Encontros Dialógicos Decoloniais: direitos humanos, mobilizações e resistência na América Latina são temas de evento na UFRN - Por dentro do RN
Encontros Dialógicos Decoloniais 2

Encontros Dialógicos Decoloniais: direitos humanos, mobilizações e resistência na América Latina são temas de evento na UFRN


Ação de extensão “Encontros Dialógicos Decoloniais: vidas e vozes que importam” terá participação de pesquisadores, pensadores e ativistas de países da América Latina, buscando contribuir com o debate sobre o enfrentamento das desigualdades e discriminações históricas contra os povos latino-americanos.

Com o objetivo de contribuir com o processo de enfrentamento das desigualdades e discriminações históricas contra os povos latino-americanos, agravadas no atual cenário da pandemia de Covid-19, na próxima sexta-feira (23/07) terá início a terceira edição do projeto “Encontros Dialógicos Decoloniais: vidas e vozes que importam”, organizado pelo Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Decom/UFRN). O encontro é aberto ao público e os debates vão acontecer durante os meses de julho e agosto, todas as sextas-feiras, das 10h às 12h, pela plataforma digital Google Meet. O link para as inscrições pode ser solicitado pelo e-mail ([email protected]) ou realizadas diretamente pelo portal SigEventos do Sigaa (https://abre.ai/encontrosdialogicosdecoloniais).

As mesas serão sempre formadas por um/uma representante brasileiro(a) e outro/a de países da América Latina. Ativistas, acadêmicos/as, lideranças de movimentos sociais, estudantes e pesquisadores/as vão discutir sobre alternativas de descolonização dos povos e países, bem como as formas de resistência às opressões materiais e simbólicas que a região vem sofrendo ao longo dos séculos.

Encontros Dialógicos Decoloniais
Foto: Divulgação

O primeiro encontro, marcado para a próxima sexta-feira (23/07), é intitulado “América Latina e os desafios para a liberdade de expressão nessa década 2020/2030” e será integrado pelo Relator Especial para La Libertad de Expresión de la Comisión Interamericana de Derechos Humanos (CIDH/Organização dos Estados Americanos-OEA), Pedro Vaca Villareal e pela representante do Coletivo Brasil de Comunicação Social – Intervozes, Olívia Bandeira, com a mediação da doutoranda em Estudos da Mídia pela UFRN, Alice Andrade.

Os(as) idealizadores(as) e organizadores(as) do evento são docentes e estudantes vinculados aos grupos de pesquisa Amaru (Observatório Latino-Americano de Comunicação, Mídias e Direitos Humanos), projeto de pesquisa do Ecomsul (Epistemologias e Práticas Transformadoras em Comunicação, Mídias e Cultura); DesCom (Epistemologias Subalternas, Epistemologias Não Essencialistas e Comunicação); e CONNAU (Convergência e Narrativas Audiovisuais), com o apoio do Departamento de Comunicação Social da UFRN e de pesquisadoras do Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (PPgEM/UFRN).

Foto: Divulgação

Para Antonino Condorelli, professor do Decom/UFRN e um dos organizadores do evento, a ação de extensão tem como propósito trazer para a visibilidade e colocar no em discussão a realidade contemporânea em suas múltiplas dimensões na América Latina, trazendo para o centro do debate as vozes que são subalternizadas neste continente pelos processos configurados pela colonialidade. “É por isso que nós acreditamos na necessidade de promover um diálogo cada vez mais intenso, plural e aberto às diversidades que permeiam o nosso continente, nossa Abya Yala”, reforça.

Condorelli diz, ainda, que é necessário que as vozes e as reflexões produzidas pelos coletivos subalternizados conheçam, dialoguem e se contaminem pelas reflexões e experiências produzidas em outros rincões da América Latina. “Nós acreditamos que esse diálogo pode ser bastante fecundo, pois poderemos plantar sementes em um solo extremamente fértil que pode permitir que elas desabrochem e produzam fragmentos de novos mundos possíveis”, declarou o professor.

PROGRAMAÇÃO

23/07 – AMÉRICA LATINA E OS DESAFIOS PARA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO NESSA DÉCADA 2020/2030

23/07 – AMÉRICA LATINA Y LOS DESAFÍOS PARA LA LIBERTAD DE EXPRESIÓN EN ESTA DÉCADA 2020/2030

30/07– MEMÓRIA, VERDADE E JUSTIÇA: DITADURAS E VIOLÊNCIA POLICIAL NA AMÉRICA LATINA

30/07– MEMORIA, VERDAD Y JUSTICIA: DICTADURAS Y VIOLENCIA POLICIAL EN AMÉRICA LATINA

06/08 – CORPOS DO SUL: GÊNERO, DIREITOS SEXUAIS E DIREITOS REPRODUTIVOS NA AMÉRICA LATINA

06/08 – CUERPOS DEL SUR: GÉNERO, DERECHOS SEXUALES Y DERECHOS REPRODUCTIVOS EN AMÉRICA LATINA

13/08 – MOBILIZAÇÕES DE MASSA, POLÍTICA E AS ESQUERDAS NA AMÉRICA LATINA

13/08 – MOVILIZACIONES MASIVAS, POLÍTICAS Y LAS IZQUIERDAS EN AMÉRICA LATINA

20/08 – UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL?

20/08 – ¿ES POSIBLE OTRO MUNDO?

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado