Ministro da Justiça afirma que está acompanhando ataques no RN e medidas serão tomadas

Image

Secretário Nacional de Segurança avalia a possibilidade de envio de forças federais ao estado

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, afirmou que está acompanhando a situação dos ataques a cidades do Rio Grande do Norte e que medidas serão tomadas ainda nesta terça-feira (14.mar.2023).

Por meio de rede social, o ministro informou que está em contato com a governadora Fátima Bezerra e que a pasta está analisando um possível apoio ao governo do estado diante da crise de segurança pública.

“Desde cedo, o Ministério da Justiça está em contato com o governo do Rio Grande do Norte, a fim de verificar o apoio possível, à vista da crise local na Segurança Pública. Conversei com a governadora Fátima e ainda hoje medidas serão adotadas.”, afirmou Dino em post publicado no Twitter.

Durante a madrugada desta terça-feira, pelo menos 19 cidades do Rio Grande do Norte registraram ataques a tiros e incêndios em prédios públicos, comércios e veículos. O fórum de Justiça, duas bases da Polícia Militar, uma prefeitura e um banco foram alguns dos alvos dos criminosos.

Além disso, carros que estavam estacionados em ruas e em garagens públicas, e uma loja de motos, também foram atingidos.

O secretário nacional de Segurança Pública, Tadeu Alencar, informou anteriormente que monitora os ataques e avalia a possibilidade de envio de forças federais ao estado.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

MAIS LIDAS DO DIA

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal