‘Não contribui em nada’, diz general Santos Cruz sobre nota das Forças Armadas

Santos Cruz

O ex-ministro da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, disse que manifestações como a nota feita pelos comandantes das Forças Armadas “não contribuem em nada” para o ambiente institucional do país. De acordo com o general, que também criticou as afirmações do presidente Jair Bolsonaro sobre a chance de não haver eleições no ano que vem sem voto impresso, é necessário que ocorra uma “reação forte” da sociedade e das instituições contra a ameaça feita pelo chefe do Executivo.

“Não pode haver essa manifestação institucional. Quando ela acontece, acarreta mais desgaste ainda. O que estamos vivendo é um contexto, manifestações, que não contribuem em nada. Trazem só instabilidade, trazem só alarmismo”, disse Santos Cruz, ao ser questionado sobre o papel dos militares para garantir a democracia.

O ex-ministro se referia à carta dos chefes militares e do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, divulgada após o presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), citar o termo “banda podre” de militares no Ministério da Saúde. O ex-ministro também falou que o governo está desequilibrado em relação ao número de militares, o que fez o executivo estimular a nomeação de integrantes das Forças Armadas, “mas isso não é bom porque começou um desgaste político”, afirmou.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal