Gesto supremacista no Senado

Autor de gesto supremacista, assessor de Bolsonaro vira réu

Filipe Martins, assessor do presidente Jair Bolsonaro para assuntos internacionais, virou réu por ter feito gesto supremacista durante sessão no Senado Federal.

Filipe Martins, assessor do presidente Jair Bolsonaro para assuntos internacionais, virou réu pela prática do crime de racismo ao fazer um gesto supremacista durante sessão do Senado. O fato ocorreu no dia 24 de março. Filipe foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) no último dia 8. O gesto é utilizado por grupos que acreditam que a raça branca é superior que qualquer outra raça.

A denúncia foi aceita pela 12ª Vara de Justiça Federal, do Distrito Federal. A peça se baseou em informações reveladas em inquérito conduzido pela Polícia Legislativa do Senado. Filipe poderá responder, segundo a lei de crimes raciais, por ter praticado e induzido a discriminação e o preconceito de raça. Ele pode ser condenado à prisão, ao pagamento de multa mínima de 30.000 reais e à perda de cargo público.

Foto: Reprodução/Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado