Galvão Filho

Projeto Seis & Meia: Galvão Filho e o retorno da boa música aos palcos potiguares

A abertura da nova fase do Projeto Seis & Meia fica por conta de Mônica Jucá; Galvão Filho homenageia Dominguinhos em noite especial.

Confesso que fiquei feliz ao saber do retorno do Projeto Seis & Meia à cena cultural de Natal. É certo que a pandemia do novo coronavírus, que continua a tirar de nós os nossos entes queridos sem cerimônias, ainda nos exige cautela; mas o retorno desse grande evento a Natal me fez relembrar das maravilhosas terças-feiras musicais no Teatro Alberto Maranhão, espaço este que em breve voltará para público carente do seu mais antigo equipamento cultural, em silêncio desde 2015.

O últimos shows aos quais assisti ocorreram na temporada em 2015, a derradeira antes do fechamento do nosso teatro, com os saudosos Tunai e Vander Lee; mas também me lembro da magnífica Elza Soares, que assim como outros grandes nomes da nossa música, presenteou o público natalense com seu show em 2009 pelo Projeto.

Outros tempos, é claro; e que tempos bons. Mas como diz o ditado, é pra frente que se anda. Tanto andamos que cá estamos, com a volta deste grande projeto para a capital, de onde nunca deveria ter saído; já que começou aqui e espalhou-se para o resto do Nordeste a partir daqui. Em 2021, o Projeto Seis & Meia comemora 25 de existência em solo potiguar.

Nova abordagem, essência de sempre

Sob a batuta do competente Amaury Veríssimo Júnior, a nova fase do Projeto vai dar ênfase aos artistas potiguares que já se apresentaram no Seis & Meia no passado. A ideia, de acordo com o diretor executivo da Idearte, é que os artistas da terra homenageiem os grandes ícones da MPB que também já passaram pelos palcos do Teatro Alberto Maranhão nem edições anteriores. Porém, como destaca o produtor cultural, “nada impede que sejam dadas oportunidades aos novos artistas durante os períodos de janela”, diz.

E, para dar início à nova fase do Projeto Seis & Meia em Natal, ninguém melhor que o ilustríssimo Galvão Filho homenageando Dominguinhos. Antes dele, Monica Jucá se encarrega de fazer soar, com sua voz potente, as primeiras notas na estrutura montada no Praia Shopping.

Um detalhe que ninguém nunca perguntou e eu vou dizer agora é que eu nasci e fui criado na mesma “Avenida 10” de Galvão Filho, Babal, Fernando João e Omar. Vivi 26 dos 29 anos que tenho agora. Enquanto eles se divertiam há alguns muitos anos à altura do número 1631 da rua dos Paianazes, no Alecrim, o Gustavo (este que vos escreve) criança se divertia e fazia suas artes à altura do número 1795 da mesma rua, há não tanto tempo assim.

Programação

Digressões à parte, o Projeto Seis & Meia será exibido integralmente pelo canal da Band RN no YouTube, a partir desta terça-feira, 6, às 18h30; e obedecerá a todos os critérios de biossegurança para promover um ambiente seguro e livre da Covid-19 a todos os envolvidos.

Foto: Divulgação/Projeto Seis & Meia

Já aos sábados, a exibição dos melhores momentos fica por conta da Band Natal, na TV, das 18h50 às 19h20. E eu não preciso dizer que essa eu não perco por nada porque eu não perco mesmo. Além do empenho da Idearte Produções no retorno do Seis & Meia, nada disso seria possível sem o apoio da Prefeitura de Natal, por meio da Lei de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão, que permitiu à Unimed Natal e ao Grupo Dunas abraçarem a volta da boa música para os palcos da capital potiguar.

O sucesso dessa nova jornada também não seria possível sem o apoio cultural do Sistema Fecomércio/Sesc, do Instituto de Radiologia de Natal, do NatalCard e do Seturn; além do Praia Shopping, que servirá de palco para os artistas potiguares que se apresentarão no decorrer das terças-feiras a partir de hoje.

Vida longa ao Projeto Seis & Meia!

Foto: Reprodução/Tribuna do Norte

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Sobre Gustavo Guedes, colunista do Por Dentro do RN

Gustavo Guedes escreve texto sobre o Universo Genial

Gustavo Guedes tem 29 anos, é jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Escreve quando quer, o que quer e do jeito que bem entende. Mas se interessa pela área musical, Astronomia, serpentes e tem uma simpatia por aviões; e tudo mais que o ajude a sair do tédio. É proibida a reprodução total ou parcial deste texto sem autorização do autor e sem a inserção dos créditos, de acordo com a Lei nº 9610/98.
Instagram: @gustavoguedesv
Twitter: @gstvgds

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.