Carlos Gabas, do Consórcio Nordeste afirma que ficou em silêncio na CPI do RN por ter sido convocado como investigado

Carlos Gabas, do Consórcio Nordeste, afirma que ficou em silêncio na CPI do RN por ter sido convocado como “investigado”

O fato de ter sido convocado para depor na CPI da Covid da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte na condição de “investigado”, foi o que fez com que o secretário-executivo do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas, ficasse em silêncio. A afirmação foi dada em entrevista a um programa de Mossoró, nesta terça-feira (12.out.2021).

“Tem muita gente usando isso como instrumento de disputa política, o que é muito triste, mas nós compreendemos”, considerou Gabas, em relação as acusações ao seu nome. Ele foi convocado pela CPI para explicar a aquisição de respiradores pelo Consórcio Nordeste. O Rio Grande do Norte destinou cerca de R$ 4,8 milhões, de um total de R$ 48 milhões cedidos pelos demais estados nordestinos. Os aparelhos não foram entregues e até agora o dinheiro não foi readquirido.

Segundo Gabas, ele achava que seria convocado como testemunha. “Quando vi que seria como investigado, vi que não era possível. Teve um processo, nós compramos e não foi entregue. Levei a denúncia para a Polícia e sou investigado? Logo percebi que há uma tentativa de politizar essa questão”, afirmou.

“Isso está sendo apurado no Superior Tribunal de Justiça, com a Polícia Federal, com o Ministério Público, que são órgãos da mais alta competência para fazer isso”, considerou.

Foto: AL-RN/Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado Vulcão Cumbre Vieja em La Palma não dá sinais de abrandamento Cocaína no Ceará tem tudo, menos o princípio ativo da droga Após infecção urinária grave, Olavo de Carvalho é internado novamente em hospital que atende pelo SUS em São Paulo Homem morre após ser picado na boca por cascavel em Mossoró