Argentina anuncia congelamento de preços por 90 dias para 'controlar a inflação' - Por dentro do RN
Argentina anuncia congelamento de preços por 90 dias

Argentina anuncia congelamento de preços por 90 dias para ‘controlar a inflação’

A Argentina anunciou o congelamento de preços de mais de mil produtos da cesta básica em uma tentativa de conter a inflação. O prazo é de 90 dias. O anúncio foi feito pelo governo do país, que tem um dos índices mais altos do mundo. Em 2021, a inflação na Argentina acumula 37%. “O congelamento de preços desses 1.247 produtos será uma âncora para a inflação”, afirmou ontem o secretário de Comércio Interior, Roberto Feletti.

Segundo Felleti, os preços dos produtos, que correspondem a alimentação e limpeza, devem recuar até 1º de outubro e permanecer inalterados até 7 de janeiro. “O fundamental é frear a inflação e garantir um trimestre de muito consumo”, disse o secretário à rádio El Uncover.

Foto: Casa Rosada/Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado Vulcão Cumbre Vieja em La Palma não dá sinais de abrandamento Cocaína no Ceará tem tudo, menos o princípio ativo da droga