RN já registrou pelo menos 259 ataques nos últimos cinco dias; 106 suspeitos foram presos

RN já registrou pelo menos 259 ataques nos últimos cinco dias; 106 suspeitos foram presos

Segundo a polícia, as ações são comandadas por uma facção criminosa

Desde que começou a onda de violência no Rio Grande do Norte, pelo menos 259 ataques já foram confirmados do estado. Segundo a polícia, as ações são comandadas por uma facção criminosa. As informações foram divulgadas neste sábado (18.mar.2023).

Com base em dados do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública Regional – Nordeste e da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE), da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), a terça-feira (14.mar.2023), dia em que foi registrada a primeira ocorrência no Estado, foram enumerados 103 atos criminosos em todo o Rio Grande do Norte. Para a quarta-feira (15.mar.2023), este número caiu para 67 ocorrências, redução em 35%. No dia seguinte, quinta-feira (16.mar.2033), foram 56 ataques, queda de 16% em relação ao dia anterior.

A diminuição seguiu na sexta-feira (17.mar.2023), o quarto dia de ocorrências, quando a COINE aponta 26 atos criminosos. Quando comparado o primeiro dia de ocorrências, aquele que houve maior volume de registros, e o último dia completo analisado, a estatística aponta redução em 74,5%, segundo o Governo do Estado.

Entretanto, apesar da redução nas estatísticas criminais neste período, o efetivo de apoio continua chegando ao Rio Grande do Norte. Até o início deste sábado (18.mar.2034), são 455 agentes de segurança pública cedidos para dar apoio ao trabalho das forças estaduais.

Para o enfrentamento aos atos criminosos, o Estado teve suporte em efetivo enviados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, com apoio da Força Nacional, da Polícia Rodoviária Federal, e dos estados do Ceará e da Paraíba. Novos militares deverão chegar nos próximos dias.

Até o momento, as forças de segurança pública do Rio Grande do Norte contabilizam 106 prisões, incluindo 18 presos na Operação Normandia, deflagrada pela Polícia Civil e pela Polícia Federal na sexta-feira (17.mar). São 31 armas apreendidas, 87 artefatos explosivos, 23 galões de gasolina, além de veículos, dinheiro, drogas e munições apreendidas.

Foto: Sandro Menezes/Governo do RN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal