Votação da PEC do Voto impresso

Deputados pró-Bolsonaro conseguem adiar votação da PEC do Voto Impresso

Os deputados que compõem a base aliada do governo Bolsonaro conseguiram adiar a votação da PEC do Voto Impresso no último dia antes do recesso parlamentar. A sessão foi tumultuada, marcada por alegações de falhas tecnológicas no sistema de votação remota e bate-boca entre deputados; e os governistas agiram como puderam para conseguiram adiar a votação do tema.

O tema é uma das principais bandeiras políticas do governo Bolsonaro, e a proposta de adiamento da votação ocorreu após a base aliada perceber que a proposta seria rejeitada pela maioria na comissão especial da Câmara que analisa o assunto.

Depois de anunciar a decisão, o presidente do colegiado, Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), afirmou que o parecer será apreciado no dia 5 de agosto, com a volta dos trabalhos no Legislativo federal. A justificativa oficial para o adiamento foi um pedido do relator, Filipe Barros (PSL-PR), que cobrou mais tempo para fazer alterações em seu parecer.

Durante a votação da PEC do Voto Impresso na comissão, o governo colocou sua tropa de choque em campo para evitar a derrota. O líder do governo, deputado deputado Ricardo Barros (PP-PR), se mobilizou para orientar a base a votar a favor da retirada de pauta do tema, mas o requerimento foi derrotado. Por isso, o relator Filipe Barros recorreu à outra manobra e disse que queria fazer “ajustes” no texto. O presidente da comissão, Paulo Eduardo Martins, acatou o pedido.

A aprovação na comissão é o passo mais importante para a proposta, sem a qual a discussão não poderá avançar para os plenários da Câmara e do Senado.

Foto: Eduardo G. de Oliveira/Agência ALESC

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado