Preço do seguro de carro aumenta 17% em um ano no RN - Por dentro do RN
Preço do seguro de carro aumenta 17% em um ano no RN

Preço do seguro de carro aumenta 17% em um ano no RN

O preço do seguro de carro teve um aumento de 17% no Rio Grande do Norte. De acordo com o Sindicato dos Corretores e das Empresas Corretoras de Seguros do RN, que fez o levantamento, o reajuste do preço do seguro de carro está ligado aos efeitos causados pela pandemia.

Diante desse novo cenário, o resultado foi a diminuição nas renovações dos seguros no estado. No RN, essa diminuição foi de 5,5%.

O aumento representou um susto para muitos motoristas que tiveram que reajustar o planejamento financeiro para os gastos com o seguro do carro. A bancária Nancy Azevedo, por exemplo, pagou R$ 500 a mais do que no ano passado, mesmo de forma antecipada.

“No ano passado, eu paguei R$ 1,5 mil no seguro. Com o bônus que a gente tem na renovação anual, como não tive sinistro, eu esperava que o valor fosse menor. E, na verdade, foi bem maior. Foram quase R$ 500 a mais do que o valor de 2021”, contou a bancária.

Segundo a Confederação Nacional das Seguradoras, essa tendência de aumento aconteceu em todo o Brasil. No país, a média de aumento foi ainda maior: de 35% no mês de março – em relação a março de 2021.

As entidades acreditam que a majoração no preço é resultado de vários fatores causados pela pandemia da covid-19, que vão desde a dificuldade de importação de peças por causa da situação sanitária na China ao aumento nos valores de carros usados.

Desistência do seguro

Esse peso maior no orçamento levou muitos motoristas a desistirem do seguro do carro, segundo o sindicato. No país, o número de pessoas que renovaram o seguro de veículos neste semestre caiu 11% em relação ao mesmo período do ano passado. No RN, esta diminuição foi de 5,5%.

As corretoras de seguro apontam que, se o número de desistências de seguros continuarem subindo, a tendência será de um aumento de ações judiciais relacionadas a acidentes de trânsito.

“Quando acontece um acidente, se a pessoa for culpada, dificilmente ela tem aquele valor para desembolsar de imediato. A tendência é que aumentem os casos na justiça, com as pessoas discutindo quem é o culpado. Quando você contrata o seguro, você tem a tranquilidade de que, havendo um acidente, você vai ter condições de reparar”, disse Jaques Andrade, presidente do sindicato.

Com informações do G1 RN
Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

É #FAKE que o Midway Mall vai cobrar pelo estacionamento Como consultar valores a receber com o Banco Central Morre Marília Mendonça após acidente aéreo; veja fotos CINCO deputados do RN votam pelo furo do teto de gastos Após rompimento de parceria com o Flow Podcast, hackers invadem iFood, trocam nome de restaurantes e dão apoio a Bolsonaro Azul mira compra da Latam Airlines e visa à criação de gigante sul-americana Homem se dá mal após tentar jogar drogas pela janela em Mossoró Adolescente de 16 anos é suspeito de matar os próprios irmãos, de 2 e 4 anos, no Rio de Janeiro Preço da gasolina sobe 47% em 2021 e já custa R$ 7,29 em Natal após novo reajuste Cidade faz ‘recall’ de vacinação após enfermeira da Cruz Vermelha injetar água e sal na população Mulher dá à luz dentro de elevador de condomínio na Grande Natal Operação Falsos Heróis: Polícia Federal deflagra 2ª fase de operação contra contrabando de cigarros; um policial foi preso e outro afastado