Com alta demanda de exportações de frutas, Porto de Natal registra engarrafamento de caminhões

Com alta demanda de exportações de frutas, Porto de Natal registra engarrafamento de caminhões

Um engarrafamento de caminhões na entrada do Porto de Natal foi registrado na tarde do último sábado (18). O fato ocorre devido a alta demanda de exportações de frutas no equipamento, o que gerou um grande congestionamento com mais de 80 caminhões que passaram o dia parados nas ruas do entorno do terminal, no bairro da Ribeira, na zona Leste da capital.

Caminhões de vários estados com cargas de melão, melancia, uva e manga faziam fila para carregar o navio ancorado no porto, que seguirá para Roterdã, na Holanda, nesta segunda-feira (20).

A falta de estrutura e demora para o desembarque foram motivo de reclamação dos caminhoneiros, que ocuparam as avenidas Hildebrando de Góis, Duque de Caxias e a Esplanada Silva Jardim. Para poder realizar as manobras, os cruzamentos no bairro da Ribeira eram fechados para que os caminhões pudessem sair.

Além das dificuldades na infraestrutura, os caminhoneiros também reclamam da logística do porto de Natal e do fato de ter que aguardar horas – e até dias nas ruas – sem acesso sequer ao banheiro.

De acordo com a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), porém, já existem medidas implantadas e em funcionamento para solucionar o problema, como o agendamento do horário de acesso das carretas ao Porto da capital potiguar, por meio de um aplicativo. Ainda segundo a Companhia, a mesma “está em tratativas para a instalação de um pátio de triagem”.

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.