussão da fala de Lula sobre guerra em Gaza e Holocausto Read More »

Pacheco pede retratação de Lula por fala sobre Holocausto e defende paz entre Israel e Palestina

Pacheco pede retratação de Lula por fala sobre Holocausto e defende paz entre Israel e Palestina

Senado repudia ataque do Hamas e uso desproporcional de força por Israel, mas condena comparação com genocídio nazista

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), defendeu nesta quarta-feira (20.fev.2024) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se retrate de sua fala comparando a ação militar de Israel na Faixa de Gaza ao Holocausto nazista na Segunda Guerra Mundial.

“Genocídio é o extermínio deliberado de um povo por motivo de diferenças étnicas, nacionais, raciais ou religiosas. Há um plano para eliminar este grupo de pessoas com essas características. Foi exatamente o que aconteceu no nazismo e que rendeu o holocausto na história da humanidade”, disse Pacheco.

“Ainda que a reação feita pelo Governo de Israel venha a ser considerada desproporcional, excessiva, violenta, indiscriminada, não há como estabelecer um comparativo com a perseguição sofrida pelo povo judeu no nazismo”, completou.

Repúdio ao ataque do Hamas e à violência em Gaza

Pacheco também reiterou o repúdio do Senado ao ataque terrorista do Hamas contra civis israelenses em outubro de 2023 e condenou o uso desproporcional de força por Israel na Faixa de Gaza.

“São duas vertentes absolutamente naturais de se perceber o repúdio e a veemência, com o objetivo comum de se buscar uma solução pacífica”, afirmou.

Diplomacia brasileira para a paz

O presidente do Senado destacou que o Governo brasileiro “é mundialmente conhecido por sua diplomacia moderada, por sua diplomacia altamente qualificada”.

“Então, devemos mostrar nossa influência, a nossa contribuição para a pacificação do conflito de modo equilibrado”, disse Pacheco.

Solução consensual para o conflito

O Senado Federal acompanha com grande perplexidade e preocupação os desdobramentos do conflito entre Israel e Palestina e clama uma vez mais pela cessação das hostilidades.

“Reafirmamos o apoio do Poder Legislativo brasileiro para uma solução consensual em que o Estado da Palestina possa conviver em paz e segurança com o Estado de Israel, dentro de fronteiras mutuamente acordadas e internacionalmente reconhecidas”, disse Pacheco.

“Os judeus e sua história, assim como os palestinos e sua história, merecem o mais absoluto respeito, e este Senado Federal clama efetivamente pela paz entre esses povos, pela paz entre as nações. A solução para o conflito passa, necessariamente, pelo cumprimento dos tratados de direitos humanos e pelos mecanismos multilaterais de solução de controvérsias, sempre respeitando a memória histórica dos dois povos e dos dois lados envolvidos”, acrescentou.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pacheco pede retratação de Lula por fala sobre Holocausto e defende paz entre Israel e Palestina Read More »

OMS alerta para aumento de casos de sarampo no mundo

OMS alerta para aumento de casos de sarampo no mundo

Mais de 300 mil casos da doença foram registrados em 2023

A Organização Mundial da Saúde (OMS) voltou a alertar para o aumento de casos de sarampo em todo o mundo. “Estamos extremamente preocupados com o que está acontecendo em relação ao sarampo”, avaliou a conselheira técnica para sarampo e rubéola da entidade, Natasha Crowcroft.

Em coletiva de imprensa em Genebra, ela citou um aumento consistente de casos da doença em todas as regiões do globo, exceto nas Américas. “Eles estão aguentando firme, mas, com o aumento de casos em cinco das seis regiões monitoradas pela OMS, esperamos que haja casos e surtos nas Américas também”.

Dados mais recentes, segundo Natasha, apontam para mais de 300 mil casos de sarampo reportados ao longo de 2023, um aumento de 79% em relação ao ano anterior. Em 2023, um total de 51 países reportaram grandes surtos da doença contra 32 no ano anterior.

“Sabemos que os números são subestimados”, advertiu a conselheira, ao se referir aos casos subnotificados em todo o mundo. A estimativa é que, em 2022, o número de mortes por sarampo tenha aumentado 43%, totalizando mais de 130 óbitos. “Como os casos aumentaram em 2023, estamos antecipando que, quando fecharmos os dados, o número de mortes também terá aumentado”.

“Olhando para 2024, sabemos que será um ano bastante desafiador”, disse, alertando para casos e mortes entre crianças não vacinadas contra o sarampo. A estimativa da OMS é que mais da metade dos países do mundo sejam classificados como em alto risco ou em altíssimo risco para surtos da doença até o final do ano.

Crianças e vacinação

A OMS estima que 142 milhões de crianças no mundo estejam vulneráveis ao sarampo por não terem sido vacinadas, sendo que 62% delas vivem em países de baixa e média renda, onde o risco de surtos da doença são maiores.

Natasha lembrou que, durante a pandemia de covid-19, muitas crianças não foram imunizadas contra o sarampo. Atualmente, a cobertura vacinal global contra a doença está em 83% o que, segundo ela, não é suficiente, uma vez que a doença é altamente contagiosa. “Precisamos de uma cobertura de 95% para prevenir que casos de sarampo aconteçam ”, reforçou.

Brasil

Em 2016, o Brasil chegou a receber o certificado de eliminação do sarampo, concedida pela OMS. Em 2018, entretanto, o vírus voltou a circular no país e, em 2019, após um ano de franca circulação do sarampo, o país perdeu a certificação de país livre do vírus.

Dados do Ministério da Saúde mostram que, entre 2018 a 2022, foram confirmados 9.325, 20.901, 8.100, 676 e 44 casos de sarampo no Brasil, respectivamente. Em 2022, os seguintes estados confirmaram casos da doença: Rio de Janeiro, Pará, São Paulo e Amapá, sendo que o último caso confirmado no país foi registrado no estado do Amapá em junho de 2022.

A doença

O sarampo é classificado por autoridades sanitárias como uma doença infecciosa grave e que pode levar à morte. A transmissão acontece quando a pessoa infectada tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas.

Os principais sinais do sarampo são manchas vermelhas no corpo e febre alta (acima de 38,5°) acompanhadas de um ou mais dos seguintes sintomas: tosse seca, irritação nos olhos (conjuntivite), nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos.

A maneira mais efetiva de evitar o sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde, é por meio da vacinação. Atualmente, três tipos de imunizantes previnem a doença: a vacina dupla viral, que protege contra o sarampo e a rubéola e pode ser utilizada para o bloqueio vacinal em situação de surto; a vacina tríplice viral, que o protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola; e a vacina tetra viral, que protege contra o sarampo, a caxumba, a rubéola e a varicela (catapora).

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/Arquivo

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

OMS alerta para aumento de casos de sarampo no mundo Read More »

Declarações de Lula desencadeiam resposta de Israel

Declarações de Lula desencadeiam resposta de Israel

Presidente brasileiro é rotulado de ‘persona non grata’ após críticas às operações israelenses na Faixa de Gaza e corte de ajuda humanitária

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, voltou a criticar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por suas declarações recentes durante uma visita oficial à Etiópia, onde classificou as mortes de civis em Gaza como genocídio e criticou países desenvolvidos por reduzirem ou cortarem a ajuda humanitária na região. Nas redes sociais, Katz declarou Lula persona non grata.

Em sua resposta, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, denunciou as palavras de Lula como cruzando uma “linha vermelha”, acusando-as de banalizar o Holocausto e tentar prejudicar o povo judeu e o direito de Israel à autodefesa. Netanyahu também ordenou a convocação do embaixador brasileiro em Israel para uma reprimenda oficial. O embate diplomático se intensificou com a Confederação Israelita no Brasil (Conib) repudiando veementemente as declarações de Lula, descrevendo-as como uma “distorção perversa da realidade”.

A Federação Árabe Palestina no Brasil também se manifestou, sugerindo que pode ser hora de cortar relações com Israel. Enquanto isso, o ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, confirmou a convocação do embaixador brasileiro para esclarecimentos, destacando a gravidade das declarações do presidente brasileiro e sublinhando a necessidade de uma resposta oficial.

Foto: RS via Fotos Publicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Declarações de Lula desencadeiam resposta de Israel Read More »

Presidente da Venezuela expulsa equipe da ONU do país

Presidente da Venezuela expulsa equipe da ONU do país

Governo venezuelano alega “revisão dos termos de cooperação técnica” e critica atuação do escritório de direitos humanos da ONU

Em decisão abrupta, o governo da Venezuela ordenou a expulsão de todos os funcionários do gabinete de direitos humanos da ONU do país, concedendo apenas 72 horas para a saída. A medida, anunciada na quinta-feira (15.fev.2024), foi justificada por uma “revisão dos termos de cooperação técnica” entre o governo venezuelano e a organização internacional.

A revisão, segundo o comunicado oficial, terá duração de 30 dias. Durante esse período, todos os funcionários da ONU associados ao escritório de direitos humanos em Caracas deverão deixar o país. A decisão gerou críticas internacionais e preocupações com a situação dos direitos humanos na Venezuela.

Críticas a relator da ONU sobre alimentação motivaram expulsão

A expulsão da equipe da ONU ocorre após duras críticas da televisão estatal venezuelana aos comentários do relator especial da ONU sobre o direito à alimentação, Michael Fakhri, que visitou o país recentemente. Fakhri afirmou que o programa de alimentação do governo não combate as causas estruturais da fome e é passível de influência política.

O governo venezuelano, em seu comunicado, acusou o escritório da ONU de ter uma atitude “colonialista, abusiva e violadora” e de “interferir nos assuntos internos” do país. A medida representa um novo capítulo na complexa relação entre a Venezuela e a ONU, e aumenta o clima de tensão em torno da situação dos direitos humanos no país.

Porta-voz da ONU se pronuncia

O porta-voz da ONU, Stéphane Dujarric, disse durante uma entrevista que tomou conhecimento da decisão da Venezuela e que a organização se pronunciará posteriormente sobre o assunto. A comunidade internacional acompanha com atenção os desdobramentos da crise venezuelana e as implicações da expulsão da equipe da ONU para o futuro dos direitos humanos no país.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Presidente da Venezuela expulsa equipe da ONU do país Read More »

Morre ex-presidente do Chile Sebastián Piñera

Morre ex-presidente do Chile Sebastián Piñera

Helicóptero caiu no sul do país; os demais ocupantes sobreviveram

Morreu nesta terça-feira (6), em um acidente de helicóptero, o ex-presidente do Chile Sebastián Piñera. As informações são do jornal local La Tercera. De acordo com o periódico, quatro pessoas viajavam no helicóptero quando ele caiu, e que três foram encontradas pelos socorristas. Piñera tinha 74 anos.

A agência nacional de desastres do Chile confirmou que ocorreu um acidente de helicóptero na cidade de Lago Ranco, no sul do país, e que uma pessoa morreu e três ficaram feridas.

A atual ministra do Interior do Chile, Carolina Tohá, confirmou a morte de Piñera e anunciou que o presidente Gabriel Boric ordenou a realização de um funeral de Estado e luto nacional.

“Havia quatro tripulantes no helicóptero. Três deles conseguiram (chegar) à costa por conta própria, estão fora de perigo. Mas este não foi o caso do quarto tripulante, que era o ex-presidente Sebastián Piñera”, afirmou Tohá.

Piñera era economista, formado em 1971. Entrou para a política em 1989, chefiando a campanha presidencial de Hernán Büchi, ex-ministro do governo do ditador Augusto Pinochet. Em 1990, Piñera foi eleito senador. Entre 2001 e 2004, presidiu o partido Renovação Nacional.

Ele presidiu o Chile nos períodos de 2010 a 2014 e 2018 a 2022. Seu primeiro mandato foi marcado por um rápido crescimento econômico e uma queda acentuada no desemprego, numa altura em que muitos dos parceiros comerciais e vizinhos do Chile enfrentavam um crescimento mais lento.

Sua segunda passagem pela presidência foi mais turbulenta. Em 2019, Piñera havia alcançado o menor índice de aprovação desde a redemocratização no país.

No mesmo ano, foi acusado de crimes contra a humanidade cometidos em razão de manifestações que pararam o país entre outubro e novembro daquele ano. Na ocasião, Forças Armadas foram às ruas conter e reprimir os protestos e 20 pessoas morreram. Membros dessas forças teriam cometido pelo menos nove tipos de delito, entre homicídios, torturas, prisões ilegítimas, abusos sexuais, violações, além da destruição do globo ocular de mais de 150 pessoas causados por balas de borracha.

Em 2021, escapou de um impeachment após a Câmara dos Deputados aprovar o processo, mas o Senado rejeitá-lo.

Condolências

Pelas redes sociais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou a morte do ex-mandatário chileno. “Surpreso e triste com a morte de Sebastián Piñera, ex-presidente do Chile. Convivemos, trabalhamos pelo fortalecimento da relação dos nossos países e sempre tivemos um bom diálogo, quando ambos éramos presidentes, e também quando não éramos. Muito triste seu falecimento de forma tão abrupta. Meus sentimentos aos seus familiares e amigos de Piñera por esta perda”.

*Com informações da Agência Reuters

Foto: Gobierno de Chile

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Morre ex-presidente do Chile Sebastián Piñera Read More »

PF apreende quase 10 kg de cocaína com passageiro no Aeroporto de Natal

PF apreende quase 10 kg de cocaína com passageiro no Aeroporto de Natal

Homem natural do Rio de Janeiro é preso com destino a Angola

A Polícia Federal (PF) apreendeu 9,72 kg de cocaína com um passageiro no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, na madrugada de domingo (28.jan.2024). O homem, de 29 anos, natural do Rio de Janeiro, foi preso em flagrante por tráfico internacional de drogas.

A ação aconteceu durante uma fiscalização de rotina. O passageiro, que tinha como destino final Luanda, capital de Angola, na África, foi abordado pelos policiais e teve sua bagagem a ser despachada aberta.

Na ocasião, os agentes encontraram uma certa quantidade de pó esbranquiçado em embalagens de papel alumínio e camuflado na estrutura das malas. Um teste preliminar indicou que a substância era cocaína.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a Superintendência da PF em Natal. Em seu interrogatório, ele disse que foi contratado por nigerianos em São Paulo para transportar a droga até Angola.

O acusado declarou que as malas contendo a droga chegaram até Natal, por via terrestre, vindas da capital paulista. Ele disse que as malas foram repassadas a ele por um “africano desconhecido”, que lhe prometeu cerca de R$ 10 mil para fazer a entrega no exterior.

O homem foi indiciado na Lei Antidrogas e passou por exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP). Ele se encontra custodiado na sede da PF, à disposição da Justiça.

Essa foi a primeira apreensão de substância entorpecente realizada este ano pela PF no Aeroporto de Natal.

Foto: Divulgação/PF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

PF apreende quase 10 kg de cocaína com passageiro no Aeroporto de Natal Read More »

Lula fará nova viagem para o Egito, Etiópia e Guiana em fevereiro

Lula fará nova viagem para o Egito, Etiópia e Guiana em fevereiro

Presidente vai participar de cúpulas na África e no Caribe

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva retoma a agenda de compromissos internacionais este ano com viagens a dois países da África e à vizinha Guiana, em fevereiro.

No continente africano, o presidente viajará ao Egito nos dias 15 e 16 do mês que vem. Na visita oficial, Lula se reunirá com o presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, meses após ter recebido apoio para a retirada de brasileiros e seus familiares da Faixa de Gaza, que ocorreu pela fronteira com o Egito.

Nos dias 17 e 18 de fevereiro, Lula estará em Adis Abeba, capital da Etiópia, para participar da reunião de chefes de Estado e de governo da União Africana. No ano passado, a organização internacional, que reúne os 54 países africanos, tornou-se membro permanente do G20, grupo que reúne as 19 economias mais ricas do planeta e a União Europeia. Este ano, o Brasil preside o G20 e será anfitrião da cúpula de chefes de Estado do grupo, em novembro, no Rio de Janeiro.

“O Brasil precisa, de uma vez por todas, começar a retribuir a dívida histórica que nós temos com o povo africano”, declarou Lula, na semana passada, durante agenda em Salvador, onde confirmou a viagem aos países africanos. É a segunda visita de Lula à África no terceiro mandato presidencial. No ano passado, ele foi à África do Sul, a Angola e a São Tomé e Príncipe, além de fazer uma rápida visita a Cabo Verde.

Guiana

Após o retorno da África, Lula deve visitar, na última semana fevereiro, a Guiana, que sediará a cúpula anual do Mercado Comum e Comunidade do Caribe (Caricom), grupo regional criado em 1973 e que reúne 15 países caribenhos.

Lula já havia sinalizado a ida ao encontro no fim do ano passado. A visita ocorre em um contexto de tensões elevadas entre Guiana e Venezuela, em torno da disputa pelo território de Essequibo, reivindicado pelo governo venezuelano há mais de um século.

Após as duas viagens internacionais, Lula deverá concentrar suas atenções na agenda doméstica e viajar pelo país para anunciar ações do governo federal.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula fará nova viagem para o Egito, Etiópia e Guiana em fevereiro Read More »

Homens armados invadem estúdio de TV no Equador e fazem reféns

Homens armados invadem estúdio de TV no Equador e fazem reféns

Transmissão ao vivo mostra tiroteio e gritos de terror

Vários homens armados invadiram um estúdio do canal de televisão TC, na cidade de Guayaquil, no Equador, na tarde desta terça-feira (9.jan.2024). Eles fizeram os jornalistas e outros funcionários reféns durante uma transmissão ao vivo.

Nas imagens transmitidas ao vivo, os homens armados com pistolas, espingardas e granadas caseiras são vistos agredindo trabalhadores e a obrigando-os a permanecerem no chão. Eles exigiam que pedissem a saída da polícia, que havia chegado ao local.

Mais tarde, ouviram-se vários tiros e gritos de pessoas enquanto a transmissão ao vivo continuava. “Não atire, por favor, não atire!”, grita uma mulher durante o tiroteio.

As imagens também mostram alguns dos homens encapuzados e outros com a cara descoberta se gravando com telefones celulares, enquanto fazem sinais com as mãos. Esses sinais são característicos de grupos ligados ao narcotráfico, que estão causando uma onda de terror no Equador.

“Eles vieram para nos matar, meu Deus proteja-nos”, escreveu um dos jornalistas numa mensagem enviada por WhatsApp a um correspondente da agência France-Presse.

A Polícia Nacional confirmou, em comunicado, que as unidades foram alertadas e já estariam no local.

Foto: Frame/TC Notícias

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Homens armados invadem estúdio de TV no Equador e fazem reféns Read More »

Novo terremoto de magnitude 6 atinge Japão

Novo terremoto de magnitude 6 atinge Japão

Tremor submarino foi sentido na mesma área do sismo de 1º de janeiro, que deixou 202 mortos e 102 desaparecidos

O Japão foi atingido nesta terça-feira (9.jan.2024) por um novo terremoto de magnitude 6 na escala Richter, seguido de uma réplica de 3.9. O tremor foi registrado na mesma área do que ocorreu em 1º de janeiro, mas sua origem estava debaixo de água, a menos de 60 quilômetros a oeste da ilha japonesa de Sado.

O terremoto submarino foi sentido pouco antes das 18h (hora local), informaram autoridades da região. Não houve relatos de danos ou vítimas.

O sismo de 1º de janeiro, de magnitude 7,5, foi o mais grave no Japão desde 2011. O tremor atingiu a península de Noto, no extremo norte da península de Ishikawa, e as mais de 1.200 réplicas que se seguiram provocaram o desabamento de muitos edifícios, deram origem a incêndios e danificaram infraestruturas.

Até o momento, o número de mortos pelo sismo de 1º de janeiro foi atualizado para 202. Há ainda 102 pessoas desparecidas.

Mais de 3 mil habitantes da península continuam isolados. A chuva e a neve, que provocam o bloqueio de várias estradas e deslizamentos de terras, dificultam a chegada de ajuda.

Mais de 28 mil pessoas permanecem nos cerca de 400 abrigos criados para apoiar os desalojados. Alguns abrigos estão superlotados, com falta de comida e de aquecimento.

Cerca de 60 mil casas continuam sem acesso à água potável e quase 15 mil continuam sem eletricidade nesta terça-feira.

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, apelou hoje aos ministros para que resolvam o problema das comunidades ainda isoladas na península de Noto e prossigam tenazmente com as operações de salvamento.

O governo tenta transferir os desalojados para centros fora das zonas de catástrofe, onde o abastecimento de bens de primeira necessidade não constitui problema.

Foto: Marc Veraart/Visualhunt/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Novo terremoto de magnitude 6 atinge Japão Read More »

Ancelotti quebra silêncio sobre convite da CBF após renovar com o Real Madrid

Ancelotti quebra silêncio sobre convite da CBF após renovar com o Real Madrid

Italiano confirma conversa com Ednaldo Rodrigues, ex-presidente da CBF

Quatro dias após renovar seu contrato com o Real Madrid (Espanha), o técnico italiano Carlo Ancelotti falou pela primeira vez, nesta terça-feira (2), sobre o convite que recebeu para comandar a seleção brasileira. Em março de 2023, o nome do treinador foi citado pelo então presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, destituído do cargo no início de dezembro, como seu preferido para assumir o cargo. Durante a apresentação de Fernando Diniz como técnico-interino da seleção em julho, o ex-dirigente afirmou em entrevista à Reuters que Ancelotti estaria “com certeza” à frente do escrete canarinho. No entanto, nos últimos meses, Ancelotti sempre se esquivou de perguntas sobre o assunto “seleção”.

“A realidade é o que todo mundo sabe e o Real Madrid também, que eu tive contato com o presidente [da CBF] naquele período, que era o Ednaldo Rodrigues. Quero agradecer a ele pelo carinho e pelo interesse para que eu treinasse a seleção brasileira, isso me fez muito orgulhoso e honrado. Aconteceu que o Ednaldo não é mais presidente da confederação. No fim das contas, as coisas foram como eu queria, que era continuar aqui”, revelou Ancelotti, durante coletiva de imprensa.

O contrato do treinador italiano com o Real expiraria em julho, mas o clube espanhol de antecipou e prorrogou o vínculo com Ancelotti até julho de 2026. A renovação frustrou as expectativas de a seleção brasileira ser comandada por um técnico estrangeiro pela primeira vez na história.

“Posso pensar em [treinar] uma seleção nacional. Ser técnico da seleção é um grande sonho, mas não sei se em 2026 o Brasil vai me querer. Não sei se estão contentes com a minha decisão”, disse o treinador, que comanda o Real desde 2021, em sua segunda passagem pelo clube (a primeira foi de 2013 a 1015).

O histórico profissional do técnico italiano, de 64 anos, inclui títulos nas principais ligas da Europa (Espanha, França, Inglaterra, Alemanha e Itália). Com o Real, Ancelotti conquistou a liga espahola (La Liga), a Liga dos Campeões da Europa e dois Mundais de Clubes da Fifa. Ancelotti também mencionou seu planos para o futuro depois de concluir o ciclo como técnico do time espanhol.

Foto: Doha Stadium Plus/VisualHunt/Ilustração/Arquivo

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Ancelotti quebra silêncio sobre convite da CBF após renovar com o Real Madrid Read More »

Milei diz que fará plebiscito caso Congresso recuse pacote de medidas

Milei diz que fará plebiscito caso Congresso recuse pacote de medidas

Sindicatos convocaram protesto para esta quarta-feira

O presidente argentino, Javier Milei, prometeu convocar um plebiscito caso o pacote de medidas de ajuste fiscal, desregulamentação e diminuição do papel do Estado na economia assinadas por ele seja rejeitado no Congresso. O Decreto de Necessidade e Urgência (DNU) tem 366 artigos, propõe um plano de estabilização de choque e visa a avançar ainda na privatização de empresas públicas.

Em entrevista ao jornal La Nación, Milei disse: “Se rechaçarem o DNU, chamarei uma consulta popular. Quero que o Congresso me explique por que se põe contra algo que faz bem às pessoas.”

A Associação de Trabalhadores do Estado (ATE) na Argentina e a Confederação Geral do Trabalho (CGT) convocaram uma grande manifestação para a manhã desta quarta-feira (27), em frente ao Palácio da Justiça, na Praça dos Tribunais, em Buenos Aires.

O protesto é reação a um decreto do governo do presidente Javier Milei, publicado nesta terça-feira (26), que determina a não renovação do contrato de servidores públicos incorporados ao longo de 2023.

Além da manifestação na Praça dos Tribunais, chamada de Dia Nacional de Luta, os sindicados organizam atos em outras províncias, como bloqueio de estradas, greves e assembleias.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Milei diz que fará plebiscito caso Congresso recuse pacote de medidas Read More »

Polícia Federal extradita mulher condenada por tráfico internacional de pessoas

Polícia Federal extradita mulher condenada por tráfico internacional de pessoas

Alagoana de 38 anos foi condenada a 5 anos e 4 meses de prisão por ludibriar jovens potiguares para exploração sexual na Espanha

A Polícia Federal (PF) extraditou na última quinta-feira (21.dez.2023) da Espanha para o Brasil uma mulher de 38 anos, alagoana, condenada pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte por tráfico internacional de pessoas mediante grave ameaça e fraude.

A investigação que resultou na prisão da mulher remonta ao ano de 2006, quando a Polícia Federal em Natal deflagrou a Operação Cristal Vermelho para investigar uma rede criminosa que aliciava jovens mulheres potiguares para trabalhar como dançarinas em clubes espanhóis. Na verdade, as vítimas eram enviadas para exploração sexual.

Condenada em 2018, a mulher teve o seu nome incluído na Difusão Vermelha da Interpol e passou a ser procurada. No início de 2023, ela foi localizada e presa pela polícia espanhola, mas foi solta provisoriamente e ficou desaparecida até o mês de novembro último, quando foi novamente localizada e detida naquele país.

A mulher desembarcou no aeroporto internacional Aluízio Alves em São Gonçalo do Amarante/RN e foi submetida a exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP). Em seguida, foi encaminhada ao Centro de Detenção Provisório de Parnamirim, onde se encontra à disposição da Justiça.

Foto: Divulgação/PF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Polícia Federal extradita mulher condenada por tráfico internacional de pessoas Read More »

City atropela Fluminense e fatura título inédito do Mundial de Clubes

City atropela Fluminense e fatura título inédito do Mundial de Clubes

Pep Guardiola se tornou o maior vencedor do torneio com quatro taças

O Manchester City (Inglaterra) conquistou o título inédito no Mundial de Clubes da Fifa na tarde desta sexta-feira (22), ao aplicar 4 a 0 no Fluminense, no Estádio King Abdullah, em Jeddah (Arábia Saudita). O placar foi aberto com gol relâmpago aos 40 segundos – o mais rápido da história da competição – marcado pelo argentino Julián Álvarez, que também selou a goleada. O segundo gol foi contra, do zagueiro Nino e Folden fez o terceiro.

O título conquistado hoje foi o quarto na carreira do técnico catalão Pep Guardiola, que se tornou o maior vencedor do Mundial. Ele já levantara a taça duas vezes pelo Barcelona (2009 e 2011) e também quando comandava o Bayer de Munique (2013). A vitória na final do Mundial sela a campanha vitoriosa de Guadiola na úlitma temporada (2002/23) quando conquistou a Tríplice Coroa: Liga dos Campeões, Premier League (Campeonato Inglês) e a Copa da Inglaterra.

Bastaram 40 segundos de bola rolando um gol relâmpago do argentino Julián Alvarez abrir o placar para o City no estádio King Abdullah. A jogada começou após passe errado de Marcelo na saída de bola. O lateral Aké aproveitou o vacilo para arriscar um chute de fora da área, mas a bola beijou a trave e sobrou para Alvarez, que escorou de peito para o fundo da rede. Após o susto, aos poucos o Fluminense foi trocando passes e acertando a marcação.

A melhor chance do time carioca foi aos 15 minutos, com pressão de Cano sobre o goleiro Ederson na saída de bola. Aí Martinelli entrou em ação: tocou para Ganso que encontrou Cano dentro da grande área. O atacante do Flu ía chutar ao gol, mas foi derrubado pelo goleiro. O árbitro Szymon Marciniak chegou a marcar pênalti, mas o assistente já sinalizara impedimento de Cano, e Marciniak voltou atrás e anulou a penalidade.

No entanto, o City foi retomando o controle da partida e investindo em jogadas de ataque pela esquerda. Numa delas, aos 26 minutos, o volante Rodri viu Foden adiantado e infiltrou um bola perfeita para o meio-campista do City chutar certeiro. No caminho da bola estava o zagueiro Nino, que ao tentar desviá-la acabou marcando gol contra. Após ampliar a vantagem no placar para 2 a 0, o City desacelerou o jogo, e o Tricolor também reduziu a intensidade em campo, dando sinais de cansaço.

Após o intervalo, mais pressão do City, e Fábio salvou três vezes o gol do Tricolor nos primeiros sete minutos de jogo. Na primeira delas, impediu gol de Folden da entrada da área, mas a bola deu rebote na medida para Bernardo Silva cabecear e, no reflexo, o goleiro Tricolor brilhou de novo, evitando o terceiro gol do City. Na sequência, em cobrança de falta, Bernardo Silva levantou para Folden chutar com força, mas Fábio fez outra bela defesa.

A partir dos 14 minutos, o técnico Fernando Diniz substituiu Ganso, Marcelo, e Felipe Melo por, respetivamente, Lima, Diogo Barbosa e Alexander. Por poucos minutos, o Tricolor melhorou a marcação, mas durou pouco. Aos 26, após cobrança de falta a favor do City, o lateral Samuel Xavier errou o passe de cabeça, que sobrou paras o argentino Álvarez tocar para Folden marcar o segundo dele no jogo e o terceiro do time britânico. Numa das poucas chances do Flu, aos 33, John Kennedy disparou com a bola, driblou a marcação e desferiu uma bomba, mas o brasileiro Ederson, goleiro do City, espalmou para escanteio. O dia era mesmo do City, que ainda que chegou ao quarto gol com Julián Álvarez, com um chute rasteiro aos 42 minutos.

Foto: Lucas Mercon/Fotos Públicas/Ilustração

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

City atropela Fluminense e fatura título inédito do Mundial de Clubes Read More »

Julgamento de Daniel Alves por agressão sexual começa em fevereiro

Julgamento de Daniel Alves por agressão sexual começa em fevereiro

Ex-lateral da seleção brasileira pode ser condenado a até 15 anos de prisão

O julgamento do ex-lateral da seleção brasileira Daniel Alves por agressão sexual começará em 5 de fevereiro, na Espanha. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (20.dez.2023) pelo tribunal superior da Catalunha.

Alves é acusado de estuprar uma mulher em uma boate de Barcelona em dezembro passado. Ele foi preso em 20 de janeiro e está detido em uma prisão nos arredores da cidade.

Se for considerado culpado, o brasileiro de 40 anos poderá ser condenado a uma pena de prisão de 4 a 15 anos. Ele afirma que teve relações sexuais consensuais com a acusadora.

O promotor espanhol responsável pelo caso está pedindo pena de nove anos de prisão para Alves. Ele também pediu ordens de restrição para o jogador e que ele pague uma indenização de 150.000 euros à vítima.

Daniel Alves é um dos jogadores mais vitoriosos da história do futebol, tendo conquistado mais de 40 troféus em sua carreira pela seleção brasileira e por clubes como Barcelona, Sevilla, Juventus e Paris Saint-Germain.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Julgamento de Daniel Alves por agressão sexual começa em fevereiro Read More »

Igreja Católica autoriza bênçãos a casais do mesmo sexo

Igreja Católica autoriza bênçãos a casais do mesmo sexo

Decisão histórica é vista como avanço para a comunidade LGBTQIA+

A Igreja Católica autorizou, nesta segunda-feira (18.dez.2023), que ministros católicos ordenados abençoem casais do mesmo sexo. A decisão, que foi aprovada pelo Papa Francisco, é histórica e representa um avanço para a comunidade LGBTQIA+.

A benção, porém, difere do casamento e não pode ter qualquer semelhança com a cerimônia matrimonial. O documento que contém a aprovação, denominado “Fiducia supplicans”, foi divulgado pelo Dicastério para a Doutrina da Fé.

O documento aprofunda o tema das bênçãos, distinguindo entre as bênçãos rituais e litúrgicas e as bênçãos espontâneas, que se assemelham mais a gestos de devoção popular. Nesta segunda categoria, a Igreja contempla a possibilidade de “acolher” também aqueles que não vivem de acordo com as normas da doutrina moral cristã, mas “pedem humildemente para serem abençoados”.

Apesar da “abertura” concedida pela Igreja Católica, o documento salienta que a união entre casais do mesmo sexo continua sendo um ato “irregular”, de acordo com a doutrina da instituição.

A decisão foi recebida com alegria pela comunidade LGBTQIA+, que há anos luta pela igualdade de direitos e reconhecimento. No entanto, também foi criticada por grupos conservadores, que a consideram um retrocesso.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Igreja Católica autoriza bênçãos a casais do mesmo sexo Read More »

Câmara dos EUA autoriza investigação de impeachment contra Biden

Câmara dos EUA autoriza investigação de impeachment contra Biden

Republicanos aprovam processo por suposta corrupção do filho do presidente

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira (13.dez.2023) a autorização formal para uma investigação de impeachment contra o presidente Joe Biden. A votação, que ocorreu por 221 votos a favor e 212 contra, foi liderada pelos republicanos, que acusam Biden de usar sua influência como vice-presidente para permitir que seu filho Hunter Biden fizesse negócios obscuros na China e na Ucrânia.

A Casa Branca classificou a investigação como “infundada e politicamente motivada”. Biden está se preparando para disputar as eleições de 2024 com seu antecessor republicano, Donald Trump, que também foi alvo de um processo de impeachment.

A investigação ainda não encontrou provas de irregularidades por parte de Biden, mas pode ajudar os republicanos a destacarem suas alegações de corrupção ao longo da campanha de 2024.

A votação ocorre três meses após os republicanos iniciarem informalmente a investigação. Mesmo que a Câmara vote pelo impeachment do presidente, o Senado teria que votar para condená-lo pelas acusações por uma maioria de dois terços, o que é improvável, já que os democratas têm maioria na Casa.

Foto: Alan Santos/PR/Ilustração/Arquivo

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Câmara dos EUA autoriza investigação de impeachment contra Biden Read More »

Venezuela e Guiana se reúnem para tentar reduzir tensões sobre Essequibo

Venezuela e Guiana se reúnem para tentar reduzir tensões sobre Essequibo

Presidentes dos dois países, Maduro e Ali se reúnem em meio a tensões sobre disputa de fronteira

Em meio a altas tensões sobre a disputa envolvendo a área de fronteira de Essequibo, potencialmente rica em petróleo, os presidentes da Venezuela, Nicolás Maduro, e da Guiana, Irfaan Ali, se reunirão nesta quinta-feira (14.dez.2023) em São Vicente e Granadinas.

O desacordo sobre a região de selva, com 160 mil quilômetros quadrados (km²), existe há décadas, mas a Venezuela reativou sua reivindicação, incluindo áreas offshore nos últimos anos, após grandes descobertas de petróleo e gás.

A disputa está sendo julgada pela Corte Internacional de Justiça, embora uma decisão final possa demorar anos. Os eleitores da Venezuela rejeitaram este mês a jurisdição do tribunal e apoiaram, em plebiscito, a criação de novo estado.

A Guiana questionou a participação na votação e disse que sua fronteira terrestre não está em discussão. Analistas políticos em Caracas consideram o plebiscito uma tentativa de Maduro de avaliar o apoio ao seu governo antes das eleições presidenciais de 2024, e não um primeiro passo para invasão.

O primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas, Ralph Gonsalves, que também atua como presidente pro tempore da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), deve ser o anfitrião da reunião.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Yván Gil, disse que espera que a reunião ajude a “relaxar as tensões” e “diminuir a agressividade do discurso da Guiana”.

Irfaan Ali, da Guiana, afirmou que seu país defenderá a soberania e fronteiras, e que a Venezuela deve diminuir o ritmo de seus avanços em relação à Guiana.

A reunião ocorre em um momento de crescente tensão entre os dois países. Na semana passada, Maduro disse que autorizaria a exploração de petróleo em Essequibo, o que provocou a ira de Ali.

As áreas offshore são responsáveis pela totalidade da produção de petróleo na Guiana, cuja economia está em expansão graças à produção, que deve dobrar para mais de 1,2 milhão de barris por dia até 2027.

A Exxon Mobil, uma das principais empresas que operam na região, disse que não vai a lugar nenhum e que continuará a desenvolver os recursos de forma eficiente e responsável.

A empresa também negou as alegações do governo de Maduro de que estaria envolvida no financiamento de um complô para prejudicar o plebiscito.

A reunião entre Maduro e Ali é uma oportunidade para os dois países tentarem encontrar uma solução pacífica para a disputa, que já dura décadas. No entanto, as expectativas para uma resolução rápida são baixas.

Foto: Aboodi Vesakaran/Pexels

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Venezuela e Guiana se reúnem para tentar reduzir tensões sobre Essequibo Read More »

COP28 aprova Brasil como sede da Conferência do Clima de 2025

COP28 aprova Brasil como sede da Conferência do Clima de 2025

Cidade escolhida pelo Brasil foi Belém, a capital do Pará

Em sessão plenária da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2023 (COP28), em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, foi aprovada nesta segunda-feira (11), por unanimidade, a escolha do Brasil como sede da COP30, que deve ser realizada entre os dias 10 e 21 de novembro de 2025. A cidade escolhida pelo Brasil foi Belém, a capital do Pará.

O Brasil já havia recebido o apoio, em maio deste ano, de praticamente todos os países sul-americanos e caribenhos, sendo essa uma exigência da ONU para a escolha do país sede dos encontros do clima. Agora, o Brasil foi oficialmente confirmado pela COP28. Em 2024, a COP29 será no Azerbaijão, país que fica entre a Ásia e a Europa.

Após o Brasil ser aprovado como sede da COP30, a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, agradeceu a indicação que o grupo de países da América Latina e do Caribe fez para o Brasil sediar o encontro e anunciou a escolha da cidade de Belém. “É com grande satisfação que informo nossa decisão de realizar a COP de 2025 na Amazônia brasileira, um bioma essencial para conter o aquecimento global”, afirmou nesta segunda-feira.

“Estou especialmente tocada pela indicação da Amazônia, onde nasci e cresci, para receber esta conferência. A Amazônia é um símbolo vivo da semente que plantamos na Rio 92. Uma região onde é evidente a conexão entre as três convenções que assinamos naquela ocasião: a Convenção de Biodiversidade, a Convenção-Quadro de Clima e a Convenção sobre Desertificação. A Amazônia nos mostra o quanto as convenções estão entrelaçadas nos seus desafios, mas também nas soluções sinérgicas que abarcam”, destacou.

A candidatura do Brasil para a COP30 foi uma proposta defendida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda na COP27, no Egito, onde foi como presidente eleito. “Ninguém hoje no planeta pode discutir a questão do clima sem levar em conta a existência do nosso país, sem levar em conta a nossa experiência, e sem levar em conta o que vai acontecer no Brasil nessa questão da transição energética”, afirmou antes de deixar Dubai, na semana passada.

COP30

Pela primeira vez realizada na Amazônia, a COP Belém, em 2025, será o marco de 10 anos do Acordo de Paris, a principal convenção climática da ONU, assinada em 2015 durante a COP21, na capital francesa. O documento estabeleceu metas para a redução de emissões de gases causadores do aquecimento global.

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) estima que o país deve receber cerca de 50 mil visitantes em Belém nos dias da COP30.

Crise Climática

Os gases do efeito estufa lançados na atmosfera vêm aumentando a temperatura do planeta desde a Revolução Industrial (séculos 18 e 19), principalmente por meio da queima de combustíveis fósseis, o que impulsiona a atual crise climática, marcada por eventos extremos, como o calor excessivo, as secas prolongadas e as chuvas intensas.

No Acordo de Paris, em 2015, 195 países se comprometeram a combater o aquecimento global “em bem menos de 2º C acima dos níveis pré-industriais”, buscando preferencialmente limitá-lo a 1,5ºC acima dos níveis antes da revolução industrial.

Foto: Mlcastle/Visualhunt

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

COP28 aprova Brasil como sede da Conferência do Clima de 2025 Read More »

Mais um grupo de repatriados de Gaza chega ao Brasil

Mais um grupo de repatriados de Gaza chega ao Brasil

Avião da FAB pousou em Brasília às 3h47 com 48 pessoas a bordo

Mais um grupo de brasileiros repatriados da Faixa de Gaza chegou ao Brasil na madrugada desta segunda-feira (11). A aeronave KC-30, da Força Aérea Brasileira (FAB), decolou do Cairo, capital do Egito, às 19h03 (hora local) de domingo (10) e pousou às 3h47 na Base Aérea de Brasília, onde o grupo foi recebido por autoridades brasileiras. Foram cerca de 15 horas de voo.

O grupo é formado por 48 pessoas, sendo 11 com dupla cidadania (Brasil-Palestina) e 37 palestinos, parentes de cidadãos brasileiros. São 27 crianças e adolescentes, 17 mulheres, incluindo duas idosas, e quatro homens adultos. Uma jovem de 22 anos que já estava no Egito se juntou aos resgatados de Gaza e embarcou neste mesmo voo. Ela é filha de uma das integrantes do grupo de repatriados em Gaza.

No último sábado (9), eles receberam autorização para cruzar a fronteira de Rafah, no sul de Gaza, em direção ao Egito, de onde seguiram de ônibus até o Cairo. Na capital egípcia, foram recebidos por diplomatas brasileiros na capital do país e embarcaram para o Brasil.

Segundo o Itamaraty, da lista de 102 pessoas enviada pelo Brasil às autoridades israelenses, 24 não tiveram autorização para cruzar a fronteira, incluindo sete plaestino-brasileiros. A maioria dos barrados é de homens. O governo brasileiro não soube informar o motivo de eles terem sido impedidos, por Israel, de atravessar a fronteira. No momento, segundo o Palácio do Planalto, não há previsão de novo voo de repatriação.

“Em um primeiro momento, eles ficarão de dois a três dias em Brasília. A primeira etapa é do apoio psicológico, de imunização, de estabelecer contato com familiares e parentes e a questão da documentação. Alguns vão para as casas de familiares e amigos. Os que estiverem sem referência serão abrigados no Sistema de Assistência Social em instituições em que tenham todo o apoio de acolhimento e alimentação. Um suporte para reconstituírem a trajetória, já que vêm de situação bastante complexa”, afirmou o secretário nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), André Quintão.

Uma das repatriadas que desembarcou em Brasília é Yasmeen Rabee, irmã de Hasan Rabee, que veio antes com a esposa e os filhos em outro voo que trouxe brasileiros de Gaza.

“Bombardearam nossa casa, ficamos sem comida e sem um lugar fixo para morar”, disse Yasmenn, que veio agora com a mãe. Perguntada sobre a situação em Gaza, a principal zona de ataques, ela se emocionou. “A situação é terrível, você dorme sem saber se vai acordar. Perdi muitos amigos, minha tia e os filhos dela”, relatou.

No dia 13 de novembro, após dias de tensão e negociação, os primeiros 32 brasileiros resgatados de Gaza desembarcaram no país, ocasião em que foram recebidos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Brasília.

Voltando em paz

Desde o início da guerra entre Israel e o Hamas, em outubro, o governo brasileiro já retirou 1.524 brasileiros e palestino-brasileiros da Faixa de Gaza e de cidades israelenses, incluindo 53 animais domésticos. No total, a FAB já realizou 11 voos de repatriação por meio da Operação Voltando em Paz.

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Mais um grupo de repatriados de Gaza chega ao Brasil Read More »

Javier Milei toma posse como novo presidente da Argentina

Javier Milei toma posse como novo presidente da Argentina

Celebrações devem durar todo o dia

Eleito em novembro após derrotar o peronista Sergio Massa nas urnas, o novo presidente da Argentina, Javier Milei, tomou posse neste domingo (10).

A cerimônia no Congresso Nacional começou por volta das 11h15, sem a presença de Milei, e foi conduzida pela presidente do Senado, Cristina Kirchner. O novo mandatário foi declarado presidente do país às 11h20 da manhã.

Por volta das 11h45, Milei chegou ao local após ter desfilado em carro por diversas ruas da capital argentina, sendo saudado por eleitores e acompanhado de sua irmã, Karina Milei.

Já no Congresso, ele foi saudado sob gritos de “Liberdade”, antes de fazer o juramento de seguir a Constituição e receber o bastão e a faixa presidencial do ex-presidente Alberto Fernández. Em seguida, Milei posou para fotos e acenou para apoiadores, mas não discursou.

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, foi convidado para a cerimônia, mas acabou enviando o chanceler Mauro Vieira para representá-lo.

Outros presidentes confirmaram presença e deverão cumprimentar o novo presidente em cerimônia prevista para a tarde de hoje, na Casa Rosada. Entre eles estão os presidentes do Paraguai, Uruguai e Equador.

Da Europa, confirmaram presença o primeiro-ministro da Hungria e o presidente da Armênia. O presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky também está na posse, além do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Depois da cerimônia na Casa Rosada, as celebrações de posse de Milei devem terminar no Teatro Colón, à noite.

Foto: Gobierno de Paraguay/Fotos Públicas

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Javier Milei toma posse como novo presidente da Argentina Read More »

OEA condena referendo venezuelano sobre Essequibo

OEA condena referendo venezuelano sobre Essequibo

Organização classifica votação como ilegal e ilegítima, e pede reunião especial para discutir crise

A Organização dos Estados Americanos (OEA) condenou nesta quinta-feira (8.dez.2023) o referendo sobre a região de Essequibo, convocado pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro. A organização classificou a votação como “ilegal e ilegítima” e denunciou a “posição agressiva” do governo venezuelano em relação à Guiana.

Em comunicado, o gabinete do secretário-geral da OEA, Luis Almagro, disse que as crescentes tensões entre os dois países são “preocupação para a segurança regional” e ameaçam a “estabilidade e a soberania territorial” no continente.

O referendo, no qual a maioria dos cidadãos votou a favor da anexação do Essequibo à Venezuela, representa “mais uma vez” o uso “antidemocrático” dos “processos democráticos” por parte de Maduro, acrescenta a nota.

“As recentes ações adotadas pelo regime na Venezuela não só colocam em perigo o desenvolvimento e a estabilidade da Guiana, mas representam risco mais amplo para a segurança da América Latina e do Caribe”, denunciou a liderança da OEA.

Por sua vez, Almagro pediu ao Conselho Permanente da organização que convoque reunião especial para “discutir possíveis medidas a fim de mitigar” as tensões entre os dois países sul-americanos.

O governo venezuelano, que apresentou um pedido formal para deixar a OEA em 2017, não tem representação na organização.

O referendo venezuelano foi realizado no domingo (3.dez). A votação foi boicotada pela Guiana, que considera o território seu. Maduro, por sua vez, afirmou que a votação foi “um triunfo do povo venezuelano”.

A região de Essequibo é uma área de 160 mil quilômetros quadrados, rica em recursos naturais, incluindo petróleo e ouro. O conflito fronteiriço entre Venezuela e Guiana teve início em 1899, com a decisão arbitral de Paris, que atribuiu a soberania do território à então Guiana Britânica. A decisão é contestada pela Venezuela desde 1962.

Foto: Aboodi Vesakaran/Pexels

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

OEA condena referendo venezuelano sobre Essequibo Read More »

Climatologista alerta que Amazônia está "muito próxima" do ponto de não retorno

Climatologista alerta que Amazônia está “muito próxima” do ponto de não retorno

Estudo apresentado na COP28 aponta que floresta tropical pode se tornar savana em duas décadas

O climatologista brasileiro Carlos Nobre afirmou, em entrevista à Agência Lusa, que a Amazônia está “muito próxima” do ponto em que deixará de ser uma floresta tropical e se tornará uma savana.

Nobre, que participa de cinco estudos sobre a Amazônia brasileira apresentados na 28ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP28), que se realiza no Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, até o próximo dia 12, explicou que o período de seca na região tem aumentado nas últimas décadas, num claro sinal de que o chamado ponto de não retorno, ou seja, a “savanização” do bioma, está próximo.

“Nós estamos muito próximos desse ponto de não retorno porque em todo o sul da Amazônia a estação seca está muito mais longa. Essa estação era de três a quatro meses. Hoje, está de quatro a cinco meses. Se chegar de cinco a seis meses em duas décadas, se continuarmos nessa direção, já é um clima de savana tropical, do cerrado e não mais um clima da Amazônia”, afirmou.

O especialista citou como exemplo da perda de vitalidade do bioma, que é fundamental para deter o aquecimento global, o fato de no sul do Pará e no norte de Mato Grosso a floresta amazônica já se ter tornado uma fonte de carbono, ou seja, emite mais carbono na atmosfera do que absorve.

“Por que a estação seca [na Amazônia] está ficando mais longa? É uma combinação complexa, sinergética, entre o aquecimento global que está fazendo os fenômenos se tornarem mais extremos”, afirmou, mencionando o El Niño, fenômeno climático natural que ocorre em média a cada dois a sete anos, associado ao aumento das temperaturas da superfície no centro e leste do Oceano Pacífico tropical, mas que tem efeitos em todo o mundo.

“Por que os el Niños fortes estão se tornando mais frequentes? Aquecimento global, oceanos mais quentes. O Pacífico Equatorial mais quente. O Oceano Atlântico, ao Norte do Equador, está batendo recordes de temperatura e isso induz secas na Amazônia”.

Além das alterações climáticas, o cientista brasileiro, que no ano passado foi eleito o membro estrangeiro da Royal Society, instituição britânica que promove o conhecimento científico no mundo, citou o desflorestamento aliado à criação de gado no Norte do Brasil, que aumentou muito nas últimas décadas.

“O lugar com pastagem é muito pouco eficiente para reciclar água. A pastagem não recicla água como a floresta recicla durante a estação seca. A floresta recicla a água de uma forma muito eficiente, então, é isso que está acontecendo. Essas são as razões. Secas frequentes como em 2005, em 2010, entre 2015 e 2016 e [a seca recorde na Amazônia registada] agora em 2023, que vai até 2024”, acrescentou.

“Antes, tínhamos uma seca mais pronunciada na Amazônia a cada duas décadas. Agora, quatro secas em duas décadas, ou seja, três a quatro vezes mais frequentes e, isso, junto com o desflorestamento, coloca a Amazônia num enorme risco de chegar ao ponto de não retorno”, afirmou.

A avaliação de Nobre vai ao encontro de dados do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), o grupo de cientistas estabelecido pelas Nações Unidas para monitorar e assessorar toda a ciência global relacionada com as alterações climáticas, do qual foi integrante. Os dados indicam que a savanização da Amazônia já é um fenômeno em curso.

A Amazônia é a maior floresta tropical do mundo, tem a maior biodiversidade registrada no planeta, com cerca de 5,5 milhões de quilômetros quadrados, e inclui territórios do Brasil, Peru, da Colômbia, Venezuela, do Equador, da Bolívia, Guiana, do Suriname e da Guiana Francesa (pertencente à França).

Foto: A. Duarte/Visualhunt/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Climatologista alerta que Amazônia está “muito próxima” do ponto de não retorno Read More »

Lula diz que crise entre Venezuela e Guiana causa "crescente preocupação”

Lula diz que crise entre Venezuela e Guiana causa “crescente preocupação”

Presidente sugere mediação pela Celac e Unasul

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta quinta-feira (7), que está acompanhando com “crescente preocupação” a situação em Equessibo, território em disputa por Venezuela e Guiana, que faz também fronteira com o norte do Brasil. No último domingo (3), a Venezuela aprovou um referendo que torna a região parte do país. Há dois dias, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, determinou a criação de um estado na área disputada.

A preocupação do presidente Lula foi manifestada durante a abertura de reunião de cúpula dos países membros do Mercosul, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

“O Mercosul não pode ficar alheio a essa situação”, disse, ao pedir o apoio dos colegas sul-americanos a uma minuta acordada pelos chanceleres do bloco regional.

“Não queremos que esse tema contamine a retomada do processo de integração regional ou constitua ameaça à paz e estabilidade”.

Lula defendeu que a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) e a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) sejam utilizadas para o encaminhamento pacífico da questão. O presidente brasileiro colocou o país à disposição para sediar “quantas reuniões forem necessárias” entre as partes envolvidas. A Venezuela é membro do Mercosul, mas está suspensa.

“Vamos tratar com muito carinho porque uma coisa que não queremos aqui na América do Sul é guerra”, enfatizou Lula. “Nós não precisamos de guerra, não precisamos de conflito. Nós precisamos é construir a paz”, completou.

Argentina

Além do mandatário brasileiro estão presentes no encontro o presidente Luis Lacalle Pou, do Uruguai; Santiago Peña, do Paraguai; e Alberto Fernández, da Argentina, que deixará o cargo dentro de três dias. Ele será substituído por Javier Milei, que fez campanha se mostrando crítico ao Mercosul.

Lula se disse triste pela última participação de Fernández como um dos presidentes do Mercosul. O presidente salientou que é amigo do argentino.

“Sei o papel importante que você jogou nesse seu período de governo. Lamentavelmente, eu acho que você merecia melhor sorte, a economia merecia melhor sorte, mas aconteceu o infortúnio da pandemia e de uma seca”, lamentou.

O presidente da Bolívia, Luis Arce, também está no Rio de Janeiro. O encontro do Mercosul sela a adesão do país andino ao bloco regional, faltando apenas procedimentos internos bolivianos.

“Estamos nos aproximando, efetivamente, de realizar um sonho da integração entre Atlântico e Pacífico”, disse Lula, adiantando que será apresentado um programa de ligação logística dos países, com estruturação de rodovias, ferrovias, hidrovias e aeroportos. O BNDES ajudará a financiar o projeto.

Singapura

O presidente classificou como um passo importante a assinatura de um acordo de livre comércio entre o Mercosul e Singapura. É o primeiro acordo do tipo do Mercosul em 11 anos e o primeiro com um país asiático.

“O acordo tem o potencial de estimular a atração de investimento”, ressaltou Lula, acrescentando que, em 2022, Singapura foi o 11º maior investidor global.

União Europeia

Havia a expectativa para o anúncio da assinatura de um tratado de comércio entre o Mercosul e a União Europeia (UE). As negociações tinham sido aceleradas nas últimas semanas. Mas no sábado (2), durante a COP28, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, o presidente da França, Emmanuel Macron, manifestou contrariedade aos termos.

Lula afirmou que sonhava com a assinatura do tratado. “Nunca na história do Mercosul se conversou com tanta gente”, disse. “Fiz um apelo ao Macron para ele deixar de ser tão protecionista”. O presidente citou que pediu até ajuda do primeiro-ministro alemão, Olaf Scholz, para tentar convencer o francês.

Lula explicou ainda que a versão do acordo herdada do governo passado era “inaceitável”. “Nos tratava como se fôssemos seres inferiores. Como se fôssemos país colonizado ainda”. O presidente citou como exemplo questões ligadas às compras governamentais. “Não dá para a gente abrir como eles queriam que a gente abrisse”, declarou.

“As resistências da Europa ainda são muito grandes. Eu estranho a falta de flexibilidade de eles entenderem que nós ainda temos muita coisa para crescer, temos o dever de nos industrializar”.

O próximo país a assumir a presidência pro tempore por 6 meses é o Paraguai. Lula incentivou o presidente paraguaio a não desistir e brigar pelo acordo.

Outra crítica de Lula à UE é a dificuldade de os europeus reconhecerem a credibilidade de dados sul-americanos sobre desmatamento. “Nós tratamos a questão ambiental com muita seriedade. Tenho compromisso público de que vamos chegar em 2030 com desmatamento zero”, prometeu o presidente. De acordo com Lula, o Brasil reduziu o desmatamento pela metade este ano. Ele lembrou ainda que a COP30, em 2025, será realizada em Belém, no Pará.

Itamaraty

Já após o discurso do presidente Lula, o Ministério das Relações Exteriores brasileiro divulgou o comunicado conjunto Mercosul-União Europeia. O texto diz que as duas partes “estão engajadas em discussões construtivas com vistas a finalizar as questões pendentes”.

A nota acrescenta que houve avanços consideráveis nos últimos meses. “Com base nos avanços efetuados até a presente data nas negociações, ambas as partes esperam alcançar rapidamente um acordo que corresponda à natureza estratégica dos laços que as vinculam e à contribuição crucial que podem oferecer para enfrentar os desafios globais em áreas como o desenvolvimento sustentável, a redução das desigualdades e o multilateralismo”, diz o texto.

Participação social

A reunião entre os presidentes dos países do Cone Sul foi precedida pela retomada da Cúpula Social, que não acontecia de forma presencial havia 7 anos. Movimentos da sociedade civil tiveram dois dias de encontros no Museu do Amanhã e elaboraram uma carta que foi entregue aos líderes. No documento, há sugestões e demandas sociais como defesa do meio ambiente, combate à fome, dignidade para trabalhadores e políticas de direitos humanos.

“Essa gente representa o que a gente tem de vivo na nossa sociedade e vão nos ajudar”, declarou.

Regulamentação das redes

Lula sugeriu aos demais presidentes a criação de uma comissão especial para discutir democracia, informação e ambientes digitais. Para ele, o assunto precisa ser tratado globalmente.

Precisamos estar sempre atento às novas ameaças e atualizar nossos mecanismos de regulação. Vamos nos equipar para garantir o direito de liberdade de expressão ao mesmo tempo que coibimos o discurso de ódio, a desinformação e as práticas abusivas das grandes empresas de tecnologia”.

Mercosul

O Mercosul é um processo de integração regional iniciado em 1991, formado inicialmente pelo Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Nas décadas seguintes foram aprovados os ingressos da Venezuela e Bolívia. Desde 2017, a Venezuela está suspensa pelo não cumprimento de cláusulas democráticas do bloco. São países associados Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Peru e Suriname.

As trocas comerciais dentro do bloco multiplicaram-se mais de dez vezes desde sua criação, saltando de US$ 4,5 bilhões para US$ 46 bilhões em 2022.

O bloco abrange uma área de 14.869.775 quilômetros quadrados – o Brasil detém 57% – e uma população de 295 milhões de habitantes, sendo mais de 200 milhões de brasileiros.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula diz que crise entre Venezuela e Guiana causa “crescente preocupação” Read More »

Lula diz que Prates tem "cabeça fértil" e desconhece planos de Petrobras no Oriente Médio

Lula diz que Prates tem “cabeça fértil” e desconhece planos de Petrobras no Oriente Médio

Presidente disse que não foi informado sobre plano e que precisa aprender mais sobre o assunto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou neste domingo (3.dez.2023) que desconhece a intenção do presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, de estudar a possibilidade de abrir uma sucursal da empresa no Oriente Médio.

Em entrevista a jornalistas, após sua participação na COP28, em Dubai, Lula disse que não foi informado sobre o plano e que precisa aprender mais sobre o assunto.

“Você deve fazer a pergunta para o Jean Paul Prates. Eu não fui informado que a gente vai criar uma Petrobras aqui”, disse o presidente.

“Como a cabeça dele é muito fértil e ele pensa na velocidade de Fórmula 1, e eu funciono numa velocidade de Volkswagen, preciso aprender o que é isso que ele vai fazer. Se a Petrobras tem algum investimento para fazer aqui, eu não sei no quê”, afirmou Lula.

A declaração de Lula contrasta com a fala de Prates, que afirmou, em entrevista ao Valor Econômico, que a subsidiária seria chamada de “Petrobras Arábia”.

A abertura de uma sucursal da Petrobras no Oriente Médio seria uma estratégia para a empresa ampliar sua presença em um mercado estratégico para o setor de petróleo e gás. A região é responsável por cerca de 25% da produção mundial de petróleo.

A decisão da Petrobras de aderir à Opep+, que reúne os principais produtores de petróleo do mundo, também pode ter motivado a avaliação da empresa sobre a abertura de uma sucursal no Oriente Médio. A adesão à Opep+ pode aumentar a demanda por petróleo brasileiro na região.

Foto: Alessandro Dantas/PT no Senado/Arquivo/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula diz que Prates tem “cabeça fértil” e desconhece planos de Petrobras no Oriente Médio Read More »

Startup potiguar amplia atuação de mercado em evento internacional

Startup potiguar amplia atuação de mercado em evento internacional

A participação da Faceponto no Web Summit 2023, em Portugal, consolida a estratégia de expansão e crescimento da empresa

Com a presença de mais de 2.600 startups de diversos lugares do mundo, Lisboa foi palco de mais uma edição do Web Summit, considerado por especialistas como o maior evento de tecnologia da Europa e um dos maiores do mundo, e que foi realizado dos dias 13 a 16 de novembro. Fundada em Natal/RN, a Faceponto foi uma das representantes do Brasil na edição 2023 do evento, que totalizou a participação de mais de 70 mil pessoas, dentre elas mais de cinco mil investidores.

Selecionada pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e o Ministério das Relações Exteriores, a Faceponto participou do evento pela segunda vez consecutiva e, dessa vez, desembarcou no Web Summit com foco em alcançar o mercado internacional e levar suas soluções já consolidadas em todo o Brasil para setores de Recursos Humanos de empresas de diversos portes e segmentos.

A participação no evento possibilitou o diálogo com empresários vinculados à gestão de grandes empresas e proporcionou a troca de experiências exitosas entre startups de diversos lugares do mundo. Para Cássio Leandro, um dos fundadores e CEO da Faceponto, a participação no Web Summit 2023 é motivo de celebração individual e coletiva.

“As nossas expectativas foram superadas, tanto em relação ao número de negócios realizados pela nossa comitiva técnica, quanto pela comercial. Além disso, conseguimos mostrar nossa capacidade de entregar soluções inovadoras, que podem ser aplicadas por empresas em qualquer lugar do mundo”, avalia Cássio.

Após fazer contatos com clientes em potencial, de grande porte, e estabelecer diálogo com times técnicos do mundo todo, a equipe da Faceponto espera alcançar bons resultados. “Nossa participação confirmou algo que já sabíamos: quão robusto nosso sistema é e sua capacidade para bem atender aos nossos clientes. Essa legitimação é valiosa para a empresa, mas também para o segmento que representamos”, destaca Cássio.

O Web Summit proporcionou aos participantes um aprofundamento estratégico acerca de seus respectivos negócios, melhorando a percepção de planejamento da Faceponto para o próximo ano.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Startup potiguar amplia atuação de mercado em evento internacional Read More »

Milei convida Lula para posse e adota tom amistoso

Milei convida Lula para posse e adota tom amistoso

Presidente eleito da Argentina destaca proximidade e cooperação entre os países

O presidente eleito da Argentina, Javier Milei, enviou uma carta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no domingo (26) convidando-o para a sua posse, marcada para 10 de dezembro.

Na carta, divulgada pelo jornal argentino Clarín, Milei adota um tom amistoso, depois de uma campanha recheada de insultos ao brasileiro. Ele destaca a proximidade dos países em termos geográficos e históricos e defende que haja cooperação para o desenvolvimento das nações.

“Ambas as nações têm muitos desafios pela frente e estou convencido de que uma mudança econômica, social e cultural, baseada nos princípios da liberdade, irá posicionar-nos como países competitivos nos quais os seus cidadãos podem desenvolver as suas capacidades ao máximo e assim, escolher o futuro que desejam”, afirmou o presidente eleito.

Milei também menciona a importância da integração física, do comércio e da presença internacional entre os países.

“Desejamos continuar a compartilhar áreas de complementaridade, a nível da integração física, do comércio e da presença internacional, que permitam que toda esta ação conjunta se traduza, de ambos os lados, em crescimento e prosperidade para os argentinos e brasileiros”, acrescentou.

Ao final, Milei diz esperar um “trabalho frutífero” e uma “construção de laços” entre os dois países e que deseja encontra com Lula em breve.

A carta foi entregue ao ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, durante a visita da futura chanceler argentina, Diana Mondino.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Milei convida Lula para posse e adota tom amistoso Read More »

Brasil faz melhor campanha da história no Parapan ao somar 343 pódios

Brasil faz melhor campanha da história no Parapan ao somar 343 pódios

País lidera quadro de medalhas, à frente de EUA (2º) e Colômbia (3º)

A delegação brasileira encerrou sua participação no Parapan de Santiago (Chile) com a melhor campanha da história, ao totalizar 343 medalhas (156 ouros, 98 pratas e 89 bronzes), 35 a mais que na edição passada, há quatro anos, em Lima (Peru). Líder no quadro de medalhas, o Brasil deixou para trás Estados Unidos, segundo colocado com 166 pódios, e Colômbia (em terceiro com 161). O Brasil segue hegemônico na competição, liderando a classificação geral, desde a edição do Rio de Janeiro (2007). A edição de Santiado chegou ao fim neste domingo (26).

“O resultado foi extraordinário. Sabíamos que era um grande desafio fazer uma campanha melhor que Lima, mas nossa delegação superou todas as marcas de todos os tempos. Tivemos uma participação muito importante nos Jogos, com atletas jovens – 40% deles disputaram a competição pela primeira vez. Mais de 100 medalhas foram conquistadas por jovens. Realmente uma competição espetacular”, festejou Mizael Conrado, bicampeão paralímpico de futebol de cegos, e atual presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Domingo com 11 pódios do Brasil

O ciclismo e o badminton garantiram as últimas medalhas (cinco ouros e seis pratas) do Brasil neste domingo (26). A primeira a subir ao topo do pódio foi a brasiliense Daniele Souza que venceu a peruana Jaquelin Javier, por 2 a 0, no torneio de simples do badminton da classe WH1 (cadeira de rodas), com parciais de 21/13 e 21/13.

Além de Daniele, outros sete atletas da modalidade asseguraram medalhas na modalidade. A sergipana Maria Gilda Antunes foi prata ao ser superada por 2 a 0 (21/4 e 21/2) pela peruana Pilar Cancino, pela classe WH2 (cadeira de rodas). Vice-campeão paralímpico nos Jogos de Tóquio, o paranaense Vitor Tavares, deixou escapar o ouro e foi prata depois de perder a final da disputa de simples da classe SH6, por 2 a 0 (21/19 e 21/15,).

O badminton brasileiro garantiu ainda dois ouros em cinco finais. O casal de noivos formado pela paranaense Edwarda Dias e o paulista Rogério Oliveira bateram os compatriota Adriane Ávila e Yuki Roberto por 2 a 0 (21/13 e 21/13) na final .duplas mistas das classes SL3 (pessoas com deficiência nos membros inferiores que andam) e SU5 (pessoas com deficiência nos membros superiores).

“É uma vitória que a gente estava trabalhando muito para conseguir devido a pontuação para a classificação para Paris. Isso nos deixa muito mais próximos do sonho, que é ter uma vaga nos Jogos de Paris 2024”, festejou Rogério, de 22 anos.

O brasiliense Marcelo Conceição também assegurou o ouro, no torneio de simples masculino, classe WH1 (cadeira de rodas), ao superar o paulista Rodolfo Cano (prata), que ficou com a prata. Conceição ganhou por 2 a 0 (21/8 e 21/5. Fechando os pódios do badminton, o paulista Júlio César Godoy ficou com a prata no torneio de simples da classe WH2 (cadeiras de rodas) após derrota para o chileno Jaime Urrutia por 2 a 0 (21/15 e 21/11).

No ciclismo, a paranaense Jady Malavazzi garantiu o ouro ao venceu a prova de ciclismo de estrada, com o tempo de um tempo de 1h32min42, deixando para trás com a prata as norte-americanas Sophia Brim (1h38min48), medalha de prata, e Jenna Rollman (1h38min49), que ficou com o bronze.

Também teve ouro da paulista Bianca Canovas Garcia na prova individual contrarrelógio dada classe B2 (limitação visual), ao lado da piloto com o que conta com o auxílio de um guia piloto Nicolle Borges. Elas cruzaram em primeiro lugar a linha de chegada em 2h06min36. A prata ficou com a argentina Maria Agustina Cruceño (2h10min49), e o bronze com outra argentina: Maria José Quiroga (2h13min06).

“Foi muito emocionante fazer essa prova, mais essa conquista, graças a Deus deu tudo certo, conseguimos o primeiro lugar. Treinamos muito para isso, a prova estava bem complicada, mas deu tudo certo no final”, afirmou Bianca Garcia.

Fechando o rol de medalhas do ciclismo, o paulista Lauro Chaman foi prata na prova de estradda ciclismo da classe C4-5 (deficiência físico-motora e amputados) como tempo empo de 1h48min58. Em primeiro lugar, com o ouro, foi do colombiano Carlos Vargas (1h48min58), e o bronze ficou com o dominicano José Rodríguez (1h52min05).

Foto: Miriam Jeske/CPB

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Brasil faz melhor campanha da história no Parapan ao somar 343 pódios Read More »

OMS alerta para aumento de infecções respiratórias e surtos de pneumonia em crianças na China

OMS alerta para aumento de infecções respiratórias e surtos de pneumonia em crianças na China

Organização pede informações detalhadas sobre os casos e recomenda medidas de prevenção

A Organização Mundial da Saúde (OMS) manifestou preocupação nesta quinta-feira (23.nov.2023) com o aumento de surtos de pneumonia infantil na China. A instituição pediu ao país informações detalhadas sobre os casos.

Em comunicado, a OMS lembra que, no dia 13 de novembro, as autoridades chinesas da Comissão Nacional de Saúde relataram aumento na incidência de doenças respiratórias no país.

As autoridades atribuíram o aumento ao levantamento das restrições relativas à pandemia de covid-19 e à circulação de agentes patogênicos conhecidos, como o da gripe, o Mycoplasma pneumoniae, o vírus sincicial respiratório (RSV) e o SARS-CoV-2, que causa a covid.

No início desta semana, a comunicação social e o sistema de vigilância ProMED relataram surtos de pneumonia não diagnosticada em crianças no Norte da China. A OMS não descarta que esses casos estejam associados ao aumento de infecções respiratórias, anteriormente relatado pelas autoridades chinesas, ou se se trata de eventos separados.

A OMS pediu informações epidemiológicas e clínicas adicionais, bem como resultados laboratoriais desses casos notificados entre crianças, por meio do regulamento sanitário internacional.

A instituição também solicitou mais informações sobre as tendências recentes na circulação de agentes patogênicos conhecidos, incluindo gripe, SARS-CoV-2, RSV e Mycoplasma pneumoniae, e a carga atual sobre os sistemas de saúde.

Enquanto aguarda informação adicional, a OMS recomenda à população chinesa que cumpra medidas para reduzir o risco de doenças respiratórias, entre elas vacinação, manutenção da distância de pessoas doentes, ficar em casa quando estiver doente, fazer exames e receber cuidados médicos conforme necessário, usar máscaras, garantir boa ventilação e lavar as mãos de forma regular.

Foto: cattan2011/VisualHunt/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

OMS alerta para aumento de infecções respiratórias e surtos de pneumonia em crianças na China Read More »

Javier Milei vence as eleições argentinas

Javier Milei vence as eleições argentinas

Futuro presidente venceu disputa acirrada no segundo turno

O candidato de ultradireita Javier Milei será o futuro presidente da Argentina pelos próximos quatro anos. Com 98,21% das urnas apuradas, ele está matematicamente eleito com 55,75% dos votos, contra 44,24% do candidato governista e atual ministro da Economia, Sergio Massa.

Ao votar no início da tarde, Milei disse que “tudo o que tinha de ser feito já foi feito” e a hora de as pessoas falarem tinha chegado, “apesar da campanha do medo”. O candidato da coalizão La Libertad Avanza disse que o momento era de esperança, para impedir o que chamou de “continuidade da decadência”.

Economista, Milei se caracteriza por ser um candidato antissistema num país abalado por uma grave crise econômica, onde a inflação chegou a 142,7% nos 12 meses terminados em outubro. Ele promete dolarizar a economia e extinguir o Banco Central argentino para acabar com a inflação, mas amenizou outras promessas no segundo turno, prometendo não privatizar a saúde e as escolas públicas.

Alçado à fama como comentarista econômico em programas de televisão, Milei se diz amante de cães e, segundo a mídia argentina, tem vários clones de um cachorro que viveu de 2004 a 2017. Embora tenha se aliado a políticos da direita tradicional no segundo turno, como o ex-presidente Mauricio Macri e a candidata derrotada Patricia Bullrich, o candidato vencedor atraiu o voto sobretudo dos mais jovens ao se posicionar contra aos políticos tradicionais, que chama de “a casta”.

Durante a campanha, Milei foi comparado a políticos como o ex-presidente norte-americano Donald Trump e o ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro. O futuro presidente argentino define-se como libertário e anarcocapitalista e declarou-se defensor de ideias como a comercialização de órgãos e a livre venda de armas. Durante o segundo turno, criticou o papa Francisco, a quem chamou de comunista.

Lula

Pelas redes sociais, antes mesmo da confirmação da vitória de Milei, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva parabenizou as instituições argentinas pela condução do processo eleitoral, bem como ao povo argentino pela participação “de forma ordeira e pacífica”.

Ainda sem saber quem seria o vencedor, Lula desejou sorte ao próximo governo. “Desejo boa sorte e êxito ao novo governo. A Argentina é um grande país e merece todo o nosso respeito. O Brasil sempre estará à disposição para trabalhar junto com nossos irmãos argentinos”. O presidente brasileiro ainda não se manifestou após a confirmação do resultado no país vizinho.

Lideranças parabenizam Milei

Diversos presidentes latino-americanos parabenizaram o candidato argentino que venceu as eleições presidenciais nesse domingo (19), o ultradireitista Javier Milei (foto). Ele derrotou o atual ministro da Economia, Sérgio Massa, por 55% dos votos contra 44%. O candidato da coalizão Liberdad Avanza é economista e venceu em meio a uma inflação que chegou a 142% em 12 meses.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou a vitória de Milei em uma rede social e desejou êxito ao novo governo.

“A democracia é a voz do povo, e ela deve ser sempre respeitada. Meus parabéns às instituições argentinas pela condução do processo eleitoral e ao povo argentino que participou da jornada eleitoral de forma ordeira e pacífica. Desejo boa sorte e êxito ao novo governo. A Argentina é um grande país e merece todo o nosso respeito. O Brasil sempre estará à disposição para trabalhar junto com nossos irmãos argentinos”, afirmou.

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, parabenizou Milei, mas lamentou a vitória de um candidato identificado com a extrema-direita. “É a decisão da sua sociedade. Triste para América Latina e já veremos… o neoliberalismo já não tem proposta para a sociedade, não pode responder aos problemas atuais da humanidade. As relações da Colômbia e Argentina, os vínculos entre seus povos se manterão em respeito mútuo. Parabenizo Milei”, disse.

Outros presidentes considerados de esquerda ou centro-esquerda, como Luis Arce, da Bolívia, e Gabriel Boric, do Chile, parabenizaram o vencedor sem fazer juízo de valor do resultado eleitoral.

Segundo Arce, a “Bolívia sempre será respeitosa com a vontade democrática dos nossos povos. Desejamos prosperidade ao irmão povo da Argentina e êxitos ao seu presidente eleito, Javier Milei”.

Já o presidente chileno saudou Milei pela vitória e disse que trabalhará “incansavelmente para manter as nossas nações irmãs, unidas e colaborando para o bem-estar de todos e todas”.

Os presidentes de direita ou centro-direita do Uruguai, Luis Lacalle Pou, e o vitorioso nas eleições equatorianas, Daniel Noboa, também felicitaram Milei pela vitória. Noboa convidou Milei a “trabalhar pelo fortalecimento das relações bilaterais e por um futuro próspero que busque a cooperação entre nossas nações”. Já Lacalle enfatizou que “teremos muito para trabalhar em conjunto e para melhorar nossas relações bilaterais”.

Brasil

No Brasil, as lideranças dos dois partidos com mais representantes na Câmara dos Deputados se manifestaram com posições divergentes. Enquanto o presidente do Partido Liberal (PL) comemorou, a presidenta do PT disse esperar que povo argentino saiba atravessar este “duríssimo teste” para democracia e que “a luta continua”.

Segundo Gleisi Hoffmann, “confiamos que o povo argentino e suas instituições saibam atravessar este novo e duríssimo teste para a sua democracia, representado pela eleição de Milei. Seguiremos solidários no desafio de construir a integração entre nossos países e o fortalecimento do Mercosul. Esperamos que tais esforços não sejam interrompidos pelo novo governo”.

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, por sua vez, disse que esse foi um “grande dia” para Argentina. “Vitória para o Milei e vitória para o povo daquela nação. Parabéns a todos que tiveram o bom senso de se manifestar em prol da segurança democrática e econômica. Esperamos que o Brasil caminhe na mesma linha nas próximas eleições”, afirmou.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Javier Milei vence as eleições argentinas Read More »

Startup natalense desembarca em Portugal para evento internacional de inovação e tecnologia

Startup natalense desembarca em Portugal para evento internacional de inovação e tecnologia

A Faceponto vai participar, pela segunda vez consecutiva, como representante do RN no Web Summit

Como parte do processo de expansão da startup potiguar Faceponto, com foco no mercado internacional, representantes da empresa estão em Lisboa, para participar da edição 2023 da principal conferência tecnológica do mundo, a Web Summit. Realizado entre 13 e 16 de novembro, o evento reúne mais de 70 mil participantes de todo o mundo, dentre eles mais de 700 investidores.

A Faceponto já esteve no Web Summit em 2022, quando foi a única representante potiguar entre as startups selecionadas. Desta vez, a empresa vai como startup beta, nomenclatura que representa as startups em franco crescimento. De acordo com um dos fundadores e CEO da Faceponto, Cássio Leandro, a oportunidade será válida para buscar investimentos, mas também para dar continuidade ao processo de internacionalização da marca.

“Vir ao evento, mais uma vez, em parceria com a Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e o Ministério das Relações Exteriores, já nos coloca em um lugar de destaque que pretendemos aproveitar ao máximo”, afirma Cássio. Já para Aquiles Burlamaqui, cofundador da Faceponto, “o momento é de aproveitar a oportunidade de smart Money – investimento financeiro – e ampliação do networking”.

Sobre a Faceponto

A Faceponto atende mais de 700 empresas no Rio Grande do Norte e em outros 10 estados brasileiros, oferecendo solução para gestão da jornada de trabalho conforme os requisitos preconizados na legislação. O aplicativo, que emprega diversos tipos de inteligência artificial para otimizar a gestão de RH, permite registrar o ponto do trabalhador, gerenciar férias e faltas, calcular horas extras e apresenta gráficos e relatórios que simplificam análises e tomadas de decisões.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Startup natalense desembarca em Portugal para evento internacional de inovação e tecnologia Read More »

Brasileiros repatriados de Gaza já estão a caminho do Brasil

Brasileiros repatriados de Gaza já estão a caminho do Brasil

Chegada está prevista para as 23h30 na Base Aérea de Brasília

O avião VC-2 (Embraer 190), cedido pela Presidência da República para atuar na Operação Voltando em Paz, decolou na manhã desta segunda-feira (13), do Cairo, no Egito, com 32 repatriados, e está a caminho do Brasil.

Antes, a aeronave fará uma parada técnica em Las Palmas, na Espanha, e, em seguida, já no território brasileiro, fará outra na Base Aérea do Recife, de onde decola para a Base Aérea de Brasília, com previsão de chegada às 23h30.

O governo federal já tem uma operação de acolhimento pronta para receber os brasileiros e seus familiares palestinos que deixaram a Faixa de Gaza. Os repatriados receberão apoio psicológico, cuidados médicos e imunização e terão um período de repouso em Brasília, em alojamento da Força Aérea Brasileira (FAB), antes de seguir para outras cidades brasileiras.

De acordo com o Ministério da Saúde, a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) está sendo mobilizada para oferecer aos repatriados os cuidados de saúde necessários logo que chegarem a Brasília.

“A oferta, no momento da recepção, envolve cuidados psicológicos e clínicos, incluindo urgências e emergências que possam surgir. A equipe será formada por cinco profissionais da saúde: um médico, um enfermeiro e três psicólogos. Além disso, será disponibilizada uma ambulância do Samu/DF, tipo UTI móvel, com médico e enfermeiro, se houver necessidade de atendimento especializado em unidade da rede de saúde”, explicou a pasta, em resposta à Agência Brasil.

O grupo a caminho do país tem 22 brasileiros de nascimento, sete palestinos naturalizados brasileiros e três palestinos familiares próximos. Dos 32 repatriados, 17 são crianças, nove mulheres e seis homens.

Foto: Itamaraty/Gov

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Brasileiros repatriados de Gaza já estão a caminho do Brasil Read More »

Startup potiguar da área da saúde participa de evento na Europa

Startup potiguar da área da saúde participa de evento na Europa

Recém-lançada Fusion Clinic está entre as 90 startups brasileiras selecionadas pela APEX Brasil para participar como expositora no Web Summit Lisboa 2023

Depois de lançar oficialmente a plataforma Fusion Clinic no mercado local na última quarta-feira (25), sua gestora, a advogada Malu Fontes, se prepara para apresentá-la no Missão Web Summit Lisboa 2023, evento que reúne negócios, tecnologia, inovação e conecta startups e empresários brasileiros com o ecossistema empreendedor da Europa. O evento acontece de 13 a 16 de novembro na capital portuguesa e deve reunir mais de 70 mil participantes, 1.500 startups, cerca de 850 investidores e representantes de 128 países.

A Fusion Clinic está entre as 90 startups brasileiras selecionadas pela APEX Brasil ( Agência Brasileira de Exportação e Investimento) para participar como expositora no Web Summit, com direito a estande exclusivo na feira. O evento conta ainda com diversas visitas técnicas focadas em networking e oportunidades de negócios em uma das mais vibrantes startups-cities da Europa.

“Viver a Web Summit é uma experiência incrível. Desde o processo seletivo da APEX Brasil, concorrendo com soluções de todo o Brasil, muitas bem mais experientes nesse mercado, tudo em inglês, foi desafiador. Mas conseguimos! Contamos com várias mentorias, capacitações, participamos de muito networking, onde já começamos a viver tudo que só o maior evento de inovação da Europa pode proporcionar”, aponta Malu Fontes.

Ela adianta que o principal objetivo da participação da startup no Web Summit, além de posicionar a empresa para o mercado internacional, é confirmar que está no caminho certo: da inovação, do compartilhamento, da simplicidade e da sustentabilidade. “Agora é a hora da economia colaborativa e circular. E a ideia da Fusion Clinic é exatamente essa, compartilhar para ganhar. É uma verdadeira mudança de mentalidade ao modelo tradicional, não estamos imaginando o futuro, estamos construindo-o hoje”, pondera.

Sobre a Fusion Clinic

A Fusion Clinic é uma plataforma que promete revolucionar o mercado das healthtechs. Conecta especialistas das mais diversas áreas da saúde com clínicas que dispõem de espaços ociosos, com uma proposta parecida com as do Booking e Airbnb, só que do setor de saúde. A ideia é intermediar o contato, gerindo a ocupação desses locais por profissionais que necessitam de estruturas para realizar seus atendimentos, resolvendo necessidades de ambos os lados.

“Não faz sentido ter uma clínica maravilhosa sem ninguém para trabalhar nela ou ter profissionais super qualificados de saúde, mas sem pacientes. A conta não fecha pra ninguém”, observa Malu Fontes

A startup Fusion Clinic oferece soluções à dor real do mercado da saúde, como a possibilidade de aumentar a rentabilidade das clínicas, otimizar a logística e reduzir o custo de quem necessita de poucos dias e horas de atendimento.

O serviço funciona da seguinte forma: os espaços são disponibilizados na plataforma de um lado. Do outro, os profissionais que buscam consultórios se cadastram e fazem a busca pelo perfil que desejam. O cadastramento de ambos é gratuito, dando o match, (quando o especialista encontra seu consultório ideal), a reserva pode ser feita direto na plataforma. O profissional só paga apenas as horas que precisa utilizar no espaço.

Além da garantia da presença como expositora no Web Summit, a Fusion Clinic foi selecionada no edital de aceleração Centelha do Ministério da Ciência e Tecnologia, ficando entre as 15 primeiras colocadas e está recebendo aproximadamente R$ 80 mil de recursos do CNPq e Finep. Também está entre as 10 primeiras colocadas para o Capital Empreendedor do Sebrae Nacional, cujo resultado da etapa nacional está sendo aguardado para breve.

Para saber mais: https://www.fusionclinic.com.br/

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Startup potiguar da área da saúde participa de evento na Europa Read More »

Matthew Perry, o Chandler de Friends, morre aos 54 anos

Matthew Perry, o Chandler de Friends, morre aos 54 anos

Ator foi encontrado sem vida em casa, em Los Angeles, sem indícios de crime

O ator norte-americano Matthew Perry, mais conhecido pelo papel de Chandler Bing na série “Friends”, morreu neste sábado (29.out.2023), aos 54 anos. O corpo do artista foi encontrado em casa, em Los Angeles, sem indícios de crime.

Segundo o Los Angeles Times, Perry foi encontrado morto no jacuzzi. Apesar de não haver sinais de crime, o caso está sendo investigado pelas autoridades.

Matthew Perry estrelou “Friends” de 1994 a 2004, interpretando um dos seis amigos que protagonizavam a série. O ator recebeu uma indicação ao Emmy de melhor ator principal em série de comédia por sua atuação em 2002.

Perry também participou de outros projetos de sucesso, como “The Whole Nine Yards” (2000), “The Odd Couple” (2003) e “Go On” (2012-2013).

O ator lutava contra problemas de saúde e dependência química ao longo de sua carreira. Em 2001, ele foi internado em uma clínica de reabilitação para tratar de alcoolismo e dependência de analgésicos.

Perry deixa dois filhos, fruto de seu relacionamento com a atriz Lizzy Caplan.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Matthew Perry, o Chandler de Friends, morre aos 54 anos Read More »

Fortaleza perde para a LDU e fica com o vice da Copa Sul-Americana

Fortaleza perde para a LDU e fica com o vice da Copa Sul-Americana

Leão do Pici cai nos pênaltis e voltam as atenções para o Brasileirão

O torcedor do Fortaleza teve adiado o sonho de comemorar um inédito título continental. Neste sábado (28), o Leão do Pici foi derrotado pela LDU, do Equador, nos pênaltis, por 4 a 3, após empate por 1 a 1 no tempo normal, na final da Copa Sul-Americana, disputada no Estádio Domingo Burgueño Miguel, em Maldonado, no Uruguai. A Rádio Nacional transmitiu o duelo ao vivo.

O Tricolor de Aço podia se tornar a quinta equipe brasileira a vencer a Sul-Americana, feito alcançado por Athletico-PR (duas vezes), São Paulo, Internacional e Chapecoense. O clube cearense igualou a melhor campanha nordestina em um torneio continental. Em 1999, o CSA foi vice-campeão da extinta Copa Conmebol. Os alagoanos perderam a decisão para o Talleres, da Argentina.

Apesar do vice, a campanha é outra marca da volta por cima espetacular que o Fortaleza dá em sua história. Em 2017, o Leão do Pici celebrou o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, após oito temporadas na Série C. No ano seguinte, veio o título da segunda divisão. O time tem feito campanhas sólidas no Brasileirão, com destaque ao quarto lugar de 2021, que classificou a equipe à Libertadores pela primeira vez.

A campanha de 2023 iniciou com eliminação precoce justamente na Libertadores, ainda na fase preliminar, para o Cerro Porteño, do Paraguai. Restou a Sul-Americana ao Tricolor de Aço. A equipe cearense avançou em primeiro lugar no Grupo H, ficando à frente de San Lorenzo, da Argentina; Palestino, do Chile; e Estudiantes de Mérida, da Venezuela. Já no mata-mata, superou Libertad, do Paraguai; América-MG e Corinthians, até cair para a LDU. Os equatorianos, aliás, voltam a frustrar um time brasileiro nesta competição. Em 2009, eles conquistaram a taça em cima do Fluminense.

Sem o título, que daria vaga automática à próxima Libertadores, o Fortaleza volta às atenções ao Brasileirão. O Leão do Pici ocupa a nona posição com 42 pontos, cinco a menos que o Grêmio, sexto colocado e último time na zona de classificação à maior competição do continente. Os cearenses têm um jogo a menos. Neste momento, o Tricolor estaria com lugar na Sul-Americana de 2024.

O primeiro tempo foi de pouquíssimas emoções. Cada time finalizou somente duas vezes, nenhuma em direção à meta. Na oportunidade mais clara, aos 17 minutos, Marinho desperdiçou. O atacante fez boa jogada pela direita, mas demorou a chutar depois que entrou na área e acabou desarmado pela zaga.

A etapa final começou bem diferente, já que, aos dois minutos, o Fortaleza conseguiu abrir o placar. O meia Tomás Pochettino cruzou pela direita e o atacante Juan Martín Lucero mandou para as redes. Foi o 22º gol do argentino nesta temporada. Ele é o artilheiro tricolor em 2023. Oito minutos depois, porém, o meia Lisandro Alzugaray fez boa jogada e arrematou da meia-lua, igualando para a LDU.

O duelo transcorreu nervoso, com o Leão do Pici mais presente no ataque. O meia Yago Pikachu e o lateral Bruno Pacheco tiveram boas oportunidades, mas pararam no goleiro Alexander Dominguez. Quase nos acréscimos, foi a vez de João Ricardo salvar o Fortaleza, ao evitar uma finalização perigosa do volante Maurício Martínez, que buscava o ângulo do arqueiro.

Na prorrogação, as equipes intercalaram bons e maus momentos, mas sem criar lances de perigo. Com o placar inalterado, a decisão foi para os pênaltis. O Fortaleza começou melhor, com João Ricardo defendendo o chute de Paolo Guerrero, ex-atacante de Flamengo e Corinthians. A LDU voltou para a disputa com Domínguez salvando a batida do atacante Sílvio Romero (que entrou no lugar de Lucero).

O goleiro tricolor voltou a se destacar ao evitar o gol do atacante Alexander Alvarado, mas o Leão não aproveitou e o volante Pedro Augusto desperdiçou a cobrança seguinte, mantendo a disputa empatada. O meia Lucas Piovi anotou o quarto dos equatorianos. O zagueiro Emanuel Brítez tinha de balançar as redes para manter o Fortaleza vivo, mas o arremate foi defendido por Domínguez, para festa da torcida da LDU.

Foto: Mateus Lotif/FEC

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Fortaleza perde para a LDU e fica com o vice da Copa Sul-Americana Read More »

Dólar sobe para R$ 5,01 após fala de Lula sobre meta fiscal

Dólar sobe para R$ 5,01 após fala de Lula sobre meta fiscal

Bolsa cai 1,29% e volta aos 113 mil pontos

O mercado financeiro teve um dia de reversão de expectativas nesta sexta-feira (27). Após abrir com otimismo, o dólar e a bolsa inverteram o movimento após uma declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que o governo dificilmente cumprirá a meta de zerar o déficit primário em 2024.

O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,013, com alta de R$ 0,023. A cotação iniciou o dia em forte queda, chegando a R$ 4,93 por volta das 10h30. Logo após a fala do presidente, passou a subir, até encerrar próxima das máximas do dia.

Com o desempenho de hoje, a moeda norte-americana acumula queda de apenas 0,28% em outubro. Em 2023, a divisa cai 5,06%.

No mercado de ações, o índice Ibovespa teve comportamento semelhante. Após iniciar o dia estável, o indicador fechou aos 113.301 pontos, com recuo de 1,29%. A bolsa também foi influenciada pelas bolsas norte-americanas, que também fecharam em baixa por causa da divulgação de balanços de algumas empresas que ficaram abaixo das previsões.

O índice Dow Jones, das empresas industriais, caiu 1,12%. O S&P 500, das 500 maiores empresas, recuou 0,48%. O Nasdaq, das empresas de tecnologia, foi a exceção e subiu 0,38%.

No cenário externo, a divulgação de que a inflação nos Estados Unidos acumulada em 12 meses caiu para o menor nível em dois anos trouxe otimismo ao mercado global no início do dia. A inflação menor diminui as pressões para que o Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) aumente os juros básicos antes do fim do ano.

  • com informações da Reuters

Foto: Pixabay

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Dólar sobe para R$ 5,01 após fala de Lula sobre meta fiscal Read More »

Atirador deixa 22 mortos e 60 feridos em ataque nos EUA

Atirador deixa 22 mortos e 60 feridos em ataque nos EUA

Suspeito segue foragido; ataque ocorreu em Lewiston, Maine

Um ataque a tiros deixou pelo menos 22 pessoas mortas e cerca de 60 feridas em Lewiston, no Estado de Maine, nos Estados Unidos, na noite de quarta-feira (25.out.2023).

O suspeito, identificado como Robert Card, 40 anos, é um instrutor de armas de fogo que se acredita estar na Reserva do Exército. Ele está foragido e a polícia pede que a população colabore com as investigações.

O ataque aconteceu em duas localidades da cidade: a Sparetime Recreation, uma pista de boliche, e o Schemengees Bar & Grille, um bar e restaurante.

Na pista de boliche, Card atirou fatalmente em pelo menos sete pessoas. No bar, ele cometeu os outros assassinatos.

O presidente Joe Biden conversou com a governadora do Maine, Janet Mills, e ofereceu apoio federal à cidade.

O prefeito de Lewiston, Carl Sheline, afirmou estar “com o coração partido por nossa cidade e nosso povo”.

O Maine Medical Center, em Portland, confirmou que recebeu um paciente transferido de um hospital de Lewiston após os ataques.

Foto: Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Atirador deixa 22 mortos e 60 feridos em ataque nos EUA Read More »

Ministro de Lula comemora liderança de Massa e torce por derrota de Milei

Ministro de Lula comemora liderança de Massa e torce por derrota de Milei

Massa e Milei disputam segundo turno na Argentina; Peronista e libertário lideram com 36,48% e 30,04%

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, comemorou nesta segunda-feira (23) a liderança do peronista Sergio Massa no primeiro turno das eleições presidenciais da Argentina. Com 98,5% dos votos apurados, Massa tem 36,48%, seguido pelo libertário Javier Milei, com 30,04%.

Em publicação no X, antigo Twitter, Padilha afirmou que torce para que Massa vença o segundo turno e derrote Milei, que ele classificou como um “desprezador da vida e da democracia”.

“Parabéns, Sergio Massa, pela liderança no primeiro turno! Na torcida para que aqueles que desprezam a vida e a democracia sejam derrotados, Presidente Alberto Fernández”, escreveu Padilha.

A abstenção nas eleições argentinas foi recorde, com apenas 74% dos eleitores comparecendo às urnas. O segundo turno está marcado para 19 de novembro.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Ministro de Lula comemora liderança de Massa e torce por derrota de Milei Read More »

Argentina terá segundo turno entre Massa e Milei

Argentina terá segundo turno entre Massa e Milei

Governista e libertário empatados em primeiro lugar

Com mais de 75% dos votos apurados, as eleições presidenciais da Argentina terão segundo turno. O candidato governista, Sergio Massa, tem 35,9% dos votos, seguido pelo libertário Javier Milei, com 30,51%. A terceira colocada, Patricia Bullrich, tem 23,61%.

Pelas regras eleitorais argentinas, para se eleger no primeiro turno o candidato mais bem votado precisa ter 45% dos votos ou mais, ou ter mais de 40% dos votos e, ao mesmo tempo, 10 pontos porcentuais de vantagem sobre o segundo melhor candidato.

O resultado parcial surpreendeu muitos analistas, que esperavam uma vitória de Milei no primeiro turno. O libertário, que é um fenômeno nas redes sociais, chegou a liderar as pesquisas de intenção de voto nos últimos meses.

No entanto, Massa, que é o atual ministro da Economia, conseguiu crescer no final da campanha e conquistar o apoio de parte do eleitorado descontente com o governo.

Conforme os primeiros resultados foram sendo divulgados, o clima de festa do QG de Milei diminuiu. Muitos eleitores passaram a acompanhar a apuração ao vivo nas redes sociais e ficaram preocupados com a possibilidade de um segundo turno.

O segundo turno da eleição presidencial argentina será realizado em 19 de novembro.

Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Com informações do Estadão

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Argentina terá segundo turno entre Massa e Milei Read More »

Haddad admite preocupação com vitória de Milei na Argentina

Haddad admite preocupação com vitória de Milei na Argentina

Governo brasileiro teme ruptura nas relações bilaterais

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, admitiu nesta quinta-feira (19) que uma possível vitória do candidato de extrema-direita Javier Milei nas eleições presidenciais argentinas preocupa o governo brasileiro.

“É natural que eu esteja preocupado”, disse Haddad em entrevista à Reuters. “Uma pessoa que tem como bandeira romper com o Brasil, uma relação construída ao longo de séculos, preocupa. É natural isso. Preocuparia qualquer um.”

Milei, que é chamado de “Bolsonaro argentino”, já disse em diversas ocasiões que pretende limitar o comércio com o Brasil, chamar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de “comunista raivoso” e afirmar que, em relação ao Mercosul, a Argentina “seguiria seu próprio caminho” caso ele seja eleito.

Haddad lembrou que o Brasil mantém relações amigáveis com chefes de Estado de todo espectro político e que a Argentina é um vizinho e um dos principais parceiros comerciais do país.

“É um vizinho do Brasil, principal parceiro na América do Sul. Então preocupa quando um candidato diz que vai romper com o Brasil. Você fez o quê para merecer esse tipo de tratamento?”, questionou.

Lula tem uma relação pessoal de amizade com o atual presidente argentino, Alberto Fernández, que chegou a visitá-lo na prisão logo depois de ser eleito. O candidato de Fernández é seu ministro da Economia, Sergio Massa, que disputa a preferência dos eleitores com Milei, de acordo com as pesquisas mais recentes.

Em crise econômica severa, a Argentina buscou a ajuda do Brasil para resolver questões como o financiamento de importações, mas as negociações não foram adiante e, agora, às vésperas da eleição, os argentinos terão que esperar o resultado do pleito para ver se é possível alguma solução.

Haddad admitiu que o governo brasileiro trabalhou em quatro propostas que previam garantias para o Brasil aceitar financiar as importações pela Argentina, mas nenhuma conseguiu ir adiante pela impossibilidade ou inabilidade do governo vizinho em cumprir exigências.

“Agora não tem o que fazer. No domingo, nós temos o primeiro turno na Argentina. Ou seja, só depois… E porque também não dá nem tempo. Mesmo que você chegue a um desenho vai ter que esperar o resultado da eleição. Então, é natural que seja assim”, afirmou.

Haddad disse que as propostas brasileiras estão de pé, mas que, a depender de quem irá se eleger, o relacionamento pode ser impossível.

Foto: Washington Costa/MF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Haddad admite preocupação com vitória de Milei na Argentina Read More »

Sexto avião com brasileiros repatriados chega ao Rio de Janeiro

Sexto avião com brasileiros repatriados chega ao Rio de Janeiro

Atendidos pela Operação Voltando em Paz chegam a 1.135

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) KC-30 procedente de Tel Aviv, em Israel, pousou na madrugada desta quinta-feira (19) no Rio de Janeiro com 219 brasileiros repatriados da zona de guerra no Oriente Médio. Eles trouxeram 11 animais de estimação no voo. Com isso, chegou a 1.135 o número de brasileiros atendidos pela Operação Voltando em Paz, do governo federal.

De acordo com a lista mais atualizada do Itamaraty, restam 150 brasileiros ainda interessados em deixar a região, sendo cerca de 120 em Israel e cerca de 30 na Faixa de Gaza.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores (MRE), o próximo voo que deve trazer os brasileiros será feito por um KC-30, da FAB, com capacidade para mais de 200 pessoas. Isso vai permitir o transporte de todos os brasileiros em Israel mais 15 estrangeiros da Argentina, do Uruguai, Paraguai e da Bolívia que pediram ajuda ao Brasil para sair da região.

O problema é o grupo de brasileiros na Faixa de Gaza, pois não há previsão para saída de pessoas do enclave palestino. Um avião presidencial já está no Cairo, capital do Egito, aguardando autorização para tirar os brasileiros pela fronteira com o Egito.

“Depende um pouco de uma série de questões. Tanto do lado de Israel, também das autoridades de Gaza, quanto do lado do Egito, para se chegar a um acordo”, destacou o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, nessa quarta-feira (18) em Brasília.

Vieira acrescentou que os guichês de atendimento para sair da Faixa de Gaza são poucos e que existem cerca de 5 mil estrangeiros querendo sair de lá. “Por todas essas questões práticas ainda não foram abertas as passagens e não pôde haver a saída dos brasileiros e dos outros nacionais”, acrescentou.

Foto: João Risi / Audiovisual / PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Sexto avião com brasileiros repatriados chega ao Rio de Janeiro Read More »

EUA rejeitam proposta do Brasil sobre conflito no Conselho de Segurança da ONU

EUA rejeitam proposta do Brasil sobre conflito no Conselho de Segurança da ONU

Voto contrário dos Estados Unidos inviabilizou resolução

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) rejeitou nesta quarta-feira (18) a proposta apresentada pelo governo brasileiro sobre o conflito envolvendo Israel e o grupo extremista palestino Hamas, que controla a Faixa de Gaza. O texto pedia pausas humanitárias aos ataques entre Israel e o Hamas para permitir o acesso de ajuda à Faixa de Gaza.

O resultado da votação foi 12 votos a favor, duas abstenções, sendo uma da Rússia, e um voto contrário, por parte dos Estados Unidos. Por se tratar de um membro permanente, o voto norte-americano resultou na rejeição da proposta brasileira.

A análise da resolução estava inicialmente prevista para o início da semana, mas foi adiada para esta quarta-feira na sede da entidade, em Nova York.

Após a votação, a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Linda Thomas-Greenfield, lembrou que o presidente norte-americano, Joe Biden, está, neste momento, na região do conflito, o que, segundo ela, demonstra o envolvimento do país no tema. “Apesar de reconhecermos o desejo do governo brasileiro de aprovar a proposta, acreditamos que precisamos deixar essa diplomacia acontecer.”

“Sim, resoluções são importantes. E sim, esse conselho deve se manifestar. Mas as ações que tomamos devem levar em conta o que acontece no local e apoiar esforços diretos de diplomacia que podem salvar vidas”, disse. “Os Estados Unidos estão desapontados pelo fato dessa resolução não mencionar o direito de Israel de autodefesa. Como qualquer outro país do mundo, Israel tem o direito de se autodefender”.

Na segunda-feira (16), membros do conselho rejeitaram uma proposta de resolução da Rússia sobre o conflito. O país apresentou um projeto de cessar-fogo imediato, incluindo a abertura de corredores humanitários e a liberação de reféns com segurança, mas não condenava diretamente o Hamas pelos atos de violência cometidos contra Israel. A proposta teve cinco votos favoráveis, quatro contrários e seis abstenções.

Fim das hostilidades

Em Brasília, o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, explicou que o Brasil, na condição de presidente do Conselho de Segurança, foi demandado pela maioria dos membros do conselho a redigir uma proposta que acomodasse as opiniões de todos os membros.

“Depois de intensas e múltiplas consultas, apresentamos um texto que foi aceito por 12 dos 15 membros. Esse texto focava, basicamente, na cessação das hostilidades, no aspecto humanitário, criando uma passagem humanitária para que pudessem sair os nacionais de terceiro países, como nossos 32 brasileiros, e que também estabelecia a possibilidade de envio de ajuda humanitária. Infelizmente, não foi possível aprovar. Ficou clara uma divisão de opiniões”, relatou.

“Fizemos todo o esforço possível para que cessassem as hostilidade, que parassem os sacrifícios humanos e que pudéssemos dar algum tipo de assistência às populações locais e aos brasileiros. A nossa preocupação foi sempre humanitária nesse momento e, enfim, cada país terá tido sua inspiração própria”.

Entenda

O Conselho de Segurança da ONU tem cinco membros permanentes, a China, França, Rússia, Reino Unido e os Estados Unidos. Fazem parte do conselho rotativo a Albânia, Brasil, Equador, Gabão, Gana, Japão, Malta, Moçambique, Suíça e Emirados Árabes. Para que uma resolução seja aprovada, é preciso o apoio de nove do total de 15 membros, sendo que nenhum dos membros permanentes pode vetar o texto.

Foto: Haim Zach/GPO/Fotos Públicas

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

EUA rejeitam proposta do Brasil sobre conflito no Conselho de Segurança da ONU Read More »

Avião que trará brasileiros de Gaza decola para o Egito

Avião que trará brasileiros de Gaza decola para o Egito

Aeronave leva purificadores de água e medicamentos

O avião que fará a repatriação de cerca de 30 brasileiros que estão em Gaza decolou nesta quarta-feira (18) com destino ao Egito. O VC-2 (Embraer 190), da Força Aérea Brasileira (FAB), estava parada em Roma, na Itália, desde a última sexta-feira (13), aguardando autorização para pousar em território egípcio.

A aeronave também leva 40 purificadores de água portáteis, além de dois kits de medicamentos e insumos enviados pelo governo brasileiro, para atender à situação de emergência na Faixa de Gaza, que vem sendo bombardeada por Israel desde 7 de outubro.

Segundo a FAB, cada kit tem 48 itens, incluindo antibióticos, anti-inflamatórios, ataduras, entre outros. Já os purificadores têm capacidade para produzir água pura e atender até 13,5 mil pessoas por dia.

O VC-2 inicialmente pousará no Aeroporto Internacional de El-Arish, localizado a cerca de 60 quilômetros do posto de fronteira de Rafah, que separa Gaza do Egito.

Depois de descarregar o material, o avião da FAB será deslocado para o Cairo, capital egípcia, onde aguardará instruções sobre a retirada dos brasileiros que estão em Gaza.

Nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores nessa terça-feira (17), informava que o grupo de cerca de 30 brasileiros e seus familiares diretos estavam abrigados nas localidades de Khan Younis e Rafah, no sul de Gaza, aguardando a abertura do posto de fronteira de Rafah.

Foto: João Risi / Audiovisual / PR

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Avião que trará brasileiros de Gaza decola para o Egito Read More »

Brasileiros poderão deixar Gaza nesta segunda-feira

Brasileiros poderão deixar Gaza nesta segunda-feira

Grupo retornará ao Brasil em avião da Presidência da República

O embaixador do Brasil na Cisjordânia, Alessandro Candeas, disse neste domingo (15) esperar que os brasileiros que aguardam repatriação na Faixa de Gaza possam atravessar a fronteira para o Egito, em passagem próxima à cidade de Rafah, na segunda-feira (16). Segundo ele, a embaixada recebeu a informação de brasileiros que estão em Gaza de que “circulam rumores” de que a fronteira será aberta na segunda, e também confirmou essa informação por outro canal.

Um grupo de 28 pessoas, 22 brasileiros e seis palestinos com residência no Brasil, segue abrigado nas cidades de Rafah e Khan Yunis, no sul de Gaza, aguardando autorização para cruzar a fronteira.

O embaixador afirmou que a saída dos brasileiros depende da abertura da passagem para o Egito e também da autorização das autoridades de imigração, que precisam carimbar os passaportes dos brasileiros. “No nível político tudo já está feito. É necessário apenas que, uma vez que seja aberta a fronteira, o funcionário que está ali, que vai receber os brasileiros, ele tenha a lista e autorize o ingresso. Esperamos que isso aconteça amanhã, essa é a nossa expectativa”, disse Candeas.

Segundo o governo brasileiro, assim que o grupo puder cruzar para o Egito, eles serão trazidos ao Brasil no avião VC-2 da Presidência da República, que tem capacidade para transportar até 40 passageiros. Outros cinco voos de repatriação já foram feitos para trazer brasileiros e familiares de Israel.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, vêm negociando a abertura da fronteira desde a semana passada para poder resgatar o grupo. Entre sexta e sábado, o presidente abordou a questão em telefonemas com o presidente de Israel, Isaac Herzog, o presidente do Egito, Abdul Fatah al-Sisi, e o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas.

Reabertura da fronteira

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, afirmou neste domingo que a passagem fronteiriça controlada pelo Egito na Faixa de Gaza será reaberta e que os Estados Unidos estão trabalhando com egípcios, israelenses e a Organização das Nações Unidas (ONU) para que auxílio humanitário possa chegar à região.

Centenas de toneladas de ajuda foram enviadas de vários países e estão esperando há dias na península do Sinai, no Egito. Falta um acordo para sua entrega em segurança em Gaza, além da evacuação de estrangeiros por meio da fronteira em Rafah.

O Egito afirmou que intensificou seus esforços diplomáticos para resolver o impasse. “Colocamos para funcionar, o Egito botou para funcionar muitos materiais de apoio ao povo em Gaza, e Rafah será reaberta”, afirmou Blinken a repórteres no Cairo, depois do que disse ter sido uma “conversa muito boa” com o presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi.

“Estamos estabelecendo com a ONU, o Egito, Israel e outros o mecanismo pelo qual vamos receber a ajuda e como ela chegará às pessoas que precisam”, finalizou.

Foto: GOV BR/FAB

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Brasileiros poderão deixar Gaza nesta segunda-feira Read More »

Daniel Noboa é eleito presidente do Equador

Daniel Noboa é eleito presidente do Equador

Empresário obteve 52,30% dos votos com 92,98% das urnas apuradas

O empresário Daniel Noboa, de 35 anos, venceu o segundo turno das eleições presidenciais deste domingo (15). Ele completará o mandato de Guillermo Lasso e se tornará, portanto, o chefe de Estado mais jovem da história do país.

Noboa conseguiu 52,30% dos votos, apuradas 92,98% das urnas apuradas, garantindo, assim, o posto no comando do país. Noboa, filho de um dos homens mais ricos do país, Álvaro Noboa, tem uma experiência curta na política. Foram apenas dois anos como deputado na Assembleia Nacional.

Com o resultado, ele conquista um sonho almejado e nunca alcançado pelo pai. Álvaro Noboa disputou cinco eleições presidenciais e perdeu todas. Seu filho governará o país até 2025.

Pelas redes sociais, Daniel Noboa afirmou que o país “fez história” neste domingo. “Hoje fizemos história, as famílias equatorianas elegeram um Novo Equador, elegeram um país com segurança e emprego. Lutemos por um país de realidades, onde as promessas não acabam na campanha e a corrupção seja castigada. Obrigado, Equador”.

Noboa assumirá em dezembro, o dia ainda não está definido, e enfrentará um cenário muito complexo: os inéditos índices de insegurança se somam a um difícil quadro socio-econômico, com altos níveis de pobreza e desemprego.

As eleições deste ano foram marcadas por episódios de violência durante a campanha. Nos últimos meses, políticos e candidatos a cargos governamentais foram mortos no país. Dentre eles, o candidato presidencial Fernando Villavicencio, antes do primeiro turno, em agosto.

*com informações da agência Telám

Foto: Reprodução/Facebook/Daniel Noboa Azin

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Daniel Noboa é eleito presidente do Equador Read More »

Estudantes da Ufersa aguardam voo da FAB para retornar ao Brasil

Estudantes da Ufersa aguardam voo da FAB para retornar ao Brasil

Alunos estão no aeroporto de Tel-Aviv, capital israelense

Os dois estudantes da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) que estão em Israel aguardam, nesta sexta-feira (13.out.2023) o voo da Força Aérea Brasileira (FAB) para retornar ao Rio Grande do Norte.

De acordo com a reitora da universidade, Ludmilla Oliveira, os estudantes Francisco das Chagas Barbalho Neto e Roosevelt Araújo Sales Júnior estão no aeroporto de Tel-Aviv, capital israelense.

Os alunos estavam no extremo Sul do país, e foram deslocados ao aeroporto na capital. O trajeto, realizado pelos estudantes por terra, foi realizado com tranquilidade.

Ainda não há previsão para o horário de chegada dos estudantes ao Brasil. A universidade segue em contato com a FAB para atualizar as informações.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Estudantes da Ufersa aguardam voo da FAB para retornar ao Brasil Read More »

Itamaraty confirma morte de brasileira em atentados em Israel

Itamaraty confirma morte de brasileira em atentados em Israel

Karla Stelzer Mendes, 42 anos, é a terceira vítima nascida no Brasil

O Ministério das Relações Exteriores – Itamaraty – confirmou, nesta sexta-feira (13), a morte da brasileira Karla Stelzer Mendes, de 42 anos, durante atentados realizados pelo Hamas no sul de Israel, a partir do dia 7 de outubro.

Afirmou que essa é a terceira morte de brasileiros confirmada nos atentados ocorridos em Israel.

“Ao solidarizar-se com a família, amigas e amigos de Karla, o governo brasileiro reitera seu total repúdio a todos os atos de violência contra a população civil”, informa nota do Itamaraty.

O governo brasileiro também já havia confirmado as mortes de Bruna Valeanu, de 24 anos, e de Ranani Nidejelski Glazer.

Foto: Reprodução/Instagram

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Itamaraty confirma morte de brasileira em atentados em Israel Read More »

Lula conversa com presidente de Israel e pede corredor humanitário

Lula conversa com presidente de Israel e pede corredor humanitário

Presidente brasileiro reiterou a condenação aos ataques do Hamas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou por telefone com o presidente de Israel, Isaac Herzog, nesta quinta-feira (12). Em postagem nas redes sociais, Lula afirmou ter agradecido o apoio para a operação de retirada dos brasileiros de Israel, além de ter reiterado a condenação brasileira aos ataques promovidos pelo grupo Hamas, que o presidente classificou como atos terroristas.

“Agradeci o apoio para a operação de retirada dos brasileiros que desejam retornar ao nosso país. Reafirmei a condenação brasileira aos ataques terroristas e nossa solidariedade com os familiares das vítimas”, disse.

Lula também pediu ao chefe de Estado israelense para que não deixe faltar água, luz e remédios em hospitais, e fez um apelo pela abertura de um corredor humanitário que permita às pessoas saírem da Faixa de Gaza, a zona mais crítica da Palestina, que tem sofrido com bombardeios e cerco militar.

“Não é possível que os inocentes sejam vítimas da insanidade daqueles que querem a guerra. Transmiti meu apelo por um corredor humanitário para que as pessoas que queiram sair da Faixa de Gaza pelo Egito tenham segurança. E que o Brasil está à disposição para tentar encontrar um caminho para a paz”, escreveu.

Em Israel, o sistema de governo é parlamentarista. O presidente é o chefe de Estado, eleito pelo Parlamento do país. O Poder Executivo é exercido pelo primeiro-ministro, o chefe de governo, escolhido entre o partido ou coalizão que obtenha a maioria das cadeiras no Legislativo. Atualmente, esse cargo é ocupado por Benjamin Netanyahu

A violência em Israel e na Palestina chegou ao sexto dia nesta quinta, com a continuidade de intensos bombardeios na Faixa de Gaza, onde vivem 2,3 milhões de palestinos. Autoridades locais já contabilizam 1,2 mil mortes e mais de 5 mil feridos. Há pelo menos 180 mil desabrigados.

Em Israel, segundo a emissora pública Kan, o número de mortos havia aumentado para 1,3 mil desde o último sábado, quando começaram os ataques violentos promovidos pelo grupo islâmico Hamas.

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) também alertou nesta quinta que suprimentos essenciais, incluindo comida e água, estavam em um nível perigosamente baixo em Gaza, depois do bloqueio imposto por Israel ao enclave.

Foto: Ricardo Stuckert/PR/Ilustração

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula conversa com presidente de Israel e pede corredor humanitário Read More »

Segunda aeronave com brasileiros em Israel está a caminho do Brasil

Segunda aeronave com brasileiros em Israel está a caminho do Brasil

A bordo estão 214 brasileiros resgatados, um cachorro e três gatos

A segunda aeronave KC-30 (Airbus A330 200), da Força Aérea Brasileira (FAB), decolou de Tel Aviv, em Israel, às 12h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (11) com destino ao Rio de Janeiro. A bordo estavam 214 brasileiros resgatados após os conflitos recentes. O voo transporta também, pela primeira vez, animais, sendo um cachorro e três gatos.

O voo tem duração prevista de 14 horas, com previsão de chegada à Base Aérea do Galeão, às 3h desta quinta-feira (12). A repatriação faz parte da Operação Voltando em Paz, deflagrada pelo governo federal após o confronto iniciado no fim de semana entre Israel e o Grupo Hamas, no Oriente Médio.

O primeiro voo de resgate trazendo brasileiros de Israel pousou em Brasília por volta das 4h10 desta quarta-feira. A aeronave KC-30 da FAB, com 211 passageiros, decolou de Tel Aviv às 14h12 (horário de Brasília) de ontem (10) e fez voo de cerca de 14 horas direto para a capital federal.

Do total, 107 passageiros desembarcaram em Brasília e 104 seguiram para o Rio de Janeiro em dois aviões da FAB.

Alívio

O produtor de vídeo, Gleik Max, estava no voo que chegou pela manhã ao Rio de Janeiro. Ao desembarcar, ele disse ter sentido um grande alívio ao pisar no Brasil. Conforme relatou, ele precisou se proteger em um bunker, estrutura fortificada construída embaixo da terra, para resistir a projéteis de guerra. Os bunkers são obrigatórios em construções israelenses, inclusive em hotéis que abrigam turistas.

“Foram dias de preocupação, embora a gente estivesse em uma área que não sofreu com bombardeios. Mas toda vez que a sirene tocava, a gente ia para o bunker. É gratificando voltar ao Brasil. Estou de volta à minha terra e muito feliz”.

Gleik relatou que manteve contato permanente com a família durante toda essa situação. “Meu filho tem 4 anos. Decidi não contar para ele o que estava acontecendo. Agora que eu cheguei, vou contar, mas de forma adaptada até pela questão da idade”, contou.

O produtor de vídeo disse ainda ter se sentido seguro na maior parte do tempo, mas que o clima no aeroporto o deixou tenso. “Nós tentamos comprar uma passagem para sair de Israel. Compramos para Istambul e depois para Bucareste. As duas foram canceladas quando estávamos no aeroporto. E estava aquela correria, ficava pensando: ‘será que vai explodir alguma coisa aqui?’. Naquele momento, senti que estava em um país em guerra”.

Foto: GOV BR/FAB

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Segunda aeronave com brasileiros em Israel está a caminho do Brasil Read More »

Primeiro avião de resgate parte de Tel Aviv trazendo 211 brasileiros

Primeiro avião de resgate parte de Tel Aviv trazendo 211 brasileiros

Aeronave voará direto para Brasília, chegando na madrugada de quarta

O primeiro dos seis aviões que o governo federal mobilizou para resgatar brasileiros do confronto entre Israel e o grupo Hamas, no Oriente Médio, partiu de Tel Aviv pouco depois das 14 horas (horário de Brasília) desta terça-feira (10), levando a bordo 211 passageiros.

Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave, um KC-30 com capacidade para 230 passageiros, voará direto para Brasília, onde deve pousar na Base Aérea às 4h de quarta-feira (11).

Até a manhã de ontem, cerca de 2,2 mil brasileiros já tinham contatado a embaixada brasileira em Tel Aviv, em busca de ajuda para deixar Israel. Segundo o Itamaraty, a maioria deles é formada por turistas que visitavam Tel Aviv e Jerusalém quando, no último sábado (7), o grupo Hamas, que governa a Faixa de Gaza, deflagrou o ataque contra o território israelense.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, em torno de 14 mil brasileiros vivem em Israel e outros 6 mil na Palestina. Além disso, muitos turistas visitam a região, seja para conhecer locais considerados sagrados, seja para participar de eventos. Neste primeiro momento, o Itamaraty priorizou o traslado de cidadãos que residem no Brasil e visitavam a região do conflito sem ter passagem de volta para o Brasil.

Reação israelense

Ao ataque, seguiu-se forte reação militar israelense, que passou a bombardear a Faixa de Gaza. De um lado, autoridades israelitas afirmam já ter registrado mais de 900 mortos e 2.700 feridos desde o início da ofensiva do Hamas, que, por sua vez, contabiliza 680 palestinos mortos e 3.700 feridos pela contraofensiva israelense. Os números seguem atualizados a todo instante.

Os atletas profissionais de tênis em cadeira de rodas Leandro Pena, Ymanitu Silva e Daniel Rodrigues desembarcaram em Tel Aviv no sábado de manhã, poucas horas após o Hamas invadir o território israelense, dando início ao conflito. Os três participariam do Israel Open, uma das etapas do Circuito Uniqlo Wheelchair Tennis Tour, e receberia alguns dos principais atletas da categoria, de hoje (9) a sexta-feira (13).

Surpreendidos pela escalada da violência na região, os três sequer deixaram o aeroporto de Tel Aviv, onde passaram a noite ao lado de milhares de pessoas que tentavam embarcar em um voo e deixar Israel. Só ontem (8) eles conseguiram lugarem em um voo para Bangcoc, na Tailândia, de onde devem regressar ao Brasil.

“Depois de 33 horas esperando aqui no aeroporto [de Tel Aviv], estamos aqui, dentro avião para embarcar para Bangcoc. Bora para casa”, comemorou Rodrigues, em vídeo compartilhado nas redes sociais. “Bora! Chega.”, afirmaram Pena e Silva.

Contatos

A Embaixada do Brasil em Tel Aviv está publicando, em seu site, um formulário para inscrição de interessados nos eventuais voos de repatriação.

Os plantões consulares da Embaixada em Tel Aviv (+972 (54) 803 5858) e do Escritório de Representação em Ramala (+972 (59) 205 5510), com Whatsapp, permanecem em funcionamento para atender nacionais em situação de emergência. O plantão consular geral do Itamaraty também pode ser contatado por meio do telefone +55 (61) 98260-0610.

O Escritório de Representação em Ramala, na Cisjordânia, segue em contato com os brasileiros na Faixa de Gaza e, tendo em conta a deterioração das condições securitárias na área, está implementando plano de evacuação desses nacionais da região, em coordenação com a Embaixada do Brasil no Cairo.

Foto: X/Ministério das Relações Exteriores

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Primeiro avião de resgate parte de Tel Aviv trazendo 211 brasileiros Read More »

Família confirma morte de brasileira vítima de ataque do Hamas

Família confirma morte de brasileira vítima de ataque do Hamas

Estudante foi morta no sábado

A família da brasileira Bruna Valeanu, de 24 anos, confirmou, nas redes sociais, que a estudante foi morta durante a série de ataques que o grupo Hamas deflagrou contra o território palestino no último sábado (7).

“Minha neném virou uma estrelinha no universo”, escreveu uma das irmãs de Bruna, Florica Valeanu, no Facebook, na manhã desta terça-feira (10).

Bruna estava desaparecida desde o sábado. Seu corpo foi identificado pelas autoridades israelenses entre as vítimas do ataque do Hamas a um festival de música eletrônica que acontecia no sul de Israel, próximo à Faixa de Gaza. Segundo a imprensa israelense, só no local, já foram localizados 260 mortos.

Mais cedo, o Itamaraty já tinha confirmado a morte de outro brasileiro Ranani Nidejelski Glazer. Gaúcho, Glazer tinha 24 anos e também estava no mesmo festival de música onde Bruna foi assassinada.

Na nota em que confirmou o óbito de Glazer, o Itamaraty solidarizou-se com a família e amigos do rapaz e classificou o ataque do Hamas ao território israelense como um atentado, destacando que o governo brasileiro repudia “a todos os atos de violência, sobretudo contra civis.”

Há ainda uma terceira brasileira desaparecida. A carioca Karla Stelzer, de 41 anos, vive em Israel há mais de dez anos e, como Bruna e Glazer, também participava da rave Universo Paralello – festival criado no Brasil, no final da década de 1990, pelo casal de djs Ekanta Jake e Juarez Petrillo, o DJ Swarup, pais do dj brasileiro Alok. Petrillo se apresentaria no evento no sábado. Segundo Alok contou nas redes sociais, seu pai conseguiu escapar do local em um carro, após ouvir os primeiros tiros e compreender tratar-se de um atentado terrorista.

Outro jovem brasileiro, Rafael Zimerman, foi ao festival musical com Glazer e a namorada de Glazer, Rafaela Treistman. Em entrevista à CNN Brasil, Zimerman contou que vários participantes do evento buscaram um abrigo antiaéreo ao perceber que o território israelense estava sendo atingido por misseis. Segundo ele, entre 40 e 50 pessoas, incluindo Glazer, estavam reunidas no bunker quando militantes do Hamas chegaram, disparando e lançando granadas e bombas de gás. Na confusão, os amigos se separaram. Ferido, Zimerman foi encontrado horas depois, desacordado. Ele só veio a saber que Glazer estava desaparecido após receber os primeiros socorros, no hospital.

Foto: Reprodução

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Família confirma morte de brasileira vítima de ataque do Hamas Read More »

Hamas ameaça executar reféns israelenses se Israel mantiver ataques

Hamas ameaça executar reféns israelenses se Israel mantiver ataques

Contra ofensiva israelense inclui bombardeio a moradias de civis

O braço armado do Hamas disse nesta segunda-feira (9) que vai começar a executar um refém civil israelense em resposta a cada novo bombardeio realizado por Israel contra moradias de civis sem aviso prévio.

O porta-voz do braço armado do Hamas Abu Obaida disse que o grupo tem agido de acordo com as instruções islâmicas ao manter os reféns israelenses sãos e salvos, e culpou a intensificação de bombardeios israelenses e o assassinato de civis dentro de suas moradias por ataques aéreos sem aviso prévio pela medida anunciada de execução dos prisioneiros.

Foto: joiseyshowaa/VisualHunt/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Hamas ameaça executar reféns israelenses se Israel mantiver ataques Read More »

Encontro internacional impulsiona empresas locais para o mercado global

Encontro internacional impulsiona empresas locais para o mercado global

ECON objetiva proporcionar um intercâmbio de aprendizagem entre painelistas que obtiveram sucesso nos Estados Unidos

Fomentar a economia local e servir como mola propulsora para o desenvolvimento e a internacionalização das empresas regionais. Esse é o objetivo do Encontro de Negócios das Américas (ECON).

Para o produtor-executivo do ECON, Glaucio Uchôa, “o Encontro de Negócios das Américas desempenha um papel estratégico e fundamental no Brasil, facilitando a expansão de seus mercados. Este evento se destaca como uma plataforma altamente eficaz, proporcionando uma oportunidade significativa para empreendedores de pequeno porte que buscam entrar nos mercados nacional e internacional. O Encontro abrange uma ampla gama de setores de negócios, incluindo educação, alimentos, moda, cosméticos, beleza, calçados, hotelaria, saúde, dentre outros.”.

Como um evento internacional, o ECON, objetiva proporcionar um intercâmbio de aprendizagem entre painelistas que obtiveram sucesso nos Estados Unidos – nas áreas contabilidade, imigração, imóveis, internacionalização, validação de diploma e expertise com a Disney – e os empreendedores locais que almejam prosperar com esses negócios, seja local, nacional ou internacionalmente.

O evento, que acontece no mês de novembro, nas cidades de Natal, João Pessoa, Recife e Brasília, têm ingressos disponíveis através do site: econusa.com.br e conta com o apoio de entidades como APEX em Miami, Consulado-Geral do Brasil em Orlando, Prefeitura de Orlando, grupo empresarial LIDE e parceiros regionais como Sebrae; Secretarias de Desenvolvimento Econômico das respectivas cidades, Sistema Fecomércio, Senac, entre outros parceiros.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Encontro internacional impulsiona empresas locais para o mercado global Read More »

Turistas potiguares deixam Israel após início de guerra

Turistas potiguares deixam Israel após início de guerra

Agência confirma que 12 dos 25 passageiros já retornaram ao Brasil

Doze turistas potiguares que estavam em Tel Aviv, Israel, conseguiram deixar o país na manhã desta segunda-feira (9.out.2023), terceiro dia de conflito na região. A informação foi confirmada pela Arituba Turismo, agência organizadora da viagem.

Dois passageiros seguiram para Barcelona e dez para Madri, todos em voos comerciais. A expectativa da agência é que até a manhã de quarta-feira (11.out) todo o grupo deixe Israel.

O grupo foi a Tel Aviv para cumprir uma viagem de peregrinação, sob a liderança espiritual do Papa Francisco. De lá, seguiriam para Jerusalém. A viagem terminaria no dia 17 de outubro. Porém, com a situação de conflito na região, o grupo de passageiros decidiu suspender a viagem e retornar ao Brasil.

Guerra declarada após ataques

No sábado (7.out), o Hamas lançou foguetes contra cidades israelenses a partir da Faixa de Gaza, enquanto homens armados invadiam o território israelense por terra, ar e mar. Em seguida, os israelenses revidaram e declararam estado de guerra.

O ministro da Defesa israelense, Yoav Gallant, chegou a dizer que a Faixa de Gaza pagaria um “preço pesado, que vai mudar a realidade de gerações”.

Cerca de 123 mil pessoas foram internamente deslocadas dentro da Faixa de Gaza, de acordo com levantamento da Organização das Nações Unidas (ONU). A agência da ONU afirmou ainda que existem relatos de escassez de alimentos na região.

Foto: Cedida

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Turistas potiguares deixam Israel após início de guerra Read More »

PF prende brasileiros que traficavam cocaína para a Europa

PF prende brasileiros que traficavam cocaína para a Europa

Os dois acusados moram em Manaus/AM, foram contratados por “desconhecidos” e disseram não saber que conduziam drogas na bagagem.

A Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante na última segunda-feira (2.out.2023) no aeroporto internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, um amazonense, 28 anos e uma paraense de 25 anos, suspeitos de tráfico internacional de drogas. Com eles foram encontrados 2,74 kg de cocaína embutida na estrutura de uma mala que seguiria para a Europa.

A ação aconteceu quando os policiais realizavam uma inspeção de rotina e observaram que a mulher ultimava procedimentos para embarcar com destino a Espanha. No momento que ela fazia o check-in, se fazia acompanhar de um homem, sendo que apenas ela viajaria, porém ao serem informalmente entrevistados ambos apresentaram uma história pouco convincente, o que fez com que os policiais desconfiassem que ela pudesse estar tentando embarcar com drogas na bagagem.

De imediato, os cães da PF foram acionados e, ao identificarem a mala despachada pela passageira, logo a substância entorpecente foi encontrada.

A mulher então disse que havia sido “contratada por telefone” por um desconhecido em Manaus (AM), onde mora, para levar a mala para a Espanha, cuja bagagem lhe seria entregue numa pousada da zona Sul de Natal. Já o homem preso em sua companhia, também veio de Manaus e ambos ficaram hospedados no mesmo estabelecimento.

No momento em que foi abordado pelos policiais, ele disse que acompanhava a mulher para “auxiliar no seu embarque” e confessou que teria lhe entregue a mala, afirmando, por sua vez, tê-la recebido das mãos de um motorista de aplicativo “desconhecido”. Tanto ele, quanto ela, alegaram não saber que transportavam droga. Com a dupla foram ainda apreendidos: documentos, celulares, passagem aérea, 890 euros e 5 mil reais.

Autuados com base na Lei Antidrogas, eles passaram por exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep/RN) e em seguida foram transferidos para o Sistema Prisional do Estado, à disposição da Justiça.

Somente em 2023, quatro brasileiros e um cidadão estrangeiro foram presos em flagrante ao tentar embarcar com substâncias entorpecentes no aeroporto Aluízio Alves.

Foto: Divulgação/PF

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

PF prende brasileiros que traficavam cocaína para a Europa Read More »

Copa do Mundo de 2030 será disputada em três continentes

Copa do Mundo de 2030 será disputada em três continentes

Argentina, Espanha, Portugal e Marrocos serão sedes do Mundial

O Conselho da Fifa anunciou nesta quarta-feira (4.set.2023), que a Copa do Mundo de 2030 será disputada em três continentes: América do Sul, Europa e África. A decisão foi tomada por unanimidade pelos membros do conselho.

A sede do torneio será dividida entre Argentina, Espanha, Portugal e Marrocos. O jogo de abertura será disputado no Estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai, como homenagem à primeira edição do Mundial, que aconteceu em 1930.

Com a decisão, Argentina, Paraguai e Uruguai já estão garantidos na Copa do Mundo de 2030. O mesmo vale para Espanha, Portugal e Marrocos. Também já estão classificados.

Até o anúncio desta quarta-feira, havia duas candidaturas para abrigar a Copa do Mundo de 2030: uma formada por Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai, e outra capitaneada pela Uefa e formada por Espanha, Portugal e Marrocos.

A decisão da Fifa de escolher uma candidatura conjunta entre a Conmebol e a Uefa foi elogiada por dirigentes de ambos os continentes.

“A Copa do Mundo de 2030 será um torneio histórico, que marcará o centenário do primeiro Mundial”, disse o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez. “É uma grande mensagem de paz, tolerância e inclusão.”

Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Copa do Mundo de 2030 será disputada em três continentes Read More »

Papa Francisco abre caminho para bênçãos a casais do mesmo sexo

Papa Francisco abre caminho para bênçãos a casais do mesmo sexo

Francisco afirma que a caridade pastoral deve permear todas as decisões e atitudes da Igreja

O papa Francisco abriu caminho para que padres católicos abençoem casais do mesmo sexo, desde que sejam limitadas, decididas caso a caso e não confundidas com cerimônias de casamento de heterossexuais.

Em resposta a um grupo de cardeais conservadores, o pontífice afirmou que a caridade pastoral deve permear todas as decisões e atitudes da Igreja.

“Quando se pede uma bênção, expressa-se um pedido de ajuda a Deus, um apelo para viver melhor, uma confiança em um pai que pode ajudar a viver melhor”, escreveu Francisco.

O papa reitera que a Igreja considera o matrimônio como uma união entre um homem e uma mulher, mas que os pedidos de bênçãos são um meio pelo qual as pessoas se aproximam de Deus.

Ainda assim, ele adverte que as eventuais bênçãos que ocorrerem não devem tornar-se a norma nem obter aprovação geral das jurisdições da Igreja.

Segundo a imprensa internacional, a resposta de Francisco foi bem recebida por grupos que defendem os direitos dos católicos LGBTQI+.

Foto: Roberto Suárez / Juventud Rebelde / Ilustração / Arquivo

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Papa Francisco abre caminho para bênçãos a casais do mesmo sexo Read More »

Boca Juniors e Palmeiras jogam pela semifinal da Libertadores

Boca Juniors e Palmeiras jogam pela semifinal da Libertadores

Rádio Nacional transmite partida a partir das 21h30 desta quinta

Boca Juniors (Argentina) e Palmeiras medem forças, a partir das 21h30 (horário de Brasília) desta quinta-feira (28) no estádio da Bombonera, pela ida da semifinal da Copa Libertadores. A Rádio Nacional transmite o confronto ao vivo.

Nos últimos anos o Palmeiras tem sido figurinha carimbada na semifinal da competição continental. Nos anos de 2020 e de 2021 chegou à final e se sagrou campeão, e em 2022 caiu diante do Athletico-PR na semifinal.

O Alviverde ainda está na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. A equipe paulista ocupa a 2ª colocação, atrás apenas do líder Botafogo. No momento a vantagem do líder é de sete pontos, distância essa que o time do técnico Abel Ferreira tentará tirar até o final da competição. Neste contexto a equipe entra em campo para definir seu futuro na competição internacional.

Para isso terá que superar traumas recentes contra seu adversário desta quinta, o Boca Juniors. Isso porque o clube argentino eliminou o Palmeiras em três edições da Libertadores desde 2000: na final daquele mesmo ano, na semifinal de 2001 e na semifinal de 2018. Para chegar à semifinal desta edição o Verdão deixou pelo caminho o Atlético-MG nas oitavas e o Deportivo Pereira (Colômbia) nas quartas.

O Palmeiras deve ir a campo com: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Zé Rafael, Gabriel Menino e Raphael Veiga; Mayke, Artur e Rony.

Já o Boca Juniors vive um momento conturbado nos últimos tempos. Sem vencer a Libertadores desde 2007 (em cima do Grêmio), o Boca vem amargurando algumas campanhas ruins e eliminações difíceis. A equipe foi vice-campeã duas vezes nesse período sem títulos, em 2012 para o Corinthians e em 2018 para o River Plate (Argentina). Agora os torcedores esperam que o clube possa dar a volta por cima e retornar aos momentos de glória.

No seu caminho até a semifinal deixou para trás equipes como Nacional (Uruguai), nas oitavas, e Racing (Argentina), nas quartas. Já no Campeonato Argentino a equipe está na 9ª posição do Grupo B, com duas vitórias, um empate e três derrotas.

O técnico Jorge Almirón testou uma escalação sem o jovem Valentín Barco, um dos destaques do time na competição. Os outros destaques do Boca são o goleiro Sergio Romero, o atacante Edinson Cavani e o ponta Lucas Janson. Além disso ainda conta com o atacante Benedetto, que marcou três gols no Palmeiras em 2018. Entretanto, ele não vive um bom momento e deve começar no banco de reservas.

Sendo assim, o Boca deve entrar em campo com: Romero; Blondel, Figal, Marcos Rojo e Fabra; Medina, Pol Fernández e Ezequiel Fernández; Advíncula, Cavani e Lucas Janson.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Boca Juniors e Palmeiras jogam pela semifinal da Libertadores Read More »

Evo Morales anuncia candidatura à presidência da Bolívia em 2025

Evo Morales anuncia candidatura à presidência da Bolívia em 2025

Ex-presidente diz que foi “obrigado” a concorrer por causa de ataques do governo

O ex-presidente da Bolívia Evo Morales anunciou neste domingo (24.set.2023) que será candidato à presidência do país nas eleições de 2025. O anúncio ocorre em meio a um rompimento entre Morales e o atual presidente da Bolívia, Luis Arce, seu ex-ministro da Economia, dentro do partido governista MAS.

“Obrigado pelos ataques do governo, decidi aceitar os pedidos da militância e de tantos irmãos e irmãs que participam de comícios em todo o país para ser candidato à Presidência de nossa querida Bolívia”, disse Morales.

O ex-presidente, que liderou o país por quase 14 anos, deixou o poder em novembro de 2019, depois de concorrer a um quarto mandato sem precedentes, em eleição marcada por suspeitas de fraude.

Morales fugiu do país e alegou ter sido vítima de um “golpe” de direita apoiado pelos Estados Unidos.

Após um governo provisório de 11 meses, Arce obteve vitória eleitoral esmagadora em outubro de 2020.

Foto: Alan Santos/PR

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Evo Morales anuncia candidatura à presidência da Bolívia em 2025 Read More »

Chanceler afirma que Lula e Zelensky tiveram "entendimento mútuo"

Chanceler afirma que Lula e Zelensky tiveram “entendimento mútuo”

Mauro Vieira fez balanço de encontro bilateral em Nova York

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, se reuniram nesta quarta-feira (20), em Nova York, nos Estados Unidos, um dia após a abertura da 78ª Assembleia Geral das Nações Unidas. Foi o primeiro encontro bilateral entre os dois presidentes.

“Foi um encontro muito importante, houve um entendimento mútuo muito bom, ambos os presidentes deram instruções aos seus ministros de relações exteriores para continuar trabalhando em temas bilaterais e multilaterais e continuar discutindo a questão da paz”, resumiu o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, em entrevista a jornalistas logo após o encontro.

Ele classificou como muito amistoso o tom da reunião. “O presidente Zelensky expôs sua posição e visão da situação. Foi uma troca de informações muito boa, muito transparente, em clima de entendimento mútuo. E concordaram em continuar com esse diálogo, quando for possível”, completou.

De acordo com o chanceler, Lula informou a Zelensky que o assessor internacional para Assuntos Internacionais do governo brasileiro, Celso Amorim, será o representante do país nas reuniões do Processo de Copenhague, iniciativa que envolve outros países na discussão das possibilidades de paz entre Rússia e Ucrânia. A invasão russa ao território ucraniano, que desencadeou a guerra, começou em fevereiro de 2022 e já se arrasta por quase 20 meses.

“A grande preocupação do presidente Lula foi no sentido de buscar a paz para acabar com o sofrimento que existe, com as mortes, com a destruição que, evidentemente, tem que chocar a toda a humanidade”, observou o ministro.

Além da guerra, Mauro Vieira afirmou que os dois presidentes repassaram aspectos da relação bilateral entre Brasil e Ucrânia e dialogaram sobre a necessidade de reformas na governança internacional, incluindo organismo das Nações Unidas, como o Conselho de Segurança.

Agenda em Nova York

Antes da reunião com Zelensky, Lula se reuniu com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para lançar uma parceria para promoção do trabalho decente.

O chanceler Mauro Vieira aproveitou para fazer um balanço da viagem de Lula aos Estados Unidos. Segundo ele, o presidente recebeu 60 pedidos de encontro bilateral, sendo 50 de chefes de Estado e outros 10 de representantes de organizações internacionais das quais o Brasil participa, incluindo agências da ONU.

Desde que assumiu o governo para um terceiro mandato, Lula esteve pessoalmente com chefes de governo e de Estado de 55 países diferentes, informou o chanceler. “É quase a marca de um terço dos estados-membro da ONU. Isso representa o grande esforço que ele tem feito de diplomacia presidencial que vem cumprindo com o objetivo de tirar o Brasil do isolamento em que ele se encontrava nos últimos anos”, afirmou.

Nos últimos dias, Lula se reuniu com presidentes e chefes de governo da Suíça, Áustria, Alemanha, Noruega e Palestina, além de Estados Unidos e Ucrânia. Lula também se reuniu nesta quarta-feira com o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom e com o presidente do Paraguai, Santiago Peña. Lula e sua comitiva retornam ao Brasil ainda na noite desta quarta-feira.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Chanceler afirma que Lula e Zelensky tiveram “entendimento mútuo” Read More »

Ministro do STJ rejeita enviar recurso de Robinho ao Supremo

Ministro do STJ rejeita enviar recurso de Robinho ao Supremo

Ex-jogador foi condenado por estupro pela justiça da Itália

O ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), rejeitou, nesta quarta-feira (20), enviar para o Supremo Tribunal Federal (STF) um recurso da defesa do ex-jogador de futebol Robinho, condenado por estupro na Itália.

A defesa pediu o envio do caso ao Supremo após o STJ rejeitar a inclusão da tradução completa do processo.

Ao analisar o recurso, o ministro entendeu que caso ainda está em tramitação e não pode ser enviado para o STF.

“Não se afigura cabível o recurso extraordinário, uma vez que, consoante o disposto no artigo 102, III, da Constituição Federal, o manejo de tal espécie recursal pressupõe a existência de causa decidida em única ou última instância, fato processual inexistente no caso em apreço, em que o provimento jurisdicional impugnado se limitou a resolver questão incidental”, decidiu.

De acordo com a defesa de Robinho, a tradução completa é necessária para verificar se o devido processo legal foi observado na condenação proferida pela Justiça italiana.

Robinho é alvo de um pedido de homologação da sentença estrangeira, requerido pelo governo da Itália, onde o ex-jogador foi condenado em três instâncias pelo envolvimento em um estupro coletivo, ocorrido em uma boate de Milão, em 2013. A pena imputada foi de nove anos de prisão.

A Itália havia solicitado a extradição de Robinho. A Constituição brasileira, contudo, não prevê a possibilidade de extradição de cidadãos natos. Por esse motivo, o país europeu decidiu requerer a transferência à sentença do ex-jogador. Dessa forma, o tribunal vai analisar se a condenação pode ser reconhecida e executada no Brasil.

Foto: Ricardo Saibun/Santos FC/Ilustração/Arquivo

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Ministro do STJ rejeita enviar recurso de Robinho ao Supremo Read More »

Lula afirma na ONU que a desigualdade é responsável por grandes problemas da humanidade

Lula afirma na ONU que a desigualdade é responsável por grandes problemas da humanidade

Em Nova York, o presidente brasileiro ressaltou que os 10% maiores bilionários possuem mais riqueza que os 40% mais pobres da humanidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta terça-feira (19), a líderes mundiais que o princípio do multilateralismo global – que pressupõe igualdade soberana entre as nações –, vem sendo corroído. Ao abrir o debate geral de chefes de Estado da 78ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York, Lula defendeu a necessidade de uma reforma no sistema de governança global.

Desde que assumiu o mandato, em discursos em diversas instâncias internacionais, Lula vem defendendo que o modelo atual de governança, criado depois da Segunda Guerra Mundial, não representa mais a geopolítica do século 21. Para o presidente, é preciso uma representação adequada de países emergentes em órgãos como o Conselho de Segurança da ONU. Hoje, esse conselho, com poder de tomar importantes decisões internacionais, reúne apenas Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido.

“Continuaremos críticos a toda tentativa de dividir o mundo em zonas de influência e de reeditar a Guerra Fria. O Conselho de Segurança da ONU vem perdendo progressivamente sua credibilidade. Essa fragilidade decorre em particular da ação de seus membros permanentes, que travam guerras não autorizadas em busca de expansão territorial ou de mudança de regime. Sua paralisia é a prova mais eloquente da necessidade e urgência de reformá-lo, conferindo-lhe maior representatividade e eficácia”, disse Lula.

Para ele, entidades internacionais mais representativas podem, por exemplo, impor punição aos países que não cumprirem seus compromissos em questões climáticas. Lula afirmou que falta vontade política daqueles que governam o mundo para vencer as desigualdades e destacou que a atuação desigual dos órgãos de financiamento “é inaceitável”.

“Nas principais instâncias da governança global, negociações em que todos os países têm voz e voto perderam fôlego. Quando as instituições reproduzem as desigualdades, elas fazem parte do problema, e não da solução. No ano passado, o FMI disponibilizou US$ 160 bilhões em direitos especiais de saque para países europeus, e apenas US$ 34 bilhões para países africanos. A representação desigual e distorcida na direção do FMI e do Banco Mundial é inaceitável. Não corrigimos os excessos da desregulação dos mercados e da apologia do Estado mínimo. As bases de uma nova governança econômica não foram lançadas”, disse Lula.

Comércio

O presidente criticou ainda o enfraquecimento do sistema multilateral de comércio e disse que o protecionismo adotado pelos países ricos ganhou força.

“A Organização Mundial do Comércio permanece paralisada, em especial o seu sistema de solução de controvérsias.”

Segundo Lula, o Brics – bloco de países emergentes ao qual o Brasil faz parte – surgiu na esteira desse “imobilismo” e constitui uma plataforma estratégica para promover a cooperação entre esses países. “A ampliação recente do grupo na Cúpula de Joanesburgo fortalece a luta por uma ordem que acomode a pluralidade econômica, geográfica e política do século 21.

“Somos uma força que trabalha em prol de um comércio global mais justo em um contexto de grave crise do multilateralismo”, disse sobre a inclusão de seis novos membros no grupo já formado por Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul.

Clima

O combate às mudanças climáticas também foi destaque no discurso do brasileiro. Lula cobrou que os países ricos cumpram os compromissos assumidos no âmbito internacional, como a doação de US$ 100 bilhões ao ano para que países em desenvolvimento preservem suas florestas e disse que um modelo de desenvolvimento “socialmente justo e ambientalmente sustentável” é possível.

Neste ano, o tema do debate da Assembleia Geral da ONU é Reconstruir a confiança e reacender a solidariedade global: acelerando ações para a Agenda 2030 e seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável rumo à paz, prosperidade, ao progresso e à sustentabilidade para todos.

Nessa sessão de trabalho, os chefes dos Estados-membros da ONU são convidados a discursar em uma oportunidade para apontar suas visões e preocupações diante do sistema multilateral.

Extrema direita

O presidente desembarcou em Nova York na noite do último sábado (16), onde participou de reuniões com empresários e autoridades estrangeiras. Amanhã (20), ele se encontrará com o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, e será recebido pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, com quem lançará uma iniciativa global para promoção do trabalho decente.

Em seu discurso na ONU, Lula criticou o neoliberalismo e disse que o desemprego e a precarização do trabalho “minaram a confiança das pessoas em tempos melhores, em especial os jovens”. Para o presidente, isso deu brecha para a ascensão da extrema direita em diversas partes do mundo.

“O racismo, a intolerância e a xenofobia se alastraram, incentivadas por novas tecnologias criadas supostamente para nos aproximar.”

“O neoliberalismo agravou a desigualdade econômica e política que hoje assola as democracias. Seu legado é uma massa de deserdados e excluídos. Em meio aos seus escombros surgem aventureiros de extrema direita que negam a política e vendem soluções tão fáceis quanto equivocadas. Muitos sucumbiram à tentação de substituir um neoliberalismo falido por um nacionalismo primitivo, conservador e autoritário”, destacou o presidente.

Para Lula, políticas ativas de inclusão nos planos cultural, educacional e digital são essenciais para promover valores democráticos e a defesa do Estado de Direito. No mesmo sentido, o presidente defendeu a liberdade de imprensa e criticou a manutenção da prisão do jornalista australiano e ativista Julian Assange.

Resolução de conflitos

Ainda em seu discurso, Lula fez uma defesa da paz e disse que os conflitos armados são “uma afronta à racionalidade humana”. “É perturbador ver que persistem antigas disputas não resolvidas e que surgem ou ganham vigor novas ameaças”, disse.

“A guerra da Ucrânia escancara nossa incapacidade coletiva de fazer prevalecer os propósitos e princípios da Carta da ONU”, acrescentou Lula aos líderes mundiais, entre eles, o presidente ucraniano.

O brasileiro citou ainda a dificuldade de garantir a criação de um Estado para o povo palestino”, o risco de um golpe na Guatemala, a persistência da crise humanitária no Haiti, o conflito no Iêmen, as ameaças à unidade nacional da Líbia e as rupturas institucionais em Burkina Faso, Gabão, Guiné-Conacri, Mali, Níger e Sudão.

Lula reiterou que é preciso criar espaços de diálogo nas instâncias internacionais e que “investe-se muito em armamentos e pouco em desenvolvimento”.

“Estabilidade e segurança não serão alcançadas onde há exclusão social e desigualdade. A ONU nasceu para ser a casa do entendimento e do diálogo. A comunidade internacional precisa escolher: de um lado, está a ampliação dos conflitos, o aprofundamento das desigualdades e a erosão do Estado de Direito. De outro, a renovação das instituições multilaterais dedicadas à promoção da paz”, disse.

Cabe ao governo brasileiro fazer o primeiro discurso da Assembleia Geral das Nações Unidas, seguido do presidente dos Estados Unidos. Essa tradição vem desde os princípios da organização, no fim dos anos 1940.

Esta é a oitava vez que o presidente Lula abre o debate geral dos chefes de Estado. Ao longo de seus dois mandatos anteriores, ele participou do evento todos os anos entre 2003 e 2009. Em 2010, foi representado pelo então ministro das Relações Exteriores e atual assessor especial da Presidência, Celso Amorim.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula afirma na ONU que a desigualdade é responsável por grandes problemas da humanidade Read More »

Lula abre assembleia geral da ONU em Nova York

Lula abre assembleia geral da ONU em Nova York

Tradicionalmente, cabe ao governo brasileiro o discurso de abertura

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa, nesta terça-feira (19), em Nova York, da abertura da 78ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Tradicionalmente, cabe ao governo brasileiro fazer o primeiro discurso da Assembleia Geral da ONU, seguido do presidente dos Estados Unidos. Essa tradição vem desde os princípios da organização, no fim dos anos 1940.

Em mensagem nas redes sociais, Lula diz que vai discursar na ONU às 9h (horário local, 10h no Brasil), 20 anos depois de sua primeira assembleia e 14 anos após o último discurso como presidente.

É a oitava vez que o presidente brasileiro abrirá a assembleia da ONU. A comitiva do Brasil é formada por 12 ministros. Sete ministros participarão de eventos ligados diretamente à assembleia. Os demais não fazem parte da delegação, mas estão na cidade cumprindo agendas oficiais.

Na manhã dessa segunda-feira (18), Lula teve encontros com o ex-primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, e com o com o presidente da Confederação Suíça, Alain Berset. No domingo (17), um dia após chegar a Nova York, o presidente participou de reunião com empresários e de um jantar oferecido pelo presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Josué Gomes.

Amanhã (20), o presidente vai se reunir com o líder da Ucrânia, Volodimir Zelensky. O encontro foi confirmado pelo Palácio do Planalto e deverá ocorrer na parte da tarde, mas o horário exato ainda não foi informado.

A reunião bilateral será a primeira entre os dois líderes desde que Lula assumiu o mandato. O Brasil é um dos países, como a Índia e a China, que vem proclamando publicamente uma postura de neutralidade na guerra entre a Ucrânia e a Rússia. Por isso, havia uma expectativa do encontro entre Lula e Zelensky desde maio deste ano, quando ambos participaram da Cúpula do G7, no Japão, o que acabou não ocorrendo.

No mesmo dia do encontro com Zelensky, Lula será recebido pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em evento que já estava previsto há algumas semanas. Os mandatários vão lançar uma iniciativa global para promoção do trabalho decente.

Foto: Ricardo Stuckert/PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula abre assembleia geral da ONU em Nova York Read More »

Lula embarca para G77 em Cuba e Assembleia Geral da ONU nos EUA

Lula embarca para G77 em Cuba e Assembleia Geral da ONU nos EUA

Temas do encontro são os desafios atuais do desenvolvimento

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva embarcou, nesta sexta-feira (15), para Havana, capital de Cuba, para participar da Cúpula do G77 + China. Na sequência, seguirá para Nova York, nos Estados Unidos, onde fará o primeiro discurso do debate geral de chefes de Estado da 78ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), na próxima terça-feira (19).

Este ano, sob a presidência de Cuba, o encontro do G77 + China terá o tema “Desafios Atuais do Desenvolvimento: Papel da Ciência, Tecnologia e Inovação”. O grupo criado em 1964, com 77 países-membros, foi ampliado e atualmente é composto por 134 nações em desenvolvimento do Sul global pertencentes à Ásia, África e América Latina. A união do bloco com a China ocorreu nos anos 1990.

Em Havana, Lula também cumprirá agenda de trabalho com o presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel. Será a primeira viagem oficial de um mandatário brasileiro ao país caribenho em nove anos. A última foi em 2014, quando a ex-presidente Dilma Rousseff esteve em Havana.

Em Nova York, cabe ao governo brasileiro fazer o primeiro discurso da Assembleia Geral da ONU, seguido do presidente dos Estados Unidos. Essa tradição vem desde os princípios da organização, no fim dos anos 1940.

Será a oitava vez que o presidente Lula abrirá o debate geral dos chefes de Estado. Nos oito anos em que governou o Brasil, em seus dois primeiros mandatos, ele deixou de comparecer apenas em 2010.

Lula também participará do lançamento de uma iniciativa global para promoção do trabalho decente, juntamente com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Ainda estão previstas outras reuniões bilaterais, multilaterais e ministeriais entre os países participantes e diversos organismos internacionais à margem da assembleia.

O presidente viajará aos Estados Unidos acompanhado de ministros, que deverão participar de diversas reuniões temáticas nas áreas de direitos humanos, saúde e desarmamento.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula embarca para G77 em Cuba e Assembleia Geral da ONU nos EUA Read More »

Inundações na Líbia deixa mais de 5 mil mortos e 10 mil desaparecidos

Inundações na Líbia deixa mais de 5 mil mortos e 10 mil desaparecidos

Autoridades alertam que número de vítimas pode duplicar

Fortes inundações na Líbia causaram mais de 5 mil mortes e 10 mil desaparecidos, segundo autoridades. O número de vítimas pode dobrar, já que muitas pessoas ainda estão desaparecidas.

O número de mortos após as inundações provocadas pela passagem da tempestade Daniel continua a aumentar e já supera 5,3 mil. As autoridades alertam que o número de vítimas pode duplicar, enquanto corpos continuam a surgir na costa no Leste da Líbia.

“O mar traz, constantemente, dezenas de corpos”, afirmou Hichem AbuChkiouat, ministro da Aviação Civil da administração que governa o Leste do país.

“Contamos mais de 5,3 mil mortos até agora e o número deverá aumentar significativamente, podendo até duplicar, porque o número de desaparecidos também é de milhares”, disse.

Além dos desaparecidos, Agência para as Migrações das Nações Unidas anunciou nesta quarta-feira que há dezenas de milhares de deslocados na cidade de Derna.

“Há pelo menos 30 mil pessoas deslocadas em Derna”, disse a Organização Internacional para as Migrações (OIM) em relatório.

Segundo a agência, estima-se ainda que há três mil desaparecidos em al-Bayda e mais de dois mil em Benghazi, outras cidades mais a oeste do país.

O governo líbio lançou apelos por ajuda internacional e decretou estado de catástrofe no Leste da Líbia. Também foi decretado luto de três dias.

Foto: International Federation of Red Cross and Red Crescent Societies/Fotos Públicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Inundações na Líbia deixa mais de 5 mil mortos e 10 mil desaparecidos Read More »

Polícia captura brasileiro foragido nos EUA

Polícia captura brasileiro foragido nos EUA

Danilo Cavalcante, condenado por assassinato, foi encontrado em floresta na Pensilvânia

Após 14 dias de buscas, a polícia da Pensilvânia capturou nesta quarta-feira (13.set.2023) o brasileiro Danilo Cavalcante, condenado a prisão perpétua por matar a ex-namorada.

Cavalcante foi encontrado em uma floresta na cidade de South Coventry, no condado de Chester, a cerca de 32 quilômetros da prisão de onde fugiu, em 31 de agosto.

O brasileiro estava armado com um rifle, que roubou de um morador local.

A prisão foi realizada por uma equipe de policiais e agentes do FBI.

De acordo com o tenente-coronel George Bivens, responsável pela operação de busca, Cavalcante foi encontrado após deixar pegadas idênticas às dos sapatos que ele usava na prisão.

Bivens também disse que Cavalcante trocou tiros com um morador local, mas não conseguiu acertar o alvo.

A captura de Danilo Cavalcante é um alívio para as autoridades americanas e para a família da vítima.

O caso teve grande repercussão na imprensa brasileira e americana.

Foto: Divulgação/U.S. Marshals Service Philadelphia

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Polícia captura brasileiro foragido nos EUA Read More »

Brasil investe menos em educação que países da OCDE

Brasil investe menos em educação que países da OCDE

Estudo aponta queda na aplicação de recursos no setor em 2019 e 2020

O Brasil investe menos em educação do que os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), de acordo com o relatório Education at a Glance 2023, lançado nesta terça-feira (12), que reúne dados da educação dos países membros do grupo e de países parceiros, como o Brasil.

O relatório da OCDE mostra que, enquanto o Brasil investiu em 2020 US$ 4.306 por estudante, o equivalente a aproximadamente R$ 21,5 mil, os países da OCDE investiram, em média, US$ 11.560, ou R$ 57,8 mil. Os valores são referentes aos investimentos feitos desde o ensino fundamental até a educação superior.

Os investimentos no Brasil se reduziram entre 2019 e 2020. Em média, na OCDE, a despesa total dos governos com a educação cresceu 2,1% entre 2019 e 2020, a um ritmo mais lento do que a despesa total do governo em todos os serviços, que cresceu 9,5%. No Brasil, o gasto total do governo com educação diminuiu 10,5%, enquanto o gasto com todos os serviços aumentou 8,9%. Na análise da OCDE, isso pode ter ocorrido devido à pandemia de covid-19.

“O financiamento adequado é uma condição prévia para proporcionar uma educação de alta qualidade”, diz o relatório. A maioria dos países da OCDE investe entre 3% e 4% do seu Produto Interno Bruto (PIB) no ensino fundamental e médio, chegando a menos 5% do PIB na Colômbia e em Israel. A porcentagem de investimento brasileira não consta desta edição do relatório.

Sobre essa medida de investimento, a OCDE faz uma ressalva: “O investimento na educação como percentagem do PIB é uma medida da prioridade que os países atribuem à educação, mas não reflete os recursos disponíveis nos sistemas educativos, uma vez que os níveis do PIB variam entre países”.

As despesas por aluno variam muito entre os países da OCDE. A Colômbia, o México e a Turquia gastam anualmente menos de US$ 5 mil por estudante, ou R$ 25 mil, enquanto Luxemburgo gasta quase US$ 25 mil, ou R$ 125 mil. Existem também diferenças significativas nas despesas por estudante de acordo com a etapa de ensino.

Por lei, pelo Plano Nacional de Educação (PNE), o Brasil deve investir pelo menos 10% do PIB em educação até 2024. Segundo o último relatório de monitoramento da lei, feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em 2022, o investimento brasileiro em educação chegava a 5,5% do PIB, e o investimento público em educação pública, a 5% do PIB, “bem distantes das metas estabelecidas no PNE. Esses resultados apontam para uma grande dificuldade dos entes em aumentar o orçamento destinado à educação”, diz o texto do Inep.

Salário de professores

O relatório da OCDE também aponta a necessidade de valorização dos professores. Segundo o estudo, muitos países da OCDE enfrentam escassez desses profissionais. “Salários competitivos são cruciais para reter professores e atrair mais pessoas para a profissão, embora outros fatores também sejam importantes. Em muitos países da OCDE, o ensino não é uma opção de carreira financeiramente atraente”, diz o texto.

Em média, os salários reais dos professores do ensino secundário são 10% inferiores aos dos trabalhadores do ensino superior, mas, em alguns países, a diferença é superior a 30%. “O baixo crescimento salarial dos professores explica, em parte, a disparidade entre os salários dos professores e os de outros trabalhadores com ensino superior”, diz a organização. Os salários legais reais caíram em quase metade de todos os países da OCDE para os quais existem dados disponíveis. Isto, segundo o relatório, segue-se a um período de crescimento salarial baixo ou mesmo negativo em muitos países, no rescaldo da crise financeira de 2008/2009.

No Brasil, também pelo PNE, o salário dos professores deveria ter sido equiparado ao dos demais profissionais com escolaridade equivalente até 2020. Segundo o monitoramento de 2022, os salários dos professores passaram de 65,2% dos salários dos demais profissionais, em 2012, para 82,5%, em 2021, seguindo ainda desvalorizados.

Education at a Glance

O relatório Education at a Glance reúne informações sobre o estado da educação em todo o mundo. Fornece dados sobre estrutura, finanças e desempenho dos sistemas educativos nos países da OCDE e em países candidatos e parceiros da Organização.

A edição de 2023 é centrada no ensino e na formação profissional. A edição inclui também um novo capítulo – Garantir a aprendizagem contínua aos refugiados ucranianos – que apresenta os resultados de uma pesquisa da OCDE 2023 que recolheu dados sobre as medidas tomadas pelos países da organização para integrá-los nos seus sistemas educativos.

Foto: Arquivo Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Brasil investe menos em educação que países da OCDE Read More »

Terremoto no Marrocos deixou mais de 2 mil mortos

Terremoto no Marrocos deixou mais de 2 mil mortos

Equipes de resgate tentam encontrar sobreviventes nos escombros

O terremoto de magnitude 6,8 que atingiu o Marrocos na noite de sexta-feira (8.set.2023) deixou um rastro de destruição e morte. O número de mortos confirmado pelas autoridades marroquinas nesta segunda-feira (11.set) subiu para 2.497, com mais de 2.476 feridos.

Equipes de resgate de diversos países, incluindo Espanha, Reino Unido e Catar, trabalham contra o tempo para encontrar sobreviventes nos escombros. O tremor, que ocorreu a 72 quilômetros a sudoeste de Marraquexe, atingiu principalmente áreas rurais de difícil acesso.

O governo marroquino informou que ainda não é possível estimar o impacto total do desastre. As autoridades não divulgaram estimativas sobre o número de pessoas desaparecidas, mas temem que o número de vítimas continue a aumentar.

Foto: Moroccan Red Crescent Societ/Fotos Públicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Terremoto no Marrocos deixou mais de 2 mil mortos Read More »