Após ameaça de greve, Sintro e empresas vão negociar no TRT

Após ameaça de greve, Sintro e empresas vão negociar no TRT

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro-RN) e os representantes das empresas de ônibus de Natal vão se reunir ainda esta semana junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para discutir os detalhes sobre o dissídio coletivo dos motoristas e cobradores de ônibus. Uma greve dos trabalhadores do setor chegou a ser anunciada para a última segunda-feira (11.out.2021), que não se concretizou. A expectativa ficou para que os motoristas cruzassem os braços nesta quarta-feira (13.out.2021), após o feriado, mas o sistema de transportes da capital segue funcionando normalmente no dia de hoje.

A greve de motoristas foi anunciada após fracasso nas negociações de reajuste salarial com os donos das empresas de ônibus. O edital da greve foi publicado na sexta-feira (8.out.2021) pelo Sintro. Os trabalhadores querem o cumprimento das datas-bases salariais referentes aos anos de 2021 e 2020, que estava prevista para acontecer em maio passado, mas que, segundo o Sintro, ainda não foram implementadas até o momento pelas empresas de ônibus de Natal.

Os rodoviários querem que o reajuste seja o equivalente à inflação acumulada (IPCA) para os últimos 12 meses, que é 9,68%, segundo dados de agosto do IBGE. O piso dos motoristas atualmente é de R$ 2,110. Além disso, os rodoviários também reivindicam a recomposição do vale-alimentação.

Após ameaça de greve, Sintro e empresas vão negociar no TRT

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.