Com o aumento sucessivo do preço da gasolina, Rio Grande do Norte perde 25% dos motoristas por aplicativo

Com o aumento sucessivo do preço da gasolina, Rio Grande do Norte perde 25% dos motoristas por aplicativo

De acordo com estimativas da Associação dos Motoristas Autônomos por Aplicativos do Rio Grande do Norte (Amapp), o número de motoristas por aplicativo em operação no Rio Grande do Norte teve queda de 25% nos últimos 10 meses. Segundo a associação, em outubro de 2020, eram 8 mil profissionais em operação no Estado. De lá para cá, 2 mil encerraram as atividades. As informações foram destacadas neste domingo, em matéria do jornal Tribuna do Norte.

Segundo a Amapp/RN, 12 mil é o número de motoristas por aplicativo cadastrados no Rio Grande do Norte, uma vez que, ao encerrarem suas atividades, os profissionais podem continuar mantendo o cadastro nas plataformas. Na avaliação da associação, o aumento de gastos para os motoristas, relacionados especialmente aos constantes aumentos no preço dos combustíveis, são os responsáveis pela diminuição do número de trabalhadores em atuação, segundo a Amapp/RN.

“Avaliamos que, em função do cenário atual, com os altos custos dos insumos – principalmente os combustíveis – e sem nenhum reajuste nas remunerações desde que aplicativos como Uber e 99 iniciaram as operações em Natal, os motoristas buscaram outras possibilidades de trabalho e renda”, disse o presidente da Associação, Evandro Henrique Roque Pereira.

Foto: Stockcatalog/VisualHunt/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal