Economia

'Crente Trader' volta ao mercado apesar de investigações e dívidas

‘Crente Trader’ volta ao mercado apesar de investigações e dívidas

Empresário Mário Carlos Borges Junior retoma venda de cursos de investimentos em meio a processos judiciais

O empresário Mário Carlos Borges Junior, conhecido como “Crente Trader”, retornou ao mercado de cursos de investimentos e operação de ações, mesmo estando envolvido em dezenas de processos judiciais e dívidas que podem ultrapassar R$ 20 milhões. Borges voltou a se promover nas redes sociais, especialmente no Instagram, onde está oferecendo seu “método” de operação na bolsa de valores (B3) e vendendo o “Curso DayTrade Profissional” por R$ 1.497. A volta das atividades foi divulgada neste domingo (21.jul.2024) na imprensa local.

Atualmente, Borges está sob investigação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD). Ele é suspeito de envolvimento em um esquema de pirâmide financeira, no qual prometia altos rendimentos em investimentos milionários, mas deixou de entregar os retornos prometidos, resultando em prejuízos significativos para seus investidores.

A M7 Business, empresa de Borges, oferecia serviços de investimentos com promessas de ganhos mensais de 5% a 8% sobre o valor aplicado. No entanto, as investigações apontam que, após os investimentos, os rendimentos não foram pagos e os valores investidos não foram devolvidos.

Investigações e processos judiciais

O Ministério Público do Rio Grande do Norte solicitou a prorrogação do prazo para investigar Borges, destacando a complexidade dos crimes sob investigação. O pedido, assinado pela promotora Isabela Lúcio Lima da Silva, enfatiza a necessidade de esgotar todas as diligências importantes, incluindo o rastreamento do “caminho do dinheiro” e a análise das informações financeiras e patrimoniais.

O relatório preliminar das investigações indica que milhões de reais foram recebidos nas contas do investigado e suspeitos, e que será necessário solicitar o afastamento do sigilo bancário e fiscal de Borges e possíveis cúmplices para desarticular a atividade criminosa.

Nos últimos meses, Borges enfrentou várias derrotas judiciais. Em 3 de junho, a juíza Rossana Alzir Diógenes Macêdo atualizou o valor de uma causa contra ele para R$ 1,1 milhão. Em 15 de março, a juíza Daniella Simonetti Meira Pires de Araújo determinou o pagamento de uma obrigação e honorários advocatícios em uma ação aberta por uma instituição bancária. Em 27 de março, Borges obteve uma vitória quando o juiz Otto Bismarck Nobre Brenkenfeld extinguiu um processo devido à falta de requisitos legais da parte autora para o deferimento dos benefícios da justiça gratuita.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

‘Crente Trader’ volta ao mercado apesar de investigações e dívidas Read More »

TSE define limites de gastos de campanha no RN para as eleições 2024

TSE define limites de gastos de campanha no RN para as eleições 2024

Candidatos a prefeito em Natal podem gastar até R$ 8,1 milhões no primeiro turno; valores variam em outras cidades do estado

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta sexta-feira, 19 de julho, os limites de gastos de campanha para candidatos a prefeito e vereador em todo o país. Em Natal, o limite de gastos para candidatos ao pleito majoritário no primeiro turno é de R$ 8.123.243,98. No segundo turno, o teto é de R$ 3.249.297,59. Para candidatos a vereador, o limite de gastos é de R$ 502.093,29.

Valores por cidade no RN

No Rio Grande do Norte, os limites variam conforme a cidade:

  • Natal: Prefeito – R$ 8.123.243,98; Vereador – R$ 502.093,29.
  • Mossoró: Prefeito – R$ 4.370.064,47; Vereador – R$ 288.720,09.
  • Parnamirim: Prefeito – R$ 1.766.226,23; Vereador – R$ 272.762,29.

Em outros municípios, os valores são significativamente menores. Por exemplo, o limite mais baixo é em Jucurutu, com R$ 159.850,76 para prefeito e R$ 15.985,08 para vereadores.

Implicações e regulamentações

Os candidatos devem observar rigorosamente os limites estabelecidos, sob pena de sanções eleitorais. O TSE estabeleceu critérios claros para evitar excessos e garantir a transparência nas campanhas eleitorais. A fiscalização e a prestação de contas são essenciais para assegurar a integridade do processo eleitoral.

Foto: Nelson Jr./Ascom/TSE

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

TSE define limites de gastos de campanha no RN para as eleições 2024 Read More »

Divino Fogão celebra 40 anos e visa abrir 16 unidades até o fim do ano

Divino Fogão celebra 40 anos e visa abrir 16 unidades até o fim do ano

Atualmente, a marca conta com 210 pontos de vendas em todo o Brasil

Fundada em 1984 pelo empresário e piloto de rally, Reinaldo Varela, o Divino Fogão foi precursor em praças de alimentação de shopping centers com a oferta estilo buffet, com uma variedade de pratos e sobremesas. Décadas depois, a rede, que é referência pelo sabor e frescor dos alimentos utilizados em receitas inspiradas nos sabores da fazenda, celebra 40 anos de história com mais de 210 pontos de vendas distribuídos pelo Brasil. Para comemorar este marco, a empresa oferece, em 22 de julho, o tradicional bolo de aniversário em todas as suas lojas. Ainda neste ano, a franquia almeja abrir 16 restaurantes, além de inaugurar a primeira unidade internacional, localizada no Paraguai.

“Ao longo dos anos, passamos por diversas provações que nos permitiram amadurecer e investir cada vez mais em uma comida saborosa, preparada com produtos de qualidade. Nos tornamos referência para o segmento de Food Service ao oferecer uma opção de comida por quilo nas praças de alimentação de diversos shoppings brasileiros. Hoje, o Divino Fogão é constantemente exemplo de sucesso no mercado de alimentação fora do lar pelo legado construído há 40 anos. Quero perpetuar a trajetória da marca e, por isso, estamos investindo em um layout mais moderno de loja e nas cozinhas invisíveis, destinadas para o delivery, que se tornou um novo hábito de consumo nos últimos anos”, conta Reinaldo Varela.

A história do Divino Fogão começou com outro nome. Chamado de São Paulo I, este foi o primeiro restaurante de Varela, que decidiu seguir por este caminho para resgatar as origens e memórias de quando morava em Mirandópolis, no interior de São Paulo. O objetivo era claro: ser ponto de encontro para amigos e familiares, principalmente no horário de happy hour, devido à proximidade com prédios comerciais, no bairro de Pinheiros, zona oeste da capital de São Paulo.

Em parceria com a esposa Nani Varela, o empresário foi convidado a implantar uma loja dentro do tradicional Shopping Eldorado, também na capital paulista. O local foi o ponta pé inicial para a criação do que é hoje o Divino Fogão, nome que foi escolhido por uma cliente por meio de um concurso cultural. Atualmente, todo o conceito de loja da rede segue o projeto do primeiro ponto de venda dentro de shopping, evidenciando a cultura da fazenda e seus diferenciais, tanto nos sabores quanto na decoração.

O sucesso é comprovado pela coleção de prêmios conquistados pela empresa. No primeiro semestre de 2024, por exemplo, o Divino Fogão foi chancelado com o Selo Excelência em Franchising da Associação Brasileira de Franchising (ABF) e com o selo cinco estrelas da premiação Melhores Franquias do Brasil, promovida pela Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios.

“Todas as conquistas são sinônimo de trabalho, gestão de pessoas e bom relacionamento com os empresários que apostaram no Divino Fogão e se tornaram parte desta imensa família. A celebração dos 40 anos envolverá também os clientes, que são os responsáveis por uma parcela deste sucesso. Dessa forma, às 15h30, do dia 22 de julho, segunda-feira, todas as lojas da rede cantarão parabéns por mais um ano, junto com os consumidores, oferecendo um pedaço do bolo e compartilhando mais um momento importante da nossa trajetória no setor”, finaliza Reinaldo Varela.

Sobre o Divino Fogão

Desde 1984, o Divino Fogão lançou-se no mercado com uma estratégia inovadora, servindo o que há de mais saboroso e variado da comida típica da fazenda. Hoje, o Divino Fogão é nacionalmente reconhecido por seus produtos de excelente qualidade e com sabor genuinamente brasileiro. Receitas próprias e exclusivas foram desenvolvidas ao longo dos anos, procurando atender o gosto e o paladar brasileiro. A rede conta hoje com mais de 210 pontos de vendas que incluem as operações em shopping centers e o projeto de dark kitchen, voltado apenas ao sistema delivery.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Divino Fogão celebra 40 anos e visa abrir 16 unidades até o fim do ano Read More »

Pague Menos inaugura serviço de vacinação em Natal

Pague Menos inaugura serviço de vacinação em Natal

A lista dos imunizantes disponíveis conta com as vacinas contra Herpes Zoster, HPV, Pneumonia, Hepatites, Vírus Sincicial Respiratório, Meningites

Os moradores de Natal serão beneficiados por mais uma iniciativa da Pague Menos e Extrafarma, primeira rede de farmácias presente em todos os estados brasileiros e Distrito Federal, direcionada a garantir a saúde e o bem-estar da população. A empresa, que conta atualmente com 44 unidades na cidade, anuncia a expansão do serviço de vacinação com várias opções de imunizantes. Os interessados poderão se vacinar, sem necessidade de agendamento prévio, a partir do dia 19 deste mês. Procure nossos farmacêuticos para maiores informações.

Segundo Socorro Simões, diretora do Hub de Saúde da Pague Menos e Extrafarma, a chegada do serviço de vacinação em Natal é um passo importante no compromisso com os moradores locais, proporcionando acessibilidade à prevenção de muitas doenças. “Acreditamos que a vacinação é a forma mais eficaz de prevenção. Com isso, vamos ao encontro de nossos objetivos em proporcionar mais um serviço de excelência, com um time qualificado e em um ambiente totalmente adequado para o procedimento, o nosso consultório do Clinic Farma”, pontua.

A unidade conta com o consultório farmacêutico do Clinic Farma, iniciativa pioneira, lançada em 2016. “Além da aplicação dos imunizantes, nossa equipe estará à disposição para orientar sobre o calendário vacinal e oferecer um atendimento personalizado para cada cliente, incluindo os demais protocolos oferecidos. Os nossos farmacêuticos estão prontos para receber os moradores da região em nossas lojas com todo carinho e atenção”, reforça a executiva.

Sobre as Farmácias Pague Menos e Extrafarma

A Pague Menos e Extrafarma estão presentes nos 26 estados da Federação e no Distrito Federal. Contam com 1.654 lojas, distribuídas em mais de 400 municípios, com 25,7 mil colaboradores, além de uma plataforma omnichannel, que possibilita ao cliente comprar como quiser e receber seus produtos como preferir. Líderes nas regiões Norte e Nordeste, a Pague Menos e Extrafarma são hoje o Hub de Saúde da classe média expandida, com mais de mil unidades do Clinic Farma em todas as regiões do país.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pague Menos inaugura serviço de vacinação em Natal Read More »

Pagamento do salário de julho para servidores do RN inicia neste sábado (20)

Pagamento do salário de julho para servidores do RN inicia neste sábado (20)

Servidores com salários até R$ 4 mil e da segurança pública serão os primeiros a receber

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou que o pagamento do salário referente ao mês de julho para os servidores públicos será iniciado no próximo sábado, dia 20. Nesta data, os vencimentos dos servidores ativos, inativos e pensionistas que ganham até R$ 4 mil (bruto) e os servidores da Segurança Pública serão depositados. Ao todo, serão pagos R$ 192 milhões, beneficiando aproximadamente 56 mil pessoas.

Conforme o calendário de pagamentos de 2024, os servidores que recebem acima de R$ 4 mil (bruto) e aqueles lotados em órgãos com arrecadação própria receberão seus vencimentos integralmente no final do mês. No total, a folha de pagamento para julho é de R$ 828 milhões.

Para os servidores que possuem portabilidade bancária, é recomendado consultar o prazo acordado com o banco escolhido para o recebimento do salário, garantindo assim que não haja atrasos inesperados.

Cronograma de pagamentos 2024

A partir de dezembro deste ano, todos os servidores públicos do RN receberão seus salários de forma integral no fim do mês, garantindo isonomia no pagamento. Até lá, está vigente uma regra de transição desde o início de 2024.

Durante este ano, os servidores que recebem até R$ 4 mil, assim como os servidores civis e militares da Segurança Pública, ativos e inativos, têm seus salários antecipados. De janeiro a abril, os pagamentos ocorreram no dia 15 do mês trabalhado; de maio a agosto, os pagamentos são realizados no dia 20; e de setembro a novembro, os salários serão antecipados para o dia 25. Os demais servidores recebem seus vencimentos de forma integral no final do mês desde janeiro.

Foto: Sandro Menezes/Governo do RN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pagamento do salário de julho para servidores do RN inicia neste sábado (20) Read More »

Governo Lula suspende R$ 15 bilhões do orçamento

Governo Lula suspende R$ 15 bilhões do orçamento

Do total, R$ 11,2 bi serão bloqueio e R$ 3,8 bi, contingenciamento

Após reunião no Palácio do Planalto, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, anunciou nesta quinta-feira (18) que o governo federal fará uma contenção de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024 para cumprir as regras do arcabouço fiscal e preservar a meta de déficit zero das despesas públicas prevista para o fim do ano. Desse total, segundo o ministro, R$ 11,2 bilhões serão de bloqueio e outros R$ 3,8 bilhões de contingenciamento.

“A Receita fez um grande apanhado do que aconteceu nesses seis meses [na arrecadação]. O mesmo aconteceu com o Planejamento, no que diz respeito às despesas. E nós vamos ter que fazer uma contenção de R$ 15 bilhões, para manter o ritmo do cumprimento do arcabouço fiscal, até o final do ano, consistindo em R$ 11,2 bilhões de bloqueio, em virtude do excesso de dispêndio acima dos 2,5% [de crescimento acima da inflação] previstos no arcabouço fiscal. E de R$ 3,8 bilhões de contingenciamento, em virtude da Receita, particularmente em função do fato de que ainda não foram resolvidos os problemas pendentes [reoneração da folha de pagamento das empresas] junto ao Supremo Tribunal Federal, ao Senado Federal”, explicou o ministro, em declaração à imprensa.

Ele estava acompanhado das ministras Simone Tebet (Planejamento e Orçamento), Esther Dweck (Gestão e Inovação em Serviços Públicos) e do ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa. A decisão foi tomada após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os detalhes sobre os cortes serão informados na apresentação do Relatório Bimestral de Receitas e Despesas, na próxima segunda-feira (22), como a queda na projeção de receitas e os aumentos de despesas. Em seguida, o governo deve editar um decreto listando as pastas afetadas pelos cortes.

Tanto o contingenciamento como o bloqueio representam cortes temporários de gastos. O novo arcabouço fiscal, no entanto, estabeleceu motivações diferentes. O bloqueio ocorre quando os gastos do governo crescem mais que o limite de 70% do crescimento da receita acima da inflação. O contingenciamento ocorre quando o governo ocorre quando há falta de receitas que comprometem o cumprimento da meta de resultado primário (resultado das contas do governo sem os juros da dívida pública).

No caso do contingenciamento de R$ 3,8 bilhões, segundo Haddad, há maior possibilidade de que possa ser revisto, caso as negociações com o Senado para a reoneração da folha de pagamento de empresas de 17 setores da economia avancem, com a aprovação da medida pelos parlamentares, em acordo com o governo.

Já a meta fiscal estabelecida para este ano, segundo a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), é de déficit zero, com uma banda de tolerância de 0,25% do Produto Interno Bruno (PIB). Essa projeção segue mantida, garantiu o ministro.

Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Governo Lula suspende R$ 15 bilhões do orçamento Read More »

Contador explica possíveis impactos no bolso do cidadão após a reforma tributária

Contador explica possíveis impactos no bolso do cidadão após a reforma tributária

Projeto em tramitação no Congresso promete impactar preços de alimentos, remédios e serviços, com efeitos positivos e negativos para o bolso dos brasileiros; entenda

O projeto de regulamentação da Reforma Tributária, em tramitação no Congresso Nacional, promete desencadear mudanças que serão sentidas no bolso dos brasileiros pelos próximos anos. Além da unificação de tributos, o texto prevê regimes diferenciados que deverão impactar os preços dos alimentos, remédios e serviços. O texto foi aprovado na Câmara dos Deputados e agora aguarda apreciação do Senado Federal.

A mudança central da proposta torna os impostos não cumulativos, isto é, cobrados em um único momento entre o início da produção e a venda para o consumidor final. Desta forma, os cinco tributos hoje aplicados separadamente – ICMS, ISS, IPI, PIS e Cofins – irão se unificar em apenas dois, formando o novo Imposto sobre Valor Agregado (IVA), cuja alíquota-padrão será de 26,5%.

Na prática, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) e o Imposto sobre Serviços (ISS) se juntarão para formar o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), controlado pelos estados. Já o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) formarão a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), controlada pelo governo federal.

O contador Daniel Carvalho explica que a simplificação dos tributos é “um passo importante para reduzir a burocracia e tornar o sistema mais moderno, eficiente e conectado com a realidade atual dos negócios. Esta unificação pode diminuir consideravelmente os custos operacionais das empresas, que atualmente precisam lidar com uma complexa rede de tributos e regulamentações”, explica o diretor da Rui Cadete.

No entanto, segundo ele, é fundamental que a transição seja bem planejada para evitar impactos negativos no mercado. “Uma implementação gradual, cuidadosamente monitorada e devidamente comunicada é essencial para que as empresas, especialmente as de pequeno e médio porte, possam se adaptar às novas regras sem sofrerem perdas financeiras significativas”, destaca o contador.

Mudanças nos preços

Diversos produtos devem ficar mais baratos com a implementação da Reforma Tributária, conforme texto aprovado na Câmara dos Deputados. O maior impacto será sentido sobre o preço dos alimentos, com isenção total para a cesta básica – 24 produtos, incluindo carnes, peixe, arroz, feijão, massas, queijos, hortaliças e frutas, deverão ser isentos. Hoje, na média, esses produtos são taxados em cerca de 8%.

Outros alimentos de consumo mais frequente poderão ter redução de 60%, como leite e sucos naturais, mesma alíquota definida para medicamentos populares, enquanto os que precisam de receita médica continuarão isentos. Além disso, o projeto propõe isenção para o transporte público coletivo, alíquota zero para compras públicas e a criação de um sistema de cashback para devolver parte dos tributos pagos sobre itens essenciais para famílias de baixa renda.

Por outro lado, a reforma propõe a criação de um novo Imposto Seletivo (IS), apelidado de “Imposto do Pecado”. “A ideia desta tributação extra é desestimular o consumo de produtos considerados prejudiciais à saúde e ao meio ambiente, como cigarros, bebidas alcoólicas, refrigerantes e veículos poluentes. Mas o impacto final no bolso do brasileiro ainda é incerto, pois a alíquota só será definida em processos posteriores”, destaca Daniel Carvalho.

As regras da reforma tributária serão aplicadas de forma escalonada até 2033, quando o novo modelo entrará plenamente em vigor. A proposta aguarda análise no Senado Federal, que anunciou nesta semana a criação de um grupo de trabalho para debater o assunto.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Contador explica possíveis impactos no bolso do cidadão após a reforma tributária Read More »

Supermercadistas do RN recebem II edição de evento nacional da Associação Brasileira dos Supermercados

Supermercadistas do RN recebem II edição de evento nacional da Associação Brasileira dos Supermercados

Após o sucesso da primeira edição, os supermercadistas potiguares se preparam para receber novamente o ABRAS em Ação, com conteúdo exclusivo e novidades

Promovido pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) e Associação de Supermercados do Rio Grande do Norte (ASSURN), Natal recebe novamente o ABRAS em Ação nas Estaduais – Rio Grande do Norte. Em seu segundo ano, o evento traz como tema “Colaboração entre Varejo e Indústria”, e será realizado no dia 18 de julho no Holliday Inn Natal, das 8h às 17h30. Exclusivo e gratuito para os supermercadistas potiguares, a segunda edição trará atualizações sobre o tema e palestras novas.

A programação contará com palestrantes de renome nacional, incluindo Marcio Milan, vice-presidente de Institucional e Administrativo da ABRAS; Wagner Picolli, gerente de Atendimento ao Varejo da NielsenIQ; e Rosana Carvalho, diretora comercial Advantage Group, Helio Bertoncello Neto da EY, e uma palestra motivacional com o supermercadista Rafael Haddad, fundador do Fábrica do Líderes, a maior escola de liderança para varejo e supermercados.

De acordo com Gilvan Mikelyson, presidente da ASSURN, o primeiro evento mostrou o crescimento do setor e trouxe informações relevantes sobre colaboração, novos indicadores e tecnologias. “A primeira edição foi um sucesso, tivemos a participação massiva do setor de todo o estado. Nessa segunda edição, reafirmamos a importância e força do setor supermercadista potiguar. Tenho certeza que todo conteúdo do evento será de grande valia para todos nós”, reforçou o presidente da ASSURN.

Para Thaís Anselmo, vice-presidente de Serviços aos Associados da ABRAS, “esta segunda edição reforça o sucesso do evento e fortalece ainda mais o papel e a importância das associações estaduais. E para este ano, teremos atualizações deste nosso conteúdo exclusivo e novidades relevantes para os supermercadistas do estado”.

O evento é gratuito e exclusivo para supermercadistas. As inscrições são limitadas e podem ser feitas por meio do formulário eletrônico: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScavPx8KWpoDBC80AtExotSds2crPhxTmNQsjyT4SBO-icppw/viewform?vc=0&c=0&w=1&flr=0

Confira a programação:

  • A Importância das Informações para Tomada de Decisão Varejo-Indústria”, com Wagner Picolli, NielsenIQ
  • 4 Passos para o Sucesso da Agenda Colaborativa em Sua Empresa” , com Rosana Carvalho, Advantage Group International
  • “Eficiência Operacional”, com Marcio Milan, ABRAS
  • Excelência Operacional na Integração entre o Varejo e a Indústria”, com Helio Bertoncello Neto, EY
  • Palestra Motivacional: Como Formar Líderes e Equipes Extraordinárias” com Rafael Haddad, Fábrica de Líderes

Serviço:

Data: 18 de julho de 2024
Horário: 08h às 18h
Local: Holiday Inn Natal, Av. Senador Salgado Filho, 1906, Natal/RN
Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScavPx8KWpoDBC80AtExotSds2crPhxTmNQsjyT4SBO-icppw/viewform?vc=0&c=0&w=1&flr=0

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Supermercadistas do RN recebem II edição de evento nacional da Associação Brasileira dos Supermercados Read More »

Procon RN realiza fiscalização de preços do Gás Natural em postos de combustíveis

Procon RN realiza fiscalização de preços do Gás Natural em postos de combustíveis

A fiscalização aconteceu nos postos de combustíveis de Natal e região metropolitana

O Procon do Rio Grande do Norte realizou, na última sexta-feira (12.jul.2024), uma operação em postos de combustíveis de Natal e na região metropolitana, fiscalizando o preço do Gás Natural Veicular que estava sendo aplicado pelos estabelecimentos.

Após denúncias de aumento nos preços em diversos postos, o Procon/RN manteve contato com a Companhia Potiguar de Gás – Potigás, a qual informou não ter repassado nenhum aumento aos fornecedores direto, o que caracteriza elevação de preço sem justa causa.

A operação continuará pelos próximos dias, com a expectativa de fiscalizar todos os postos de combustíveis fornecedores do Gás Natural Veicular. Os proprietários dos estabelecimentos autuados terão um prazo para apresentar defesa, mas poderão enfrentar multas e outras penalidades, caso as irregularidades sejam confirmadas.

O Procon/RN orienta os consumidores a denunciarem qualquer suspeita de irregularidade através do canal de atendimento: +55 84 8147-3498.

Fotos: Divulgação SEMJIDH

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Procon RN realiza fiscalização de preços do Gás Natural em postos de combustíveis Read More »

Pague Menos e Extrafarma disponibilizam vagas de emprego no RN

Pague Menos e Extrafarma disponibilizam vagas de emprego no RN

Empresas têm 37 vagas de emprego disponíveis para atuação em cerca de 70 lojas no estado

Uma excelente oportunidade para quem busca uma carreira no setor varejista farmacêutico. A Pague Menos e a Extrafarma iniciaram o ‘Recrutamento do Coração’, um processo seletivo relâmpago para o preenchimento de 37 vagas de emprego em cerca de 70 lojas distribuídas pelo Rio Grande do Norte.

Atualmente, 50 unidades do estado contam com consultórios farmacêuticos do Clinic Farma, serviço pioneiro que oferece diversos serviços de saúde de forma rápida e acessível. Até o final do ano, 86 lojas passarão a oferecer o serviço de vacinação, uma novidade no estado.

“É com grande alegria que anunciamos essa iniciativa para expandir nossa presença no Rio Grande do Norte, um estado crucial para nossa missão de promover saúde e bem-estar. Somos o lugar certo para quem é gente que gosta de gente e busca uma carreira gratificante”, destacou Rosi Purceti, VP de Gente, Cultura e Sustentabilidade da companhia.

As vagas incluem posições de atendimento ao cliente, auxiliar de loja, operador de caixa, farmacêutico e subgerente de loja. Profissionais experientes e iniciantes podem se candidatar, pois há oportunidades para todos os perfis. O processo seletivo é totalmente virtual, garantindo comodidade e acessibilidade aos candidatos.

As inscrições podem ser feitas até 17 de agosto e as vagas permanecerão abertas enquanto disponíveis. Os benefícios variam conforme o cargo, incluindo vale-refeição, vale-transporte, plano de saúde e odontológico, seguro de vida, assistência funeral, plataforma de terapia online, entre outros.

Atualmente, a Pague Menos e a Extrafarma empregam mais de 26 mil colaboradores, comprometidos em fornecer saúde e bem-estar para todos. Recentemente, a empresa foi reconhecida como uma das mais inclusivas do país, segundo a pesquisa ETHOS/Época de Inclusão 2024.

Mais informações estão disponíveis no LinkedIn da Pague Menos: https://www.linkedin.com/company/900094/admin/feed/posts/.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pague Menos e Extrafarma disponibilizam vagas de emprego no RN Read More »

Preço do diesel sobe quatro vezes mais que a inflação em 12 meses

Preço do diesel sobe quatro vezes mais que a inflação em 12 meses

Os dados foram obtidos a partir de transações realizadas em mais de 25 mil postos de combustíveis credenciados no país

Os preços dos combustíveis continuam a subir, impactando diretamente o bolso dos brasileiros. Segundo um levantamento da ValeCard, empresa especializada em soluções de mobilidade, o preço do diesel aumentou quase quatro vezes mais que a inflação nos últimos 12 meses. Em junho, o valor médio do diesel foi de R$ 6,1 por litro, representando um aumento de 15,5% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Durante o mesmo período, a inflação medida pelo IPCA registrou um aumento de 4,23%.

Além do diesel, o preço médio da gasolina em junho foi de R$ 6 por litro, um aumento de 4,10% em relação a janeiro e de 9,8% comparado a junho do ano passado. Já o etanol hidratado, um concorrente direto da gasolina, teve um preço médio de R$ 3,9 por litro em junho, registrando um aumento de 10,45% em relação a janeiro e de 4,03% comparado a junho de 2023.

Os dados foram obtidos a partir de transações realizadas em mais de 25 mil postos de combustíveis credenciados no país. A pesquisa da ValeCard destaca a necessidade de atenção ao aumento contínuo dos preços dos combustíveis, que afeta não apenas o custo de vida dos consumidores, mas também a logística e o transporte de mercadorias em todo o Brasil.

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Preço do diesel sobe quatro vezes mais que a inflação em 12 meses Read More »

Médico veterinário: ganhos, áreas de atuação e tudo neste guia

Médico veterinário: ganhos, áreas de atuação e tudo neste guia

Descubra as diversas oportunidades de carreira e remuneração para médicos veterinários neste guia completo

De acordo com dados do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), o Brasil tem mais de 140 mil médicos veterinários registrados, e a demanda por esses profissionais continua crescendo.

A ocupação conta com profissionais que optaram por transformar o amor pelos animais em carreira, e felizmente encontram uma profissão bastante promissora devido a um mercado com demanda constante.

Um dos fatores responsáveis pela procura incessante, assim como outras áreas da saúde, deve-se às diversas áreas da medicina veterinária e seus vários espaços de atuação, o que significa que o setor apresenta uma significativa necessidade de profissionais qualificados.

Dito isso, os indivíduos que almejam iniciar seus estudos na área não devem encará-la como saturada, mas sim como uma oportunidade de êxito e satisfação profissional.

Neste artigo, esclarecemos as principais dúvidas sobre a carreira em medicina veterinária, como a remuneração, as possibilidades de espaço de atuação e a formação acadêmica.

Fique por aqui e saiba mais sobre um dos cursos de graduação mais procurados do Brasil, conforme os dados de 2023 dos principais vestibulares do país e do Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Ganhos e remuneração do médico veterinário

Apesar de a remuneração não ser o motivo principal pela escolha do curso, não se pode negar sua importância, e por isso é uma das perguntas mais frequentes em relação à profissão: quanto ganha um médico veterinário?

Esta pergunta não pode ser respondida com um número exato, pois depende de diversos fatores, como explicaremos a seguir.

Salário médio e variações regionais

Atualmente, a profissão não tem um piso salarial definido. Em uma matéria, o Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia mencionou que está em tramitação na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL) 1748/22, que propõe estabelecer um piso salarial de R$ 6 mil para médicos-veterinários que trabalhem 30 horas semanais, além de outras disposições.

Devido à falta de um piso salarial estabelecido, os salários variam consideravelmente dependendo da região. Nas capitais, áreas metropolitanas e grandes cidades, os valores são mais atrativos devido à maior demanda e ao elevado custo de vida (produtos e serviços).

Por outro lado, em municípios menores, menos populosos e menos desenvolvidos, os ganhos são inferiores. Segundo o portal Glassdoor, a média salarial de um médico veterinário no Brasil varia de R$ 5.000 a R$ 8.000 mensais.

Entretanto, em grandes centros urbanos como São Paulo e Rio de Janeiro, esse valor pode superar os R$ 10.000.

52202720336 be845a7b8e k
Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Em todos os casos, além da região, outros aspectos influenciam os ganhos dos profissionais da área.

Fatores que influenciam a remuneração

Experiência e especialização

Profissionais com carreira consolidada e mais especializações tendem a receber salários mais altos devido à maior experiência e conhecimento em áreas específicas, além de ultrapassarem a clínica geral.

Local de trabalho

As diversas formas de atuação remuneram de maneiras distintas. Funcionários contratados por clínicas particulares recebem um valor fixo, enquanto empreendedores têm ganhos variáveis. Profissionais em grandes hospitais veterinários tendem a receber mais do que em clínicas menores, entre outras variações.

Setores específicos, como a indústria de alimentos para animais ou pesquisa científica, também podem oferecer salários diferentes aos profissionais.

Tipo de serviço

Os tipos de serviço e especializações determinam os ganhos do profissional. Especialistas em cirurgia, por exemplo, costumam ter salários mais elevados em comparação aos de pronto atendimento.

Profissionais que oferecem serviços emergenciais ou tratamentos avançados também podem cobrar mais por consulta ou procedimento, o que aumenta sua renda.

Reputação e rede de clientes

Veterinários reconhecidos em suas regiões, com boa reputação e uma rede sólida de clientes, tendem a ter remunerações mais altas em comparação a colegas iniciantes com menos clientes.

Demanda

Para médicos veterinários sem salário fixo, a renda varia conforme a demanda. Dependendo do número e da complexidade dos atendimentos ao longo do mês, os ganhos podem variar entre períodos anteriores e posteriores.

Áreas de atuação na medicina veterinária

Cada área de atuação dispõe de atividades específicas, com seus desafios e oportunidades diferentes, embora na mesma ocupação. Os médicos veterinários têm a chance de optar pelo setor mais alinhado às suas preferências e habilidades.

Clínicas e hospitais veterinários:

  • atendimento direto a animais de estimação;
  • animais de grande porte;
  • animais silvestres;
  • diagnósticos;
  • tratamentos clínicos e cirúrgicos;
  • cuidados preventivos e emergenciais;
  • acompanhamento contínuo de saúde;
  • especialização em amplas áreas, como dermatologia, cardiologia, ortopedia, entre outras.

Saúde pública e inspeção sanitária:

  • prevenção e controle de zoonoses;
  • vigilância epidemiológica;
  • promoção da saúde pública;
  • garantia da segurança e qualidade de produtos de origem animal (frigoríficos, abatedouros, e indústrias alimentícias, etc.).

Pesquisa e academia

  • desenvolvimento de novos tratamentos, medicamentos, e tecnologias veterinárias em universidades, institutos de pesquisa ou empresas privadas;
  • atuam ainda como professores, coordenadores e orientadores na formação de profissionais.

Indústria de alimentos e produtos veterinários

  • funções em empresas que produzem alimentos para animais, medicamentos, e outros produtos veterinários;
  • pesquisa e desenvolvimento;
  • controle de qualidade;
  • marketing técnico, e vendas.

Cursos veterinários: formação e especialização

A formação em medicina veterinária dura cinco anos e o ingresso se dá por provas vestibulares.

52202990589 4050ffa6f8 k
Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

As disciplinas variam entre as universidades, mas, em geral, abordam conhecimentos teóricos e aplicações práticas em anatomia, fisiologia, patologia, clínica médica, cirurgia, saúde pública e outras áreas de conhecimento relacionadas à veterinária.

Durante o curso, os alunos passam por estágios obrigatórios para fomentar os conhecimentos e a prática clínica em diversos ambientes como clínicas veterinárias, hospitais, e fazendas.

Após a graduação, os alunos formados podem se especializar em áreas específicas nas pós-graduações ou optar por cursos livres, mestrados e doutorados. Há uma vasta gama de especializações, assim como a medicina tradicional humana.

Instituições renomadas, como a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), oferecem programas de especialização e mestrado em diferentes áreas da medicina veterinária.

Para quem busca uma formação contínua e atualização constante, existem diversos cursos de extensão e aperfeiçoamento, disponíveis tanto presencialmente quanto online. Plataformas como a Coursera e a Udemy também oferecem cursos veterinários, proporcionando flexibilidade e acesso a conteúdos atualizados.

Independentemente da área, esses profissionais exercem um papel fundamental de promoção e assistência à saúde dos animais e do bem-estar social na totalidade, sendo uma profissão de grande nobreza, notoriedade, e é claro, oportunidade.

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Médico veterinário: ganhos, áreas de atuação e tudo neste guia Read More »

GNV tem alta de até R$ 0,30 em Natal

GNV tem alta de até R$ 0,30 em Natal

Aumentos nos preços do GNV e GLP trazem novos desafios para consumidores do Rio Grande do Norte

Os potiguares enfrentam novos reajustes que devem ser incorporados ao orçamento familiar. O Gás Natural Veicular (GNV) teve um aumento que pode chegar a R$0,30 no valor do metro cúbico, enquanto o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, deve custar até R$10,00 a mais. Em muitos locais, esses aumentos já foram repassados aos consumidores desde a última quarta-feira (10.jul.2024).

De acordo com a Companhia Potiguar de Gás (Potigás), responsável pela distribuição do GNV no estado, não houve qualquer aumento na molécula do produto, que desde junho é entregue aos postos por R$3,82, já com impostos. Apesar disso, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do RN (Sindipostos-RN), Maxwell Flor, explica que o reajuste é necessário para compensar aumentos nos custos operacionais dos postos.

A alteração na bandeira tarifária para amarela, confirmada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para julho, aumentou os custos com energia, influenciando o preço final do GNV.

Além dos custos com energia, Maxwell mencionou que a alta do dólar e o reajuste salarial dos frentistas e na cesta básica contribuíram para o aumento do preço. Em um posto de combustível na Avenida Prudente de Morais, em Natal, o preço do GNV subiu de R$5,09 para R$5,39.

No caso do gás de cozinha, o aumento é atribuído a reajustes nas distribuidoras, podendo chegar a R$10,00. Bernadete Leandro, gerente de uma revendedora no bairro das Rocas, afirmou que o preço do botijão pode subir de R$105,00 para até R$110,00.

Em Dix-Sept Rosado, um revendedor relatou um reajuste de R$3,49 recebido da distribuidora, prevendo que o preço do gás, atualmente em R$95,00, poderá subir para R$99,00 após 30 dias.

Foto: Carmem Felix/Assecom RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

GNV tem alta de até R$ 0,30 em Natal Read More »

Crescimento do varejo no RN supera a média nacional

Crescimento do varejo no RN supera a média nacional

Dados do IBGE revelam aumento expressivo nas vendas e na geração de empregos no estado

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio RN) celebrou os recentes dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que indicam um crescimento notável do varejo no estado nos primeiros cinco meses de 2024. Este desempenho ultrapassa em mais de dez vezes o registrado no mesmo período de 2023, destacando o estado como um dos principais motores da recuperação econômica no país.

Com um aumento de 7,4% nas vendas em maio comparado ao ano anterior, o Rio Grande do Norte mantém uma tendência positiva pelo quinto mês consecutivo, superando a média nacional de 5%. O presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, atribui esse crescimento a um desempenho robusto e sustentável de diversos setores do varejo.

“Temos observado um desempenho consistente ao longo dos meses, sugerindo uma tendência de crescimento sustentável para o restante do ano. De janeiro a maio, alcançamos um crescimento de 6,8% no estado, muito superior ao mesmo período de 2023, quando o aumento foi de apenas 0,6%. Este crescimento também supera a média nacional de 4,8%, colocando o RN em destaque na recuperação econômica do varejo brasileiro”, afirmou Queiroz.

Os setores de hipermercados e supermercados (+10,5%), artigos farmacêuticos e de perfumaria (+13,6%) e veículos e peças (+0,6%) foram os que mais contribuíram para esse desempenho positivo. Além disso, a Fecomércio destaca a recuperação significativa de empregos no setor. Segundo dados do Caged, o comércio do RN recuperou mais de 400 vagas formais de emprego em maio, e no acumulado do ano, foram gerados 1.253 postos de trabalho, comparado a apenas 183 em 2023.

“Há diversos fatores que influenciam nesse resultado, como a criação de mais vagas de emprego e o aumento dos salários médios, aliado a um crédito mais acessível e amplo distribuído no país”, analisou Queiroz.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Crescimento do varejo no RN supera a média nacional Read More »

Vendas de veículos cresce quase 27% no RN

Vendas de veículos cresce quase 27% no RN

Estado registra aumento de 26,37% nas vendas de veículos novos no primeiro semestre de 2024

O mercado de veículos novos no Rio Grande do Norte tem experimentado um crescimento expressivo em 2024, seguindo a tendência nacional. De acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o estado registrou um aumento de 26,37% nas vendas no acumulado até junho, com 26.028 veículos emplacados, comparados a 20.596 no mesmo período de 2023.

Entre os segmentos, a venda de carros de passeio e utilitários leves aumentou 31,02%, enquanto ônibus e caminhões registraram uma queda de 27,15%. As motocicletas e implementos rodoviários tiveram um crescimento significativo de 25,75%. Somente em junho, foram emplacados 4.328 veículos novos, um aumento de 19,69% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

A Fenabrave revisou suas projeções de crescimento para o mercado nacional, aumentando a estimativa de alta nas vendas de 13,5% para 16,7% em 2024. A nova projeção aponta para 4,65 milhões de unidades emplacadas, um aumento significativo em relação aos 3,98 milhões de 2023. No entanto, as vendas de ônibus devem permanecer estagnadas, sem variação em relação ao ano anterior.

Foto: Palácio do Planalto/Arquivo/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Vendas de veículos cresce quase 27% no RN Read More »

Câmara aprova texto-base da reforma tributária com trava no IVA

Câmara aprova texto-base da reforma tributária com trava no IVA

Inclusão de carnes na cesta básica foi aprovada em destaque

Por 336 votos a favor, 142 contra e duas abstenções, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (10), o texto-base do primeiro projeto de lei complementar que regulamenta a reforma tributária sobre o consumo. A versão do texto inseriu uma trava para a alíquota do futuro Imposto sobre Valor Adicionado (IVA), inclui remédios na lista de produtos com imposto reduzido e amplia a cesta básica nacional com imposto zero. O texto será enviado para análise do Senado Federal.

Por meio de um destaque, carnes (de qualquer tipo), peixes, queijos e sal foram incluídos na lista de alimentos com isenção. O destaque para isentar as carnes e as proteínas animais foi aprovado por 477 votos a favor, três contra e duas abstenções, após destaque do PL, principal partido de oposição.

Apesar de articulada pela bancada ruralista e pela indústria de alimentos, a isenção foi acatada pelo relator do projeto de lei, deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) e celebrada pela líder do PT na Câmara, deputada Benedita da Silva (RJ). “É o sonho do presidente Lula todo o tempo se colocando de que era muito importante que houvesse proteína na cesta básica das pessoas mais vulneráveis”, disse a parlamentar.

Pelo texto enviado pelo governo, as carnes estavam na lista de produtos com alíquota reduzida para 40% da alíquota original, pagando 10,6% em vez de 26,5%. Agora terão alíquota zero.

Antes das carnes e dos queijos, o relator tinha incluído, de última hora, óleo de milho, aveia e farinhas na cesta básica nacional, que não pagará IVA. Ele também incluiu pão de forma e extrato de tomate nos produtos com imposto reduzido. Antes da votação do destaque da carne, a Câmara derrubou dois destaques, um que buscava introduzir incentivos para a construção civil e outro que buscava incluir armas e munições na cobrança do Imposto Seletivo.

Lopes também aumentou a lista de medicamentos com alíquota reduzida para 40% da alíquota cheia. O texto original do governo previa uma lista de 343 princípios ativos com isenção de imposto e 850 com alíquota reduzida. O texto aprovado ampliou a lista de alíquotas reduzidas para todos os medicamentos com registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e os medicamentos produzidos em farmácia de manipulação.

Atendendo à bancada feminina, o relator incluiu o Dispositivo Intrauterino (DIU), tipo de método anticoncepcional, na lista de dispositivos médicos com IVA reduzido. Anteriormente, Lopes tinha inserido itens de higiene menstrual, como absorventes, tampões higiênicos, coletores menstruais e calcinhas absorventes, na lista de produtos com de impostos, em vez de alíquota reduzida, como no projeto original.

Cashback e imposto seletivo

O cashback, mecanismo de devolução de imposto à população mais pobre, também foi ampliado. O projeto original previa a devolução de 100% da Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS, tributo federal) e 20% do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS, imposto estadual e municipal) na compra de gás; 50% da CBS e 20% do IBS no pagamento das contas de luz, de água e esgoto; e 20% da CBS e do IBS sobre os demais produtos. A versão aprovada eleva de 50% para 100% a devolução da CBS sobre as contas de energia elétrica, água, esgoto e gás natural.

Na última hora, o relator incluiu o carvão mineral na lista de produtos que pagarão o Imposto Seletivo, que incidirá sobre produtos que fazem mal à saúde e ao meio-ambiente. Lopes, no entanto, estendeu a alíquota máxima de 0,25% para todos os minerais extraídos, não apenas ao minério de ferro, como constava no parecer anterior. A emenda constitucional fixa em 1% o limite para o Imposto Seletivo.

No relatório anterior, divulgado na semana passada, carros elétricos e apostas (físicas e on-line) tinham sido incluídas na lista de produtos com Imposto Seletivo. As armas e munições, no entanto, ficaram de fora, apesar de pressões de entidades da sociedade civil. Embora sejam movidos a diesel e tenham alto nível de poluição, os caminhões também não pagarão o tributo.

Alíquota travada

Na terça-feira (9), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que a inclusão das carnes na lista de produtos isentos aumentaria o IVA em 0,53 ponto porcentual, o que faria a alíquota média passar de 26,5% para 27,03%, a maior do mundo parta esse tipo de imposto, superando a da Hungria, que cobra 27%. O Banco Mundial calcula um impacto de 0,57 ponto percentual.

Os deputados decidiram travar a alíquota em 26,5% a partir de 2033, quando acabar a transição dos tributos atuais para o IVA. Com a limitação do futuro imposto, o governo, perderá receitas no longo prazo. Segundo o texto aprovado, se a alíquota ultrapasse o teto, o governo seria obrigado a elaborar, em conjunto com o Comitê Gestor do IBS, um projeto de lei complementar com medidas para diminuir a carga tributária.

A trava é mais profunda que a instituída na emenda constitucional da reforma tributária, aprovada em dezembro do ano passado. A emenda à Constituição tem um teto para evitar o aumento da carga tributária do país (medida pela relação entre a arrecadação de impostos e o Produto Interno Bruto) na comparação com a carga atual, o que permitia ao Congresso criar exceções e regimes especiais, em troca do aumento da alíquota cheia, de 26,5%. A nova trava inserida na regulamentação limita a alíquota média do IVA, obrigando o governo a reduzir a carga tributária no futuro.

Planos de saúde e turismo

O texto aprovado também permite que as empresas recebam créditos tributários de planos de saúde coletivos previstos em convenção, prática vedada no projeto original. Outra inclusão foi a de planos de saúde de animais domésticos, com alíquota reduzida em 30%.

Os deputados também incluíram um mecanismo de devolução de tributos a turistas estrangeiros que comprarem produtos no Brasil e os embarcarem na bagagem. Esse sistema existe em diversos países, quando o valor total das mercadorias ultrapassa determinado valor.

A proposta aprovada passa a considerar improbidade administrativa a não devolução de créditos tributários (ressarcimento parcial de tributos que impede a cobrança em cascata) às empresas nos prazos estabelecidos. Nesses casos, o secretário da Receita Federal e o presidente do Comitê Gestor do IBS serão responsabilizados.

O projeto estabelece até 30 dias para o pagamento de créditos os contribuintes inscritos em programas de conformidade, até 60 dias para valores dentro da média mensal do contribuinte e até 180 dias para os demais casos (créditos acima ou abaixo da média mensal da empresa).

Foto: Mário Agra/Câmara dos Deputados

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Câmara aprova texto-base da reforma tributária com trava no IVA Read More »

Pague Menos oferece 37 vagas de emprego no RN

Pague Menos oferece 37 vagas de emprego no RN

Com expansão de serviços de saúde, empresa reforça o compromisso com bem-estar da população e inclusão

A Pague Menos e a Extrafarma, gigantes do varejo farmacêutico no Brasil, acabam de lançar o “Recrutamento do Coração”, uma iniciativa que oferece 37 vagas de emprego em cerca de 70 lojas no estado do Rio Grande do Norte. O projeto visa preencher rapidamente diversas posições, como atendimento ao cliente, operador de caixa, farmacêutico, e subgerente de loja.

A Pague Menos destaca seu serviço Clinic Farma, presente em 50 unidades do estado, que oferece acesso a diversos serviços de saúde de forma rápida e acessível. Além disso, até o final do ano, 86 lojas passarão a oferecer o serviço de vacinação, um marco inédito no estado.

Rosi Purceti, VP de Gente, Cultura e Sustentabilidade da companhia, reforça a importância desta expansão: “Somos o lugar certo para quem busca uma carreira gratificante, numa empresa em constante expansão.”

As inscrições para as vagas são totalmente virtuais, promovendo comodidade e acessibilidade para todos os candidatos. O prazo para inscrições é até 17 de agosto, com benefícios que incluem vale-refeição, vale-transporte, plano de saúde e odontológico, seguro de vida, assistência funeral, plataforma de terapia online, entre outros.

A companhia, que emprega mais de 26 mil colaboradores, foi recentemente reconhecida como uma das empresas mais inclusivas do país, conforme a pesquisa ETHOS/Época de Inclusão 2024. Isso reforça sua estratégia de evoluir como uma forte marca empregadora, focada nas pessoas e na promoção de seus valores organizacionais.

Para mais informações, acesse os canais oficiais da companhia no LinkedIn. A Pague Menos e a Extrafarma continuam a se consolidar como um verdadeiro hub de saúde, com parcerias estratégicas e uma ampla gama de serviços oferecidos em mais de 1.100 lojas pelo país.

Foto: Divulgação/Pague Menos

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pague Menos oferece 37 vagas de emprego no RN Read More »

Reforma prevê isenção para quem fatura até R$ 40 mil

Reforma prevê isenção para quem fatura até R$ 40 mil

Montante corresponde a metade do teto atual de faturamento para Microempreendedores Individuais e estima-se que existam 3,5 milhões de trabalhadores com esse perfil no Brasil

Microempreendedores Individuais (MEIs) que ganham até R$ 40,5 mil por ano devem ser isentos de impostos. Pelo menos é o que prevê o texto de regulamentação da Reforma Tributária, em votação na Câmara dos Deputados. Essa nova categoria seria denominada “nanoempreendedor” e a ideia é oferecer um regime tributário simplificado para quem recebe até metade do teto de receita dos MEIs, que podem faturar até R$ 81 mil ao ano.

A medida contempla vendedores diretos (o popular “porta a porta”), como consultoras de cosméticos, utensílios de cozinha e outros produtos, além de prestadores de serviço que recebem até R$ 3.375 por mês. Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), há cerca de 3,5 milhões de trabalhadores com esse perfil atualmente no Brasil, dos quais 65% são mulheres.

De acordo com o contador e diretor da Rui Cadete, Daniel Carvalho, a principal mudança seria a possibilidade de isenção no pagamento mensal da DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), atualmente obrigatório. “Por outro lado, isso significa que os nanoempreendedores deixariam de contribuir para a Previdência Social e perderiam benefícios como aposentadoria, salário-maternidade e pensão por morte, por exemplo”, pondera.

A proposta visa fomentar o desenvolvimento de pequenos negócios e formalizar atividades que permanecem na informalidade devido aos custos da carga tributária. “A flexibilidade oferecida por essa nova categoria pode incentivar mais pessoas a empreenderem, mas é crucial que cada empreendedor avalie as implicações a longo prazo de não contribuir para a Previdência e perder direitos trabalhistas essenciais”, aconselha Daniel.

Segundo o texto, a contribuição para os nanoempreendedores seria optativa, sendo a categoria isenta do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), de competência de estados e municípios, e da Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), federal.

Pelas regras atuais, podem aderir ao Simples Nacional:

  • Microempreendedor individual que fatura até R$ 81 mil por ano;
  • Transportador autônomo de cargas que fatura até R$ 251,6 mil por ano;
  • Microempresas com até R$ 360 mil por ano;
  • Empresas de pequeno porte com até R$ 4,8 milhões anuais.

Se sancionada, a lei com as novas taxações começarão a vigorar, gradativamente, a partir de 2026.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Reforma prevê isenção para quem fatura até R$ 40 mil Read More »

Curso gratuito sobre “Dicas para se tornar um comerciante de sucesso” está com inscrições abertas até dia 15

Curso gratuito sobre “Dicas para se tornar um comerciante de sucesso” está com inscrições abertas até dia 15

Destinado a comerciantes e empresas que vendem nas redes sociais, o conteúdo abordará as ferramentas fundamentais para atrair mais clientes

O ambiente digital se tornou um importante ativo nos negócios de diferentes portes, mas é preciso agregar ferramentas para aperfeiçoar a atuação e desenvolver ações que buscam atrair clientes por meio das redes sociais. Para auxiliar os(as) micro e pequenos empreendedores(as) de todo o Brasil a conquistarem o êxito de seus negócios, o Instituto Assaí, por meio do programa Academia Assaí, em parceria com o Sebrae, realizará no dia 16 de julho o curso online e gratuito ”Dicas para se tornar um comerciante de sucesso”.

Destinada a comerciantes e empresas que vendem nas redes sociais, a aula trará técnicas para criação de anúncios no Facebook, Instagram e Google Ads. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 15 de julho, por meio do link: https://www.academiaassai.com.br/eventos/curso/dicas-para-se-tornar-um-comerciante-de-sucesso.

SERVIÇO
Curso: Dicas para se tornar um comerciante de sucesso
Data e horário: 16 de julho de 2024, das 18h às 20h
Plataforma: Youtube
Inscrições: até as 23h59 do dia 15 de julho, por meio do link https://www.academiaassai.com.br/eventos/curso/dicas-para-se-tornar-um-comerciante-de-sucesso

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Curso gratuito sobre “Dicas para se tornar um comerciante de sucesso” está com inscrições abertas até dia 15 Read More »

Estudo aponta que informalidade representa 46% do mercado da confeitaria no Brasil

Estudo aponta que informalidade representa 46% do mercado da confeitaria no Brasil

Superar o amadorismo é um dos temas do evento focado no segmento, que pretende reunir este mês mais de 300 confeiteiras em Natal

Formalizar um negócio e se posicionar no mercado ainda é um desafio para muitos microempreendedores. Segundo dados do IBGE, seis em cada dez profissionais autônomos estão na informalidade. No setor da confeitaria, esse número representa cerca de 46% do mercado, de acordo com o estudo conduzido pela Zupgo em parceria com a Associação Brasileira de Comércio de Artigos para Festas. Além da falta de profissionalismo que transparece para o consumidor, a informalidade também pode acarretar uma série de problemas fiscais, contábeis e administrativos.

“Além da falta formalização, outros erros comuns envolvem não separar finanças pessoais e do negócio, subestimar o fluxo de caixa, perder prazos fiscais, não se organizar com um planejamento financeiro e não definir a correta tributação da empresa. Para evitá-los, é fundamental manter registros detalhados, monitorar constantemente o fluxo de caixa com projeções, atentar aos calendários fiscais e, claro, contar com o suporte de um profissional experiente que possa realizar a contabilidade do negócio”, destaca Daniel Carvalho, contador e diretor da Rui Cadete.

As novas doces tendências

Para além da formalização, se manter em destaque no mercado da confeitaria exige estar atento às novas tendências. De acordo com a mentora em gestão e precificação focada no setor, Vivi Costa, acompanhá-las e compreendê-las é crucial para o sucesso de um doce microempreendimento. “Adaptar-se a essas mudanças não é apenas necessário para se manter competitivo, mas também para prosperar no mercado atual. Tendências como o delivery e o digital, vieram para ficar. Ambas oferecem conveniência ao cliente e ampliam o alcance e a visibilidade do empreendimento”, enfatiza Costa.

Descomplicar o processo de vendas, administração e marketing na confeitaria é o principal objetivo do ‘Papo de Confeiteiras’ liderado por Vivi Costa, que acontece nos próximos dias 22 e 23, no Hotel Holiday Inn, em Natal. Na sua terceira edição, o evento espera mais de 300 confeiteiras profissionais e amadoras da capital e do interior para uma imersão intensiva, com a participação de doze palestrantes reconhecidos no segmento. Durante dois dias, o foco será proporcionar uma visão abrangente sobre negócios sustentáveis no setor da confeitaria.

Os ingressos para o evento podem ser adquiridos no site oficial. “A expectativa é de que o “Papo de Confeiteiras” não apenas capacite profissionais, mas também fortaleça a rede de apoio e colaboração entre confeiteiras, promovendo um ambiente de crescimento mútuo e desenvolvimento sustentável para o setor”, afirma Vivi Costa.

Serviço:

Papo de Confeiteiras

Onde: Hotel Holiday Inn. Av. Sen. Salgado Filho, 1906 – Lagoa Nova, Natal – RN
Quando: 22 e 23 de julho
Horário: Das 8h às 19h
Ingressos disponíveis em: https://papodeconfeiteiras.com.br/papo-de-confeiteira-2024/
Canal oficial: https://www.instagram.com/papodeconfeiteirasoficial/

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Estudo aponta que informalidade representa 46% do mercado da confeitaria no Brasil Read More »

Governo do RN lidera gastos com pessoal no Brasil

Governo do RN lidera gastos com pessoal no Brasil

Estado ultrapassa limite da Lei de Responsabilidade Fiscal e recebe recomendação do Ministério Público

O Rio Grande do Norte é o estado brasileiro com o maior percentual de gastos com pessoal em relação à receita líquida, alcançando 56,86% das suas receitas direcionadas ao pagamento de servidores. Este índice ultrapassa significativamente o limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que é de 49% para o Poder Executivo.

Os dados foram divulgados no Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do 1º quadrimestre de 2024, emitido pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Além do Rio Grande do Norte, Minas Gerais também excedeu o limite legal, com 50,37% de suas receitas comprometidas com despesas de pessoal.

Em resposta à situação crítica, o Ministério Público Estadual recomendou ao governo do RN diversas medidas administrativas para ajustar as finanças conforme a LRF. Entre as recomendações estão a suspensão de aumentos salariais, a criação de cargos e a realização de concursos públicos.

A despesa total com pessoal inclui gastos com servidores ativos, inativos e pensionistas, descontando despesas de indenização por demissão, incentivos à demissão voluntária ou resultantes de decisões judiciais. No Rio Grande do Norte, 60% do total de gastos com pessoal foi destinado a servidores ativos, 39% a inativos e pensionistas, e 1% a terceirizações.

Embora a LRF não preveja punição criminal para estados que ultrapassam o limite de gastos com pessoal, há restrições em caso de aumento dessa despesa nos últimos 180 dias de mandato.

Os Poderes Judiciário, Legislativo e o Ministério Público do RN permaneceram dentro dos limites legais estabelecidos.

Foto: Heros Lucena/Assecom/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Governo do RN lidera gastos com pessoal no Brasil Read More »

Deputados aprovam urgência de texto sobre impostos da reforma tributária

Deputados aprovam urgência de texto sobre impostos da reforma tributária

Votação do Projeto de Lei Complementar será nesta quarta-feira

Por 322 votos favoráveis e 137 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (9) o requerimento de urgência para a votação do Projeto de Lei Complementar de Regulamentação da Reforma Tributária (PLP 68/24). O relatório final foi apresentado na semana passada pelo grupo de trabalho composto por deputados federais para analisar o texto proposto pelo governo federal ainda em abril.

Com a aprovação da urgência, o projeto vai direto para a votação em plenário, já pautado para a sessão plenária desta quarta-feira (10).

Pela proposta, a alíquota média de referência da nova tributação, que é a soma do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) de estados e municípios e a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS) federal, será 26,5%. Vários setores, porém, terão descontos na alíquota referencial ou isenção total, como é o caso da cesta básica.

Os novos tributos vão substituir o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o Programa de Integração Social (PIS), a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins), o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto sobre Serviços (ISS). Após a aprovação, a nova legislação entrará em vigor em etapas: parte em 2025, depois 2027, 2029 e 2033, quando o novo sistema tributário entrará totalmente em vigor. O processo de aprovação da reforma tributária começou no ano passado, quando o Congresso Nacional promulgou a Emenda Constitucional 132 , que estabeleceu o novo sistema de tributação, em uma discussão que levou mais de três décadas para avançar no país.

“Esta Câmara vai viver amanhã [10] um momento alto de um intenso debate e vamos oferecer ao país uma proposta que é centrada na transparência, no fim da guerra fiscal, na questão da unificação dos tributos e isenção total daqueles produtos que compõem a cesta básica brasileira”, afirmou o líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), ao encaminhar votação favorável à urgência. Segundo o deputado, por unanimidade, os líderes partidários decidiram, mais cedo, em reunião na Residência Oficial da Presidência da Câmara, votar a urgência hoje e o mérito do texto amanhã.

Críticos ao regime de urgência, parlamentares da oposição encaminharam voto contrário ao avanço do texto. “A gente está falando de uma reforma tributária que, por exemplo, temos projetos de lei complementares anteriores ao do governo, que foram apresentados antes e nem foram sequer discutidos, sequer apensados. Estamos falando de uma reforma que tem 511 artigos, 356 páginas e que foi apresentado na sexta-feira [5], mas só de um lado. O que a gente tem medo? De estar criando um ‘Frankenstein’, incluindo aumento de carga tributária”, argumentou a deputada federal Adriana Ventura (Novo-SP).

Um dos principais articuladores da proposta, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), defendeu o processo de discussão do projeto. “Foram mais de 220 horas de audiências cronometradas, foram 300 entidades recebidas, mais de mil pessoas. O plenário pode ter pensamento ideológico para um lado, pensamento ideológico para o outro, mas acusar essa Casa, num tema como esse, dizer que faltou debate, faltou oportunidade, não é correto”.

Regras

Com 335 página e 511 artigos, o texto que regulamenta os novos impostos manteve as regras para a devolução do imposto para as pessoas mais pobres, o chamado cashback, para água, esgoto e energia. Pelo texto, o IBS e o CBS serão devolvidos às pessoas integrantes de famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo.

Pela proposta, o cashback será de 100% para a CBS e de 20% para o IBS, na aquisição do botijão de 13kg de gás liquefeito de petróleo (GLP); 50% para a CBS e 20% para o IBS, nas operações de fornecimento de energia elétrica, água, esgoto e gás natural; de 20% para a CBS e para o IBS, nos demais casos. O texto também abre a possibilidade de que a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios aumentem os descontos previstos na lei.

O texto prevê ainda a incidência do split payment, mecanismo no qual o valor pago do IBC e CBS por um comprador é automaticamente dividido entre o vendedor e as autoridades fiscais no momento da transação. Segundo os deputados, o mecanismo ruduz a possibilidade de sonegação fiscal e melhora a eficiência da arrecadação tributária.

A reforma cria ainda uma nova categoria, a do nano empreendedor, que não terá cobrança de imposto. Segundo o texto, a categoria do nano empreendedor será aplicada às pessoas com 50% do limite de faturamento anual do microempreendedor individual (MEI), que atualmente é de R$ 81 mil.

Foto: Mário Agra/Câmara dos Deputados

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deputados aprovam urgência de texto sobre impostos da reforma tributária Read More »

Pão de Açúcar oferece variedade em produtos para pessoas com restrições alimentares

Pão de Açúcar oferece variedade em produtos para pessoas com restrições alimentares

A rede tem investido constantemente na ampliação de sua linha de produtos livres de alérgenos comuns, como glúten, lactose, soja e amendoim

O mundo nunca foi tão alérgico, e a tendência é que até 2030 metade da população seja acometida por alergias respiratórias, cutâneas ou alimentares, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Dessa forma, para atender as demandas cada vez mais crescentes de consumidores que enfrentam situações de alergias, a rede Pão de Açúcar, atenta às necessidades dos seus clientes, oferece uma boa variedade de produtos para pessoas com restrições alimentares.

A rede tem investido constantemente na ampliação de sua linha de produtos livres de alérgenos comuns, como glúten, lactose, soja e amendoim. Essa iniciativa busca garantir que todos os clientes possam encontrar opções seguras e nutritivas em suas lojas, promovendo uma experiência de compra inclusiva e segura.

Nas lojas da rede, os clientes encontram seções dedicadas a produtos específicos livres de alérgenos, além de itens alternativos para diversas dietas especiais, como vegana, vegetariana, low carb e orgânica. Parcerias com produtores locais garantem ainda a oferta de alimentos frescos e de procedência confiável, ampliando as opções para quem tem necessidades alimentares específicas.

WhatsApp Image 2024 07 09 at 11.53.08
Foto: Divulgação/Pão de Açúcar

Os produtos livres de alérgenos e para dietas especiais do Pão de Açúcar podem ser encontrados tanto nas lojas físicas, quanto no e-commerce (www.paodeacucar.com) e nos aplicativos Pão de Açúcar Mais, proporcionando conveniência e acessibilidade para todos os clientes.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pão de Açúcar oferece variedade em produtos para pessoas com restrições alimentares Read More »

Bancos fecham quase 5% das agências no RN enquanto cooperativas de crédito ampliam rede

Bancos fecham quase 5% das agências no RN enquanto cooperativas de crédito ampliam rede

No dia Internacional do Cooperativismo, Sicredi realiza diversas ações sociais voluntárias e revela crescimento de 15,63% de sua rede de atendimento em dois anos no estado

Mesmo depois da pandemia, os grandes bancos continuam fechando agências bancárias e diminuindo sua rede de atendimento ao público. No Rio Grande do Norte, já são oito agências fechadas em apenas dois anos. Na direção contrária, o Sicredi – primeira instituição financeira cooperativa do Brasil – anuncia, no Dia Internacional do Cooperativismo, uma ampliação de seus pontos de atendimento, chegando a 37 unidades presenciais no estado, um aumento de 15,63% no mesmo período.

Com a expansão, o Rio Grande do Norte obteve a quinta maior variação percentual no número total de agências e postos de atendimento Sicredi no Nordeste. Enquanto isso, o estado viu sua rede de atendimento bancário reduzir em 4,55% no biênio 2022-2024, a maior queda da região. Conhecido como Dia C, o Dia Internacional do Cooperativismo é celebrado no primeiro sábado de julho em todo país com ações sociais voluntárias e de prestação gratuita de serviços.

Para o analista de Planejamento Estratégico da Central Sicredi Nordeste, Jonas Marinho, o crescimento do cooperativismo de crédito na região tem sido impulsionado pela expansão da base de associados e a inclusão financeira de áreas remotas nos estados. São quase 255 mil novos associados no Nordeste em dois anos, levando o Sicredi a atingir R$ 11 bilhões em ativos totais, um aumento de 11,63% no mesmo período.

“O Sicredi registrou um crescimento de 16% no número de associados na região Nordeste. As cooperativas de crédito têm desempenhado um papel fundamental na promoção da inclusão financeira, atendendo às necessidades de pessoas físicas e jurídicas, especialmente, em áreas em que as agências bancárias tradicionais não alcançam”, aponta Marinho. “As cooperativas oferecem taxas de juros diferenciadas e um atendimento mais humanizado, além de estarem comprometidas com o desenvolvimento socioeconômico local”, completa o analista.

Impacto na economia local

O crescimento das cooperativas de crédito impacta na economia local uma vez que elas reinvestem os recursos na comunidade com participação democrática dos associados, destinando parte dos lucros a fundos comunitários e programas de educação financeira. “As cooperativas de crédito contribuem diretamente para o crescimento dos associados e das comunidades. O resultado obtido é distribuído entre os associados, e parte desse valor é destinada a fundos e programas que beneficiam a comunidade”, explica o analista do Sicredi.

Para os próximos anos, a instituição financeira cooperativa tem objetivos claros para continuar seu crescimento no Nordeste. “Nosso objetivo é desenvolver pessoas, estratégias e negócios sustentáveis, aprimorar a gestão de relacionamento com diferentes públicos, potencializar a atuação no segmento de empresas e fortalecer a competitividade no crédito agro”, afirma Marinho.

Dia Internacional do Cooperativismo

O Dia Internacional do Cooperativismo, conhecido como Dia C, é celebrado no primeiro sábado de julho com uma série de ações de voluntariado promovidas pelas cooperativas de crédito do Sicredi em toda a região Nordeste. O evento serve para reforçar o compromisso das cooperativas em promover o bem-estar social e a solidariedade nas comunidades onde atuam, beneficiando centenas de entidades assistenciais e famílias em situação de vulnerabilidade social.

As ações incluem uma série de iniciativas que fortalecem a essência do cooperativismo, atuando como agentes transformadores na sociedade em todas as cidades onde o Sicredi possui pontos de atendimento. Estão previstas atividades nos estados da Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Ceará, Maranhão e Bahia.

Com a participação de centenas de voluntários, serão realizadas doações de cadeiras de rodas, cestas básicas, kits de higiene pessoal, fraldas geriátricas, ações de educação financeira, atendimentos de saúde, como odontológicos, vacinação, atividades físicas, além de capacitação profissional, corte de cabelo, doação de mudas de plantas, entre outros.

As ações realizadas no Dia C refletem o compromisso do cooperativismo com o desenvolvimento sustentável e o bem comum. O tema inspirador para 2024 é: (#CoopsDay) Cooperativas constroem um futuro melhor para todos. Essa escolha reafirma o papel das cooperativas na construção de um amanhã mais sustentável, com destaque para o compromisso em alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) até 2030.

De acordo com Cleber Zequetto, gerente de Cooperativismo e Sustentabilidade da Central Sicredi Nordeste, “as cooperativas Sicredi sediadas na região Nordeste estão neste movimento de voluntariado que é contínuo e não se concentra apenas ao Dia C, mas se consolidam em jornadas ao longo de todo ano”.

Para estas realizações, as cooperativas do Sicredi contam com o apoio de entidades locais ligadas ao cooperativismo, como o sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e os Sescoop´s estaduais (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo).

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Bancos fecham quase 5% das agências no RN enquanto cooperativas de crédito ampliam rede Read More »

Startups, fintechs e projetos universitários do RN podem concorrer a R$ 270 mil em prêmios no Santander X Award 2024

Startups, fintechs e projetos universitários do RN podem concorrer a R$ 270 mil em prêmios no Santander X Award 2024

As 30 melhores soluções vão receber mentorias personalizadas ministradas pelos especialistas em inovação da ACE Cortex

O Santander Universidades está com inscrições para a quarta edição do Santander X Award 2024. O programa irá fornecer mentorias personalizadas, recursos técnicos e visibilidade internacional para startups, fintechs, startups e projetos universitários que possuem ideias com potencial de mercado e soluções capazes de impactar a sociedade. Serão selecionados 30 trabalhos divididos entre as categorias “Startup”, “Fintech” e University”, e destas, 9 serão premiadas em R$ 270 mil reais, sendo R$ 40 mil para cada startup e fintech e R$ 10 mil para os projetos universitários.

Para essa edição, todos que se inscreverem até 10/07/2024 ganharão uma aceleração online, ministradas pelos especialistas da consultoria de inovação ACE Cortex, que é referência em inovação corporativa no ecossistema de startups. A mentoria aborda temas como ideação, validação, negócio, produto, marketing, jurídico, contábil e fundraising, que são temas relevantes para todas as soluções. Todos que realizarem a aceleração completa, ganham um certificado de conclusão.

Após esse processo, os projetos selecionados vão participar de um Pitch Day Final para serem avaliados por uma banca composta por executivos do Santander e ACE Cortex, que vão premiar as melhores soluções alinhadas com o propósito do programa. “Nós temos muito orgulho de lançar uma inciativa que coloca o universitário e o empreendedor brasileiro como referência intelectual para todo um ecossistema global de empreendedorismo. Em três edições do Award, entregamos mais de 100 horas de mentorias, premiamos 18 soluções entre projetos universitários e startups com prêmios avaliados em mais de R$ 550 mil”, diz Marcio Giannico, Senior Head de Governos, Instituições, Universidades e Universia no Brasil.

Na edição de 2023, o projeto Bertoleza, que utiliza recursos de machine learning e inteligência artificial para tornar o diagnóstico de esquizofrenia mais preciso, foi contemplado na categoria “University” para receber a mentoria personalizada da ACE Cortex.

A ideia foi desenvolvida por Jones Oliveira, professor associado no Departamento de Estatística e Informática da Universidade Federal Rural de Pernambuco e João Ricardo Mendes, professor titular, médico e pesquisador da Universidade Federal de Pernambuco. “O que mais gerou valor nas mentorias foi a perspectiva de negócios, preparando nosso projeto para um pitch que não fosse voltado só para a parte técnica. Estávamos com dificuldade em ter uma proposta comercial que atraísse a atenção do mercado, não só da área acadêmica”, afirmam os pesquisadores.

Para Rodrigo Gurdos, CEO da Doroth – uma Agrotech que conta com soluções que monitoram, quantificam e geram inteligência para otimizar o manejo biológico e químico nas lavouras – participar das iniciativas do Santander X foi uma jornada essencial para a perspectiva de negócios para a empresa. “Foi um grande motivo de orgulho poder apresentar nosso projeto para milhares de empreendedores de todas as partes do mundo. As mentorias que recebemos na premiação Santander Award 2023 foram essenciais para impulsionar nossa startup até o momento da disputa global. Estamos satisfeitos por ter traçado esse caminho em conjunto com o Santander X e pelo reconhecimento que nos elegeu entre as startups finalistas do Santander Global Award 2023”, conclui o CEO.

O Santander X Award vai além de um programa de aceleração. O projeto existe para construir iniciativas que realmente gerem valor no negócio e se destaquem no mercado após a finalização nível do ciclo de potencialização.

“Trabalhamos para agregar valor para os que querem subir o nível de suas ideias e negócios. Nós fornecemos uma trilha de aceleração completa elaborada pelos especialistas em inovação e desenvolvimento de negócios da ACE Cortex em conjunto com o time do Santander X. Os participantes terão contato com mentores experientes de mercado, trazendo orientação e a formação de uma grande rede de contatos”, afirma Milena Fonseca, CEO da Cortex.

Os 9 vencedores brasileiros, terão oportunidade de se inscrever para concorrer ao Santander X Global Award, que é a etapa global dessa premiação. Serão selecionados 20 finalistas de 11 países, sendo 10 soluções de cada categoria, que serão convidados para participar da premiação final, realizada em um evento de inovação na Espanha. Esses finalistas terão que se apresentar para uma banca de investidores, no qual os vencedores vão receber mais prêmios em dinheiro e visibilidade internacional.

Os vencedores, também ganharão acesso ao Santander X 100, uma comunidade exclusiva que conecta os melhores projetos com um hub de empreendedores globais dedicados a impulsionar as ideias com maior potencial de impacto e inovação.

As startups e fintechs devem ser inscrever neste link https://app.santanderx.com/calls/santander-x-brazil-award-startup-e-fintech-2024?utm_source=ReleaseAward&utm_medium=imprensa&utm_campaign=ReleaseAward.

Enquanto os universitários interessados em impulsionar seu projeto podem acessar a categoria University clicando em https://app.santanderx.com/calls/santander-x-brazil-award-university-2024?utm_source=ReleaseAward&utm_medium=imprensa&utm_campaign=ReleaseAward . As inscrições ficarão abertas até 31/07/2024.

Santander e seu apoio à Educação Superior

O Santander Universidades já impactou a vida de mais de 1,5 milhão de pessoas por meio de programas gratuitos realizados em parceria com 1,2 mil universidades de 26 países. Ao longo de 27 anos, este sólido compromisso destinou mais de 2,3 bilhões de euros a iniciativas de educação, com a perspectiva de investir mais 400 milhões de euros até 2026.

Apenas em 2023, foram investidos 105 milhões de euros e apoiamos mais de 498 mil pessoas e empresas. Em 2023 foram entregues no Brasil, mais de 184 mil cursos, bolsas de estudo e mentorias. Essa entrega é realizada através das plataformas globais Santander Open Academy, que oferece cursos, conteúdos e bolsas gratuitas e Santander X, iniciativa de apoio ao empreendedorismo, que dá acesso a mentorias nacionais e internacionais, desafios globais e premiações com incentivo financeiro. Além de acesso a investidores, visibilidade internacional e networking.

Devido à sua forte atuação na educação, o Santander foi reconhecido em 2023 pela revista Fortune como uma das empresas que mais contribui para um mundo melhor, de acordo com a lista ‘Change the World’

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Startups, fintechs e projetos universitários do RN podem concorrer a R$ 270 mil em prêmios no Santander X Award 2024 Read More »

Petrobras anuncia reajuste de 78 no preco da gasolina

Petrobras anuncia reajuste de 7,8% no preço da gasolina

Reajuste tem reflexos no mercado e justificativas da nova gestão da estatal

A Petrobras anunciou, nesta segunda-feira (8.jul.2024) o primeiro aumento do preço da gasolina sob a gestão da nova presidente, Magda Chambriard. O reajuste, de aproximadamente 7,8%, representa um acréscimo de R$ 0,20 por litro. A partir de terça-feira, 9 de julho, o preço médio para as distribuidoras será de R$ 3,01 por litro.

Segundo a Petrobras, considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina C vendida nos postos, a parcela da estatal no preço ao consumidor será de R$ 2,20 por litro, um aumento de R$ 0,15 por litro de gasolina C. A última alteração no preço da gasolina ocorreu em outubro do ano passado. De acordo com a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), antes do reajuste anunciado, havia uma defasagem de 18% em relação ao mercado internacional.

Desde a implementação da nova estratégia comercial, a Petrobras já havia reduzido os preços de venda da gasolina para as distribuidoras em R$ 0,17 por litro. Além da gasolina, a estatal também anunciou um aumento no preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), que não sofria reajuste desde março de 2022. O preço médio de venda para as distribuidoras será de R$ 34,70 por botijão de 13 kg, um aumento de R$ 3,10. Desde dezembro de 2022, a Petrobras reduziu o preço de venda do GLP para as distribuidoras em R$ 7,34 por botijão de 13 kg.

Foto: Divulgação/Sejus

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Petrobras anuncia reajuste de 7,8% no preço da gasolina Read More »

Fraudes contábeis nas Americanas superaram os R$ 25 bilhões

Fraudes contábeis nas Americanas superaram os R$ 25 bilhões

Dois ex-diretores chegaram a ter prisão preventiva decretada

Considerado um dos gigantes do varejo brasileiro, com quase um século de história, o Grupo Americanas surpreendeu o país quando, em janeiro do ano passado, anunciou “inconsistências contábeis” de mais de R$ 20 bilhões, até então desconhecida de investidores, fornecedores, credores, trabalhadores e da sociedade brasileira, como um todo.

Uma análise por parte da área contábil da empresa havia identificado operações de financiamentos de compras de cerca de R$ 20 bilhões, que fizeram com que a Americanas ficasse devendo a instituições financeiras. Mas essas dívidas não estavam “adequadamente refletidas na conta fornecedores” nas demonstrações financeiras da companhia.

Logo após o anúncio, o Grupo Americanas entrou com um pedido de recuperação judicial, de forma a se proteger das cobranças de dívidas imediatas e proteger seus negócios e patrimônios.

Mas as surpresas não parariam por aí. Alguns meses depois, a própria empresa lançou uma nova bomba: as inconsistências eram fruto de fraudes. Depois de uma auditoria independente, a Americanas verificou indícios de manipulação de dados contábeis por parte de sua antiga diretoria, que chegavam a R$ 25,3 bilhões.

Segundo a empresa, foram identificados diversos contratos de verbas de propaganda cooperada (VPC), que teriam sido artificialmente criados para melhorar os resultados operacionais da empresa. Isso era lançado na contabilidade como uma forma de reduzir os custos, mas não havia efetiva contratação de fornecedores para o serviço.

VPC são verbas em dinheiro ou em produtos bonificados disponibilizados por grandes fabricantes para incentivar a venda de seus produtos, nas lojas varejistas, por exemplo, a instalação de gôndolas específicas para o item no ponto de venda, a colocação do produto em destaque ou ações promocionais.

O problema é que, no caso da Americanas, bilhões de reais em VPC fictícias foram lançados em seus balanços contábeis, de forma intencional, segundo a própria empresa, por seus ex-dirigentes, que estavam na gestão da empresa pelo menos até o fim de 2022.

Além disso, foram identificadas operações de risco sacado, que consistiam na antecipação de pagamento aos fornecedores, através da contratação de empréstimos junto aos bancos. O problema é que essas operações, que envolvem o pagamento de juros às instituições financeiras, não eram devidamente lançadas na contabilidade da empresa, ocultando bilhões em dívidas.

“Em adição às operações de VPC, e como forma de gerar o caixa necessário para a continuidade das operações das Americanas, a Diretoria anterior da Companhia contratou uma série de financiamentos nos quais a Companhia é devedora perante instituições financeiras, sem as devidas aprovações societárias, todas inadequadamente contabilizadas no balanço patrimonial da Companhia de 30 de setembro de 2022 na conta fornecedores”, informou a empresa, em um comunicado ao mercado em junho do ano passado.

Além disso, a empresa constatou lançamentos redutores na conta de fornecedores provenientes de juros sobre operações financeiras, “que deveriam ter transitado pelo resultado da Companhia ao longo do tempo”.

Ex-diretores da empresa são investigados pela Polícia Federal (PF). Dois deles, que estavam no exterior, chegaram a ter prisão preventiva decretada no fim de junho, mas os mandados foram depois convertidos em medida cautelar de retenção, para impedir que eles saiam do país. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a investigação segue sob sigilo.

Segundo o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada na Câmara dos Deputados para apurar a situação da empresa, divulgado em setembro de 2023, a dívida da empresa com seus credores, já consideradas as inconsistências contábeis, superava os R$ 42 bilhões.

História

“Nada além de 2 mil réis”. Era assim que a primeira das Lojas Americanas se apresentava aos consumidores da cidade de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, quando abriu suas portas, em 1929. O estabelecimento foi fundado por quatro empresários americanos, que haviam trabalhado em uma loja de produtos five and ten cents (algo no estilo “loja de R$ 1,99”).

Eles se juntaram a um austríaco e a um brasileiro para colocar em prática seus planos. Após mais de uma década de expansão de seus negócios, a Americanas se tornou uma sociedade anônima, com abertura de capital na Bolsa de Valores, ainda na década de 40.

No início dos anos 2000, lançou-se na internet e começou aquisições de empresas como Shoptime, Ingresso.com e Submarino. Atualmente, o Grupo Americanas combina lojas digitais, locais de venda física, franquias, fintech e até varejo de hortifrúti.

Na última terça-feira, a empresa anunciou o fim dos sites de venda Shoptime e Submarino. “A decisão contemplou o alinhamento com a nova estratégia de negócios, que foca em uma operação mais ágil, rentável e eficiente para oferecer uma experiência de compra ainda mais completa”, explicou em comunicado.

Foto: Bruno Peres/Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Fraudes contábeis nas Americanas superaram os R$ 25 bilhões Read More »

Exportações impulsionam economia do RN com crescimento de 83% no primeiro semestre de 2024

Exportações impulsionam economia do RN com crescimento de 83% no primeiro semestre de 2024

Balança comercial do estado atinge saldo positivo de US$ 238,4 milhões graças ao aumento nas exportações de óleos combustíveis e parcerias internacionais

O Rio Grande do Norte registrou um desempenho em sua balança comercial no primeiro semestre de 2024, alcançando um saldo positivo de US$ 238,4 milhões. As exportações totalizaram US$ 484,1 milhões entre janeiro e junho, representando um aumento de 83,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado positivo é destaque na 7ª Edição de 2024 do Boletim de Análises Econômicas da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEDEC).

Segundo o boletim, que compila e organiza dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, os principais produtos exportados pelo estado foram óleos combustíveis (US$ 321 milhões), frutas e castanhas (US$ 74,2 milhões), açúcares (US$ 19,4 milhões), produtos da indústria de transformação (US$ 15,5 milhões) e tecidos de algodão (US$ 13,7 milhões). Esses produtos tiveram como principais destinos Singapura (US$ 119,4 milhões), Holanda (US$ 81,5 milhões), Emirados Árabes Unidos (US$ 47,1 milhões), Ilhas Virgens Americanas (US$ 36,5 milhões) e Estados Unidos (US$ 30,3 milhões).

O secretário adjunto da SEDEC, Hugo Fonseca, destacou a importância das exportações de óleos combustíveis, que cresceram 255% em comparação ao ano passado, e das transações comerciais de açúcares e melaço, que aumentaram 392%. “Esses produtos foram fundamentais para o aumento da balança comercial do RN. A parceria com os Países Baixos resultou em um crescimento de 232,1%, e com os Emirados Árabes Unidos, um acréscimo de 1.041,3%, impulsionando o saldo positivo em 83,1%”, afirmou Fonseca.

Apesar do desempenho positivo no semestre, o mês de junho registrou um saldo negativo de US$ 12,48 milhões, devido ao aumento das importações de combustível para atender à demanda interna. As importações somaram US$ 39,35 milhões, enquanto as exportações foram de US$ 26,7 milhões. Segundo Fonseca, a demanda periódica por combustíveis e óleos lubrificantes, que ocorre trimestralmente, foi um dos principais fatores para esse resultado.

Em junho, os principais produtos exportados foram combustíveis e derivados de petróleo (US$ 13,34 milhões), tecidos de algodão (US$ 2,7 milhões), frutas secas e castanhas (US$ 1,9 milhão), sal marinho (US$ 1,5 milhão) e lagosta (US$ 1,1 milhão). Os principais destinos nesse mês foram Holanda (US$ 13,32 milhões), Estados Unidos (US$ 3,15 milhões), Colômbia (US$ 1,8 milhão), China (US$ 1,4 milhão) e México (US$ 1,1 milhão).

A performance de exportação do Rio Grande do Norte evidencia que o mercado árabe está se tornando uma nova fronteira de oportunidades para os produtos do estado, conforme destacou Hugo Fonseca. Ele ressaltou a necessidade de as empresas potiguares aproveitarem melhor essas oportunidades.

Foto: Divulgação/Codevasf

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Exportações impulsionam economia do RN com crescimento de 83% no primeiro semestre de 2024 Read More »

Dieese registra queda no preço da cesta básica em Natal

Dieese registra queda no preço da cesta básica em Natal

Capital potiguar registra a maior redução nos preços dos alimentos em junho, segundo o Dieese

Natal foi a capital que apresentou a maior redução no preço da cesta básica em junho de 2024, comparado ao mês anterior. O valor da cesta básica fechou em R$ 599,29, uma diminuição de 6,38% em relação a maio. Os dados são do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Apesar dessa redução, nos primeiros seis meses do ano, o preço da cesta básica na capital potiguar acumulou um aumento de 7,77%. Entre maio e junho de 2024, sete dos doze produtos que compõem a cesta básica tiveram queda nos preços médios: tomate (-29,77%), feijão carioca (-7,83%), farinha de mandioca (-5,26%), carne bovina de primeira (-1,89%), manteiga (-1,48%), pão francês (-0,64%) e óleo de soja (-0,14%).

Por outro lado, cinco produtos registraram alta nos preços: café em pó (10,48%), arroz agulhinha (2,99%), leite integral UHT (2,80%), açúcar refinado (2,67%) e banana (1,30%).

A diminuição nos preços da cesta básica traz um alívio para os consumidores, especialmente para as famílias de baixa renda, que dependem desses produtos para a alimentação diária.

Foto: Vinícius de Melo/Agência Brasília/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Dieese registra queda no preço da cesta básica em Natal Read More »

Plano Safra para grandes produtores rurais soma R$ 400 bilhões em 2024

Plano Safra para grandes produtores rurais soma R$ 400 bilhões em 2024

Taxas de juros do novo plano variam de 7% a 12% ao ano

Com incremento de 10%, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou, nesta quarta-feira (3), o Plano Safra 2024/2025 para o financiamento da agricultura e da pecuária empresarial no país, que somam recursos totais de R$ 400,59 bilhões.

O volume de crédito vai apoiar grandes e médios produtores rurais do país, incluindo aqueles enquadrados no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp). Do total disponibilizado, R$ 293,29 bilhões (+8%) serão para custeio e comercialização e R$ 107,3 bilhões (+16,5%) para investimentos.

As taxas de juros para custeio e comercialização são de 8% ao ano para os produtores enquadrados no Pronamp. Já para investimentos, as taxas de juros variam entre 7% e 12% ao ano, de acordo com os diferentes programas de crédito oferecidos. Também em relação ao volume total, R$ 189,09 bilhões serão com taxas de juros controladas, direcionados ao Pronamp e demais produtores e cooperativas, e os outros R$ 211,5 bilhões com taxas livres.

Para o programa Moderfrota, destinado à aquisição e máquinas agrícolas, os juros serão de 10,5% para produtores enquadrados no Pronamp e de 11,5% para os demais. No Renovagro, voltado à recuperação e conversão de pastagens e práticas agropecuárias ambientalmente sustentáveis, os juros serão de 7%, mesmo percentual para os produtores que quiserem financiar a construção e armazéns de até 6 mil toneladas.

Para armazéns maiores e para outros financiamentos de produção sustentável, a taxa de juros é de 8,5%. Para financiamento de modernização de sistemas produtivos e de comercialização de agroindústrias de cooperativas, os juros são de 11,5% ao ano.

“Foi nos meus governos e nos governos da Dilma, que a gente teve os maiores planos Safra da história deste país”, destacou Lula, em discurso, durante o lançamento do novo Plano Safra com os maiores valores nominais entre todas as edições do programa de financiamento.

“Eu nunca pedi para nenhum empresário agradecimento. Eu faço por obrigação, porque sei da importância da agricultura brasileira e de vocês”, acrescentou o presidente. Lula também defendeu o papel do agronegócio na economia e criticou aqueles que desvalorizam o setor por exportar commodities agrícolas.

“As pessoas, muitas vezes, se esquecem de dar conta da quantidade de tecnologia que tem em um grão de soja, na qualidade do nosso café, no aperfeiçoamento que temos no milho e tanta coisa extraordinária que nós temos”, afirmou.

Balanço

Ao apresentar o Plano Safra, o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, fez um balanço de 18 meses à frente da pasta, citando a retomada dos grandes investimentos, a abertura de novos mercados, reabilitação de plantas frigoríficos e fim do ciclo de vacinação da febre aftosa, entre outros pontos. Fávaro também reafirmou o compromisso do governo com o setor, independente de divergências políticas.

“Como o senhor diz, presidente, as pessoas podem até não gostar de nós, mas não estamos aqui participando de concurso de simpatia, estamos aqui trabalhando para fazer o Brasil dar certo. Estamos trabalhando para que a agropecuária continue sendo uma força na propulsão da agricultura brasileira”, pontuou.

Transição ecológica

Em relação aos investimentos para recuperação de pastagens e outras inciativas de sustentabilidade ambiental nas lavouras, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou que as medidas se adequam ao que às expectativas dos países importadores do agro brasileiro.

“Esse Plano Safra, tanto em relação ao MDA [Ministério do Desenvolvimento Agrário] quanto ao Mapa [Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento], é um plano completamente aderente ao plano de transformação ecológica do Brasil. Essa ideia de financiar, a juros baixos, a recuperação de terra degradada e recolocar essa terra à serviço da produção, é uma das principais demandas do mundo em relação ao Brasil, no que diz respeito a questão agropecuária.”

Mais recursos

O novo ciclo do Plano Safra terá R$ 36,37 bilhões mais do que os valores destinados no ano anterior, quando foram operados R$ 364,22 bilhões para os maiores segmentos do agronegócio brasileiro.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os produtores rurais podem contar ainda com mais R$ 108 bilhões em recursos de Letras de Crédito do Agronegócio (LCA), para emissões de Cédulas do Produto Rural (CPR), que serão complementares aos incentivos do novo Plano Safra. As LCAs são títulos de dívida emitidos por instituições financeiras, que têm como lastro os empréstimos e financiamentos para a atividade agropecuária, o que fomenta créditos bancários ao setor.

Agricultura familiar

No final da manhã, também no Palácio do Planalto, Lula lançou o o Plano Safra da Agricultura Familiar 2024/2025, com R$ 76 bilhões destinados ao crédito rural no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O valor é 6,2% superior ao anunciado na safra passada e o maior da série histórica.

Foto: Ricardo Stuckert/PR/Ilustração

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Plano Safra para grandes produtores rurais soma R$ 400 bilhões em 2024 Read More »

Natal Shopping promove atrações imperdíveis nas Férias com a Naty

Natal Shopping promove atrações imperdíveis nas Férias com a Naty

Tarde de recreação e shows musicais fazem a alegria dos pequenos nos finais de semana; Parque do Alpendre e operações voltadas para o público infantil também são opções de lazer

O Natal Shopping está pronto para agitar as férias da criançada com a programação das “Férias com a Naty”. Durante todo o mês de julho, o empreendimento promoverá diversas atrações gratuitas, com brincadeiras e música, garantindo diversão e entretenimento para toda a família. O primeiro fim de semana já está com a programação definida.

Neste sábado (6), as crianças poderão se divertir no Parque da Naty com pintura de rosto às 15h e recreação às 16h. Já no domingo (7), o Alpendre será palco de um show especial da cantora e compositora Mara Dias, que conta com mais de 100 mil inscritos em seu canal do Youtube, proporcionando uma tarde descontraída para os pequenos e seus familiares. O fim de semana dos dias 13 e 14 repete a dose, mas com apresentação de espetáculo musical no Alpendre e a presença de personagens da Cia Era Uma Vez.

“Faz parte da nossa essência ser um espaço de destino para quem quer uma programação especial para as crianças durante as férias. Nosso objetivo é proporcionar momentos de alegria e diversão para toda a família, que pode aproveitar com toda a segurança e conforto enquanto as crianças se divertem a valer”, afirma Diana Petta, gerente de marketing do empreendimento.

Férias com tudo que tem direito

Além das atividades programadas, o Natal Shopping oferece outras opções de lazer disponíveis durante a semana. O Parque do Alpendre, por exemplo, conta com um moderno playground ao ar livre com escaladas, cama elástica, escorregas e muito mais para crianças de até 12 anos. A operação oferece descontos especiais nas terças-feiras: na compra de um ingresso, duas crianças podem brincar.

Na Praça de Eventos do empreendimento, o parque do PacMan é outra atração disponível, com escorregas, camas elásticas, fliperama, tubos de escalada e muito mais. Para aqueles que preferem atividades mais dinâmicas, a Brinkids é uma ótima escolha, oferecendo brinquedos variados e um ambiente repleto de aventuras para os pequenos explorarem.

O Game Station é ideal para os fãs de videogames e jogos eletrônicos, proporcionando horas de entretenimento com uma ampla gama de opções. Já a Vila Trampolim é perfeita para gastar energia, com camas elásticas que garantem muita diversão e exercício físico de maneira divertida.

O Cinépolis também faz parte da programação de férias, com diversas salas exibindo a animação Divertidamente 2. Além disso, os pequenos cinéfilos podem se preparar para a estreia de “Meu Malvado Favorito 4” no dia 4 de julho, uma excelente oportunidade para aproveitar o cinema com a família.

SERVIÇO – Programação de Férias com a Naty

O que: Tardes de recreação (6 e 13); show de Mara Dias (7) e apresentação Cia Era Uma Vez (14)
Onde: Natal Shopping – Parque da Naty e Alpendre
Quando: 6, 7, 13 e 14 de julho, a partir das 15h
Acesso gratuito

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Natal Shopping promove atrações imperdíveis nas Férias com a Naty Read More »

Projeto busca reforçar a segurança alimentar e saberes ancestrais de comunidade indígena no RN

Projeto busca reforçar a segurança alimentar e saberes ancestrais de comunidade indígena no RN

“Quintais Produtivos” implementa hortas comunitárias e, por meio de oficinas, ajuda a desenvolver vocação local baseada na agricultura familiar

A comunidade indígena Caboclos, na zona rural de Assú (RN), ganhou um projeto de agroecologia que, entre outros benefícios, deve garantir a segurança alimentar e nutricional e oferecer uma alternativa de geração de renda aos participantes.

Trata-se do projeto “Quintais Produtivos”, que está implementando hortas comunitárias destinadas ao cultivo de leguminosas, PANCs, hortaliças e ervas medicinais integradas à prática de criação de galinhas caipiras.

Das 45 famílias da comunidade, 18 estão diretamente envolvidas com o projeto. Como todas elas praticam a agricultura familiar de subsistência, o Projeto também espera contribuir para o fortalecimento da vocação local. Por meio de oficinas, vai transmitir conhecimentos práticos e teóricos e reforçar saberes ancestrais. Com isso, promoverá o empoderando das agricultoras da localidade.

A ideia é reunir sensibilização, capacitação e produção para que os locais possam ter nos seus quintais, além de um mecanismo de sobrevivência, uma fonte de geração de renda a partir da produção excedente, diminuindo assim a dependência do meio externo. Outro ponto importante é garantir a produção ao longo do ano em resposta as dificuldades relacionadas às constantes estiagens que dificultam o cultivo no local.

A iniciativa é da ONG Valer e patrocinada pelas empresas Construtora Barbosa Mello e pela Elastri Engenharia.

Sobre a Construtora Barbosa Mello

Com 65 anos de atuação no mercado, a Construtora Barbosa Mello (CBM) vem implantando soluções de engenharia e construção por todo o Brasil. A CBM está presente no setor de construção pesada de obras industriais, mineração, saneamento, infraestrutura, energia, rodovias, aeroportos. Com atividades diversificadas, a construtora aporta inovação e engenharia de valor em seus trabalhos, com o uso de novas tecnologias, um parque de equipamentos robusto e uma mão de obra cada vez mais qualificada. Em 2024, a CBM recebeu pela quarta vez o Prêmio Inova Infra e, pela quinta vez consecutiva, o Prêmio Valor Inovação. Em 2023, pelo segundo ano consecutivo, ficou entre as quatro melhores no ranking setorial de Construção e Engenharia do Prêmio Valor Inovação; e foi TOP 3 do ranking setorial Valor 1000. Em 2022, foi eleita a melhor empresa na gestão de pessoas pelo prêmio Valor Carreira, realizado pelo Valor Econômico. A construtora é ainda Top 10 no ranking 500 Grandes da Construção, elaborado pela revista OE.

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Projeto busca reforçar a segurança alimentar e saberes ancestrais de comunidade indígena no RN Read More »

Câmara de Natal aprova mudança no regime previdenciário de aposentados

Câmara de Natal aprova mudança no regime previdenciário de aposentados

Projeto de lei complementar busca equilibrar déficit previdenciário da cidade

A Câmara Municipal de Natal aprovou nesta quinta-feira (4.jul.2024), por 20 votos a 7, um projeto de lei complementar que altera o regime previdenciário de um grupo específico de servidores aposentados. Agora, a proposta segue para sanção do prefeito Álvaro Dias (Republicanos), autor da iniciativa.

A mudança afeta diretamente 1.808 aposentados que possuem mais de 73 anos e ingressaram no serviço público municipal até 2002. Com a nova lei, esses aposentados deixarão de receber seus benefícios pelo Fundo Financeiro de Previdência (Funfipre) e passarão a ser pagos pelo Fundo Capitalizado de Previdência (Funcapre). Ambos os fundos são geridos pelo Instituto de Previdência dos Servidores de Natal (NatalPrev).

Objetivo da alteração

O objetivo da prefeitura com essa alteração é reduzir o déficit mensal do Funfipre, que atualmente ultrapassa R$ 22 milhões. Ao longo de 2023, a despesa total da prefeitura para cobrir esse déficit foi de quase R$ 290 milhões, valores retirados do Tesouro Municipal. Em contrapartida, o Funcapre, que é superavitário, possui um saldo superior a R$ 1 bilhão, acumulado a partir das contribuições de servidores e da própria prefeitura.

Com a transferência dos aposentados do Funfipre para o Funcapre, a prefeitura espera uma economia mensal de aproximadamente R$ 9 milhões, aliviando significativamente o Tesouro Municipal. O diretor do NatalPrev, Thiago Marreiros, afirma que a medida não apresenta riscos para a previdência municipal, devido ao superávit do Funcapre. Ele enfatiza que a iniciativa visa proporcionar maior proteção aos beneficiários e tem respaldo do Ministério da Previdência Social, que emitiu parecer favorável ao procedimento.

Thiago Marreiros explica que a mudança considera a expectativa de vida dos segurados, que, segundo o Censo Demográfico de 2022, é de 76 anos para os brasileiros. “Não há nenhum tipo de risco previdenciário para os segurados, muito pelo contrário, a proposta vai estabelecer uma maior proteção a esse público”, assegura Marreiros.

Além disso, ele reforça que o Funcapre é capaz de sustentar essa nova carga devido à sua condição superavitária e que a decisão foi embasada em cálculos atuariais e pareceres técnicos, garantindo a segurança financeira do fundo.

O projeto aguarda agora a sanção do prefeito Álvaro Dias para entrar em vigor.

Foto: Lorena Veríssimo/CAMNat

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Câmara de Natal aprova mudança no regime previdenciário de aposentados Read More »

3R Petroleum anuncia aumento no valor da gasolina e do diesel

3R Petroleum anuncia aumento no valor da gasolina e do diesel

Reajustes impactam gasolina, diesel e gás de cozinha em Guamaré

A 3R Petroleum anunciou nesta quarta-feira (3.jul.2024) um aumento nos preços da gasolina, do diesel e do gás liquefeito de petróleo (GLP) na refinaria Clara Camarão, localizada em Guamaré, no Rio Grande do Norte. A medida, segundo a empresa, reflete a necessidade de ajustes nos valores praticados pela empresa e terá impacto direto no bolso dos consumidores.

O preço da gasolina A, um dos principais combustíveis utilizados no país, sofreu um acréscimo significativo. O litro, que anteriormente custava R$ 3,2584, teve um aumento de alguns centavos, passando a ser vendido por R$ 3,3184. O reajuste, embora pareça pequeno, pode gerar um efeito cascata, elevando os custos para os motoristas e influenciando o preço final nos postos de combustíveis.

O diesel A S500, essencial para o transporte de cargas e para veículos pesados, também registrou um aumento. O litro do combustível subiu de R$ 3,6979 para R$ 3,7579, o que representa um acréscimo de seis centavos. Este aumento é particularmente relevante para o setor de transporte, que pode repassar o custo adicional ao consumidor final, elevando o preço de produtos e serviços.

Além dos combustíveis líquidos, o gás liquefeito de petróleo (GLP), popularmente conhecido como gás de cozinha, também teve seu preço ajustado. O reajuste foi de 31 centavos, refletindo nas botijas de gás que são amplamente utilizadas pelas famílias brasileiras para cozinhar. Com o novo preço, a botija de gás de 13 kg, por exemplo, pode ficar significativamente mais cara, afetando o orçamento doméstico.

Foto: Andre Borges/Agência Brasília/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

3R Petroleum anuncia aumento no valor da gasolina e do diesel Read More »

Lula diz que Brasil jamais será irresponsável do ponto de vista fiscal

Lula diz que Brasil jamais será irresponsável do ponto de vista fiscal

Presidente pede calma e cita experiência à frente do governo

Em meio ao nervosismo do mercado financeiro nos últimos dias, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira (3) que o Brasil manterá a responsabilidade fiscal e o controle da inflação.

“Estejam certos que a comida vai ficar barata, estejam certos que esse país jamais será irresponsável do ponto de vista fiscal. Eu não tenho um dia de experiência, eu tenho 10 anos na Presidência”, disse Lula a jornalistas após o evento de lançamento do Plano Safra da agricultura empresarial, no Palácio do Planalto.

A declaração de Lula ocorre um dia depois de o dólar disparar frente ao real, na maior alta em cerca de um ano e meio, no contexto de alta das taxas de juros nos Estados Unidos e também das críticas recentes do presidente brasileiro ao presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. A jornalistas, Lula evitou comentar sobre a oscilação da moeda norte-americana e ressaltou sua experiência à frente do governo, já que está em seu terceiro mandato presidencial.

“O país tem que estar calmo porque está tudo acontecendo favoravelmente ao país. Se você tem um desarranjo qualquer, você só tem que consertar”, acrescentou o presidente, em sinalização aos agentes econômicos.

Carne na cesta básica

Durante o lançamento do Plano Safra 2024/2025, Lula voltou a defender a inclusão da carne na cesta básica, que terá alíquota zero de impostos na reforma tributária, que está em processo de regulamentação pelo Congresso Nacional neste momento.

“Vamos ter que entender que, possivelmente, a gente ter que separar entre o que é carne in natura e o que é carne processada, pra gente criar diferença. Mas, sinceramente, eu sou daqueles, Haddad [ministro da Fazenda], que vou ficar feliz se puder comprar carne sem imposto”, afirmou, diante de uma plateia que incluía dezenas de empresários do agronegócio.

Os grupos de trabalho da regulamentação da Reforma Tributária na Câmara dos Deputados estão finalizando os textos, que devem ser votados ainda este mês. Pela proposta inicial do governo, as carnes entram na categoria estendida, com isenção de 60%, mas o apelo de Lula pode zerar essa cobrança.

O presidente também fez um aceno aos caminhoneiros e motoristas de carga. “A outra coisa são os companheiros caminhoneiros que estão com problema aí, porque o frete está baixando, a produção caiu, e a gente vai tentar cuidar de vocês”.

Foto: Ricardo Stuckert/PR

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula diz que Brasil jamais será irresponsável do ponto de vista fiscal Read More »

Ministro diz que presidente decidirá sobre leilão para importar arroz

Ministro diz que presidente decidirá sobre leilão para importar arroz

Compra pública é para garantir abastecimento do produto

O ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, afirmou, nesta quarta-feira (3), que o novo edital do leilão para importação de arroz está pronto, mas que a decisão sobre a realização da compra pública é do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O governo anulou o leilão realizado no mês passado, em razão de “fragilidades” no edital do certame.

Teixeira conversou com a imprensa, no Palácio do Planalto, após o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2024/2025, e foi questionado sobre a desistência do governo em realizar a compra. No total, mais de R$ 7 bilhões foram liberados pelo governo para a compra de até 1 milhão de toneladas de arroz.

“Nós estamos estudando todas as possibilidades”, disse. “Aliás, hoje estavam aqui os arrozeiros do Rio Grande do Sul, nós vamos ter uma reunião à tarde e eles vão apresentar sugestões. Em última instância, quem vai decidir sobre todas as medidas será o presidente Lula”, acrescentou o ministro.

O objetivo da compra pública é garantir o abastecimento e estabilizar os preços do produto no mercado interno, que tiveram uma alta média de 14%, chegando em alguns lugares a 100%, após as inundações no Rio Grande do Sul em abril e maio deste ano.

O estado é responsável por cerca de 70% da produção do arroz consumido no país. A produção local foi atingida tanto na lavoura como em armazéns, além de ter a distribuição afetada por questões logísticas no estado.

Garantia de preço

Segundo Teixeira, por enquanto, o governo vai trabalhar com o mecanismo de contratos de opção, que é o estabelecimento de um preço mínimo para o arroz, para garantir ao produtor a comercialização a um valor justo, de acordo com o mercado.

“Você diz ao produtor ‘se você produzir, eu vou pagar tanto’. E se ele não conseguir aquele preço, nós vamos comprar o arroz dele”, explicou o ministro.

No plano safra lançado esta quarta-feira, o governo adotou uma nova estratégia nacional para ampliação da produção de arroz da agricultura familiar. Os eixos principais da estratégia são crédito, acompanhamento técnico, sementes, beneficiamento, comercialização e contratos de opção com o estabelecimento de um preço mínimo do produto. A taxa de custeio para produção será de 3% para o arroz convencional e 2% para o arroz orgânico.

Foto: Lula Marques/Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Ministro diz que presidente decidirá sobre leilão para importar arroz Read More »

Americanas integra Shoptime e Submarino na nova estratégia pós-crise

Americanas integra Shoptime e Submarino na nova estratégia pós-crise

Reestruturação visa maior rentabilidade e agilidade com foco em lojas oficiais de grandes marcas

A Americanas, atualmente em processo de recuperação judicial, anunciou a integração dos sites e aplicativos do Shoptime e do Submarino à sua marca principal. Essa mudança faz parte de uma nova estratégia digital que busca transformar o shopping virtual da empresa em um espaço exclusivo para lojas oficiais de grandes marcas.

A decisão reflete o alinhamento com a nova estratégia de negócios da empresa, que enfatiza uma operação mais ágil, rentável e eficiente. “A companhia ressalta que a integração acelera seu plano de transformação e foco, oferecendo novas possibilidades para clientes, parceiros, fornecedores, acionistas e investidores”, declarou a varejista em comunicado.

Com a integração, a marca Americanas, que já possui maior tráfego e volume de clientes, consolidará ainda mais sua presença no mercado. A nova gestão da companhia adotou uma postura voltada para a rentabilidade, reduzindo substancialmente o comércio eletrônico. A expectativa é que a operação digital represente cerca de 20% das vendas da companhia, com previsão de ainda queimar um pouco de caixa nos próximos anos. Historicamente, o comércio eletrônico chegou a representar mais de 50% do negócio.

Na nova estratégia, espera-se que mercadorias de terceiros constituam 95% ou mais das vendas digitais, focando em lojas oficiais de grandes marcas como Samsung e Nestlé, que serão aproximadamente três quartos do shopping virtual da Americanas.

No último balanço divulgado, referente aos primeiros nove meses de 2023, as vendas digitais corresponderam a 29% do total da varejista, com um volume bruto de mercadorias (GMV) de R$ 4,8 bilhões. Este valor representa uma queda de 77% em relação ao mesmo período de 2022, evidenciando uma significativa mudança na operação digital da empresa.

A reestruturação digital é um movimento crucial para o negócio, que anteriormente tinha o comércio eletrônico como uma de suas maiores apostas. Em 2006, a fusão entre a Americanas.com e o Submarino deu origem à B2W, que foi listada separadamente na B3 até julho de 2021. Com dificuldades de se tornar rentável, a B2W foi incorporada à Americanas S/A.

Segundo dados de mercado, a Americanas reduziu sua participação no mercado de marketplace de 18% para 2% entre 2020 e 2024. Em recuperação judicial e após descobrir uma fraude que mascarava a queima de caixa na operação digital, a empresa busca um modelo similar ao Tmall, do grupo Alibaba, focando em lojas oficiais de marcas relevantes e firmando novos contratos com fornecedores chave.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Americanas integra Shoptime e Submarino na nova estratégia pós-crise Read More »

Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 120 milhões nesta terça-feira (2)

Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 120 milhões nesta terça-feira (2)

Timemania também sorteia R$ 6,9 milhões no mesmo dia

A Mega-Sena, acumulada, pode pagar R$ 120 milhões pelo concurso 2744 nesta terça-feira (2.jul.2024). O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte em São Paulo, com transmissão ao vivo pelo canal da CAIXA no YouTube e no Facebook.

Caso um único ganhador leve o prêmio principal e invista o valor na Poupança da CAIXA, receberá R$ 709,9 mil de rendimento no primeiro mês. Com o valor, seria possível adquirir 24 mansões de R$ 5 milhões cada. A aposta simples na Mega-Sena custa R$ 5.

Timemania

No mesmo dia, a Timemania sorteia R$ 6,9 milhões pelo concurso 2112. A aposta custa R$ 3,50, e o ganhador pode receber R$ 40,8 mil de rendimento no primeiro mês se investir na Poupança da CAIXA.

Como proteger o prêmio

Para proteger o prêmio, o ganhador pode escrever seu nome completo e CPF no verso do bilhete. Prêmios superiores a R$ 2.259,20 são pagos exclusivamente nas agências da CAIXA, e os ganhadores devem ficar atentos ao prazo de 90 dias para resgate, após o qual o valor é destinado ao FIES.

Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil/ARQUIVO

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 120 milhões nesta terça-feira (2) Read More »

Aneel ativa bandeira amarela nesta segunda (1°) e tarifa de energia elétrica fica mais cara

Aneel ativa bandeira amarela nesta segunda (1°) e tarifa de energia elétrica fica mais cara

Cobrança adicional de R$ 1,88 a cada 100 kWh entra em vigor devido à previsão de chuvas abaixo da média

A partir desta segunda-feira (1°.jul.2024), a bandeira amarela nas tarifas de energia elétrica entra em vigor, resultando em uma cobrança adicional na conta de luz. O aumento, anunciado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na última sexta-feira (28.jun), será de R$ 1,88 a cada 100 kWh (quilowatt-hora) consumidos.

O fim da bandeira verde, que durou mais de dois anos, se deve às condições menos favoráveis para a geração de energia. Segundo a Aneel, a ativação da bandeira amarela foi necessária devido à previsão de chuvas abaixo da média até o final do ano, com estimativa de redução de cerca de 50%, além da expectativa de aumento no consumo de energia no mesmo período.

Os consumidores devem ficar atentos ao consumo de energia e buscar formas de economizar para minimizar o impacto do aumento tarifário. A Aneel continuará monitorando a situação e fará ajustes conforme necessário para garantir a estabilidade do fornecimento de energia no país.

Foto: Mercado Viagens/Visualhunt/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Aneel ativa bandeira amarela nesta segunda (1°) e tarifa de energia elétrica fica mais cara Read More »

Imposto de importação de veículos elétricos no Brasil sobe nesta segunda-feira (1°)

Imposto de importação de veículos elétricos no Brasil sobe nesta segunda-feira (1°)

Novas taxas entram em vigor nesta segunda-feira, impactando importações de carros elétricos e híbridos

A partir desta segunda-feira (1°.jul.2024) o custo de importação de veículos elétricos no Brasil sofreu um aumento. A alíquota, que atualmente é de 10%, subirá para 18%, conforme o cronograma estabelecido pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Esse aumento, porém, não deve refletir imediatamente nos preços nas concessionárias, já que muitas marcas anteciparam suas importações para manter os estoques e garantir a continuidade das vendas.

O aumento da alíquota de importação também afetará veículos híbridos, plug-in e caminhões elétricos, com variações específicas para cada categoria. A tributação sobre veículos eletrificados está programada para subir progressivamente até julho de 2026.

Em 2024, as vendas de veículos 100% elétricos têm mostrado um crescimento significativo no mercado brasileiro. Segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), cerca de 26 mil unidades de automóveis totalmente elétricos foram emplacadas nos primeiros cinco meses do ano, um aumento de 34% em relação ao total de 2023.

O crescimento reflete uma mudança histórica no setor automotivo brasileiro, com veículos elétricos superando pela primeira vez 1% de todas as vendas de automóveis no país. De janeiro a maio de 2024, os veículos elétricos representaram 3% do mercado de vendas no Brasil.

A previsão de crescimento contínuo na participação de veículos elétricos importados, especialmente da China, no mercado brasileiro, levou a Anfavea a solicitar ao governo uma antecipação da alíquota de 35%, prevista para 2026, para ser implementada o quanto antes. Esta medida visa regular o mercado e apoiar a indústria automotiva nacional em meio ao aumento das importações.

O ajuste na alíquota de importação é parte de uma estratégia mais ampla do governo para equilibrar o mercado interno e promover a sustentabilidade no setor automotivo, incentivando a produção e o consumo de veículos mais ecológicos. As mudanças nas taxas de importação são vistas como um passo crucial para moldar o futuro do transporte sustentável no Brasil.

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Imposto de importação de veículos elétricos no Brasil sobe nesta segunda-feira (1°) Read More »

RN lidera redução da pobreza extrema no nordeste após a pandemia

RN lidera redução da pobreza extrema no nordeste após a pandemia

Com apoio de programas sociais, estado registra a menor taxa de pobreza extrema entre os nove estados nordestinos

O Rio Grande do Norte foi o estado nordestino que mais reduziu a extrema pobreza no período pós-pandemia. Em 2023, a taxa de extrema pobreza caiu para 6,3% da população, a menor entre os nove estados da região. Isso representa uma redução de 56,9% em comparação com 2021, com 301.555 pessoas saindo da condição mais grave de pobreza.

O levantamento foi realizado pelo Centro de Estudos de Desenvolvimento do Nordeste, vinculado à Fundação Getúlio Vargas, e utilizou dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua do IBGE. As linhas de pobreza adotadas seguem os parâmetros recomendados pelo Banco Mundial.

Em 2019, 422.336 pessoas no RN viviam em extrema pobreza, número que subiu para 530.017 em 2021, no auge da pandemia de Covid-19. Em 2023, esse número caiu para 228,4 mil, o menor nível da série histórica da PNAD Contínua, iniciada em 2012.

O estudo aponta o programa Bolsa Família, fortalecido pelo governo do presidente Lula, como um dos principais fatores de combate à pobreza no Nordeste. Em 2023, o governo federal transferiu R$ 3,4 bilhões para famílias em situação de vulnerabilidade social no RN. Além disso, ações dos governos estaduais também contribuíram para a redução da pobreza extrema.

No Rio Grande do Norte, a Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) investiu R$ 60,1 milhões em financiamento a pequenos empreendedores. Programas voltados para a agricultura familiar e iniciativas como Pecafes, Programa de Compra Governamentais, Minha Terra Legal e distribuição de sementes também foram fundamentais.

A Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) desenvolve ações como os restaurantes populares e a distribuição de leite para famílias vulneráveis. O Programa do Leite distribui mais de 380 mil litros por mês, beneficiando 76 mil famílias, com um investimento anual de R$ 81 milhões. O Restaurante Popular conta com 113 unidades em 51 municípios, com investimento anual de R$ 63 milhões.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

RN lidera redução da pobreza extrema no nordeste após a pandemia Read More »

Há 30 anos, Plano Real derrubava hiperinflação e estabilizava economia

Há 30 anos, Plano Real derrubava hiperinflação e estabilizava economia

Economistas de diversas correntes reconhecem mérito da equipe de 1994

Um dos planos mais inovadores da economia mundial completa 30 anos nesta segunda-feira (1º). Há exatamente três décadas, o cruzeiro real, uma moeda corroída pela hiperinflação, dava lugar ao real, que estabilizou a economia brasileira. Uma aposta arriscada que envolveu uma espécie de engenharia social para desindexar a inflação após sucessivos planos econômicos fracassados.

Em meio a tantos indexadores criados para corrigir preços e salários, a equipe econômica do então governo Itamar Franco criou um superindexador: a Unidade Real de Valor (URV). Por três meses, todos os preços e salários foram discriminados em cruzeiros reais e em URV, cuja cotação variava diariamente e era mais ou menos atrelada ao dólar. Até o dia da criação do real, em que R$ 1 valia 1 URV, que, por sua vez, valia 2.750 cruzeiros reais.

“Tem uma expressão popular ótima, que é o engenheiro de obra feita. Depois que fez, dizia: ‘Ah bom, devia ter feito assim.’ Mas durante o processo… Vamos lembrar, foi um processo extraordinariamente arriscado, difícil, com percalços, podia ter dado errado em vários momentos”, relembrou o economista Persio Arida, um dos pais do Plano Real, em entrevista à TV Brasil, durante o lançamento em São Paulo do livro sobre os 30 anos do plano econômico.

Ao indexar toda a economia, a URV conseguiu realinhar o que os economistas chamam de preços relativos, que medem a quantidade de itens de bens e de serviços distintos que uma mesma quantia consegue comprar. Aliado a um câmbio fixo, no primeiro momento, e a juros altos, para atrair capital externo, o plano deu certo. Em junho de 1994, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) tinha atingido 47,43%. O indicador caiu para 6,84% no mês seguinte e apenas 1,71% em dezembro de 1994.

Plano Larida

Batizada de Plano Larida, em homenagem aos economistas André Lara Resende e Pérsio Arida, a ideia de uma moeda indexada atrelada à moeda oficial foi apresentada pela primeira vez em 1984. Em vez de simplesmente cortar gastos públicos para segurar a inflação, como preconiza a teoria econômica ortodoxa, o Plano Larida foi parcialmente inspirado numa experiência heterodoxa em Israel no início dos anos 1980.

No país do Oriente Médio, os preços e os salários foram temporariamente congelados para eliminar a inércia inflacionária, pela qual a inflação passada alimenta a inflação futura. Posteriormente, foi feito um pacto social para aumentar os preços o mínimo possível, e o congelamento foi retirado, reduzindo a inflação israelense.

Uma ideia semelhante chegou a vigorar no Plano Cruzado, em 1986. A estabilização, no entanto, naufragou porque o congelamento estendeu-se mais que o esperado e, temendo repercussões nas eleições parlamentares daquele ano, a primeira pós-ditadura, o governo José Sarney não implementou medidas de controle monetário (juros altos) e fiscal (saneamento das contas públicas). Na época, não existia a Secretaria do Tesouro Nacional para centralizar as contas do governo, e os gastos públicos eram parcialmente financiados pelo Banco Central e pelo Banco do Brasil.

Consenso político

O sucesso do Plano Real, no entanto, não se deve apenas à URV. Num momento raro de consenso político e de cansaço com a hiperinflação, o Congresso Nacional foi importante para aprovar medidas que saneavam as contas públicas. Uma delas, a criação do Fundo Social de Emergência, que desvinculou parte das receitas do governo e flexibilizou a execução do Orçamento ainda no segundo semestre de 1993.

Professora de economia da Fundação Getulio Vargas (FGV), Virene Matesco diz que o entrosamento político foi essencial para o sucesso do Plano Real. “Houve uma ação política de um governo transitório, do presidente Itamar Franco. Desprovido de vaidade, que cedeu protagonismo ao presidente Fernando Henrique Cardoso [então ministro da Fazenda]. Houve uma perfeita harmonia entre a política e a economia para impactar no social, com um Congresso desorganizado após o impeachment do ex-presidente Collor”, ressalta.

Um dos criadores do Plano Real e presidente do Banco Central no governo Fernando Henrique Cardoso, Gustavo Franco diz que o Plano Real envolveu a angariação de apoio político antes de ser posto em prática.

“O Plano Real é uma política pública que envolveu gente que entende do assunto, que conversa entre si e se organizou sob uma liderança política para explicar conceitos e arregimentar apoios políticos. Depois, entrou toda uma engenharia social de fazer acontecer um empreendimento coletivo tão importante, que precisa engajar todo um país. Isso não é simples”, destacou o economista no lançamento do livro dos 30 anos do plano.

Benefícios

Outro pai do Plano Real, o economista Edmar Bacha, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no início do governo Fernando Henrique, diz que o objetivo do plano era fundamentalmente acabar com a hiperinflação. Segundo ele, outras melhorias econômicas, como o aumento do poder de compra, vieram depois.

“Ao acabar com a hiperinflação, o plano deu poder de compra ao salário do trabalhador. O salário não derretia mais, e o trabalhador não tinha de correr para o supermercado no primeiro dia em que recebia o seu salário para chegar antes das maquininhas remarcadoras de preços. Todo esse pandemônio que era a vida do brasileiro com a inflação ficou para a história. Para imaginar o legado do plano, compara com a Argentina hoje, que está tentando fazer o que fizemos com sucesso há 30 anos”, diz Bacha.

Reconhecimento

Três décadas depois, economistas de diversas correntes reconhecem o sucesso do Plano Real em acabar com a hiperinflação.

“O maior ganho do plano real foi trazer a inflação para níveis civilizados, de qualquer país com um sistema econômico minimamente normal. Hoje, a inflação está de 4% a 5% por ano. O mérito do Plano Real foi principalmente civilizatório. Do jeito que era no Brasil, quem mais sofria as consequências eram os mais pobres”, diz o economista Leandro Horie do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que critica o impacto da política de juros altos sobre a indústria.

Também crítica dos juros altos e da dependência da economia brasileira do agronegócio, a economista Leda Paulani diz que o fim da indexação dos preços foi o principal benefício do Plano Real. “Foi um grande sucesso do ponto de vista da estabilidade monetária e conseguiu dar estabilidade humanitária à economia brasileira. O Plano Real conseguiu criar um remédio especial para uma inflação muito especial que a gente tinha, que era uma inflação marcada pelo processo de indexação”, declara.

Economista-chefe da Way Investimentos e professor do Ibmec, Alexandre Espírito Santo classifica o Plano Real como o mais bem-sucedido plano de estabilização econômica na história global recente. “Foi muito bem elaborada a questão da URV, como você falou. O Plano Real usou tanto medidas ortodoxas, de ajuste fiscal e juros altos, para combater a inflação, como heterodoxo, que envolveu a criação de uma moeda paralela temporária”, relembra.

Virene Matesco, da FGV, diz que se emociona ao dar aulas sobre o Plano Real. “Se hoje a nossa vida é muito melhor, é graças aos nossos economistas que construíram um plano que fez muito pouco estrago na economia. Em qualquer sociedade do mundo, o combate à inflação é extremamente doloroso e causa grandes transtornos. O Plano Real acaba com a hiperinflação com quase nenhuma dor. Foi um plano extremamente transparente, feito por etapas e muito bem comunicado à população”, diz.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Há 30 anos, Plano Real derrubava hiperinflação e estabilizava economia Read More »

ANEEL anuncia bandeira tarifária amarela para julho

ANEEL anuncia bandeira tarifária amarela para julho

Após dois anos de bandeira verde, consumidores devem se preparar para aumento nas contas de energia no próximo mês

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou, na última sexta-feira (28.jun.2024), que a bandeira tarifária para o mês de julho será amarela. Esta mudança ocorre após mais de dois anos de bandeira verde, sem cobrança adicional na conta de energia.

A decisão de adotar a bandeira amarela foi tomada devido às condições menos favoráveis para a geração de energia no país. A previsão de chuvas abaixo da média até o final do ano e o aumento esperado no consumo de energia contribuíram para essa alteração.

Impacto nas tarifas

Com a bandeira amarela, as tarifas dos consumidores terão um acréscimo de R$ 1,885 a cada 100 kWh consumidos. Este valor, aprovado pela ANEEL em março deste ano, representa uma redução de 37% em relação ao valor anterior da bandeira amarela, que era de R$ 2,989/kWh.

Dicas para economizar anergia

Uso de ar-condicionado e ventiladores

Para otimizar o uso do ar-condicionado, recomenda-se manter a temperatura entre 23ºC e 25ºC e programar o desligamento automático durante a madrugada. A aquisição de aparelhos com tecnologia Inverter, que utilizam o compressor de forma mais eficiente, também é aconselhável. Manter a manutenção em dia e limpar filtros e saídas de ar a cada duas semanas pode reduzir significativamente o consumo de energia.

Chuveiro elétrico

Deve ser mantido na opção verão, que consome até 30% menos energia. Banhos rápidos e o uso de resistências originais garantem segurança e eficiência. Considerar a troca por um aquecedor solar térmico pode ser uma alternativa sustentável e econômica a longo prazo.

Geladeiras

Para evitar desperdícios, verifique a borracha de vedação e evite colocar alimentos quentes na geladeira. Mantenha o aparelho a pelo menos 10 centímetros de distância da parede e minimize a abertura das portas.

Iluminação natural e lâmpadas LED

Aproveitar a iluminação natural é essencial. Mantenha janelas e cortinas abertas durante o dia e apague as luzes em cômodos desocupados. A substituição de lâmpadas comuns por lâmpadas LED, que são cerca de 40% mais econômicas, é recomendada. Além de economia, as lâmpadas LED possuem maior durabilidade e são menos prejudiciais ao meio ambiente.

Foto: Divulgação/Neoenergia Cosern

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

ANEEL anuncia bandeira tarifária amarela para julho Read More »

RN registra abertura de 2.736 novas vagas de trabalho em maio

RN registra abertura de 2.736 novas vagas de trabalho em maio

Setor de serviços lidera contratações, impulsionando crescimento no emprego formal

O Rio Grande do Norte registrou a abertura de 2.736 novas vagas de trabalho em maio, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O saldo é a diferença entre 19.624 contratações e 16.888 demissões no mesmo período.

Esse foi o melhor desempenho do estado desde o início de 2024, representando um aumento de 60% em relação a maio de 2023, quando foram abertas 1.705 vagas. No Brasil, foram criadas 131,8 mil vagas em maio, com uma queda de 15% em comparação ao mesmo mês do ano anterior. A redução é atribuída à calamidade climática no Rio Grande do Sul, o único estado com saldo negativo no mês.

Atualmente, o Rio Grande do Norte conta com 510.337 empregos formais. O setor de Serviços, responsável por quase 48% desses empregos, foi o que mais contratou em maio, com 1.422 novas vagas, mais da metade do total aberto no estado. A construção civil criou 680 novas vagas, seguida pela indústria, com 558. O comércio teve um saldo positivo de 39 empregos, e a agropecuária, 37.

Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

RN registra abertura de 2.736 novas vagas de trabalho em maio Read More »

Energias renováveis e tecnologias são prioridades do Sinduscon-RN

Energias renováveis e tecnologias são prioridades do Sinduscon-RN

Novidade é tendência na construção civil

Em um esforço contínuo para atualizar e capacitar seus associados frente às inovações do setor, a diretoria do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Rio Grande do Norte (Sinduscon-RN), como parte da agenda de reunião do sindicato, visitou, nesta quinta-feira (27), as instalações do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-RN), na zona Oeste de Natal.

No encontro, os participantes conheceram o centro de formação que se destaca pelo ensino de novas tendências em eletricidade, energias renováveis e novas tecnologias, áreas cada vez mais relevantes para a construção civil.

WhatsApp Image 2024 06 28 at 12.10.06 1

“A integração de energias renováveis e soluções de eletricidade avançada na construção civil não só atende às demandas de sustentabilidade, mas também representa uma vantagem competitiva para as empresas da construção que adotam essas tecnologias. Nós estamos atentos a este tema“, afirma o presidente do Sinduscon-RN Sérgio Azevedo.

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Energias renováveis e tecnologias são prioridades do Sinduscon-RN Read More »

Empresários potiguares participam de maior feira de alimentação da América Latina

Empresários potiguares participam de maior feira de alimentação da América Latina

O evento reuniu marcas nacionais e internacionais

Os diretores do Pittsburg, Kayo e Kris Carvalho, representaram o Rio Grande do Norte na Fispal Food Service 2024, que completou 40 anos de história como a maior feira de alimentação da América Latina. O evento reuniu marcas nacionais e internacionais, apresentando as últimas tendências e soluções em máquinas para o setor, além de facilitar conexões, negócios e trocas de conhecimento.

Para Kayo Carvalho, a experiência foi extremamente enriquecedora. “A feira agregou muito conhecimento para nós, o que nos encoraja a seguir firmes em nossos propósitos. Adquirimos uma significativa bagagem de conceitos e conhecimentos para enfrentar os desafios do concorrido mercado de alimentação. Saímos daqui mais fortes. A nossa participação foi muito importante para trazer melhores resultados ao Pittsburg”, afirmou.

A Fispal é reconhecida internacionalmente por reunir os principais nomes do setor alimentício e oferecer uma vasta gama de inovações, tecnologias, produtos e serviços que estão moldando o futuro da alimentação. Durante a visita, Kayo e Kris puderam explorar as últimas tendências de mercado, participar de workshops especializados e assistir a demonstrações de soluções inovadoras.

A participação dos diretores do Pittsburg na Fispal Food Service 2024 não só fortalece a presença da marca no cenário nacional, mas também demonstra o compromisso com a busca constante por melhorias e inovações que beneficiem seus clientes e colaboradores.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Empresários potiguares participam de maior feira de alimentação da América Latina Read More »

Lula sanciona taxação de compras internacionais de até 50 dólares

Lula sanciona taxação de compras internacionais de até 50 dólares

Taxação foi incluída no Programa Mobilidade Verde e Inovação

O presidente Luíz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quinta-feira (27) a lei que estabelece a taxação de compras internacionais de até US$ 50 (cerca de R$ 250), então isentas de imposto de importação. O novo texto inclui uma cobrança de 20% sobre o valor de compras dentro desse limite, muito comuns em sites internacionais como Shopee, AliExpress e Shein.

A taxação foi incluída no programa Mobilidade Verde e Inovação (Mover), que cria incentivos para a fabricação de veículos menos poluentes. O texto foi aprovado na Câmara dos Deputados no último dia 11, por 380 votos contra 26, e a sanção ocorreu durante a 3ª Reunião Plenária do Conselho de Desenvolvimento Econômico Social Sustentável, o Conselhão.

Originalmente apresentado pelo governo federal, o projeto Mover prevê R$ 19,3 bilhões em incentivos, durante cinco anos, e redução de impostos para pesquisas e desenvolvimento de tecnologias e produção de veículos que emitam menos gases do efeito estufa, responsáveis pelo aquecimento da terra e pelas mudanças climáticas.

Primeira infância

Durante a reunião, Lula assinou ainda decreto para instaurar uma política nacional integrada para a primeira infância. O texto tem como base propostas elaboradas por um grupo de trabalho e entregues ao governo federal no último dia 13, com estratégias integradas entre diferentes áreas da administração federal para a priorizar crianças de até 6 anos de idade – sobretudo as que estão em situações de vulnerabilidade.

Outros decretos

Também foi assinado decreto que trata de projetos tecnológicos de alto impacto. A iniciativa tem, dentre outros objetivos, ampliar a cooperação entre instituições cientificas e empresas, além de estimular projetos sustentáveis, impulsionar a produção industrial de alto valor agregável e estimular o desenvolvimento de polos tecnológicos.

O presidente assinou ainda mais um decreto que institui estratégia nacional da economia circular. A proposta do governo federal é promover a transição do atual modelo de produção linear para uma economia circular, que incentiva o uso eficiente de recursos naturais e de práticas sustentáveis ao longo da cadeia produtiva.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula sanciona taxação de compras internacionais de até 50 dólares Read More »

Sodiê Doces é eleita Franquia do Ano

Sodiê Doces é eleita Franquia do Ano

No 21º Prêmio As Melhores Franquias do Brasil, marca foi a vencedora

Na última terça-feira, em São Paulo, foram revelados os vencedores do 21º Prêmio As Melhores Franquias do Brasil, realizado pela PEGN – Pequenas Empresas & Grandes Negócios. A Sodiê Doces conquistou o título de Franquia do Ano, destacando-se entre 105 marcas premiadas com cotação cinco estrelas. Esse reconhecimento resulta de uma pesquisa exclusiva conduzida pela Serasa Experian, que avaliou 405 franquias considerando critérios como satisfação do franqueado, desempenho e qualidade da rede.

A pesquisa envolveu a coleta e análise detalhada de dados, onde as redes forneceram informações sobre faturamento e lucratividade. Posteriormente, os próprios franqueados avaliaram aspectos como suporte e treinamentos oferecidos.

A Sodiê Doces, fundada em 1997 por Cleusa Maria da Silva, na cidade de Salto, interior de São Paulo, vem se destacando pela inovação contínua. Recentemente lançou uma linha de bolos Nutella, trouxe produtos comemorativos dos 65 anos da Barbie e um bolo em parceria com a apresentadora Ana Maria Braga.

Cleusa Maria afirma que esse prêmio coroa mais de 25 anos de dedicação à marca. “Só posso agradecer a todos que participaram dessa jornada de sucesso. Juntos, construímos um negócio sólido que gera empregos para muitas famílias e proporciona produtos de qualidade que alegram momentos especiais na vida das pessoas”, afirma.

Fabio Araujo Melhores Franquias Sodie Credito Alexandre Di Paula v.1

Fábio Araujo, general manager da Sodiê Doces, recebeu o prêmio em nome da fundadora e comemorou a conquista: “Ganhar um prêmio dessa importância em tão pouco tempo, para a gente, é uma honra muito grande.” Araujo, que ingressou na empresa há dois anos, está focado em uma expansão estruturada da rede além de trazer mais inovação e collabs.

“Para os próximos anos, a empresa planeja continuar investindo em inovação, que é a alma do nosso negócio. Collabs, chatbot e inteligência artificial, vamos entregar novidades para franqueado e consumidor”, afirma Araujo.

Para mais informações, acesse o site oficial da Sodiê Doces (www.sodiedoces.com.br) ou visite uma das lojas.

Sodiê Doces

A Sodiê Doces, maior franquia de bolo do país, possui atualmente 375 lojas abertas no Brasil e duas unidades na cidade de Orlando, nos EUA. Em seu cardápio há mais de 80 variedades de sabores, uma linha Zero Açúcar, bolos caseiros e a versão vegana. Os bolos são elaborados à base de pão de ló, matéria-prima de primeira qualidade e frutas frescas. Também fazem parte do cardápio os docinhos (tradicionais, finos, belgas e bombom), balas de coco e sua linha exclusiva de salgados (cuja sede fica em Boituva – SP). Mensalmente a marca traz os Bolos do Mês, com dois sabores, que ganham desconto especial em todas as unidades. A rede fechou 2023 com faturamento de 640 milhões de reais, registrando crescimento de 15% em comparação com 2022 (560 milhões de reais) e 30 novas unidades.

Site: www.sodiedoces.com.br
Fanpage: www.facebook.com/sodiedocesoficial
Instagram: @sodiedoces

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Sodiê Doces é eleita Franquia do Ano Read More »

Divino Fogão conquista selo cinco estrelas do prêmio ‘Melhores Franquias do Brasil’

Divino Fogão conquista selo cinco estrelas do prêmio ‘Melhores Franquias do Brasil’

Selo faz parte de premiação da Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Há 40 anos no mercado brasileiro, o Divino Fogão conquistou mais uma vez o selo cinco estrelas do prêmio ‘Melhores Franquias do Brasil’. Realizado pela Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, após pesquisa do Serasa Experian, a cotação máxima é cedida às marcas de franquias que tiveram desempenho positivo em três avaliações: qualidade da rede, desempenho da rede e satisfação do franqueado. O Divino Fogão, que é referência em sistema de buffet em shopping centers e conta com mais de 210 pontos de vendas distribuídos em todo o Brasil, foi uma das franquias reconhecidas na edição deste ano.

A empresa teve crescimento de 23% e abriu 25 pontos de vendas, sendo 17 restaurantes e oito dark kitchens em 2023. Além disso, a marca obteve um incremento de 15% nas vendas por delivery, demonstrando a força das entregas em domicílio. Para 2024, além da celebração de quatro décadas no setor de alimentação fora do lar, a rede planeja expandir a presença no Centro-Oeste, Norte e Sudeste do País, projetando ao menos 10 novos restaurantes, além de um acréscimo de 25% no faturamento.

“Por mais um ano, conquistamos o selo cinco estrelas do prêmio PEGN, que é referência no mercado de franquias, trazendo visibilidade para as marcas que recebem a cotação máxima na premiação. Ter mais esse reconhecimento demonstra que, juntos, somos mais fortes, com franqueados engajados e felizes com seus negócios. Como franqueadora, estamos sempre em busca de melhorias e inovações para a rede, visando manter a excelência para continuarmos sendo precursores no segmento de alimentação fora do lar nas praças de alimentação de shopping centers em todas as regiões brasileiras”, finaliza Reinaldo Varela, fundador e presidente do Divino Fogão.

Sobre o Divino Fogão

Desde 1984, o Divino Fogão lançou-se no mercado com uma estratégia inovadora, servindo o que há de mais saboroso e variado da comida típica da fazenda. Hoje, o Divino Fogão é nacionalmente reconhecido por seus produtos de excelente qualidade e com sabor genuinamente brasileiro. Receitas próprias e exclusivas foram desenvolvidas ao longo dos anos, procurando atender o gosto e o paladar brasileiro. A rede conta hoje com mais de 210 pontos de vendas que incluem as operações em shopping centers e o projeto de dark kitchen, voltado apenas ao sistema delivery.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Divino Fogão conquista selo cinco estrelas do prêmio ‘Melhores Franquias do Brasil’ Read More »

Central de Apoio Jurídico e Psicológico do iFood já atendeu cerca de 150 casos de discriminação e violência contra entregadores em um ano

Central de Apoio Jurídico e Psicológico do iFood já atendeu cerca de 150 casos de discriminação e violência contra entregadores em um ano

Iniciativa é realizada em parceria com a organização Black Sisters in Law

O iFood, empresa brasileira de tecnologia, divulga um balanço do primeiro ano de atuação de sua Central de Apoio Jurídico e Psicológico, que presta assistência para entregadores e entregadoras que foram vítimas de discriminação, ameaça, agressão física ou violência sexual durante o exercício da profissão. Lançado em junho de 2023, o serviço é oferecido em parceria com o coletivo de advogadas negras, as Black Sisters in Law.

Neste período, mais de 500 pessoas sinalizaram o interesse nas assistências e cerca de 150 casos já tiveram seu atendimento concluído pela iniciativa. Os acionamentos por discriminação se destacam, com 42%, e em seguida por agressão física e ameaça, com 25% cada. O Ceará contabilizou 12 ocorrências no total, até então.

Os conflitos com clientes representam 52% dos casos, e em 19% dos casos, a causa é o desentendimento sobre subir ou não ao apartamento do cliente para levar o pedido.

“É fundamental que os entregadores e entregadoras que sofreram qualquer tipo de violência durante o trabalho tenham acesso à justiça, para que recebam a reparação devida, assim como assistência psicológica para superar os traumas causados por essas situações. Adotamos uma postura proativa, para que os entregadores sejam respeitados, valorizados e respaldados. Além disso, essa é uma estratégia de prevenção e conscientização, já que potenciais agressores saberão que não ficarão impunes diante de qualquer conduta criminosa”, comenta Tatiane Alves, gerente de Impacto Social do iFood. “Apesar desse alto número de casos evidenciar um lado repulsivo da nossa sociedade, ficamos contentes com a adesão dos entregadores e entregadoras ao programa, demonstrando uma crescente confiança na relação desses profissionais com a empresa”, completa a executiva.

Por meio da parceria com as Black Sisters in Law, cada vítima recebe assistência humanizada e personalizada de uma advogada para registro do boletim de ocorrência, acompanhamento de toda a investigação e para a instância judicial, quando aplicável. Além disso, são realizadas três sessões com uma psicóloga também indicada pela organização. As assistências são 100% gratuitas para os entregadores e entregadoras. Neste primeiro ano de parceria, 163 sisters foram impactadas em todas as regiões brasileiras, contribuindo também para fomentar a atuação das mulheres negras no Direito. Além disso, a sede da organização, no Rio de Janeiro, se tornou um espaço de acolhimento para as vítimas que desejem receber um atendimento presencialmente, além de receber ações com foco nas mulheres entregadoras, como rodas de conversa sobre saúde e autocuidado, entre outras.

“Como fundadora das BlackSisters in Law, é com imenso orgulho que celebro o primeiro aniversário da Central de Apoio Jurídico e Psicológico. Este projeto tornou-se um pilar de sustentação e a principal fonte de renda para muitas advogadas negras que defendem os entregadores e teve um impacto transformador na vida das Sisters e dos entregadores e entregadoras. A Central simboliza a nossa luta coletiva por justiça e igualdade e reafirma o nosso compromisso com o acesso à justiça desses profissionais”, afirma Dione Assis, fundadora da BlackSisters in Law.

Política de Combate à Discriminação

O iFood conta com uma política de combate à discriminação e à violência para oferecer a todos um ambiente ético, seguro e livre de qualquer forma de violação de direitos. A empresa não aceita qualquer tipo de discriminação, preconceito ou violência contra qualquer pessoa que faça parte do seu ecossistema, como entregadores, clientes, lojas, operadores logísticos e franqueados. Para garantir isso, existem sanções que podem ir desde advertências e treinamentos até a desativação de uma conta.

Valorização dos entregadores

Além da Central de Apoio Jurídico e Psicológico, o iFood vem trabalhando constantemente em uma agenda de valorização dos entregadores. Entre as ações realizadas, estão programas de educação e iniciativas voltadas à segurança viária. Para diminuir os conflitos entre clientes e profissionais de entrega, a companhia investe em campanhas de conscientização como a #BoraDescer, que incentiva os clientes a descerem de seus apartamentos para receberem pedidos, além da articulação junto a associações de síndicos e condomínios.

Sobre o iFood

O iFood é uma empresa brasileira de tecnologia referência em delivery online na América Latina, que aproxima clientes, restaurantes, supermercados e entregadores de forma simples e prática. O iFood tem o propósito de alimentar o futuro do Brasil e do mundo, transformando a sociedade por meio da educação e da tecnologia, e com um impacto socioambiental positivo.

Por meio de tecnologia e inteligência artificial com padrão global, o iFood movimenta 96 milhões de pedidos por mês, por meio de um ecossistema formado por 300 mil entregadores conectados, 350 mil estabelecimentos parceiros, entre restaurantes, mercados e farmácias, e presente em cerca de 1.700 cidades brasileiras. O iFood vai além do delivery de comida e cresce também em negócios como de mercados, farmácia, pet, fintech e de benefícios, unindo tecnologia e conveniência na entrega de soluções aos parceiros.

Para saber mais sobre o iFood, visite: www.institucional.ifood.com.br

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Central de Apoio Jurídico e Psicológico do iFood já atendeu cerca de 150 casos de discriminação e violência contra entregadores em um ano Read More »

Brasil ultrapassa a marca de 1,2 mil cachaçarias registras em todo o país

Brasil ultrapassa a marca de 1,2 mil cachaçarias registras em todo o país

Setor movimentou a economia e exportações em 2023 superaram o montante de US$ 20 milhões. O levantamento é realizado pelo Mapa

Nesta quarta-feira (26), o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), em parceria com o Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), ANPAQ e GS1 Brasil, divulgou o Anuário da Cachaça 2024. A publicação é o principal levantamento de dados oficiais do setor, para a difusão de dados, referentes ao ano anterior, e para o fomento de discussões relevantes.

“O anuário comprova que o Brasil está se consolidando como um dos grandes produtores de alimentos e bebidas do mundo, graças a sua vocação. Produzimos com qualidade e o Ministério da Agricultura tem a régua muito elevada para garantir a segurança dos nossos produtos. Isso nos garante oportunidades”, destacou o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro. “O Brasil é a bola da vez para produtos de qualidade. Vamos trabalhar para fazer da cachaça, cada vez mais, um orgulho brasileiro”, completou.

Segundo os dados, em 2023 o número de cachaçarias registradas foi de 1.217, sendo um crescimento de 7,8% com base no ano anterior. Minas Gerais é o estado com maior número de estabelecimentos registrados, com a marca de 504 estabelecimentos, o que corresponde a 41,4% das cachaçarias do país. Para alcançar tal marca o estado apresentou um crescimento de 7,7%, com 36 estabelecimentos a mais em relação a 2022. Esta é a primeira vez que uma unidade da federação supera a marca de 500 cachaçarias registradas.

Destacam-se também os estados de São Paulo, com 11 cachaçarias a mais em relação a 2022, e Paraná, com aumento de 10 cachaçarias em relação ao ano anterior. Estes números representaram um crescimento de 7,0% e 37,0%, respectivamente. Por região, o Sudeste, com 819 cachaçarias, possui o maior número de estabelecimentos registradas, concentrando 67,3% do total de cachaçarias do Brasil.

O registro de estabelecimentos é a formalidade administrativa que autoriza as cachaçarias a funcionarem, considerando a atividade e linha de produção, bem como a sua capacidade técnica e condições higiênico-sanitárias. O registro é coordenado pelo Mapa e a solicitação é gratuita e deve ser realizada por meio do Portal Único gov.br, utilizando-se o Sipeagro.

“Os dados são animadores. Apesar do cenário desafiador que o setor da Cachaça tem enfrentado nos últimos anos, demonstram uma certa resiliência para o enfrentamento dessas dificuldades e, sobretudo, a relevância dos micro e pequenos produtores”, destaca Carlos Lima, presidente do Instituto Brasileiro da Cachaça.

PRODUTOS

Após a concessão do registro de estabelecimento é preciso que a cachaçaria registre os produtos com que pretende trabalhar. Em 2023, houve um crescimento de 18,5% em relação ao total de produtos registrados que havia em 2022, alcançando o número de 5.998.

O estado mineiro também possui o maior número de cachaças registradas, com 2.144 produtos, o que corresponde a 35,7% das cachaças do país. Já Sergipe detém a média mais elevada, com 16 produtos registrados por estabelecimento. A média brasileira é de 4,9 cachaças registradas por cachaçaria.

EXPORTAÇÕES

Em 2023 houve um aumento de 0,7% no valor total das exportações, alcançando a marca de US$ 20.242.453, o maior montante da série. O resultado demonstra uma valorização de 9,3% do produto exportado, que em 2022 teve o preço médio de 2,15 US$/L e no ano passado chegou a 2,35 US$/L.

O Estados Unidos mantém-se como o maior mercado de exportação para a cachaça, avaliado em US$ 4.653.002, o que representa quase 23% do mercado de exportação de cachaça. Destaca-se também a Europa, com sete países entre os 10 principais parceiros econômicos na compra de cachaça. O continente foi responsável por um mercado de US$ 10.142.990, o que representa 50,1%. Atualmente, há países compradores de cachaça em todos os continentes do planeta.

EMPREGOS

O setor de cachaça no Brasil apresenta um histórico de fomento da economia brasileira. Entre os resultados, está a geração de empregos diretos e indiretos em toda cadeia.

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, a atividade de fabricação de bebidas gerou um estoque de 134.678 empregos diretos em 2023, com variação positiva de 3,35% em relação a 2022. Neste cenário, 4,7% do estoque de empregos da atividade de fabricação de bebidas deve-se à fabricação de aguardente de cana-de-açúcar, o que corresponde a 6.371 empregos.

O Sudeste é a região com maior estoque de empregos em 2023, com a marca de 3.062 posições, o que corresponde a 48% de todos os empregos da fabricação de aguardente de cana-de-açúcar. Já o Nordeste é segunda região em estoque de empregos, com 2.444 posições, apresentou o maior aumento absoluto em números de empregos gerados, com 87 novas posições criadas em 2023, o que corresponde a uma variação de 3,69%.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Brasil ultrapassa a marca de 1,2 mil cachaçarias registras em todo o país Read More »

Frango no Pote lança novo modelo de loja e concede descontos exclusivos na ABF Franchising Expo 2024

Frango no Pote lança novo modelo de loja e concede descontos exclusivos na ABF Franchising Expo 2024

Unindo gastronomia e empreendedorismo, o Frango no Pote promete atrair a atenção de empreendedores e investidores, conquistando tanto pelo sabor quanto pelas oportunidades de negócios com duas versões de estandes: um na área principal da feira e outro na praça de alimentação, para conhecer e degustar os produtos. Além disso, oferecerá descontos exclusivos para franqueados e lançamentos inéditos

O Frango no Pote, uma das principais redes de fast food do país, estará presente na próxima edição da ABF Franchising Expo, que acontecerá no Expo Center Norte, em São Paulo, nos dias 26, 27,28 e 29 de junho.

Neste ano, a marca promete surpreender e encantar os visitantes do evento, consolidando ainda mais sua posição como uma das principais tendências do franchising no Brasil com dois lançamentos exclusivos: sua primeira sobremesa e seu novo modelo de franquia container.

Em parceria com a Verdadeiro Brownie, uma renomada rede de docerias de Brasília, o Frango no Pote lançará sua primeira sobremesa. Com esta parceria, a sobremesa será levada a todas as unidades da rede, mantendo a identidade e a qualidade que caracterizam o Frango no Pote.

Durante o evento, a marca também lançará seu modelo de franquia container, a partir de R$159 mil, preparado para uma área mínima de 30 m² e um capital de giro de R$20 mil. Este modelo é otimizado para ser operado por uma equipe de apenas 5 pessoas, oferecendo uma solução eficiente e acessível para novos franqueados.

Carlos Nepomuceno Junior, que assumiu a empresa com apenas 19 anos e agora, aos 25, lidera o Frango no Pote com uma visão inovadora e empreendedora, destaca: “Desde que assumi a liderança, tenho me dedicado a transformar o Frango no Pote em uma referência no setor de fast food. Nosso crescimento é um reflexo do trabalho duro e da paixão que temos pelo que fazemos. Na ABF Franchising Expo, queremos mostrar aos futuros franqueados que, com dedicação e apoio, é possível alcançar grandes resultados.”

A rede que já está presente em 17 estados do país com mais de 70 unidades, concederá diversos benefícios durante a feira.

Uma das ações será a possibilidade de preencher um cadastro como lead do Frango no Pote, tirar um ovinho de dentro da urna e concorrer a condições exclusivas, como 10%, 20%, 30% de desconto na taxa de franquia, materiais para a abertura da loja e outras surpresas. “Nossos visitantes terão a oportunidade de mergulhar na experiência, conhecendo de perto o frango frito 100% brasileiro e suas opções de franqueamento diferenciadas”, conta o CEO. “Com um modelo de franquia acessível e suporte abrangente, oferecemos aos empreendedores, uma oportunidade única de ingressar no lucrativo mercado de franquias, no nicho mais consolidado que o setor possui, que é o de alimentação”, continua.

Para Carlos, esse evento abre a temporada de renovação do empreendedorismo no país. “A ABF Franchising Expo é uma oportunidade única para se conectar com empreendedores, investidores e entusiastas do franchising de todo o Brasil”, reitera. “Estamos entusiasmados em participar deste evento e compartilhar nossa paixão pela gastronomia e pelo empreendedorismo com todos os presentes. Mal podemos esperar para apresentar nossos produtos e oportunidades de franqueamento e fazer novas parcerias que impulsionarão ainda mais o crescimento da marca.”

Vale lembrar que a rede estará presente na feira nas suas duas versões, unindo sabor e negócio. O stand principal para conhecer os modelos de franquias e condições exclusivas ficará localizado na Rua M – 180, já o stand de alimentação, proporcionando a oportunidade de saborear o verdadeiro frango frito, ficará na praça de alimentação no stand PC – 171.

SERVIÇO – Frango no Pote na ABF Franchising Expo São Paulo 2024

Stand de negócios – Rua M – 180
Stand de alimentação – PC – 171
Endereço: Expo Center Norte – Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo – SP, 02055-000
Data e horário: 26 de junho a 28 de junho, das 13h às 21h, e 29 de junho de 2024, das 11h30 às 18h30.

Sobre o Frango no Pote

Há 12 anos, nasceu o Frango no Pote com um propósito de oferecer o famoso frango frito americano com um toque 100% brasileiro.

Ideia que surgiu durante uma viagem aos Estados Unidos e consolidou-se no Brasil, na capital federal, pai e filho desenvolveram o autêntico frango no pote, com uma receita de sucesso, marcando o início de uma jornada de negócios.

Possui mais de 70 lojas espalhadas em 17 estados do Brasil, conta com um cardápio variado como Potes, Sanduíches, Refeições, além dos molhos diversificados disponíveis.

No Varejo & E-Commerce, o CEO da marca, Carlos Nepomuceno Júnior foi destaque pelo exponencial crescimento da marca Frango no Pote tanto no DF quanto no Brasil e entrou na lista Forbes Under 30 em 2023.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Frango no Pote lança novo modelo de loja e concede descontos exclusivos na ABF Franchising Expo 2024 Read More »

Natal Shopping tem descontos de até 60% na virada da estação

Natal Shopping tem descontos de até 60% na virada da estação

Ação comercial impulsiona varejo de moda com descontos em grandes marcas e ofertas progressivas em peças selecionadas

O Natal Shopping está em plena temporada de promoções, oferecendo uma oportunidade imperdível para os consumidores. Com descontos progressivos em peças selecionadas e ofertas de até 60% em marcas renomadas, o empreendimento espera atrair um grande número de clientes, movimentando o comércio local e proporcionando uma injeção de dinamismo no varejo de moda na virada da estação.

Marcas como Shoulder, Osklen, Brooksfield, entre outras, participam da ação com uma variedade de produtos, desde roupas casuais até peças mais sofisticadas, atendendo a diferentes estilos e preferências.

Os clientes poderão aproveitar ofertas como “Leve 3, pague 2” na Reserva, descontos de até 30% na Aramis, Richards e La Femme e Loungerie; calças jeans com até 20% off na Stalker, até 40% em calçados femininos na Mr. Cat e descontos de 50% em marcas como Intimissimi, Zinzane, Carmen Steffens, QÓculos e Arezzo. Já na UZA Shoes, as ofertas vão até 60% do valor.

O superintendente do Natal Shopping, Felipe Furtado, destaca a importância desta temporada de sale para o setor. “As promoções de meio de ano são estratégicas para o varejo porque ajudam a renovar os estoques para a nova coleção e, ao mesmo tempo, oferecem aos clientes a oportunidade de adquirir peças de qualidade com preços reduzidos. Este movimento é fundamental para incrementar o fluxo de vendas e atrair os consumidores para o shopping, que aproveitam para renovar o guarda-roupa antes do fim do ano”, afirma.

A campanha segue até o final do mês e no aplicativo do empreendimento, é possível encontrar descontos exclusivos. Basta baixar o app, disponível gratuitamente para IOS e Android, acessar a aba ‘Cupons’ e aproveitar os descontos.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Natal Shopping tem descontos de até 60% na virada da estação Read More »

Financiamento de placas solares cresce 113% na Região Nordeste

Financiamento de placas solares cresce 113% na Região Nordeste

Durante o Mês da Sustentabilidade, entre 24 e 28 de junho, consumidores do RN poderão financiar painéis solares na Sim com taxas a partir de 1,25% ao mês e desconto adicional de até 10%

Como parte das iniciativas do Mês da Sustentabilidade promovidas pelo Santander, a Sim, empresa do Grupo, lança uma oferta especial por tempo limitado, para incentivar o uso de energia limpa no Brasil. Entre os dias 24 e 28 de junho, os clientes poderão financiar painéis solares com juros a partir de 1,25% a.m, com a possibilidade de desconto adicional de até 10% na taxa. Os interessados também terão condições especiais para financiar o equipamento por meio do Boleto Parcelado, produto oferecido por mais de 2 mil lojistas parceiros em todo o país.

A Sim tem registrado crescimento significativo na busca por financiamentos de placas solares nos últimos meses. Entre janeiro e maio deste ano, as simulações de financiamento no Nordeste, região estratégica para a marca, cresceram 114% em relação a igual período de 2023. A concessão de crédito avançou em 113% no mesmo período de comparação.

“Os números refletem não apenas a crescente demanda por equipamentos solares, mas também a confiança dos consumidores nas opções de financiamento oferecidas pela Sim. Estamos comprometidos em facilitar o acesso dos brasileiros à energia solar, promovendo uma transição energética limpa e acessível”, ressalta Marcelo Aleixo, CEO da Sim.

Com uma equipe de Gerente Regionais e Consultores distribuídos pelo Brasil, dedicados ao atendimento de lojistas parceiros, a Sim quer não só impulsionar o financiamento de placas solares, mas também reforçar seu compromisso com a sustentabilidade e a transição energética, alinhada aos valores do Santander. “Estamos construindo um futuro no qual a sustentabilidade é uma realidade acessível a todos. As condições especiais têm como objetivo impulsionar as vendas; mas principalmente levar as vantagens da energia limpa para cada vez mais pessoas”, reforça Aleixo.

Mais informações sobre as condições de financiamento de sistemas solares podem ser acessadas no site da Sim: https://emprestimosim.com.br/energia-sim/

Sobre a Sim

A Sim é uma empresa Santander, braço da financeira, 100% digital, que oferece soluções de crédito e financiamento de maneira simples, responsável e transparente. Parte da estratégia do Banco de fortalecer a presença no mercado de consumo do Brasil, a Sim conta com canais de venda, próprios e de parceiros. Além de uma prateleira de produtos customizados para diferentes setores que inclui: empréstimo pessoal, empréstimos com garantia de veículos, seguro prestamistas e Boleto Parcelado – o financiamento em segmentos como turismo, energia solar, móveis, entre outros.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Financiamento de placas solares cresce 113% na Região Nordeste Read More »

App do Assaí ganha atualizações para aprimorar experiência de uso

App do Assaí ganha atualizações para aprimorar experiência de uso

Novo design e novas ferramentas estão entre as novidades que trazem mais facilidade de uma melhor experiência de usabilidade

Para aprimorar a sua estratégia phygital, que une as facilidades do mundo digital à operação física das unidades e oferece mais comodidade e uma melhor experiência de compras aos(às) mais de 35 milhões de clientes mensais das lojas Assaí Atacadista, o aplicativo Meu Assaí ganhou novas atualizações para aprimorar a sua experiência de uso. O aplicativo, que foi o primeiro de APP de relacionamento do setor de atacarejo e 5º mais baixado em 2023 na categoria e-commerce, recebeu um novo layout, com uma proposta mais limpa e intuitiva de usabilidade.

Na nova versão, os(as) clientes poderão encontrar mais facilmente os descontos (ao clicar no item desejado, serão aberto os detalhes do produto e o % de desconto, incluindo a data de ativação e expiração do item em oferta), o jornal de ofertas vigentes no período de acordo com a geolocalização (direcionando à loja do Assaí mais próxima de onde o(a) cliente estiver no momento de utilização do app); feed de conteúdo (onde encontrarão novidades e informações sobre a marca); descontos exclusivos (produtos selecionados em parceria com a indústria que apenas aquele cliente consegue comprar com um desconto ainda mais vantajosos), carteira digital (em que o cliente poderá visualizar o seu saldo digital e/ou acumulado de cartões-presente, além de acessar o “economizômetro”, ferramenta que calcula todo o valor economizado ao comprar utilizando o app) e o Cartão Passaí (onde é possível solicitar online um cartão de crédito).

“Foi um ano de muito aprendizado e estar sempre atento aos feedbacks dos clientes e das lojas foi fundamental para essa primeira atualização de versão. O Layout ficou mais moderno, de fácil navegação com foco na jornada de compra, facilidade de uso dos nossos diferentes públicos e segurança das informações”, comenta Anderson Araújo, Gerente de Novos Negócios do Assaí.

A mudança está alinhada a estratégia da Companhia para o ano em que celebra os seus 50 anos de história. “Estamos presentes em 1 a cada 4 lares brasileiros, queremos trazer todas essas famílias e comerciantes para o nosso aplicativo. Teremos mais novidades no decorrer dos meses, antecipa Araújo.

Com o app “Meu Assaí”, o Assaí também reforça sua proposta de inovação e valor no segmento do atacarejo. Os descontos customizados do app se somam aos preços das unidades que já são, em média, de 10% a 15% menores do que em supermercados tradicionais – aumentando a vantagem de compra e economia aos(às) clientes. “Além disso, contribui para um maior conhecimento dos hábitos de consumo dos(as) clientes, sempre com o objetivo de entregar o produto certo, no momento certo para os clientes, combinando sempre o melhor dos 2 mundos fisíco e digital”, destaca Araujo.

Dentro do “Meu Assaí”, também é possível ser redirecionado automaticamente para a compra online em lojas do Assaí por meio dos parceiros Rappi e Cornershop by Uber.

As lojas do Assaí são preparadas para oferecer produtos e marcas locais que sejam relevantes para a região que suas lojas estão presentes, além de serviços que agreguem valor ao dia a dia dos(as) consumidores(as), de forma a ser um aliado do(a) pequeno(a) empreendedor(a) e dos(as) comerciantes e de todas as famílias.

Sobre o Assaí Atacadista

O Assaí Atacadista é uma Corporation (empresa sem um único controlador) de Cash&Carry/Atacarejo, fundada em São Paulo (SP) e que completa 50 anos em 2024. Atende pequenos(as) e médios comerciantes e consumidores(as) que buscam maior economia para compras unitárias ou em grandes volumes. Como a 2ª maior varejista do Brasil, alcançou faturamento de R$ 72,8 bilhões em 2023 e se tornou a rede alimentar com a maior presença nos lares brasileiros (NielsenIQ Homescan). Atualmente, conta com mais 290 lojas em todas as regiões do país (24 Estados + DF), e mais de 80 mil colaboradores(as), sendo uma empresa certificada pelo selo Great Place to Work (GPTW). Em 2023, recebeu diversos reconhecimentos, como o título de marca de varejo alimentar mais valiosa (Interbrand e Brand Finance) e liderança Top of Mind nas categorias “Atacado” e “Supermercado” (Instituto Datafolha). As ações do Assaí são as únicas de uma empresa unicamente de Cash&Carry negociadas tanto na Bolsa de Valores brasileira (B3 – ASAI3) quanto na de Nova York (NYSE – ASAI). O Assaí é, ainda, o único varejista alimentar no top 10 da carteira IDIVERSA B3, que reconhece as empresas de capital aberto com os melhores indicadores em diversidade racial e de gênero.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

App do Assaí ganha atualizações para aprimorar experiência de uso Read More »

RN registra crescimento da arrecadação de ICMS em 2024

RN registra crescimento da arrecadação de ICMS em 2024

Estado registra aumento de 6,94% na arrecadação de ICMS nos primeiros cinco meses do ano

O Rio Grande do Norte apresentou um aumento na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no acumulado de 2024, conforme revela o Boletim do Sebrae-RN baseado nos dados da CONFAZ. Nos primeiros cinco meses do ano, o estado arrecadou R$ 2,84 bilhões em ICMS, um crescimento de 6,94% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Esse valor marca um contínuo aumento na arrecadação desde 2020.

Em maio de 2024, a arrecadação mensal foi de R$ 645 milhões, uma ligeira queda em relação aos R$ 652 milhões arrecadados no mesmo mês do ano passado. Contudo, o desempenho anual mantém a tendência de crescimento, impulsionado principalmente pelo aumento no consumo e na atividade econômica.

O setor terciário, englobando serviços e comércio, liderou a arrecadação nos primeiros cinco meses de 2024, com um total de R$ 1,86 bilhão, um aumento de 8,96% em relação ao ano anterior. O setor secundário, que inclui as atividades industriais, arrecadou R$ 417 milhões. Já o setor primário, que compreende agricultura, pecuária, silvicultura, extrativismo e pesca, contribuiu com R$ 69 milhões em ICMS. Destacaram-se também as arrecadações sobre energia elétrica e combustíveis, com o setor de petróleo e combustíveis contribuindo com R$ 660 milhões e o setor de energia elétrica arrecadando R$ 321 milhões.

No último mês, o setor terciário continuou na liderança com R$ 355 milhões arrecadados. O setor secundário arrecadou R$ 79 milhões, enquanto o setor primário contribuiu com R$ 13 milhões em ICMS. O setor de petróleo e combustíveis arrecadou R$ 129 milhões, e o de energia elétrica R$ 67 milhões.

Ao detalhar os subitens do ICMS, observa-se que, em maio, o comércio varejista liderou com uma arrecadação de R$ 144 milhões, seguido pelo comércio atacadista, que contribuiu com R$ 136 milhões. Os serviços de comunicação e transporte também tiveram papéis importantes, contribuindo com R$ 15 milhões e R$ 7 milhões, respectivamente. Outros serviços adicionaram R$ 53 milhões à arrecadação, evidenciando a diversidade de atividades econômicas que impulsionam o ICMS no Rio Grande do Norte.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

RN registra crescimento da arrecadação de ICMS em 2024 Read More »

Quina de São João sai para três apostadores

Quina de São João sai para três apostadores

Dezenas sorteadas foram 21, 38, 60, 64 e 70

O concurso especial nº 6.462 da Quina de São João de 2024, sorteado na noite desse sábado (22), no Espaço da Sorte, em São Paulo, saiu para três apostadores – de São José do Rio Preto (SP), Gouveia (MG) e Viamão (RS). Cada uma das apostas vai receber o prêmio de R$ 76.638.821,73.

As dezenas sorteadas foram 21, 38, 60, 64 e 70.

O prêmio, de R$ R$ 229,91 milhões, é o maior da história da Quina. Ao todo, a Quina de São João 2024 registrou 166.345.938 milhões de apostas em todo o país, totalizando mais de R$ 415.864.957,50 em arrecadação.

Quem acertou quatro números — 1.714 apostas — levará R$ R$ 11.043,83 cada, e os 144.635 apostadores que acertaram três números receberão o prêmio individual de R$ 124,64, cada. Por fim, 3.833.840 apostadores acertaram dois números e vão receber R$ 4,70, cada.

Na manhã deste sábado, os sistemas de apostas online das loterias da Caixa Econômica Federal apresentaram instabilidade. Porém, nas casas lotéricas, as apostam ocorreram normalmente.

Pagamento

A Caixa Econômica Federal lembra que prêmios com valor superior a R$ 2.259,20 são pagos exclusivamente nas agências do banco, a quem apresentar o bilhete premiado.

Se o ganhador escrever, no verso do recibo da aposta premiada, o nome completo dele e o Cadastro de Pessoa Física (CPF), o bilhete deixa de ser ao portador e passa a ser nominal. Em caso de bolão, cada participante pode fazer o mesmo no verso de seu recibo individual de cota.

Os ganhadores também devem ficar atentos às datas. Os prêmios prescrevem após 90 dias da data do sorteio. Se o prazo for perdido, o valor é repassado integralmente ao Fundo de Financiamento ao Ensino Superior (Fies), conforme lei 13.756/2018.​

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Quina de São João sai para três apostadores Read More »

Vice-presidente comemora dados de produção agroindustrial em abril

Vice-presidente comemora dados de produção agroindustrial em abril

Alckmin destaca cescimento recorde em setores estratégicos

O vice-presidente do Brasil, Geraldo Alckmin, comemorou, neste sábado (22.jun.2024) os resultados divulgados pelo Centro de Estudos do Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas (FGV Agro), que revelaram o melhor desempenho da agroindústria brasileira em um mês de abril dos últimos dez anos. Alckmin compartilhou sua satisfação em um post na rede social X, destacando a importância desse crescimento para a economia nacional.

Os dados apontam que, em abril de 2024, a produção agroindustrial teve uma expansão de 12,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior, marcando o maior crescimento para abril desde 2013. Alckmin ressaltou que os setores de alimentos e bebidas registraram o maior crescimento da série histórica, com um aumento de 13,2%. Os biocombustíveis também mostraram um desempenho significativo, com um crescimento de 27,4%, enquanto os produtos têxteis aumentaram 14,5%.

Em sua postagem, Alckmin sublinhou o compromisso do presidente Lula com o fortalecimento da agroindústria. “Fortalecer a nossa agroindústria é compromisso do presidente Lula, pois significa agregar valor aos nossos produtos, gerando emprego e renda, e reduzir a insegurança alimentar”, afirmou o vice-presidente.

A FGV Agro explicou que o aumento no número de dias úteis em abril de 2024, comparado ao mesmo período de 2023, contribuiu para o desempenho positivo. Além disso, a produção agroindustrial cresceu 0,8% em relação a março de 2024, ajustando-se sazonalmente. Com isso, a agroindústria acumulou um crescimento de 4,1% no primeiro quadrimestre de 2024, o melhor desde 2018.

Especialistas do setor avaliam que esses resultados refletem não apenas uma recuperação econômica, mas também um cenário favorável de políticas públicas que incentivam a produção e exportação de produtos agroindustriais. A expectativa é de que esses números positivos se mantenham ao longo do ano, consolidando a posição da agroindústria brasileira como um dos pilares da economia nacional.

Foto: Cadu Gomes/VPR

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Vice-presidente comemora dados de produção agroindustrial em abril Read More »

AeC tem 202 vagas para contratação imediata em Mossoró

AeC tem 202 vagas para contratação imediata em Mossoró

A posição não exige experiência, bastando ter mais de 18 anos

A AeC Contact Center anunciou, neste sábado (22.jun.2024) a abertura de 202 vagas de emprego em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. As oportunidades são para o cargo de operador de contact center e estão disponíveis para candidatos com mais de 18 anos, ensino médio completo e noções básicas de informática. A grande vantagem é que a empresa não exige experiência anterior, tornando-se uma excelente porta de entrada para o primeiro emprego ou uma nova carreira.

Em 2023, cerca de 10% dos colaboradores da AeC foram promovidos, demonstrando o compromisso da empresa com o desenvolvimento profissional. Este é um reflexo da certificação Great Place to Work, que a AeC recebeu pelo quarto ano consecutivo, reconhecendo-a como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil. A empresa valoriza um ambiente de trabalho positivo, inclusivo e focado no bem-estar dos funcionários.

Além de uma remuneração compatível com o mercado, os futuros colaboradores da AeC terão benefícios como plano de saúde e odontológico. Para participar do processo seletivo, os interessados devem se cadastrar no site da empresa (sou.aec.com.br). A seleção inclui uma prova online e uma avaliação de comunicação.

As vagas são para início presencial em Mossoró, com a possibilidade de home office após 90 dias.

Impacto econômico e geração de empregos pela AeC

A AeC é um dos maiores empregadores do setor de serviços no Brasil. Em 2023, a empresa criou milhares de postos de trabalho formais, reforçando seu papel crucial no desenvolvimento socioeconômico do país. A AeC valoriza a diversidade e promove a inclusão, buscando talentos que compartilhem seus valores de inovação e excelência. A empresa tem políticas ativas de contratação de jovens em busca do primeiro emprego, pessoas com mais de 60 anos e membros da comunidade LGBTQIA+.

Sobre a AeC

Líder em soluções de experiência do cliente e gestão de processos terceirizados, a AeC serve grandes marcas do mercado nacional e foi eleita Empresa do Ano de BPO pela Frost and Sullivan. Com práticas de ESG exemplares, a AeC recebeu o título de Melhor Empresa de Serviços pela Época Negócios 360° por oito anos consecutivos. A empresa possui 18 unidades em 7 estados do Brasil e é certificada pelo Great Place to Work.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

AeC tem 202 vagas para contratação imediata em Mossoró Read More »

Procon Natal constata preço da espiga de milho verde na capital de R$ 0,80

Procon Natal constata preço da espiga de milho verde na capital de R$ 0,80

Pesquisa do instituto aponta redução de preços do milho verde em 2024 na capital potiguar

O Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Natal) realizou uma pesquisa de preços do milho verde em junho, revelando uma redução significativa em comparação ao ano anterior. Em 2024, o preço médio da espiga de milho foi de R$ 0,80, enquanto em 2023 era de R$ 0,90, representando uma diminuição de R$ 0,10.

A pesquisa, realizada entre 10 e 21 de junho, abrangeu feiras tradicionais de Natal, como Santa Catarina, Igapó, Panorama, Carrasco e Rocas. O preço da espiga variou de R$ 0,60 a R$ 1,25, com o preço médio em R$ 0,80. Nos pontos de venda tradicionais, o preço médio variou de R$ 1,50 na primeira semana para R$ 0,80 na segunda semana, refletindo o aumento na oferta.

Em estabelecimentos comerciais, como hipermercados e supermercados, o milho verde é vendido em bandejas com cinco unidades. O preço médio na primeira semana foi de R$ 7,46, subindo para R$ 7,79 na segunda semana. Em 2023, o preço médio da bandeja era de R$ 8,15.

A mão de milho (50 unidades) teve um preço médio de R$ 40,00 em 2024, comparado a R$ 41,25 em 2023, uma redução de 6,25%. Nas feiras livres, o preço médio se manteve em R$ 40,00.

Oferta e preços durante os festejos juninos

Os comerciantes informaram que o milho verde comercializado em Natal vem das regiões oeste e seridó do estado. O aumento da oferta em junho é atribuído à feira do milho, que acontece até a primeira semana de julho. O Procon Natal aconselha os consumidores a aproveitarem os preços mais baixos antes dos festejos juninos, quando a demanda aumenta.

Orientações do Procon Natal

O Procon Natal recomenda aos consumidores que fiquem atentos às variações de preços e pesquisem as melhores ofertas. Caso se sintam lesados, os consumidores podem encaminhar denúncias à sede do órgão na Rua Ulisses Caldas, n° 181, Cidade Alta, ou pelos canais de atendimento: WhatsApp (84) 98812-3865 e e-mail [email protected].

Foto: Alessandro Marques/Procon Natal

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Procon Natal constata preço da espiga de milho verde na capital de R$ 0,80 Read More »

Antigo prédio das Americanas na Cidade Alta será novo shopping

Antigo prédio das Americanas na Cidade Alta será novo shopping

Empresários esperam que o empreendimento proporcione nova vida ao bairro

A Cidade Alta, situada na zona Leste de Natal, se prepara para receber um novo shopping no espaço anteriormente ocupado pelas Lojas Americanas, na Avenida Rio Branco. O anúncio foi feito por Rodrigo Vasconcelos, presidente da Associação Viva o Centro (Avicen). O novo empreendimento comercial está previsto para começar a operar até o final deste ano, prometendo revitalizar a região.

Segundo Rodrigo Vasconcelos, além das diversas lojas e franquias que ocuparão o espaço, o novo shopping contará com uma praça de alimentação e uma escola que funcionará no andar superior do prédio. A localização estratégica, entre os bancos Itaú e Bradesco, é vista como uma vantagem adicional, pois atrairá tanto os estudantes quanto a clientela dos três bancos situados na Cidade Alta.

Apesar de ainda não ter sido divulgado o nome da empresa responsável pela gestão do shopping, Rodrigo adiantou que os investidores são oriundos do Rio Grande do Sul. “Estamos confiantes de que essa iniciativa, juntamente com a requalificação da rua João Pessoa, trará um novo impulso ao bairro, transformando a Cidade Alta em um polo de desenvolvimento até 2025”, afirmou Vasconcelos.

A expectativa é que o novo shopping e as obras de infraestrutura contribuam significativamente para o crescimento econômico e a modernização da Cidade Alta, oferecendo novas oportunidades de emprego e lazer para os moradores e visitantes da região.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Antigo prédio das Americanas na Cidade Alta será novo shopping Read More »

Desenrola Pequenos Negócios renegociou mais de R$ 19 milhões em dívidas no RN

Desenrola Pequenos Negócios renegociou mais de R$ 19 milhões em dívidas no RN

Programa do Governo Federal auxilia micro e pequenas empresas a renegociar dívidas e fortalecer a economia local

Até o dia 12 de junho, o programa Desenrola Pequenos Negócios, lançado pelo Governo Federal em maio, registrou um volume total de R$ 19,4 milhões em contratos renegociados no Rio Grande do Norte. Durante esse período, 471 clientes aderiram ao programa, resultando em 552 contratos firmados, conforme dados apresentados pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

O programa permite a renegociação de dívidas não quitadas até 23 de janeiro deste ano e é destinado a empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões. Inspirado na Faixa 2 do Desenrola para pessoas físicas, o programa busca apoiar micro e pequenos empresários de todo o país, promovendo o desenvolvimento econômico local.

Sete das principais instituições financeiras do Brasil participam da iniciativa, representando 73% do crédito disponível para micro e pequenas empresas. Para aderir ao programa, o empreendedor deve contatar a instituição financeira onde possui a dívida, que oferecerá condições e prazos para a renegociação.

Em âmbito nacional, o Desenrola Pequenos Negócios renegociou R$ 1,25 bilhão até 12 de junho, beneficiando cerca de 30,6 mil clientes e resultando em 39 mil contratos renegociados. A região Sudeste lidera em número de clientes e volume de recursos, seguida pelo Nordeste, Sul, Centro-Oeste e Norte.

São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os estados com maior número de clientes e volume financeiro renegociado, com São Paulo à frente, representando 31% dos clientes e 28% do volume financeiro renegociado.

Além de melhorar a saúde financeira dos pequenos negócios, o Desenrola Pequenos Negócios fortalece a economia brasileira, uma vez que micro e pequenas empresas são responsáveis por grande parte da geração de empregos e renda no país. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em 2023, cerca de 80% dos empregos formais no Brasil foram gerados por essas empresas.

Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Desenrola Pequenos Negócios renegociou mais de R$ 19 milhões em dívidas no RN Read More »

Pão de Açúcar celebra São João do Nordeste com ofertas e promoções especiais

Pão de Açúcar celebra São João do Nordeste com ofertas e promoções especiais

Rede preparou uma série de promoções e ofertas imperdíveis, com uma seleção especial de produtos para transformar qualquer celebração em um verdadeiro arraiá

O mês de junho é marcado por uma das festividades mais importantes e aguardadas do calendário cultural do Nordeste: o São João, que reúne as famílias para comemorar com alegria, música e, claro, com as delícias típicas dessa época. Para manter viva essa tradição e proporcionar aos seus clientes uma experiência autêntica de São João, a rede Pão de Açúcar preparou uma série de promoções e ofertas imperdíveis, com uma seleção especial de produtos para transformar qualquer celebração em um verdadeiro arraiá.

E, quando o assunto é comemorar o São João, nada melhor do que contar com as melhores ofertas para deixar a festa ainda mais animada. Pensando nisso, o Pão de Açúcar preparou ações imperdíveis em uma variedade de bebidas e também um festival de queijos.

WhatsApp Image 2024 06 21 at 12.40.58 2

Seleção de vinhos

Os amantes de vinho podem aproveitar descontos de até 40% em uma seleção especial, perfeita para acompanhar os pratos típicos das festas juninas ou para presentear amigos e familiares durante os festejos.

Cervejas especiais

Para aqueles que preferem cervejas, o Pão de Açúcar oferece descontos de até 25% em cervejas especiais, garantindo uma variedade de opções para brindar a ocasião.

Festival de queijos

Nada como complementar a celebração com um delicioso festival de queijos e itens típicos de festa junina, todos com descontos de até 20%. São produtos selecionados para que os clientes possam aproveitar ao máximo essa data tão especial.

WhatsApp Image 2024 06 21 at 12.40.58

As ofertas e outros produtos estão disponíveis nas lojas físicas do Pão de Açúcar, no e-commerce da rede (www.paodeacucar.com) e no aplicativo Pão de Açúcar Mais. Os clientes também podem aproveitar descontos exclusivos ao comprar com o cartão Pão de Açúcar, obtendo 20% de desconto.

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pão de Açúcar celebra São João do Nordeste com ofertas e promoções especiais Read More »

RN registra a maior redução da taxa de desocupação no Brasil

RN registra a maior redução da taxa de desocupação no Brasil

Taxa de desocupação no Brasil recua para 7,9% e Rio Grande do Norte se destaca com maior redução entre os estados

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou uma série de dados positivos para a economia brasileira no primeiro trimestre de 2024. O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,8% em relação ao trimestre anterior, acumulando 2,5% nos últimos 12 meses. Entre as boas notícias, destaca-se a redução da taxa de desocupação no país, que caiu para 7,9%, 0,9 ponto percentual abaixo dos 8,8% registrados no mesmo período de 2023.

No Rio Grande do Norte, a queda na taxa de desocupação foi ainda mais acentuada, registrando uma diminuição de 2,5 pontos percentuais, resultando em uma taxa de 9,6%. Este foi o melhor desempenho entre todas as unidades da Federação, conforme o 140º Informe Macroeconômico do Escritório Técnico de Estudos Econômicos (Etene) do Banco do Nordeste. As regiões Nordeste e Sudeste também apresentaram quedas significativas, com reduções de 1,1 e 1 ponto percentual, respectivamente. Apesar do progresso, o Nordeste ainda possui a maior taxa de desocupação regional, com 11,1%.

Em termos de ocupação, o Nordeste registrou 22,3 milhões de pessoas empregadas no primeiro trimestre de 2024, um aumento de 2,5% em relação ao ano anterior. Sergipe liderou o crescimento da população ocupada com um aumento de 7,3%, seguido pelo Rio Grande do Norte (+6,0%) e Paraíba (+5,2%). Além disso, o Rio Grande do Norte destacou-se na redução da taxa de informalidade, que caiu 3,5 pontos percentuais, atingindo 42,4% da população ocupada, o menor percentual entre os estados nordestinos.

A renda média per capita no Brasil também registrou um crescimento significativo de 10% no primeiro trimestre de 2024, atingindo o maior valor dos últimos 12 anos. O Nordeste (+11,5%) e o Sudeste (+10,4%) superaram a média nacional, com Alagoas apresentando o maior crescimento real do rendimento médio (+18,2%), seguido por Minas Gerais (+17,2%), Rio Grande do Norte (+16,9%), Paraíba (+16,1%) e Bahia (+16,0%).

Jeová Lins de Sá, superintendente do Banco do Nordeste, celebrou os resultados positivos do Rio Grande do Norte, destacando os investimentos significativos no estado. “O Banco do Nordeste aplicou cerca de R$ 4 bilhões no estado em 2023, um crescimento de 49% em relação ao ano anterior. Esses investimentos, principalmente em financiamento de longo prazo, têm impacto direto na economia, ampliando emprego e renda para os potiguares,” afirmou.

Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

RN registra a maior redução da taxa de desocupação no Brasil Read More »

Potiguares podem concorrer a 8 mil bolsas de estudo para streamers e jogadores de Valorant, LoL e Fortnite do Santander Gamer Pro

Potiguares podem concorrer a 8 mil bolsas de estudo para streamers e jogadores de Valorant, LoL e Fortnite do Santander Gamer Pro

Em 2023, 178 inscritos do Rio Grande do Norte foram selecionados e participaram da edição anterior

O Santander Universidades abriu as inscrições para a terceira edição do Santander Gamer Pro, que vai conceder 8 mil bolsas de estudo gratuitas para contribuir com o desenvolvimento dos e-sports no país. A ação é feita em parceria com a CNB Esports, um dos clubes de esportes eletrônicos mais tradicionais da América Latina, que oferece cursos para os principais jogos da atualidade, como League of Legends (LoL), Valorant e Fortnite, além de um módulo voltado para quem deseja se tornar streamer profissional.

Em 2023, 178 inscritos do Rio Grande do Norte foram selecionados e participaram da edição anterior. Para essa edição, as vagas por trilha de conteúdo serão distribuídas conforme a demanda de inscrições e serão aplicadas de forma online dentro da plataforma da CNB Esports. Uma metodologia de avaliação em etapas irá selecionar os seis candidatos que tiverem o maior índice de aproveitamento do programa para receber uma extensão do curso por mais 45 dias e um apoio financeiro de R$ 2,4 mil para viver uma experiência única atuando nos times de base da CNB Esports. Eles também contarão com encontros remotos com treinadores profissionais durante 12 semanas.

“O Santander Gamer Pro irá proporcionar aos gamers as ferramentas para atingir um nível profissional de atuação, com toda a estrutura necessária para desenvolver as habilidades em alguns dos principais jogos eletrônicos da atualidade e para os streamers que desejam se aprimorar na transmissão de conteúdo em plataformas monetizadas”, afirma Marcio Giannico, Senior Head de Governos, Instituições, Universidades e Universia no Brasil.

Ainda de acordo com o executivo, possibilitar uma imersão única na rotina de um jogador profissional, dentro das equipes da CNB, é uma oportunidade que abre várias portas no mundo dos e-sports. “São experiências como essa que fazem a diferença para as empresas que trabalham dentro desse universo e que estão sempre em busca de profissionais qualificados”, conclui.

Desde seu lançamento, em 2022, o programa Santander Gamer Pro atraiu mais de 60 mil inscritos e mais de 13 mil alunos participaram dos cursos. Em 2023, houve um aumento das inscrições do público feminino em 10% com relação à última edição, reflexo do interesse delas em serem protagonistas nesse cenário. É o que mostra a pesquisa Gamer Brasil deste ano, que mostrou que as mulheres são maioria entre o público gamer, com 50,9% da parcela dos consumidores de jogos no país.

Uma das “descobertas” do programa – participou da edição de 2022 – foi Karoline Palhares, potiguar de 26 anos da cidade de Angicos (RN), que sempre teve o sonho de ser streaming e enxergou no Santander Gamer Pro uma oportunidade de entrar no mercado de transmissões ao vivo.

Hoje, também conhecida como “karolizzie” em uma das principais plataformas de streaming do mundo, Karoline foi uma entre as mais de 180 pessoas contempladas em seu estado para a edição de 2022 do programa. Segundo ela, o curso foi um divisor de águas para iniciar sua carreira no mundo das lives.

“Foi uma experiência incrível que me permitiu expandir meu conhecimento tanto na parte técnica quanto na prática do streaming. Pude aplicar diversas dicas e insights em minhas lives. Isso me ajudou a trazer um conteúdo que fizesse mais sentido para meu público, além de aumentar o engajamento com as pessoas”, diz Karoline Palhares.

“Estamos entusiasmados por oferecer, em conjunto com o Santander, essa experiência única de aprendizado e desenvolvimento. O programa está abrindo portas para o futuro dos participantes”, complementa Carlos Fonseca Junior, cofundador do CNB Esports.

Todos os cursos serão feitos de forma online e ficarão disponíveis na plataforma da CNB Sports durante 2 meses após o fim do período de inscrição. Além disso, acontecerá encontros recorrentes pelo aplicativo Discord com professores disponíveis para tirar as dúvidas dos alunos.

Para concorrer a uma bolsa do Santander Gamer Pro basta ser maior de 16 anos e ser um entusiasta do mundo dos e-sports. Não é necessário estar cursando uma graduação, ter conhecimento prévio dos jogos ofertados ou ser cliente Santander para se inscrever. Com a finalidade de promover a diversidade e inclusão entre os candidatos, a Santander Gamer Pro terá 5% das vagas para PCDs, 30% para mulheres, 40% para pretos e pardos e 25% para ampla concorrência. As inscrições devem ser feitas pelo Santander Open Academy (https://app.santanderopenacademy.com/pt-BR/program/santander-gamer-pro-3o-edicao?utm_source=imprensa&utm_medium=referral&utm_campaign=gamerpro24) até 15/07/2024.

Santander e seu apoio a Educação Superior

O Santander Universidades já impactou a vida de mais de 1,5 milhão de pessoas por meio de programas gratuitos realizados em parceria com 1,2 mil universidades de 26 países. Ao longo de 27 anos, este sólido compromisso destinou mais de 2,3 bilhões de euros a iniciativas de educação, com a perspectiva de investir mais 400 milhões de euros até 2026.

Apenas em 2023, foram investidos 105 milhões de euros e apoiamos mais de 498 mil pessoas e empresas. Foram entregues no Brasil mais de 184 mil cursos, bolsas de estudo e mentorias para apoiar jovens, universitários, empreendedores, PMEs e startups.

Essa entrega é realizada através do Open Academy, plataforma aberta de cursos, conteúdos e bolsas gratuitas e pela plataforma Santander X, iniciativa de apoio ao empreendedorismo, que dá acesso a mentorias nacionais e internacionais, desafios globais e premiações com incentivo financeiro. Além de acesso a investidores, visibilidade internacional e networking. Devido à sua forte atuação na educação, o Santander foi reconhecido em 2023 pela revista Fortune como uma das empresas que mais contribui para um mundo melhor, de acordo com a lista ‘Change the World’.

Foto: RDNE Stock Project/Pexels

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Potiguares podem concorrer a 8 mil bolsas de estudo para streamers e jogadores de Valorant, LoL e Fortnite do Santander Gamer Pro Read More »

ClickBus registra aumento de buscas e disponibiliza passagens com descontos para o São João no Nordeste

ClickBus registra aumento de buscas e disponibiliza passagens com descontos para o São João no Nordeste

Salvador e outras cidades do Nordeste estão com desconto em passagens rodoviárias para os consumidores

A ClickBus, a maior plataforma de soluções para viajantes e viações do setor rodoviário no Brasil, registrou aumento de 30% nas vendas de passagens rodoviárias para Salvador na última semana, devido ao fim de semana com as festas de São João, em comparação com a semana anterior. Além disso, a capital baiana e outras cidades do Nordeste estão com desconto em passagens rodoviárias para os consumidores.

Confira abaixo as principais rotas que registraram aumento de buscas:

  • Salvador, BA | Cruz das Almas, BA: aumento de 28,7%
  • Cruz das Almas, BA | Salvador, BA: aumento de 32,62%
  • Alagoinhas, BA | Salvador, BA: aumento de 33,61%
  • Santo Antônio de Jesus, BA | Salvador, BA: aumento de 45,52%

Para aproveitar esses e outros destinos, o ClickOferta está com desconto de até 50% em passagens para as rotas abaixo no Nordeste:

  • Maceió, AL | Recife (Rodoviária / Tip), PE
  • Recife (Rodoviária / Tip), PE | Maceió, AL
  • Feira de Santana, BA | Salvador, BA
  • Santo Antônio de Jesus, BA | Salvador, BA
  • Maceió, AL | Aracaju, SE
  • Alagoinhas, BA | Salvador, BA
  • Cruz das Almas, BA | Salvador, BA
  • Recife (Rodoviária / Tip), PE | João Pessoa (Rodoviária), PB
  • Sobral, CE | Fortaleza (João Thomé), CE
  • Teresina, PI | Fortaleza (João Thomé), CE

Para as celebrações de São João, a ClickBus está com promoções especiais em rotas selecionadas pelo Nordeste até o final do mês de junho. Os consumidores que querem aproveitar os descontos, precisam acessar o site ou fazer download do app, disponível para Android e iOS.

Sobre a ClickBus

A ClickBus é a maior plataforma de soluções para viajantes, viações e parceiros do Brasil e possui um completo e eficiente ecossistema de soluções digitais e financeiras do setor. Fundada em 2013 com o propósito de viabilizar “momentos únicos e transformadores viajando de bus”, a empresa tem parceria com mais de 210 viações regulamentadas, o que garante a segurança do usuário dentro da maior capilaridade de destinos no mercado rodoviário nacional. A ClickBus superou a marca de 51 milhões de viajantes, sendo responsável por movimentar R$ 1,5 bi, com taxa de crescimento anual (CAGR) de 56%. Está no Top 5 apps de viagens no Google Play Está no top 5 apps do setor na Google Play Store e na Apple Store, é bicampeã do Prêmio Reclame Aqui e é chancelada pelos selos Innovative Workplaces Brasil 2023, da MIT Technology Review e o RA1000, selo de excelência máxima no atendimento segundo o Reclame Aqui.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

ClickBus registra aumento de buscas e disponibiliza passagens com descontos para o São João no Nordeste Read More »

Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano

Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano

Fim das reduções da Taxa Selic era esperado pelo mercado financeiro

A alta recente do dólar e o aumento das incertezas econômicas fizeram o Banco Central (BC) interromper o corte de juros iniciado há quase um ano. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) manteve a taxa Selic, juros básicos da economia, em 10,5% ao ano. A decisão era esperada pelos analistas financeiros .

A manutenção ocorre após o Copom reduzir a Selic por sete vezes seguidas. Na última reunião, em maio, a velocidade dos cortes diminuiu. De agosto do ano passado até março deste ano, o Copom tinha reduzido os juros básicos em 0,5 ponto percentual a cada reunião. Em maio, a taxa tinha sido cortada em 0,25 ponto percentual.

Diferentemente da última reunião, que teve um placar dividido, a decisão ocorreu por unanimidade. Em comunicado, o Copom justificou que decidiu interromper o ciclo de queda dos juros por causa do cenário global incerto e porque a alta da inflação doméstica e as expectativas “desancoradas” exigem maior cautela.

“Em relação ao cenário doméstico, o conjunto dos indicadores de atividade econômica e do mercado de trabalho segue apresentando dinamismo maior do que o esperado. A inflação cheia ao consumidor tem apresentado trajetória de desinflação, enquanto medidas de inflação subjacente se situaram acima da meta para a inflação nas divulgações mais recentes”, destacou o texto.

Segundo o Copom, a conjuntura atual está marcada por uma desinflação mais lenta que o esperado, um cenário global desafiador e a desancoragem das expectativas de inflação pelo mercado financeiro. A situação atual, destacou o comunicado, “demanda serenidade e moderação na condução da política monetária”.

A taxa está no menor nível desde fevereiro de 2022, quando estava em 9,75% ao ano. De março de 2021 a agosto de 2022, o Copom elevou a Selic por 12 vezes consecutivas, num ciclo de aperto monetário que começou em meio à alta dos preços de alimentos, de energia e de combustíveis. Por um ano, de agosto de 2022 a agosto de 2023, a taxa foi mantida em 13,75% ao ano por sete vezes seguidas, quando começou a ser reduzida.

Antes do início do ciclo de alta, a Selic estava em 2% ao ano, no nível mais baixo da série histórica iniciada em 1986. Por causa da contração econômica gerada pela pandemia de covid-19, o Banco Central tinha derrubado a taxa para estimular a produção e o consumo. A taxa ficou no menor patamar da história de agosto de 2020 a março de 2021.

Inflação

A Selic é o principal instrumento do Banco Central para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em maio, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial, subiu para 0,46%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os alimentos puxaram o indicador após as enchentes no Rio Grande do Sul.

Com o resultado, o indicador acumula alta de 3,93% em 12 meses, cada vez mais distante do centro da meta deste ano. Para 2024, o Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou meta de inflação de 3%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual. O IPCA, portanto, não podia superar 4,5% nem ficar abaixo de 1,5% neste ano.

No último Relatório de Inflação, divulgado no fim de março pelo Banco Central, a autoridade monetária manteve a previsão de que o IPCA termine 2024 em 3,5%. A estimativa, no entanto, foi divulgada antes da alta do dólar e das enchentes no Rio Grande do Sul. O próximo relatório será divulgado no fim de junho.

As previsões do mercado estão mais pessimistas. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada pelo BC, a inflação oficial deverá fechar o ano em 3,96%, abaixo portanto do teto da meta. Há um mês, as estimativas do mercado estavam em 3,8%.

Crédito mais barato

A redução da taxa Selic ajuda a estimular a economia. Isso porque juros mais baixos barateiam o crédito e incentivam a produção e o consumo. Por outro lado, taxas mais baixas dificultam o controle da inflação. No último Relatório de Inflação, o Banco Central aumentou para 1,9% a projeção de crescimento para a economia em 2024.

O mercado projeta crescimento um pouco melhor. Segundo a última edição do boletim Focus, os analistas econômicos preveem expansão de 2,08% do PIB em 2024.

A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o Banco Central segura o excesso de demanda que pressiona os preços, porque juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Ao reduzir os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas enfraquece o controle da inflação. Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de subir.

Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano Read More »

Banco Mercantil inicia plano de expansão e inaugura ponto de atendimento em Natal

Banco Mercantil inicia plano de expansão e inaugura ponto de atendimento em Natal

Objetivo é oferecer ao público 50+ um hub de experiências e funcionalidades baseadas em tecnologia e pensados exclusivamente para o cliente. O modelo já traz bons resultados onde o banco está presente e há planos para novas expansões

O Banco Mercantil (B3: BMEB3, BMEB4), instituição financeira com foco no público 50+, anunciou, na última segunda-feira (17.jun.2024), a abertura de novos pontos de atendimento nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste, como parte do seu plano de expansão de unidades físicas. Ao todo, serão sete novas agências no mês de junho e mais quatro em julho, privilegiando o formato hub de conexão, oferecendo aos clientes a possibilidade de conhecer e experimentar os serviços, produtos e funcionalidades do banco.

A instituição já possui uma rede com quase 300 pontos de atendimento distribuídos em 240 cidades, em seis estados do país. Com a expansão, serão 16. A inauguração das novas agências será realizada de acordo com o seguinte cronograma, incluindo as quatro previstas para a segunda quinzena de julho:

  • 17/06: Aracaju (SE), Teresina (PI) e São Luís (MA)
  • 18/06: Natal (RN)
  • 19/06: Belém (PA) e Recife (PE)
  • 24/06: Fortaleza (CE)

Em julho (segunda quinzena): Maceió (AL), Salvador (BA), Campina Grande (PB) e Vitória (ES).

Nas novas unidades, os clientes terão contato com a tecnologia desenvolvida pelo banco para atendimento ao público 50+. A ideia é gerar uma imersão cada vez maior ao universo de digitalização que vem sendo aplicado gradualmente no setor bancário, e que já faz parte da estratégia de negócios do Banco Mercantil.

Potencial de negócios

Vice-presidente de Clientes, Crescimento e Marketing do Banco Mercantil, Bruno Simão dá detalhes dos motivos para a expansão. “O Brasil é muito grande, e estarmos presentes também com nossa presença física em outras partes do território nacional é muito importante em nossa missão de tornar o Banco Mercantil o maior e melhor ecossistema financeiro para o público 50+. Foi isso o que nos levou a escolher algumas capitais no Norte e no Nordeste do país, e mais uma no Sudeste, regiões nas quais acreditamos que têm aderência ao modelo de negócios do banco”.

Para dar suporte à expansão, o banco está trabalhando em uma estratégia de marketing diferenciada, considerando diversas frentes e as características locais de cada capital. Isso engloba um mix de plataformas de mídia digital, de mídia aberta (rádio e TV) e as opções out of home (outdoor, busdoor, entre outras).

A ideia do Banco Mercantil é replicar nessas novas regiões o mesmo sucesso que o banco já detém nas operações físicas atuais, e já existem planos para continuar expandindo as operações do banco para outros territórios.

Presença diferenciada

De acordo com Bruno, o diferencial do banco continua sendo o foco total no atendimento ao cliente. “Tudo o que fazemos é pensando no cliente, com o respaldo da tecnologia, e inspirado em suas necessidades, em um mercado que caminha cada vez mais para a digitalização. Com a expansão, queremos nos diferenciar pela maneira como iremos fazer as entregas, considerando as diferentes características de cada cidade para onde estamos indo agora”.

Com a chegada em novas praças, o Banco Mercantil também irá promover novas oportunidades de empregos diretos e indiretos nas duas regiões. “Nós carregamos em nosso DNA o propósito de oferecer aos clientes uma experiência única e disruptiva. Com esta expansão, estamos comprometidos em levar essa vivência para novos territórios, contribuindo também para o desenvolvimento econômico e social dessas regiões”, finaliza o executivo.

Sobre o Mercantil

O Banco Mercantil (B3: BMEB3, BMEB4) vem passando por uma importante transformação nos últimos anos, pautada no investimento em inovação, dados, tecnologia e pessoas. Contando com mais de 8,2 milhões de clientes, o banco mineiro tem foco no público com 50 anos ou mais, e carrega em seu DNA o propósito de oferecer a seus clientes uma experiência única.

Sustentado por seus talentos, o crescimento dos números vem acompanhado de posições de destaque nos rankings de melhores empresas para se trabalhar em Minas Gerais e na 5ª colocação dos maiores pagadores de benefícios previdenciários do país.

O Banco atingiu o patamar de excelência na pesquisa NPS (Net Promoter Score), que fornece informações sobre fidelidade dos clientes e seu grau de satisfação com produtos e serviços, apurada de forma contínua. A instituição já possui uma rede com quase 300 pontos de atendimento distribuídos em 240 cidades pelo país.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Banco Mercantil inicia plano de expansão e inaugura ponto de atendimento em Natal Read More »

Com legado centenário, produtora de queijos no sertão do RN se destaca por produção sustentável

Com legado centenário, produtora de queijos no sertão do RN se destaca por produção sustentável

Há dez anos à frente da Queijaria JC Caicó, Claudia Araujo tem planos de expansão para todo o país

A produção de queijo manteiga na região do Seridó, zona central do estado do Rio Grande do Norte, é uma tradição enraizada e um pilar essencial da economia local. Segundo a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó (ADESE), a região abrange 17 municípios e possui aproximadamente 315 unidades produtivas do alimento. Em Caicó, a queijaria de Claudia Araujo, presente em sua família há quase um século, é um exemplo desse legado regional.

Inicialmente, Claudia não tinha interesse em seguir os passos do pai e do marido na queijaria, mas, a necessidade de ajudar na fazenda e o incentivo de amigos a levaram a mergulhar no universo dos queijos. “Com alguns materiais emprestados começamos a tirar leite e a produzir o queijo, só nós dois, sem mais ninguém. Em seis meses, começamos a crescer e a ganhar conhecimento regional”, relembra a produtora.

A Queijaria JC Caicó é administrada pela família de Claudia há dez anos. No entanto, a tradição de produção de queijos na família de seu marido está presente há um século, enquanto na família de Claudia, essa paixão pelo queijo já dura duas gerações. A mão de obra é quase totalmente familiar, envolvendo a produtora, seu marido e seus três filhos. De ajuda externa, Claudia conta com três atravessadores que levam seus produtos para a capital do estado e demais cidades.

Aos poucos, eles conquistam mais clientes. Além do Rio Grande do Norte, seus queijos agora chegam a locais em São Paulo, Rio de Janeiro e João Pessoa, com 90% da produção sendo destinada fora da cidade. Atualmente, 60% das vendas são terceirizadas, enquanto 40% são realizadas diretamente ao consumidor final, graças ao recente reconhecimento da marca e da qualidade dos queijos.

Para o futuro, Claudia tem um único desejo: uma sucessão familiar equilibrada, onde seus filhos não precisem se dedicar integralmente ao trabalho. Para isso, pretende automatizar ainda mais sua fazenda, otimizando o processo de ordenha das vacas. “Atualmente, temos um sistema que ordenha quatro vacas e queremos expandir para oito, o que melhorará a eficiência da mão de obra e a qualidade do queijo, pois usaremos nosso próprio leite para toda a produção”, conta. Com essa mudança, a produção diária aumentaria para 1.200 litros de leite, o dobro da atual.

Tradição e tecnologia

Claudia e sua família combinam técnicas industriais, como o uso de caldeiras e máquinas de ordenha, com métodos artesanais, preservando assim a essência e o sabor que são o diferencial de seus queijos. “Muitas pessoas associam ‘indústria’ e ‘laticínio’ a produtos industrializados, mas, apesar de operarmos como uma queijeira com características industriais, a maioria dos processos é feito manualmente e acompanhados de perto”, explica Claudia.

Na propriedade de 241 hectares, todo o processo de fabricação de queijo ocorre ao longo de aproximadamente 24 horas. “Primeiro, eu separo a gordura do leite para a produção da manteiga. No dia seguinte, o leite coalhado é drenado e lavado para formar a coalhada, que depois é cozida, salgada e misturada com manteiga. Após moldagem e secagem, os queijos estão prontos para embalar e vender”, explica a produtora.

Os resultados conquistados ao longo desses dez anos de trabalho refletem o esforço de Claudia e seu marido conseguem desfrutar dos resultados. Durante esse período, a produção semanal de leite aumentou significativamente, saltando de 3 mil para 11 mil litros, enquanto a produtividade diária do queijo quadriplicou, passando de 30 kg para 150 kg de queijo vendidos por dia. Esses avanços foram impulsionados não apenas pela mecanização da ordenha das vacas, anteriormente manual, mas também pela substituição do fogão a lenha por caldeiras na produção dos queijos.

Para alcançar esses números, Claudia destaca que um dos maiores desafios foi manter a qualidade do produto do início ao fim, uma vez que a produção do queijo manteiga exige atenção meticulosa a todos os detalhes, desde a seleção dos ingredientes até o controle rigoroso das condições de produção e armazenamento. Por isso ela estabeleceu como meta usar exclusivamente o leite de suas próprias vacas na fabricação dos queijos. Isso garante controle total sobre a qualidade do leite desde a alimentação e manejo do gado até a ordenha, resultando em um produto mais consistente, saboroso e livre de variações indesejadas.

ESG e reconhecimento

A sustentabilidade e a preocupação com o social também são prioridades na Queijaria JC Caicó. Para alimentar seu gado, Claudia reaproveita a água utilizada na produção dos queijos e cultiva a palma forrageira, uma planta resistente a altas temperaturas e comumente utilizada para nutrição de bovinos leiteiros em regiões de escassez hídrica. “Temos tanques abaixo da queijeira onde armazenamos água, que usamos para cultivar a palma. Com isso, conseguimos otimizar o uso de nossos recursos”, explica.

Outra prática comum na propriedade é receber visitantes de diferentes estados, além do próprio Rio Grande do Norte, para fins educativos. Seu irmão, que estudava gastronomia, viu na fazenda uma oportunidade de disseminar a tradição e o conhecimento gerados ali. Com isso, passou a organizar grupos de estudantes e levá-los até a queijaria para conhecerem a produção de queijo. Desde então, isso se tornou recorrente.

“As visitas duram no máximo meia hora, mas para cursos práticos oferecemos o tempo necessário. Recebemos alunos de gastronomia de Recife e até crianças. Mostramos todo o processo de produção e tentamos educá-los sobre a autenticidade dos produtos, além de oferecer degustações dos queijos e dos doces que produzimos”, relata Claudia.

Essas e outras boas práticas agrícolas aplicadas na queijaria garantiram a Claudia o segundo lugar na categoria média propriedade da sexta edição do Prêmio Mulheres do Agro. A iniciativa, idealizada pela Bayer em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), existe desde 2018 e já premiou 54 produtoras e uma pesquisadora do setor. “É gratificante que haja uma premiação dessas, pois inspira outras mulheres a irem além e mostrarem seu potencial”, diz.

Claudia foi anunciada como uma das vencedoras em outubro de 2023, durante o 8º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio. Até o dia da cerimônia, a produtora conta que ainda estava incrédula de onde havia chegado e sem acreditar que, de fato, receberia o reconhecimento. “Nunca quis ser a melhor, sempre fiz o que faço porque gosto. Cresci na zona rural, onde o dia a dia me ensinou a apreciar cada momento. Tudo o que faço, faço com prazer”. Além do reconhecimento, Claudia diz que se tornar uma inspiração para outras mulheres de sua região após a premiação, tem sido gratificante.

Das 54 produtoras rurais vencedoras do Prêmio Mulheres do Agro até agora, Claudia é a segunda representante do Rio Grande do Norte. “É preciso acreditar em si mesma e não esperar que alguém acredite por nós ou nos diga que somos capazes. É essencial que nós, mulheres, nos valorizemos pelo trabalho que realizamos. Muitas vezes ficamos nos bastidores e nos dedicamos intensamente a algo. Então, o que eu digo é: mostrem ao mundo que são vocês que fazem o trabalho”, encoraja a produtora.

As inscrições para a sétima edição do Prêmio Mulheres do Agro estão abertas até 31 de julho. Para se inscrever ou indicar uma produtora rural, basta acessar o site da premiação.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Com legado centenário, produtora de queijos no sertão do RN se destaca por produção sustentável Read More »

XP seleciona profissionais para assessoria de investimentos em Natal

XP seleciona profissionais para assessoria de investimentos em Natal

Programa XP Future, que transforma pessoas com perfil comercial em assessores de investimentos, está com inscrições abertas até 19 de junho

O nordeste do Brasil concentra 7,44% dos investimentos de pessoa física na bolsa de valores, a B3. Só no estado do Rio Grande do Norte, são mais de 56 mil investidores com mais de R$ 2 bilhões em investimentos listados na bolsa, segundo os dados da B3 até o mês de maio.

Para enfrentar a escassez de candidatos para a posição de assessores de investimentos, uma realidade comum ao mercado financeiro como um todo, a XP, líder no segmento de investimentos no Brasil, está com inscrições abertas para o programa XP Future. O programa capacita profissionais com perfil comercial para se tornarem assessores de investimentos e iniciarem uma jornada de crescimento na profissão.

“O assessor de investimentos desempenha um papel fundamental no nosso negócio, que é apresentar o mercado ao cliente, explicar características de produtos e fazer prospecção. O assessor é o parceiro chave na vida do investidor, conhece seus objetivos e particularidades e tem a confiança do cliente para ajudá-lo a administrar seu patrimônio. A missão da XP é seguir fomentando o crescimento da atividade no Brasil, formando novos profissionais bem qualificados”, explica Júlio Mello, Head de Canais Diretos da XP Inc.

A atividade do Assessor de Investimentos (AI) se tornou a principal porta de entrada para quem deseja desenvolver uma carreira no segmento financeiro. Até o mês de maio, o nordeste do País registrava 1.877 AIs, 7,3% do total de assessores em todo o Brasil, segundo dados da Associação Nacional das Corretoras (ANCORD).

As inscrições para o processo seletivo em Natal estão abertas e os interessados devem se cadastrar no site até 19 de junho. Em caso de aprovação, a contratação é CLT e é necessário que o candidato obtenha as certificações CPA-20 ou CEA.

Sobre a XP

A XP é a plataforma líder em serviços financeiros no Brasil. A empresa faz parte da XP Inc., que tem como propósito transformar o mercado financeiro para melhorar a vida das pessoas, promovendo educação financeira e democratizando o acesso a investimentos de qualidade. Fundada em 2001, a empresa criou um modelo inovador de assessoria de investimentos. Prova disso, é o reconhecimento público obtido ao vencer, pelo quinto ano consecutivo, a categoria melhor Assessoria de Investimentos de São Paulo, na premiação “O Melhor de São Paulo”, realizada pelo jornal Folha de S. Paulo. Para mais informações, acesse o site XP: xp.com.br

Foto: Cottonbro Studio/Pexels

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

XP seleciona profissionais para assessoria de investimentos em Natal Read More »

Comunidade iFood propõe ambiente colaborativo para elevar a experiência do cliente

Comunidade iFood propõe ambiente colaborativo para elevar a experiência do cliente

Em seu evento de lançamento, a empresa anunciou a plataforma com funcionalidades e benefícios em primeira mão aos inscritos

O iFood, empresa brasileira de tecnologia, anuncia o lançamento da Comunidade iFood, um site desenvolvido para proporcionar melhorias contínuas no app de modo a impactar positivamente a experiência dos mais de 50 milhões de clientes ativos na plataforma. Este novo espaço permite que os inscritos interajam, participem de eventos exclusivos, desfrutem de um sistema de gamificação com recompensas e tenham acesso antecipado a testes de novas funcionalidades, além de fóruns de discussão e conteúdos de ajuda.

O lançamento da Comunidade iFood foi marcado por um evento realizado na sede da empresa na última sexta-feira, 14, que contou com 250 participantes e uma programação repleta de nostalgia, que contou com a participação de Diego Barreto, CEO do iFood. “Estamos entusiasmados em lançar a Comunidade iFood, pois é um projeto que reflete nosso compromisso em dar voz aos nossos clientes e para todos que estejam interessados em nos ajudar a trazer melhorias que realmente impactem positivamente a experiência dos clientes e de todo nosso ecossistema”, afirma Giulia Bonfiglioli, gerente de comunicação e engajamento em CX no iFood.

Para participar da Comunidade iFood, basta se inscrever no site com o e-mail cadastrado no app para contribuir ativamente nessa nova fase de engajamento e inovação, ter acesso às novas funcionalidades, eventos exclusivos e gamificação que pode render descontos e brindes. Para mais informações e se inscrever, acesse o Link.

Sobre o iFood

O iFood é uma empresa brasileira de tecnologia referência em delivery online na América Latina, que aproxima clientes, restaurantes, supermercados e entregadores de forma simples e prática. O iFood tem o propósito de alimentar o futuro do Brasil e do mundo, transformando a sociedade por meio da educação e da tecnologia, e com um impacto socioambiental positivo.

Por meio de tecnologia e inteligência artificial com padrão global, o iFood movimenta 96 milhões de pedidos por mês, por meio de um ecossistema formado por 300 mil entregadores conectados, 350 mil estabelecimentos parceiros, entre restaurantes, mercados e farmácias, e presente em cerca de 1.700 cidades brasileiras. O iFood vai além do delivery de comida e cresce também em negócios como de mercados, farmácia, pet, fintech e de benefícios, unindo tecnologia e conveniência na entrega de soluções aos parceiros.

Para saber mais sobre o iFood, visite: www.institucional.ifood.com.br

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Comunidade iFood propõe ambiente colaborativo para elevar a experiência do cliente Read More »

Prudential do Brasil expande atuação no Nordeste

Prudential do Brasil expande atuação no Nordeste

Seguradora chega à Natal e a João Pessoa fortalecendo presença na região com dois novos pontos de apoio à rede franqueada

A Prudential do Brasil, subsidiária de uma das maiores empresas financeiras do mundo – Prudential Financial, e maior seguradora independente no segmento de Pessoas do país, acaba de inaugurar dois novos pontos de apoio no Nordeste, um em Natal (RN) e outro em João Pessoa (PB). Com os novos escritórios, somados a outros três recém-lançados em Ribeirão Preto (SP), Campo Grande (MS) e Uberlândia (MG), a Prudential chega à marca de 39 pontos de apoio distribuídos pelo país, sendo oito somente na região Nordeste, incluindo os já estabelecidos em Recife (PE), Salvador (BA) e Fortaleza (CE).
     ​
Os pontos de apoio possibilitam a ampliação dos negócios da companhia na região abrindo oportunidades para empreendedores que desejam investir em uma franquia especializada em seguro de vida. Os espaços são essenciais para o desenvolvimento estruturado e padronizado dos negócios do canal Life Planner da Prudential. Os locais seguem o padrão de coworking e dão suporte às corretoras franqueadas na comercialização de seguros de vida individuais personalizados, no processo de captação de novos franqueados e ainda podem ser utilizados para realização de treinamentos e reuniões da rede.

De acordo com o vice-presidente de Negócios Life Planner da Prudential do Brasil, Rodrigo Prosdocimi, o mercado de seguro de pessoas é promissor no Nordeste. “Acreditamos que a região tem um alto potencial por produtos de seguro, especialmente, os mais personalizados. Com a abertura dos novos pontos de apoio, esperamos ampliar consideravelmente a nossa base de clientes no Nordeste e seguir a nossa missão de desenvolver uma cultura de proteção, assegurando a tranquilidade financeira das famílias brasileiras”, afirma o executivo.
     ​
Estudo realizado pela Fenaprevi/Datafolha (2023) revelou que apenas 9% dos entrevistados na região Nordeste possuem seguro de vida. No entanto, 31% pretendem contratar no curto prazo. O cenário positivo apontado pelo levantamento corrobora o crescimento registrado pela Prudential no Nordeste, região em que é líder entre as seguradoras independentes (não ligada a bancos).
     ​
Oportunidade de empreender com franquia

O mercado de franquias no Rio Grande do Norte e na Paraíba tem se mostrado bastante atrativo para os empreendedores. Somente no ano passado, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor registrou cerca de R$ 1,3 bilhão em faturamento e cerca de 9.000 empregos foram gerados pelas franquias de cada um desses estados. Para empreender com a Prudential, é essencial que o investidor se identifique com o modelo de negócio da seguradora e com o propósito de proteger vidas.
     ​
A Prudential do Brasil é pioneira no modelo de franchising para a comercialização de proteção financeira e tem a chancela da ABF como uma das maiores redes de franquias do país. Em 2024, a seguradora e franqueadora foi reconhecida, pelo segundo ano consecutivo, com o Selo de Excelência em Franchising da ABF, no segmento Serviços e Outros Negócios.
     ​
Sobre a Prudential do Brasil
     ​
Há 26 anos, a Prudential do Brasil oferece soluções personalizadas de seguros de vida individual e em grupo. Maior seguradora independente no segmento de pessoas do Brasil, protege mais de 4,3 milhões de vidas e já retornou para sociedade cerca de R$ 3 bilhões em benefícios pagos. De forma pioneira, trouxe para o país o maior programa de bem-estar e recompensas do mundo, o Prudential Vitality, com foco na saúde e longevidade dos seus segurados. 

A seguradora nasceu da Prudential Financial, líder global em serviços financeiros e principal gestora de investimentos globais ativos, com aproximadamente US$ 1,4 trilhão em ativos sob gestão. Com quase 150 anos de atuação, a Prudential tem operações nos Estados Unidos, Ásia, Europa e América Latina. Para saber mais sobre a Prudential do Brasil, visite o site.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Prudential do Brasil expande atuação no Nordeste Read More »

Lula critica Banco Central e Roberto Campos Neto por taxa de juros alta

Lula critica Banco Central e Roberto Campos Neto por taxa de juros alta

Presidente afirma que Selic elevada prejudica investimentos e promete escolher novo líder para o BC comprometido com o desenvolvimento do Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a criticar, nesta terça-feira (18.jun.2024), o Banco Central e seu presidente, Roberto Campos Neto, durante entrevista à Rádio CBN. Lula classificou a atuação do Banco Central como desajustada, acusando Campos Neto de falta de autonomia e de agir politicamente para prejudicar o país.

O Comitê de Política Monetária (Copom) deve encerrar o ciclo de cortes na taxa básica de juros, a Selic, nesta quarta-feira (19.jun). O mercado financeiro espera que a taxa fique em 10,5% ao ano até o final de 2024. Lula afirmou não haver necessidade de manter a Selic nesse patamar, argumentando que a taxa alta é proibitiva para investimentos no setor produtivo.

Lula destacou a situação econômica favorável do país, com a inflação controlada, geração de 2,4 milhões de empregos formais em 17 meses e um crescimento de 11,5% na massa salarial. O presidente prometeu que o Brasil estará em uma posição tão boa quanto ao final de seu segundo mandato, em 2010.

Questionando a autonomia de Campos Neto, Lula ironizou a presença do presidente do BC em um jantar promovido pelo governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), insinuando que Campos Neto tem aspirações políticas. O presidente afirmou que escolherá um sucessor para Campos Neto que seja comprometido com o desenvolvimento do Brasil, o controle da inflação e uma meta de crescimento, sem se submeter às pressões do mercado.

Lula enfatizou que seu futuro indicado para o Banco Central será alguém maduro, responsável e que trabalhe pelo interesse dos 203 milhões de brasileiros, assegurando um equilíbrio entre o crescimento econômico e a estabilidade financeira.

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Lula critica Banco Central e Roberto Campos Neto por taxa de juros alta Read More »

RN expande energia solar residencial em 49% e ocupa 4ª posição no Nordeste

RN expande energia solar residencial em 49% e ocupa 4ª posição no Nordeste

De acordo com especialista do Sicredi, linhas de financiamento que cobrem até 100% do valor do projeto têm levado ao aumento da adesão dos consumidores

O Rio Grande do Norte aumentou sua potência instalada de energia solar em 49% entre abril de 2023 a abril de 2024, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica. O crescimento coloca o estado em 4º lugar no Nordeste. Especialistas do setor apontam que essa tendência de crescimento está atrelada ao maior acesso a financiamentos, que têm contribuído para o barateamento dos custos e impulsionado o ritmo da transição energética.

Este aumento se refere à produção de energia elétrica de pequeno porte, gerada pelos próprios consumidores de forma independente, quase sempre a partir dos telhados de seus imóveis. No Rio Grande do Norte, a capacidade total de produção de energia solar fotovoltaica desse tipo saltou de 409 megawatts em 2023 para 609,2 megawatts em 2024.

Já a produção de energia solar em grandes usinas instaladas no estado destaca o Rio Grande do Norte como o quinto maior gerador do país. São 10.952 megawatts total no estado, somando o que está em operação, em construção ou já outorgado e apto para exploração. Com linhas de créditos exclusivas e preços reduzidos, instituições financeiras têm oferecido linhas de crédito específicas para quem deseja investir em sistemas de geração de energia solar.

Segundo Ana Paula Medeiros Vieira, Coordenadora de Ciclo de Crédito da Central Sicredi Nordeste, o aumento da procura por esse tipo de financiamento está ligado aos benefícios do empréstimo, como taxas de juros competitivas, análise de crédito simplificada e ausência de burocracia. “O financiamento para nossos associados (pessoas que possuem conta no Sicredi) cobre até 100% do valor do projeto, com prazos de pagamento flexíveis de até 10 anos, dependendo da política de cada cooperativa, e inclui assessoria especializada para apoio no processo”, afirma a especialista.

A linha de financiamento oferecida pelo Sicredi é voltada para consumidores residenciais e empresas que desejam suprir suas necessidades energéticas com a energia solar. Só na instituição, de acordo com a Coordenadora, houve um aumento de cerca de 30% na procura por esse tipo de financiamento nos últimos anos, impulsionado pela crescente conscientização da importância da sustentabilidade e da economia de recursos naturais.

Por ser uma fonte de energia limpa e renovável que contribui para a redução das emissões de gases de efeito estufa, o uso das placas fotovoltaicas oferecem diversos benefícios para o bolso dos consumidores, incluindo a redução de custos na conta e a possibilidade de vender o excedente de energia produzido de volta para a rede. Isso acaba por gerar uma autossuficiência energética, diminuindo a dependência da rede elétrica convencional e os constantes reajustes.

Com a disponibilidade constante dessa fonte de energia ao longo do ano no Rio Grande do Norte e por ser um investimento com retorno garantido, a energia solar está entre as mais competitivas do país. “Para que o associado tenha segurança sobre a viabilidade do seu projeto, o Sicredi disponibiliza uma equipe de especialistas em energia solar para ajudar a escolher a melhor opção conforme as necessidades energéticas individuais”, conclui Ana Paula Medeiros Vieira.

Fotos: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

RN expande energia solar residencial em 49% e ocupa 4ª posição no Nordeste Read More »

Feira de empregabilidade em Natal oferece 66 vagas na construção civil

Feira de empregabilidade em Natal oferece 66 vagas na construção civil

Oportunidade de emprego no setor de construção civil com benefícios atrativos será realizada em 20 de junho

Na próxima quinta-feira, 20 de junho, a cidade de Natal sediará a Feira de Empregabilidade, focada no setor de construção civil, oferecendo 66 vagas de trabalho. Esta iniciativa é uma colaboração entre a MRV, uma das maiores construtoras da América Latina, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do SINE, e conta com o apoio essencial do SENAI-RN.

A feira será realizada das 9h às 16h no Hub de Inovação e Tecnologia do SENAI, localizado na Av. Capitão Mor Gouveia, 2770, Lagoa Nova, em frente à Ceasa. O objetivo do evento é reunir candidatos interessados em participar do processo seletivo para trabalhar nos empreendimentos da MRV na capital potiguar e na região metropolitana, especialmente em Parnamirim.

As vagas disponíveis são para as posições de armador, carpinteiro, montador de forma metálica, pedreiro, pintor e servente. Os candidatos devem comparecer ao local munidos de documentos pessoais, como RG, CPF e comprovante de residência. A MRV oferece salários compatíveis com o mercado, vale-transporte e vale-refeição, conforme a convenção coletiva de trabalho.

Além dos benefícios básicos, a MRV proporciona aos seus colaboradores o programa Ser Sangue Verde, que inclui vantagens exclusivas, como condições especiais para a compra de imóveis da empresa, licença paternidade estendida, apoio às despesas com o bebê, acompanhamento psicológico gratuito e outras iniciativas voltadas ao bem-estar do trabalhador. Outro benefício importante é o programa Acolher, que permite uma rotina de trabalho mais flexível para pais, mães ou responsáveis legais de Pessoas com Deficiência (PCDs), transplantados ou com doenças degenerativas.

Diogo Bruno Machado Campos, gestor de obras da MRV em Natal, ressaltou a importância da feira para a comunidade local. “A realização desse evento é crucial, pois nos permite expandir nossa base de talentos e abrir novas oportunidades para os profissionais da construção civil em Natal. Contar com o apoio do Governo do Estado, através do SINE-RN, do SENAI-RN e de nossos demais colaboradores é fundamental para o sucesso dessa iniciativa”, afirmou Campos.

Para obter mais informações sobre a Feira de Empregabilidade e as vagas disponíveis, os interessados podem entrar em contato pelo e-mail [email protected].

Foto: Divulgação/MRV

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Feira de empregabilidade em Natal oferece 66 vagas na construção civil Read More »

“Como formalizar um pequeno negócio” é o tema de curso gratuito oferecido pelo Instituto Assaí

“Como formalizar um pequeno negócio” é o tema de curso gratuito oferecido pelo Instituto Assaí

Em parceria com o Sebrae, a aula apresenta guia de passo a passo para a formalização, incluindo as verificações essenciais e registros nos órgãos competentes

Formalizar um negócio pode ser mais fácil do que se imagina e traz uma série de vantagens que podem ajudar a combater os principais obstáculos para os(as) empreendedores(as), como capital insuficiente e pouca diversidade em métodos de pagamento, por exemplo. Com o objetivo de auxiliar os(as) microempreendedores(as) de todo o Brasil no processo de formalização de um pequeno negócio, o Instituto Assaí, por meio do programa Academia Assaí, em parceria com o Sebrae, realizará no dia 18 de junho o curso online e gratuito “Como formalizar um pequeno negócio”.

A aula trará as principais informações a serem apresentadas sobre os riscos da informalidade e as vantagens de se tornar um negócio formal, além de explicar sobre os tipos de empresas e os diferentes portes, incluindo MEI, ME e EPP. Durante o curso, os(as) participantes acompanharão um guia de passo a passo para a formalização, incluindo as verificações essenciais e registros nos órgãos competentes. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 17 de junho, por meio do site www.academiaassai.com.br/eventos/curso/como-formalizar-o-seu-negócio

SERVIÇO

Sobre o Instituto Assaí

O Instituto Assaí é a organização social do Assaí Atacadista. Criado em 2022, ele mantém a tradição da Companhia em realizar ações sociais, e tem como propósito promover oportunidades e caminhos de prosperidade para o desenvolvimento de pessoas e de comunidades em todo o país. Isso é realizado por meio de iniciativas em: empreendedorismo, alimentação e esporte. Mais informações: https://institutoassai.org.br/

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

“Como formalizar um pequeno negócio” é o tema de curso gratuito oferecido pelo Instituto Assaí Read More »

PEC promove "privatização" do Banco Central e pode ter custo fiscal ao país

PEC promove “privatização” do Banco Central e pode ter custo fiscal ao país

Especialistas ouvidos pela Agência Brasil analisam proposta

A autonomia orçamentária do Banco Central (BC), prevista na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 65/2023 que tramita no Senado, promove uma espécie de “privatização” da autoridade monetária e pode causar custos fiscais ao país ao reter receitas que hoje são transferidas para o orçamento da União. Essa é a avaliação de especialistas consultados pela Agência Brasil.

A PEC 65, de 2023, deve ser lida quarta-feira (19) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Ela já conta com o apoio de 42 senadores, sete a menos que o necessário para a aprovação de uma mudança na Constituição.

A proposta em análise no Senado transforma o BC de uma autarquia federal em empresa pública com personalidade jurídica de direito privado. Além disso, os servidores passariam a ser regidos pela CLT, a Consolidação das Leis do Trabalho, e não mais pelo regime estatutário da União.

O professor-associado de economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Pedro Paulo Zaluth Bastos, sustenta que a medida pode prejudicar as funções públicas do BC de estabilização da moeda e promoção do pleno emprego.

“[A PEC] é uma espécie de privatização, tem cara de privatização. O que o Banco Central apura como, eventualmente, lucro, tem que ir para o Tesouro. Com a PEC, esse lucro poderia deixar de ir para o Tesouro”, disse.

Para o doutor em ciências econômicas, a busca pelo lucro pode desvirtuar a atuação da direção do Banco. “Isso pode estimular o Banco Central a buscar lucro ao invés de realizar suas funções públicas. Movimentos que aumentariam o lucro do BC, como redução de juros ou desvalorização cambial, se chocam com o mandato público, que é de controlar a inflação”, completou.

De 2018 a 2023, o lucro com a senhoriagem (fonte de receita do BC oriunda da emissão de moedas) foi de R$ 114 bilhões, contra uma despesa acumulada no período de R$ 23 bilhões, segundo o recurso previsto nas Leis Orçamentárias Anuais (LOA) desses seis anos.

Ou seja, se a PEC tivesse em vigor desde 2018, a direção do Banco Central teria em mãos cerca de R$ 91 bilhões a mais para gastos e investimentos.

Um dos argumentos da PEC é que o BC não precisaria mais usar os recursos do Tesouro Nacional uma vez que ele tem receitas próprias, desonerando o orçamento público. O professor da Unicamp diz que o mais provável é que o inverso ocorra, já que as receitas do BC são superiores ao atual orçamento do banco.

“O Banco Central, sistematicamente, critica o gasto público. É engraçado que, com a PEC, eles contribuem para aumentar o gasto público”, comentou Pedro Paulo Barros.

Independência orçamentária

O principal argumento da PEC é que o BC – que já é autônomo em suas operações – deve desenvolver suas atividades “sem constrangimentos financeiros”, segundo argumenta o relator da proposta, senador Plínio Valério (PSDB-MA).

Com isso, o orçamento do BC não dependeria mais dos repasses do Tesouro Nacional, usando as receitas próprias “geradas pelos seus ativos, para custear as despesas com pessoal, custeio em geral, investimentos e outras”.

A única restrição prevista na PEC é para reajuste dos funcionários, que deve ser restrito à variação da inflação do ano anterior. Reajustes acima da inflação precisariam de autorização do Senado.

Portas giratórias

O professor de Sociologia Econômica Edemilson Paraná, da LUT University da Finlândia, destacou que a PEC consolida, de vez, o controle da política monetária “pelos interesses dos grandes setores dominantes, a quem interessa mais diretamente a política monetária, que são os grandes bancos e as grandes instituições financeiras que estão umbilicalmente vinculadas por meio das portas giratórias”.

“Porta giratória” é o termo usado para se referir à prática de altos executivos do mercado financeiros de irem para cargos da alta administração pública ligadas ao mercado, como Banco Central e Ministério da Fazenda, e depois regressarem para o mercado financeiro, criando dúvidas em relação a possíveis conflitos de interesses.

Edemilson Paraná defende que a autonomia do Banco Central atual é em relação ao poder político emanado das urnas, mas não em relação aos grandes bancos e instituições financeiras, o que se aprofundará com a PEC, segundo avalia.

“Uma parte significativa dos gestores de alto nível do BC são ligados, diretamente ou indiretamente, às instituições financeiras. Alguns vieram delas antes e voltarão para elas depois de seus mandatos. Então autonomia de quem? Autonomia do povo, autonomia da democracia, autonomia da decisão política soberana do país”, explicou.

Paraná acrescentou que a PEC acaba com as restrições orçamentárias do BC, que hoje afetam os demais órgãos públicos. “Eles querem, como vários outros setores do Estado brasileiro, como o Judiciário e a Polícia Federal, se tornarem exceções à regra que eles mesmos defendem para o conjunto do Estado, que é de redução de despesas”.

Para o economista Pedro Paulo, a ausência de estabilidade para os servidores do banco fragiliza a autonomia dos funcionários frente a pressões indevidas.

“Com essa PEC, o Banco Central ganha independência em relação aos concursos públicos que asseguram maior concorrência e menor arbitrariedade pessoal na contratação dos funcionários. Um diretor ou presidente poderia constituir uma direção de acordo com o que ele entendesse. O fato de hoje os funcionários serem estatutários permite que eles não tenham pressão para executar políticas contrárias ao interesse público”, afirmou.

Defesa da PEC

O relator da PEC, senador Plínio Valério, defende que a proposta está em linha com os mais importantes bancos centrais do mundo, como Canadá, Estados Unidos, Suécia, Noruega, Banco Central Europeu e Austrália, onde a autonomia orçamentária e financeira é a regra.

O senador afirmou ainda que é possível impor limites ao uso dos lucros pelo Banco Central. “As melhores práticas internacionais recomendam que a permissão para uso da senhoriagem como fonte de financiamento seja acompanhada de regras para transferência de resultados da autoridade monetária para a autoridade fiscal”.

Além disso, ele lembrou que a Lei 13.820, de 2019, já prevê o uso do resultado do Banco Central para o pagamento da dívida mobiliária federal, o que não deve sofrer alteração com a PEC.

“A experiência internacional mostra que, os principais bancos centrais do mundo se submetem a processos rigorosos de supervisão, tanto internos quanto externos, mesmo com elevado grau de autonomia financeira e que essa sistemática seja seguida na PEC apresentada”, completou.

“Outro ponto importante é estabelecer regra clara que evite a despedida imotivada como mecanismo de proteção dos futuros empregados do BC”, completou o relator da matéria.

Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

PEC promove “privatização” do Banco Central e pode ter custo fiscal ao país Read More »

Quase metade dos MEIs potiguares estão em dívida com a Receita Federal

Quase metade dos MEIs potiguares estão em dívida com a Receita Federal

45% dos Microempreendedores Individuais do RN não entregaram declaração anual e terão que pagar multas de até 20% do total de faturamento por mês em atraso

Mais de 84 mil Microempreendedores Individuais (MEIs) no Rio Grande do Norte terão que pagar multas devido ao atraso na entrega da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-Simei). Dados divulgados pela Receita Federal apontam que 45% dos 186.791 MEIs potiguares não cumpriram com a obrigação fiscal. O prazo se encerrou em 31 de maio e a multa pode chegar a 20% do total de faturamento no ano por mês em atraso.

Proporcionalmente, no entanto, o RN está entre os estados que mais entregaram a declaração, atrás apenas de Santa Catarina (62%), Minas Gerais (61%), Paraná (60%), Paraíba (57%), e ao lado de Goiás e Espírito Santo (ambos com 55%). Já na lista dos estados que menos enviaram a DASN, estão Amazonas (36%), Amapá (36%), Pará (41%), Acre (43%), Roraima, Rio de Janeiro e Maranhão (todos com 44%).

A DASN é um documento obrigatório que deve ser entregue anualmente por todos os MEIs e informa à Receita Federal o faturamento bruto do ano anterior. “Além de ter que pagar a multa, o Microempreendedor Individual que não entregar a DASN ficará com pendências na Receita, podendo ter seu CNPJ suspenso ou inativado, o que impedirá a operação normal da empresa”, alerta o contador e diretor da Rui Cadete, Gustavo Vieira.

Para evitar essas consequências e regularizar a situação, os MEIs devem:

  • Acessar a área específica para entrega da DASN-Simei no Portal do Empreendedor;
  • Preencher a declaração, informando o valor total da receita bruta do ano anterior com vendas de mercadorias e prestação de serviços, e indicar se houve ou não contratação de empregados;
  • Emitir o Darf para o pagamento da multa, calculada automaticamente pelo sistema;
  • Realizar o pagamento devido no prazo estipulado para evitar juros adicionais e mais complicações.

A multa varia de R$ 50 ou 2% sobre o valor dos tributos declarados por mês de atraso, limitado a 20% do total devido, além de juros proporcionais à taxa Selic. “A gente sempre reforça que é fundamental manter a regularidade fiscal para garantir a sustentabilidade do negócio e permitir que o MEI continue usufruindo de todos os benefícios do regime simplificado. Na dúvida, sempre procurar um contador”, destaca Gustavo.

O limite de faturamento anual do MEI em 2023 foi de R$ 81 mil. Caso tenha ultrapassado esse valor, o empreendedor deverá pagar tributos sobre o excedente.

Foto: Divulgação/Portal do Empreendedor

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Quase metade dos MEIs potiguares estão em dívida com a Receita Federal Read More »

iFood registrou 2.600 pedidos por minuto no Dia dos Namorados

iFood registrou 2.600 pedidos por minuto no Dia dos Namorados

O amor está no ar e no delivery também: empresa tem aumento de 18% nos pedidos em comparação ao Dia dos Namorados de 2023

O iFood, empresa brasileira de tecnologia, registrou uma média de 2.600 pedidos por minuto no Dia dos Namorados, comemorado no dia 12 de junho, totalizando 3,8 milhões de pedidos realizados na plataforma. Esse dado representa um aumento significativo de 18% em comparação ao Dia dos Namorados de 2023, evidenciando um crescimento no consumo dos brasileiros que desejam celebrar momentos especiais com a conveniência e praticidade do delivery. Outra curiosidade é o aumento de 1 milhão de pedidos a mais do que na quarta-feira anterior, 5, considerado um dia comum da semana.

“A gente esperava um aumento de pedidos no Dia dos Namorados e montamos uma operação especial para garantir um excelente nível de serviço para clientes, entregadores e restaurantes”, afirma Arnaldo Bertolaccini, vice-presidente de Restaurantes do iFood.

O levantamento do iFood mostra ainda que a culinária com maior crescimento, na comparação com outras quartas do ano, foi a japonesa, com um aumento de 47%, seguida pela pizza, que teve 41% a mais de pedidos. Bolos, tortas e doces também tiveram um crescimento de 30%.

No ranking de comidas mais pedidas, o hambúrguer continuou na liderança. Na segunda posição foram os pratos com carne; na terceira, comida japonesa; na quarta, sobremesas; e, na quinta, sanduíches, o que reflete a diversidade de gostos e preferências dos usuários do iFood.

“O Dia dos Namorados deste ano veio corroborar a crescente procura pelo delivery, inclusive nas datas de celebração. O aumento de 18% nos pedidos do iFood em relação ao ano passado reflete uma tendência de que as pessoas estão optando pela comodidade e praticidade. É importante destacar que o aumento da demanda ajuda a alavancar as vendas de pequenos e médios restaurantes, que hoje compõem 75% da base de estabelecimentos cadastrados no aplicativo, ajudando a impactar positivamente o ecossistema gastronômico”, diz Bertolaccini.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

iFood registrou 2.600 pedidos por minuto no Dia dos Namorados Read More »

STF confirma direito de aposentadoria para servidores do RN sem concurso

STF confirma direito de aposentadoria para servidores do RN sem concurso

Decisão unânime do Supremo Tribunal Federal beneficia mais de 3 mil servidores no Rio Grande do Norte

O Supremo Tribunal Federal (STF) reafirmou, de forma unânime, que os servidores públicos admitidos sem concurso, ou que adquiriram estabilidade a partir da Constituição Federal de 1988, têm direito a se aposentar pelo Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). A decisão, proferida em 11 de junho, impacta diretamente mais de 3 mil servidores do Governo do Rio Grande do Norte.

A deliberação do STF encerra uma disputa que começou com a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) no ano passado, que fixava o prazo até 25 de abril para que esses servidores se aposentassem pelo Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais (Ipern). Após essa data, os servidores deveriam se aposentar pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS) através do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O ministro Luís Barroso, relator do caso, declarou que “são vinculados ao regime próprio de previdência social (…) as aposentadorias e pensões já concedidas ou com requisitos já satisfeitos até a data da publicação da ata de julgamento destes embargos declaratórios”.

A governadora Fátima Bezerra destacou a atuação do Governo do Estado, que, no início do ano, protocolou uma reclamação contra a decisão do TCE. “Através de uma ação que ingressamos, o STF reconheceu o direito dos servidores públicos não concursados a optarem pela aposentadoria no regime próprio da Previdência”, afirmou.

O presidente do Ipern, Nereu Linhares, explicou que qualquer servidor público que preenchia os requisitos até a data do julgamento manterá o direito de se aposentar pelo RPPS. “Isso evidentemente até completar os 75 anos”, comentou.

Nos primeiros dois meses de 2024, o Ipern recebeu 2.031 pedidos de aposentadoria, um aumento de cerca de 400% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Linhares mencionou que servidores que já solicitaram aposentadoria podem pedir a suspensão do processo. “Estamos trazendo tranquilidade aos servidores que agora podem procurar o setor responsável para desistirem do agendamento e dos processos de aposentadoria”, concluiu.

Foto: Assecom IPERN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

STF confirma direito de aposentadoria para servidores do RN sem concurso Read More »

Bolsa Família beneficia mais de 500 mil famílias no RN em junho

Bolsa Família beneficia mais de 500 mil famílias no RN em junho

Programa federal investe R$ 336,2 milhões no estado; Venha-Ver tem repasse unificado devido a emergências climáticas

Mais de 500 mil beneficiárias do Bolsa Família em todos os 167 municípios do Rio Grande do Norte começam a receber os repasses de junho nesta segunda-feira (17.jun.2024). O cronograma de pagamentos é escalonado, baseado no final do Número de Identificação Social (NIS), e se estende até o final do mês. O valor médio do benefício no estado é de R$ 672,41, resultado de um investimento de mais de R$ 336,2 milhões do Governo Federal.

Em uma medida excepcional, o município de Venha-Ver, que enfrenta uma situação de emergência devido a chuvas intensas, terá um pagamento unificado, com todas as beneficiárias recebendo os repasses no primeiro dia do calendário. Esse esforço representa um investimento federal de R$ 497 mil, atendendo 740 famílias. Além disso, o Auxílio Gás, com um aporte de R$ 45,9 mil, também será garantido para o município.

O programa Bolsa Família inclui diversos benefícios complementares. No Rio Grande do Norte, mais de 187 mil crianças de zero a seis anos são contempladas pelo Benefício Primeira Infância, que acrescenta R$ 150 por criança na composição familiar, totalizando um investimento de R$ 26,8 milhões. Adicionalmente, mais de 331 mil crianças e jovens entre sete e 18 anos, 21,9 mil gestantes e mais de 8 mil mulheres em fase de amamentação recebem um complemento de R$ 50, somando R$ 16,9 milhões em pagamentos.

A capital Natal continua a liderar o número de famílias beneficiárias em junho, com mais de 79 mil famílias recebendo um total de R$ 53,6 milhões, o que resulta em um valor médio de R$ 678,48 por família. Outros municípios com grande número de beneficiários incluem Mossoró (32.282), Parnamirim (23.066), São Gonçalo do Amarante (17.459) e Macaíba (13.672).

O município de Pureza, com uma população de pouco mais de 9,3 mil habitantes e 1.717 famílias atendidas pelo programa, registra o maior valor médio pago no estado, R$ 709,70. Ceará-Mirim (R$ 707,32), Rio do Fogo (R$ 706,50), Goianinha (R$ 700,93) e Lagoa de Velhos (R$ 700,71) também apresentam valores médios elevados.

Além do Bolsa Família, o Governo Federal paga o Auxílio Gás no mesmo calendário, beneficiando 143,2 mil famílias no estado com um adicional de R$ 102, correspondente ao valor integral do botijão de 13 quilos de gás GLP. O investimento federal para o Auxílio Gás no estado é de R$ 14,6 milhões.

Bolsa Família em nível nacional

Em todo o Brasil, o Bolsa Família atende 20,8 milhões de famílias em 5.570 municípios, com um investimento de R$ 14,23 bilhões em junho. O valor médio do benefício é de R$ 683,35. O Auxílio Gás, por sua vez, será pago a 5,8 milhões de famílias, totalizando um investimento de R$ 592,1 milhões.

Famílias de diversos estados enfrentando desastres naturais, como no Rio Grande do Sul, Roraima, Amazonas, Rio Grande do Norte, Maranhão e Paraná, recebem os pagamentos de forma unificada como parte das ações de enfrentamento a desastres.

O Benefício Primeira Infância contempla 9,38 milhões de crianças de zero a seis anos, com um investimento de R$ 1,33 bilhão. Adicionalmente, o Benefício Variável Familiar atende 12,5 milhões de crianças e adolescentes de sete a 16 anos e 3 milhões de adolescentes de 16 a 18 anos, totalizando um investimento de R$ 718,47 milhões. Gestantes e nutrizes também recebem um adicional de R$ 50, com um investimento de R$ 67,25 milhões.

Protagonismo feminino e proteção social

As mulheres representam a maioria dos responsáveis familiares no Bolsa Família, totalizando 17,44 milhões, ou 83,7% do total. Entre os beneficiários, 72,87% se declaram de cor preta ou parda. Famílias indígenas, quilombolas, catadoras de material reciclável e pessoas em situação de rua também são priorizadas no programa, totalizando mais de um milhão de beneficiários em junho.

A Regra de Proteção, introduzida na nova versão do programa, permite que beneficiários permaneçam no Bolsa Família por até dois anos após conseguirem um emprego formal ou aumento de renda, recebendo 50% do valor do benefício. Este mecanismo beneficia 2,58 milhões de famílias em junho.

Distribuição regional e estadual dos benefícios

O Nordeste concentra o maior número de beneficiários, com 9,4 milhões de famílias e um investimento de R$ 6,41 bilhões. Seguem o Sudeste com 6,17 milhões de famílias (R$ 4,13 bilhões), Norte com 2,58 milhões de famílias (R$ 1,86 bilhão), Sul com 1,5 milhão de famílias (R$ 1 bilhão) e Centro-Oeste com 1,6 milhão de famílias (R$ 802,41 milhões). O maior valor médio por beneficiário está na região Norte, com R$ 722,22.

São Paulo lidera o número de beneficiários, com 2,57 milhões de famílias e um investimento de R$ 1,73 bilhão. A Bahia segue com 2,46 milhões de beneficiários. Outros estados com mais de um milhão de famílias beneficiadas incluem Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Ceará, Pará e Maranhão.

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Bolsa Família beneficia mais de 500 mil famílias no RN em junho Read More »

Programa jovem aprendiz da 3R Petroleum abre vagas exclusivas para pessoas com deficiência

Programa jovem aprendiz da 3R Petroleum abre vagas exclusivas para pessoas com deficiência

portunidade de ingressar no mercado de trabalho com benefícios atrativos para candidatos de Natal e Mossoró

A 3R Petroleum, empresa de petróleo e gás natural da América Latina, está com inscrições abertas para o seu programa de Jovem Aprendiz, oferecendo vagas exclusivas para pessoas com deficiência em Natal e Mossoró. As inscrições estão abertas até o dia 28 de junho, proporcionando uma oportunidade valiosa para pessoas de todas as idades ingressarem no mercado de trabalho e aprenderem com profissionais experientes da indústria de óleo e gás.

O programa busca candidatos proativos, dispostos a aprender, comprometidos e com vontade de contribuir e inovar. A 3R Petroleum valoriza a diversidade e está comprometida com a inclusão, acreditando que essa diversidade fortalece tanto a empresa quanto a sociedade.

Os candidatos devem ter ensino médio completo e disponibilidade para cumprir uma jornada de 30 horas semanais, distribuídas em seis horas diárias, com um dia dedicado à capacitação. As vagas estão disponíveis para atuação em Natal e Mossoró.

Os benefícios oferecidos incluem uma remuneração de R$ 1.100, vale-alimentação, benefício flexível para utilização em farmácias, aplicativos de mobilidade e pagamento de boletos, além de assistência médica e odontológica, seguro de vida, assistência funeral, cartão Natal, psicoterapia, atendimento médico por videochamada, atendimento nutricional, coaching esportivo e suporte para promoção de bem-estar através do aplicativo Auster. Os funcionários também terão acesso a descontos e vantagens oferecidos pela Alelo e Bradesco, além de vale-transporte.

As inscrições podem ser feitas nos sites específicos para as cidades de Natal e Mossoró, proporcionando uma oportunidade única de desenvolvimento profissional e inclusão no mercado de trabalho.

Foto: Kampus Production/Pexels

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Programa jovem aprendiz da 3R Petroleum abre vagas exclusivas para pessoas com deficiência Read More »

Senadores selecionam medidas para compensar desoneração da folha

Senadores selecionam medidas para compensar desoneração da folha

Recursos da taxação de compras internacionais de US$ 50 estão na lista

As lideranças do Senado Federal formularam nesta quinta-feira (13) uma lista de medidas para compensar a perda de arrecadação do governo de R$ 17 bilhões com a desoneração da folha de pagamento de municípios e setores econômicos. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que vai analisar as propostas apresentadas.

Entre as medidas selecionadas, estão o Programa de Regularização Tributária (PRT), em tramitação na Câmara; os recursos de depósitos judiciais esquecidos em bancos há mais de cinco anos; um programa para incentivar o pagamento de multas devidas às agências reguladoras; a atualização de ativos; e a repatriação de recursos do exterior.

A lista ainda prevê usar para essa compensação tanto os recursos da taxação das compras internacionais de até US$ 50, quanto as receitas previstas pela medida provisória (MP) 1202, que limitou a compensação de créditos decorrentes de decisão judicial, ambas já aprovadas pelo Congresso Nacional.

O líder do governo no Senado e relator do projeto da compensação da desoneração, senador Jaques Wagner (PT-BA), disse que o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pediu empenho de todos os senadores para encontrar a compensação.

“Estamos com uma responsabilidade agora, que não é exclusiva dos senadores, é do governo também, evidentemente, e é dos empresários também. Então, na minha opinião, acho que terá uma espécie de esforço concentrado para encontrar essas compensações. Ninguém quer deixar ao léu essa falta de compensação”, comentou Wagner, acrescentando que vai levar as sugestões para o Ministério da Fazenda.

As lideranças selecionaram outras medidas que podem compensar a isenção aprovada no Parlamento sobre a folha de pagamento depois que a solução encontrada pelo governo por meio da Medida Provisória (MP) 1227/2024, que reduziu as compensações com PIS e Confins por parte dos empresários, foi parcialmente rejeitada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Denominador comum

O ministro Haddad disse que irá considerar as propostas dos senadores, até por facilitar a votação dessa compensação, já que a iniciativa partiu do próprio Senado.

“Todas as propostas dos senadores vão ser processadas por nós, para nós encaminharmos análise de impacto de cada uma delas. A mediação vai ser feita pelo senador Jacques Wagner, que vai fazer essa ponte, sem prejuízo do diálogo com os demais senadores interessados. Então, eu penso que nós vamos chegar a um denominador comum rápido”, destacou.

O autor da proposta da desoneração, senador Efraim Filho (União-PB), destacou que as medidas são ideias que podem ou não serem acolhidas pelo relator Jacques Wagner.

“As medidas de compensação devem vir de receitas novas, que não sacrifiquem o setor produtivo. Não adianta dar com uma mão e tirar com outra. Por isso que a medida provisória do Pis/Cofins foi tão mal recebida no Congresso”, disse o parlamentar.

Ainda segundo Efraim, o Parlamento não deve aceitar medidas compensatórias que penalizem os empresários. “As medidas compensatórias não virão de um sacrifício do setor produtivo, não significarão aumento de alíquotas, nem aumento de carga tributária, mas receitas novas como o programa de regularização tributária, refis das multas de agências reguladoras e programas de atualização dos ativos financeiros no imposto de renda”, completou.

Foto: Leonardo Sá/Agência Senado/Ilustração

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Senadores selecionam medidas para compensar desoneração da folha Read More »

Vendas no varejo crescem 0,9% em abril

Vendas no varejo crescem 0,9% em abril

Foi o quarto resultado positivo seguido do setor

Em abril de 2024, o volume de vendas do comércio varejista cresceu 0,9%, na comparação com março, na série com ajuste sazonal. Esse foi o quarto resultado positivo seguido do setor, que acumula alta de 4,9% no ano e de 2,7% nos últimos 12 meses.

Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Das oito atividades pesquisadas, cinco avançaram em abril, com destaque para hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,5%) e equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (14,2%), que exerceram as principais influências sobre o resultado geral.

“No caso de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação, essa variação com grande amplitude significa certo rebatimento do mês anterior, quando houve queda de 10,1%, por conta do crescimento forte do dólar. Em abril, algumas grandes marcas deram descontos nos produtos e, apesar da estabilidade do dólar, o setor conseguiu se recuperar”, disse Cristiano Santos, gerente da pesquisa.

O avanço nas vendas do setor de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,5%), que responde por 55,2% do índice geral, veio após duas variações negativas seguidas (-0,2% em março e -0,1% em fevereiro). “Essa atividade não cresceu nos dois meses anteriores, com resultados próximos de zero, e essa estabilidade, com base um pouco mais baixa, explica o crescimento em abril”, afirma o gerente.

O setor de móveis e eletrodomésticos (2,4%) voltou ao campo positivo após a queda de 1,9% em março. “Em abril, a trajetória foi distinta para as duas subatividades: enquanto a de eletrodomésticos ficou estável, pendendo para baixo, a de móveis cresceu, o que trouxe o setor para o lado positivo”, analisa Cristiano.

Segundo ele, o resultado desse segmento é relacionado a um período desfavorável para as vendas no ano passado. “Em 2023, especialmente no segundo semestre, alguns setores tiveram resultados muito ruins para grandes cadeias, com posterior fechamento de lojas. No início deste ano, estamos observando uma recuperação dessas atividades, inclusive com abertura de novas unidades locais”, destaca.

No caso do segmento de combustíveis e lubrificantes (2,2%), o resultado de abril é a primeira alta do ano. “Nessa atividade, houve comportamento parecido com o de hiper e supermercados. Em janeiro, observamos um resultado próximo de zero, seguido de duas quedas. Essa base de comparação baixa deu oportunidade de crescimento nessa passagem de março para abril”, avalia o pesquisador.

Outra atividade cujas vendas aumentaram em abril foi a de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (0,6%). O resultado marca a terceira alta seguida do segmento, que acumula ganho de 13,8% no ano.

Por outro lado, as atividades de livros, jornais, revistas e papelaria (-0,4%) e tecidos, vestuário e calçados (-0,7%) ficaram no campo negativo no mês. Para o setor de outros artigos de uso pessoal e doméstico (0,0%), o cenário foi de estabilidade. Nesse segmento estão, por exemplo, as lojas de departamento, óticas e joalherias.

No comércio varejista ampliado, que inclui, além das atividades do varejo, as de veículos, motos, partes e peças, material de construção e atacado de produtos alimentícios, bebidas e fumo, houve queda de 1%.

Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Vendas no varejo crescem 0,9% em abril Read More »

Avatim inaugura nova unidade no Midway Mal

Avatim inaugura nova unidade no Midway Mal

Natal vai contar nova franquia a partir do dia 20 de junho; Mais de 200 tipos de produtos vão compor o catálogo da loja, que é referência no setor de perfumaria e ambiência

Uma nova unidade da rede de cosméticos Avatim – Cheiros da Terra vai ser inaugurada oficialmente no próximo dia 20 de junho, a partir das 17h no 2º piso do Shopping Midway Mall, em Natal. A empresa tem como proposta, fabricar e comercializar produtos de perfumaria, ambiência, higiene pessoal e relaxamento. O público vai conferir uma linha de produtos que coloca o cliente em sintonia com a natureza, por meio de combinações harmônicas de ingredientes e embalagens. Uma experiência sensorial resultante de produtos elegantes, sofisticados e com foco na sustentabilidade.

A cada nova loja, cresce o desejo de entregar o que há de melhor em cosméticos e perfumaria nacional. A franqueada Valquiria Proença está com a “família Avatim”, desde 2013, quando abriu sua primeira franquia em Mossoró, região oeste do Estado. “Sou franqueada Avatim há 9 anos, onde tenho uma unidade no Shopping Partage Mossoró. Aos poucos fomos conquistando a preferência e os corações dos mossoroenses, e hoje a empresa é um sucesso em toda região!”, destaca Valquíria. Ela ainda ressalta que trabalhar com a marca é uma experiência única e indescritível, e na capital potiguar, a nova unidade vai trazer novidades ao público consumidor.

A Avatim busca inspiração na biodiversidade brasileira para desenvolver o seu portfólio. Na nova unidade do Midway Mall, o público vai contar com mais de 200 produtos da marca na inauguração. Pioneira no mercado de aromatização de ambientes, a marca combina suas essências em linhas de cuidados pessoais e para a casa: Difusores, perfumes para interiores, essências concentradas, água perfumada para roupas, sabonetes líquidos e em barra, hidratantes e muitos outros. Um dos destaques é a linha de perfumes corporais, onde quatro deles já foram premiados como a melhor fragrância da América Latina.

A empresa não faz testes em animais, não usa parabenos em seus produtos e garante a neutralização anual de suas emissões de carbono. A nova unidade em Natal vai apresentar ao público, um layout moderno, repleto de referências da natureza e com produtos de alta qualidade. O espaço segue o novo padrão de lojas da marca, que reflete a crescente preocupação com a sustentabilidade. “Não vendemos “cheiros”, oferecemos em cada produto Bem Estar através dos aromas! Avatim é realmente um refúgio de Boas Sensações!”, ressaltou Valquiria Proença, franqueada da Avatim no Rio Grande do Norte.

Serviço

Inauguração – Loja Avatim
Local: Midway Mall – Av. Nevaldo Rocha, 3775 – Tirol
Loja 269 – 2º piso (Próximo a Docelândia)
Data: 20/06 – 17h

Fotos: Igor Medeiros

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Avatim inaugura nova unidade no Midway Mal Read More »

Caixa inicia pagamento do Bolsa Família e Auxílio Gás na próxima segunda-feira (17)

Caixa inicia pagamento do Bolsa Família e Auxílio Gás na próxima segunda-feira (17)

Cerca de 658 mil famílias do Rio Grande do Sul recebem os benefícios de forma antecipada, no primeiro dia do calendário

A Caixa inicia, na próxima segunda-feira (17), o pagamento do Bolsa Família e do Auxílio Gás referente ao mês de junho. O crédito será antecipado para 658 mil famílias do Rio Grande do Sul. As parcelas estarão disponíveis para todos os beneficiários do estado no primeiro dia do calendário, independentemente do número do NIS.

Ao todo, mais de 20 milhões de famílias recebem o Bolsa Família e o Auxílio Gás em junho.

Auxílio Gás

O benefício foi criado para mitigar o impacto do preço do gás de cozinha no orçamento das famílias. Atualmente, mais de 5,5 milhões de famílias recebem, bimestralmente, 100% do valor da média nacional do botijão de gás de cozinha de 13 quilos. Em junho, o valor será de R$ 102.

Os pagamentos são realizados de acordo com o final do NIS do beneficiário e seguem o calendário de pagamento do Programa Bolsa Família. As famílias beneficiárias poderão consultar as informações das parcelas nos aplicativos Bolsa Família e Caixa Tem ou pelo telefone 111.

Como sacar

Os beneficiários podem movimentar os valores pelo aplicativo Caixa Tem, não sendo necessário ir até uma agência para realizar o saque.

Pelo aplicativo Caixa Tem é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de mais de nove milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil.

O beneficiário também pode fazer transferências via Pix, além de realizar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas.

Utilizando o aplicativo Caixa Tem também é possível fazer saques nas unidades lotéricas, correspondentes CAIXA Aqui e terminais de autoatendimento, por meio da geração de token diretamente no aplicativo.

Outras informações sobre o pagamento do Bolsa Família podem ser consultadas pelo atendimento CAIXA ao Cidadão, telefone 111, Disque Social 121, aplicativo Bolsa Família e no site da Caixa.

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Caixa inicia pagamento do Bolsa Família e Auxílio Gás na próxima segunda-feira (17) Read More »

Pague Menos inaugura mais uma loja em uma das principais avenidas de Natal

Pague Menos inaugura mais uma loja em uma das principais avenidas de Natal

A abertura foi decorrente da troca de bandeira das lojas Extrafarma no estado

A Pague Menos, segunda maior rede de farmácias do Brasil e a primeira a estar presente em todos os estados da federação, anunciou a inauguração de sua nova loja em Natal. A nova unidade, localizada em uma das principais avenidas da cidade, a Avenida Engenheiro Roberto Freire, contará com serviços e ofertas exclusivas aos clientes, aliando qualidade, agilidade e conveniência em todo o processo de compras.

“O cliente está no centro de todas as nossas decisões e a troca de bandeira é parte de uma estratégia cuidadosa que analisa caso a caso, garantindo o nosso compromisso e melhor experiência aos clientes. Dessa forma, conseguimos sempre trazer as melhores ofertas e oferecer acesso ao nosso hub de saúde, reforçando o nosso compromisso com a qualidade de vida e bem-estar da população brasileira”, explica Jonas Marques, CEO da Pague Menos e Extrafarma.

A nova loja conta também com um consultório farmacêutico do Clinic Farma, refletindo o compromisso da companhia de levar soluções completas que atendam ou superem as necessidades dos seus clientes. A iniciativa pioneira, lançada em 2014, oferece mais de 60 procedimentos entre testes, vacinas e outros serviços de saúde, como testes de dengue, malária, Covid e Influenza, chikungunya, PSA, hepatite C, zika, teste de gravidez Beta HCG, Vitamina D, Hemoglobina glicada, perfil lipídico, anemia, HIV + Sifilis, ácido úrico, TSH, bioimpedência e muito mais, graças a soluções modernas oferecidas por healthtechs.

Outro diferencial da companhia é a sua capilaridade e estrutura omnichannel, que permite a compra de itens pelo app, site Clique&Retire; Prateleira Infinita; lockers e televendas, possibilitando ao cliente comprar como quiser e receber seus produtos como preferir. Atenta às novidades e buscando oferecer uma experiência de compra cada vez melhor, a rede lançou no início de 2024 o canal de compras via WhatsApp, criado em parceria com a Suri by Chatbot Maker, oferecendo ainda mais conveniência e praticidade aos clientes. Outro destaque foi o lançamento do Pague Menos Ads, uma iniciativa da área de Retail Media da Companhia. A iniciativa fortalece o posicionamento da companhia em ter o cliente no centro de suas decisões ao proporcionar alternativas de compras personalizadas e que se ajustam às preferências dos consumidores, especialmente no ramo de saúde, beleza e bem-estar.

Serviço:

Endereço: Avenida Engenheiro Roberto Freire, 1026 – Natal, RN.

Sobre as Farmácias Pague Menos e Extrafarma

A Pague Menos e Extrafarma estão presentes nos 26 estados da Federação e no Distrito Federal. Contam com 1.654 lojas, distribuídas em mais de 400 municípios, com 25,7 mil colaboradores, além de uma plataforma omnichannel, que possibilita ao cliente comprar como quiser e receber seus produtos como preferir. Líderes nas regiões Norte e Nordeste, a Pague Menos e Extrafarma são hoje o Hub de Saúde da classe média expandida, com mais de mil unidades do Clinic Farma em todas as regiões do país.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pague Menos inaugura mais uma loja em uma das principais avenidas de Natal Read More »

Haddad afirma que governo não tem "plano B" para MP do PIS/Cofins

Haddad afirma que governo não tem “plano B” para MP do PIS/Cofins

Ministro dividirá ônus com Congresso para encontrar alternativa

A equipe econômica e o Congresso Nacional dividirão o ônus de encontrarem uma alternativa à Medida Provisória (MP) 1.227, disse há pouco o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Com trechos devolvidos ao governo pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, a MP limitava as compensações do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

“Nós não temos [um plano B, outra proposta]. E estamos preocupados porque identificamos fraudes nas compensações de PIS/Cofins. Então, vamos ter de construir também uma alternativa para o combate às fraudes, que essa seria uma saída, mas eu já estou conversando com alguns líderes para ver se a gente encontra um caminho”, disse Haddad a jornalistas.

O ministro disse que tais tipos de negociações ocorreram no ano passado, com a Medida Provisória 1.185, que limitava o uso de incentivos fiscais estaduais para diminuir o pagamento de Imposto de Renda, e com a MP 1.202, que buscava revogar a desoneração da folha de pagamento e a contribuição à Previdência por pequenos municípios.

Nas duas ocasiões, o Congresso incorporou trechos das medidas provisórias a projetos de lei em regime de urgência. No entanto, não chegou a haver devolução dos textos ao governo.

O ministro ofereceu os técnicos da Receita Federal ao Senado para negociar um texto alternativo à medida provisória devolvida. “O Senado assumiu uma parte da responsabilidade por tentar construir uma solução, pelo que eu entendi da fala do próprio presidente Rodrigo Pacheco, mas nós vamos colocar toda a equipe da Receita Federal à disposição do Senado para a gente tentar construir uma alternativa, uma vez que tem um prazo exíguo e que precisa encontrar uma solução”, declarou Haddad.

Supremo

Por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), o governo e o Congresso têm 60 dias para encontrarem uma fonte de receita para compensar o prolongamento da desoneração da folha de pagamento a 17 setores da economia. Os Poderes Executivo e Legislativo também precisam compensar a redução, de 20% para 8%, da contribuição à Previdência pelas prefeituras de cidades com até 126 mil habitantes.

Sobre uma eventual reoneração da folha de pagamento e dos pequenos municípios caso as negociações não deem resultado, Haddad disse que qualquer pergunta deve ser feita ao STF.

Fraudes

O ministro justificou a edição da MP 1.227 porque a Receita Federal detectou até R$ 25 bilhões por ano em suspeitas de fraude no uso de compensações de PIS/Cofins. As compensações tributárias são um mecanismo por meio dos quais as empresas obtêm descontos em tributos pagos a mais ao longo da cadeia produtiva. No entanto, brechas e exceções na legislação permitem que as companhias, por exemplo, usem créditos de PIS/Cofins para abater o pagamento de Imposto de Renda.

“Vários empresários fazem o uso indevido das compensações, ao declarar créditos ilegítimos não reconhecidos pela Receita Federal”, justificou o ministro. Ele, no entanto, lembrou que nem todos os casos são fraudes. “Vamos responsabilizar criminalmente quem frauda dolosamente. Não o sujeito que por falta de dinheiro não conseguiu recolher imposto ou porque se enganou, não estamos falando disso”, acrescentou.

Embora tenha devolvido ao governo o trecho que restringia as compensações de PIS e de Cofins, Pacheco manteve a parte que obrigará as empresas a declararem, num sistema informatizado, os incentivos fiscais que recebem. Haddad disse que a manutenção desse trecho ajudará o governo. “Essas medidas servem para os contribuintes explicarem o que estão fazendo, dizer em que lei está fundamentando a prevenção, o que facilita a fiscalização”, afirmou.

Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Haddad afirma que governo não tem “plano B” para MP do PIS/Cofins Read More »

Casas Bahia oferece vagas exclusivas para PCD no RN

Casas Bahia oferece vagas exclusivas para PCD no RN

As oportunidades são para os cargos de assessor(a) de vendas e vendedores

O Grupo Casas Bahia, em uma iniciativa voltada para a inclusão, está disponibilizando vagas de emprego exclusivas para pessoas com deficiência (PCD) no estado do Rio Grande do Norte. As oportunidades são para os cargos de assessor(a) de vendas e vendedores, com diversas posições abertas nas lojas da região.

Além das lojas no RN, também há vaga disponíveis nos demais estados do Nordeste do Brasil. As oportunidades estão disponíveis em lojas localizadas em Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, e Sergipe.

Requisitos e benefícios para os candidatos PCD

Para se candidatar, os interessados devem ter no mínimo 18 anos, experiência na área comercial e disponibilidade para trabalhar em escala 6×1. Além disso, é necessário apresentar um laudo médico que comprove a deficiência, visto que as vagas são destinadas exclusivamente a PCD.

Entre os benefícios oferecidos pela empresa estão convênio médico e odontológico, vale-transporte, cartão alimentação, participação nos lucros e resultados (P.L.R.), parcerias com academias, enxoval para bebê, licença maternidade e paternidade estendida, seguro de vida e descontos em produtos e serviços diversos, como universidades, entretenimento e viagens.

Compromisso com a diversidade e inclusão no mercado de trabalho

O Grupo Casas Bahia reforça seu compromisso com a diversidade e inclusão no ambiente de trabalho, buscando integrar pessoas com deficiência de maneira equitativa e oferecer oportunidades de crescimento e desenvolvimento profissional. A empresa acredita na importância de um ambiente inclusivo, onde todos os colaboradores possam se sentir valorizados e respeitados.

Processo de inscrição e informações adicionais

As inscrições para as vagas podem ser realizadas através do link oficial: https://bit.ly/casasbahianordeste. O Grupo Casas Bahia está presente em mais de 400 municípios, com uma rede logística robusta que conecta cerca de 1.100 lojas físicas e 29 centros de distribuição, atendendo aproximadamente 97 milhões de clientes. A empresa investe continuamente em ações que promovem a inclusão e a diversidade, destacando-se como uma das principais plataformas de relacionamento e consumo do Brasil.

Sobre o Grupo Casas Bahia

O Grupo Casas Bahia é uma das maiores e mais reconhecidas redes de varejo do Brasil, com uma forte presença no e-commerce e lojas físicas. Além das marcas Casas Bahia e Ponto, o grupo opera o Extra.com.br, oferece soluções financeiras através do banQi, fabrica móveis pela Bartira e realiza entregas com a logtech Asap Log. Com mais de 31 mil colaboradores, a companhia se dedica a proporcionar a melhor experiência de compra para seus clientes, investindo em produtos, serviços, soluções financeiras e logística de alta tecnologia. Desde 2013, o Grupo Casas Bahia possui capital aberto na B3, mantendo um papel significativo no mercado brasileiro.

Foto: Divulgação/Via Varejo

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Casas Bahia oferece vagas exclusivas para PCD no RN Read More »

Pacheco decide devolver texto de MP do PIS/Cofins ao governo

Pacheco decide devolver texto de MP do PIS/Cofins ao governo

Senador diz que medida tem pontos que ferem princípios constitucionais

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) anunciou nesta terça-feira (11) que vai devolver ao governo federal a medida provisória (MP) que restringe as compensações do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Segundo o senador, alguns pontos da MP ferem princípios constitucionais como segurança jurídica e previsibilidade.

“O que se observa nessa MP é que há uma inovação com alterações de regras tributárias que geram um enorme impacto ao setor produtivo nacional, sem que haja observância da regra constitucional da noventena na aplicação sobretudo dessas compensações do PIS e da Cofins”, explicou Pacheco, que também preside o Congresso Nacional.

Na avaliação do senador, a MP descumpre o Artigo 195, Parágrafo 6º da Constituição Federal, que exige um prazo de 90 dias para mudanças em contribuições sociais, o que não se observa na MP.

“Em matéria tributária vigoram alguns princípios que são muito caros para conferir segurança jurídica, previsibilidade, ordenação de despesas e a manutenção de setores produtivos. E um desses princípios é o de anterioridade e anualidade em matéria tributária e no caso de contribuições, a exigência de que contribuições devam cumprir essa noventena”.

Ontem (10), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, havia dito que o governo está disposto a negociar com o Congresso itens como os prazos para adaptação às novas regras.

A MP faz parte das medidas anunciadas pelo governo para compensar a perda de receitas com o acordo que manteve a desoneração da folha de pagamento para 17 setores da economia e para pequenos municípios este ano. O governo propôs restringir o uso de créditos tributários do PIS/Cofins para o abatimento de outros impostos do contribuinte e colocou fim no ressarcimento em dinheiro do crédito presumido. A previsão da equipe econômica era de aumento de arrecadação de R$ 29,2 bilhões este ano para os cofres da União.

Segundo Pacheco, com a devolução ao governo, todos os efeitos da MP serão cessados imediatamente.

Foto: Pedro Gontijo/Senado Federal

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Pacheco decide devolver texto de MP do PIS/Cofins ao governo Read More »

Governo anula leilão e cancela compra de arroz importado

Governo anula leilão e cancela compra de arroz importado

Secretário pediu demissão após suspeitas de conflito de interesses

O governo federal decidiu anular o leilão realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no último dia 6 de maio e cancelou a compra das 263,3 mil toneladas de arroz que seriam importadas para o país. A informação é do presidente da Conab, Edegar Pretto, e dos ministros da Agricultura, Carlos Fávaro, e do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta terça-feira (11), no Palácio do Planalto.

Segundo Fávaro, a avaliação do governo é que, do conjunto das empresas vencedoras do leilão, uma maioria tem “fragilidades”, ou seja, “não tem capacidade financeira de operar um volume financeiro desse tamanho”. As mais de 260 mil toneladas de arroz arrematadas correspondem a 87% das 300 mil toneladas autorizadas pelo governo nesta primeira operação. No total, mais de R$ 7 bilhões foram liberados para a compra de até 1 milhão de toneladas.

“A gente tem que conhecer a capacidade [das empresas], é dinheiro público e que tem que ser tratado com a maior responsabilidade”, disse Fávaro, explicando que nenhum recurso chegou a ser transferido na operação.

As empresas participam do leilão representadas por corretoras em Bolsas de Mercadorias e Cereais e só são conhecidas após o certame. Um novo edital será publicado, com mudanças nos mecanismos de transparência e segurança jurídica, mas ainda não há data para o novo leilão.

Conflito

Também nesta terça-feira, o secretário de Política Agrícola do Mapa, Neri Geller, pediu demissão após suspeitas de conflito de interesse. Matéria do site Estadão informa que o diretor de Abastecimento da Conab, Thiago dos Santos, responsável pelo leilão, é uma indicação direta do secretário. Além disso, a FOCO Corretora de Grãos, principal corretora do leilão, é do empresário Robson Almeida de França, que foi assessor parlamentar de Geller na Câmara e é sócio de Marcello Geller, filho do secretário, em outras empresas.

O ministro Fávaro confirmou que aceitou a demissão do secretário. “Ele [Geller] fez uma ponderação que, quando o filho dele estabeleceu a sociedade com esta corretora lá de Mato Grosso, ele não era a secretário de Política Agrícola, portanto, não tinha conflito ali. E que essa empresa não está operando, não participou do leilão, não fez nenhuma operação, isto é fato. Também não há nenhum fato que desabone e que gere qualquer tipo de suspeita, mas que, de fato, isso gerou um transtorno e, por isso, ele colocou hoje de manhã o cargo à disposição”, explicou Fávaro.

Preço do arroz

O objetivo da importação do arroz é garantir o abastecimento e estabilizar os preços do produto no mercado interno, que tiveram uma alta média de 14%, chegando em alguns lugares a 100%, após as inundações no Rio Grande do Sul em abril e maio deste ano. O estado é responsável por cerca de 70% do arroz consumido no país. A produção local foi atingida tanto na lavoura como em armazéns, além de ter a distribuição afetada por questões logísticas no estado.

De acordo com Fávaro, a diferença entre o que é produzido e o que é consumido no Brasil é muito apertada. “Ninguém disse que não tem arroz no Brasil, mas é muito justo. Ontem saíram dados da Serasa que preveem uma quebra de 500 mil toneladas [na produção]. Para aquilo que é justo, já ficar faltando. E é determinação do presidente que isso não reflita na mesa dos mais humildes é um alimento básico da população brasileira”, disse o ministro da Agricultura.

Novo leilão

A Conab chegou a convocar a Bolsa de Cereais e Mercadorias de Londrina e a Bolsa de Mercadorias do Mato Grosso para apresentarem as comprovações das empresas, após dúvidas e repercussões com o resultado do leilão. Os documentos exigidos são capacidade técnica dos arrematantes; capacidade financeira, com as demonstrações financeiras dos exercícios de 2022 e 2023; regularidade legal para enquadramento nas regras do leilão da Bolsa e dos arrematantes e participação dos sócios da Bolsa e dos arrematantes dos lotes em outras sociedades.

O governo vai, agora, construir um novo edital, com a participação da Controladoria-Geral da União (CGU) e da Advocacia-Geral da União (AGU) para que essa análise das empresas participantes ocorra antes da operação.

“O presidente Lula participou dessa decisão de anular esse leilão e proceder um novo leilão, mas aperfeiçoado do ponto de vista de suas regras, por isso que a CGU e AGU participarão, e a Receita Federal também, da elaboração desse novo leilão, juntamente com a Conab para garantir que ele esteja em outras bases”, disse o ministro Paulo Teixeira. “Nós vamos proceder um novo leilão, não haverá recuo dessa decisão tendo em vista que é necessário que o arroz chegue na mesa do povo brasileiro a um preço justo”, acrescentou.

Segundo o ministro do Desenvolvimento Agrário, algumas empresas que também venceram o leilão são consistentes, entendem que a anulação é necessária e participarão do certame quando ele acontecer novamente. “Todas as medidas serão adotadas, de modernização desse processo, de cautelas que esse leilão deva adotar e, rapidamente, a Conab vai anunciar um novo leilão”, destacou.

O presidente da Conab contou que a companhia não fazia esse modelo de importação via leilão de arroz desde 1987 e que ela foi adotada, exclusivamente, em razão da emergência no Rio Grande do Sul.

“A partir da revelação de quem são as empresas vencedoras começaram os questionamentos se, verdadeiramente, elas teriam capacidade técnica e financeira para honrar os compromissos de um volume expressivo de dinheiro público. Com todas as informações que nós reunimos […] decidimos anular esse leilão e vamos revisitar os mecanismos que são estabelecidos”, reafirmou Pretto.

“A gente não pode, de forma alguma, colocar dinheiro público se tiver qualquer fragilidade ou dúvida de um processo como esse. Nós queremos ter mecanismos que a gente possa dizer com clareza: as empresas que participaram, que deram lance,, que venceram, elas têm capacidade de honrar esse compromisso”, completou o presidente da Conab.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Governo anula leilão e cancela compra de arroz importado Read More »

Começam inscrições para concurso fotográfico “Belezas Naturais do Nordeste”

Começam inscrições para concurso fotográfico “Belezas Naturais do Nordeste”

Concurso promovido pela Central Sicredi Nordeste convida participantes a lançarem um olhar sobre a natureza exuberante e diversa da região

Foi iniciado o período de inscrições para o concurso fotográfico “Nossos Retratos”, promovido pela Central Sicredi Nordeste em todos os estados da região. O concurso, que neste ano tem como tema “Belezas Naturais do Nordeste”, segue com inscrições abertas no site (https://sicredine.com.br/concursofotografico/) até o dia 12 de julho.

A edição de 2024 marca os 18 anos de realização do concurso. E é precisamente para valorizar as riquezas naturais da região que a cooperativa convida todos os seus associados a enviarem imagens de praias, jardins, cachoeiras, rios, parques naturais, paisagens com animais típicos da região, nascer e pôr do sol e outras que entendam representar as belezas naturais do Nordeste.

“O Concurso Fotográfico é uma promoção cultural destinada a todos os associados Sicredi da nossa região. É uma ação que reforça nosso compromisso de valorização e relacionamento com quem tem o Sicredi como sua instituição financeira”, explica Jackmary Borges, Coordenadora de Comunicação e Marketing da Central Sicredi Nordeste.

Pode participar do concurso qualquer pessoa com mais de 18 anos associada a uma das cooperativas do Sicredi descritas no Regulamento (https://sicredine.com.br/concursofotografico/regulamento.php). Os interessados devem enviar imagens que retratem os cenários naturais de seu estado, como as praias que banham o litoral nordestino, assim como outras belezas naturais da região.

Premiação

Os três primeiros colocados no concurso, que serão escolhidos por uma comissão julgadora formada por três fotógrafos profissionais, serão contemplados com prêmios: um iPhone 15 Pro Max 128GB para o 1º colocado, um Notebook Dell Inspirion 15 para o 2º e um Galaxy Tab S9 FE + para o 3º lugar.

“Além dos prêmios para os primeiros colocados, nós contemplamos todos os autores das 24 fotos vencedoras no Concurso com troféus personalizados e proporcionamos a eles que suas fotografias sejam impressas no nosso calendário regional do ano subsequente, que possui uma tiragem de mais de 210 mil unidades distribuídas nos 9 estados do Nordeste”, acrescenta Jackmary Borges.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Começam inscrições para concurso fotográfico “Belezas Naturais do Nordeste” Read More »

Mercado aumenta projeção do PIB para 2024

Mercado aumenta projeção do PIB para 2024

Produto Interno Bruto deve fechar o ano em 2,09%

O mercado financeiro elevou a previsão para o crescimento da economia este ano. Segundo o boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (10) pelo Banco Central (BC), o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) fechará 2024 em 2,09%, o mesmo índice de quatro semanas atrás. Na semana passada, a estimativa foi de que o crescimento ficasse em 2,05%. Para 2025 e 2026 a previsão é de um crescimento de 2%.

O mercado financeiro também elevou a projeção de inflação para este ano de 3,88%, na semana passada, para 3,9%. Há quatro semanas a projeção do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 3,76%

A estimativa para 2024 está dentro do intervalo da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. Definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), a meta é de 3%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior é 1,5% e o superior, 4,5%.

O Focus traz as previsões de economistas e analistas de mercado financeiro consultados pelo BC. Para 2025, os analistas também elevaram a projeção de inflação que passou de 3,77% para 3,78%.

Para 2026, a previsão é de que a inflação fique em 3,6% e, em 2027, em 3,5%.

O boletim manteve a previsão da taxa básica de juros, a Selic, para este ano. Segundo o Focus, a Selic deve fechar 2024 em 10,25%. Atualmente a taxa está em 10,5%.

Há quatro semanas a previsão do mercado era que o índice ficasse em 9,75%.

Os analistas mantiveram a previsão do câmbio para 2024 em R$ 5,05. Há quatro semanas a previsão era de que a moeda norte-americana ficasse em R$ 5,00.

Para 2025, a projeção é de que o dólar permaneça em R$ 5,05. Para 2026, a estimativa é de que o câmbio feche em R$ 5,10 e para 2027, em R$ 5,11.

Foto: José Paulo Lacerda/Confederação Nacional da Indústria CNI/Ilustração

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Mercado aumenta projeção do PIB para 2024 Read More »

Jornal afirma que Assembleia Legislativa deve voltar a debater aumento do ICMS no RN

Jornal afirma que Assembleia Legislativa deve voltar a debater aumento do ICMS no RN

A política salarial para servidores públicos está condicionada ao retorno da alíquota de 20% do ICMS

A discussão sobre a alíquota de 20% para o ICMS no Rio Grande do Norte, que parecia encerrada, pode voltar à pauta. As informações foram publicadas nesta segunda-feira (10.jun.2024), pelo Novo. Segundo o jornal, o governo do Estado está preparando um projeto que cria uma política salarial para o funcionalismo público, condicionando-a ao comportamento da arrecadação equiparável ao período em que a alíquota do ICMS era de 20%.

Em dezembro de 2023, os deputados estaduais rejeitaram a manutenção desse percentual, fazendo com que o estado retornasse à alíquota de 18%, em contraste com a decisão de muitos outros estados, como a Paraíba. Agora, o debate legislativo deverá incluir novos elementos além da pressão dos setores empresariais e da polarização política.

Os servidores públicos, especialmente das áreas de segurança e saúde, deverão pressionar os deputados, pois os acordos salariais firmados dependem do aumento da arrecadação. Em uma eventual nova votação sobre a alíquota de 20%, votar contra pode significar a rejeição dos reajustes salariais para os servidores, um aspecto que não passará despercebido pelos eleitores.

Uma fonte não ligada à base governista teria informado ao jornal sobre a possível reabertura dessa discussão na Assembleia Legislativa. Documentos apresentados aos deputados destacam a importância de garantir o poder de compra dos servidores públicos, conforme o Artigo 37, X, da Constituição Federal, que assegura a revisão anual da remuneração.

Atualmente, o Rio Grande do Norte é o estado brasileiro com maior percentual de receitas comprometidas com pagamento de salários, superando os limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) há pelo menos uma década. Em 2024, no primeiro quadrimestre, o estado comprometeu 56,86% da receita corrente com gastos de pessoal.

A lei 178/2021, sancionada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro, será uma aliada nessa reestruturação fiscal. A legislação exige a redução de gastos com pessoal em pelo menos 10% ao ano até 2032. A política salarial do RN será sustentada por um mecanismo semelhante ao teto de gastos, limitando o crescimento das despesas de pessoal a 80% do crescimento da receita corrente líquida.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Jornal afirma que Assembleia Legislativa deve voltar a debater aumento do ICMS no RN Read More »

Praia Shopping celebra Dia dos Namorados com show especial gratuito

Praia Shopping celebra Dia dos Namorados com show especial gratuito

Além da programação de lazer e entretenimento o Praia Shopping lançou uma promoção especial para os clientes

Qual seria a programação ideal para você curtir o Dia dos Namorados? Jantar a dois, show, cineminha? No Praia Shopping a noite dos apaixonados será especial e combina música ao vivo, cinema e opções gastronômicas variadas, criando o ambiente perfeito para celebrar o amor.

No dia 12 de junho, a partir das 19h, a praça de alimentação do Praia Shopping será transformada com uma decoração romântica, criando o ambiente perfeito para a noite dos namorados. O destaque da noite será a apresentação musical do artista Webster Gratidão, que promete embalar os casais com uma performance especial e repleta de romantismo. No Moviecom, no dia 12, estará em vigor a promo “Todo Mundo Paga Meia”, proporcionando ao público a opção de curtir um bom filme a dois.

Praia Shopping celebra Dia dos Namorados com show especial gratuito

Além da programação de lazer e entreternimento o Praia Shopping lançou uma promoção especial para os clientes. A partir do dia 4 de junho, quem realizar compras a partir de R$ 249,00 ganhará uma caixinha de BEIJOS da Cacau Show. Esta doce lembrança, contendo deliciosas gotinhas de chocolate em dois sabores, é o presente ideal para incrementar ainda mais o Dia dos Namorados.

De acordo com a gerente geral do Praia Shopping, Danielle Leal, a expectativa é de um incremento de 5% nas vendas durante o período da campanha de Dia dos Namorados. “Nosso objetivo com a campanha e ações é exaltar o amor em todas as suas formas e idades, celebrando o gesto do beijo. Estamos confiantes de que nossa programação especial e as promoções atrairão um grande público e proporcionarão uma noite inesquecível para os casais”, afirma Danielle.

Serviço:

Data: 12 de junho
Horário: A partir das 19h
Local: Praça de Alimentação do Praia Shopping
Atração Musical: Webster Gratidão

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Praia Shopping celebra Dia dos Namorados com show especial gratuito Read More »