Culinária nordestina ganha novo sabor em harmonização com vinhos

Culinária nordestina ganha novo sabor em harmonização com vinhos

A combinação de vinhos com pratos típicos nordestinos está se tornando cada vez mais popular e atraindo mais as pessoas

O Brasil tem visto um aumento notável no consumo de vinhos nos últimos anos. Segundo dados do Statista, Euromonitor e Nielsen, o consumo de vinho no Brasil aumentou, consideravelmente, durante a pandemia, uma média de 2,78 litros de vinho per capita, o que representa um crescimento de mais de 30% em relação a 2019.

No Nordeste do país, a combinação de vinhos com pratos típicos nordestinos está se tornando cada vez mais popular e atraindo mais as pessoas. O GPA, grupo controlador das marcas Extra e Pão de Açúcar, reconhecendo essa tendência, traz dicas aos clientes sobre como harmonizar essa bebida com os sabores intensos da culinária nordestina.

De acordo com Ivan Bianchi, especialista de vinhos da companhia, a primeira regra para a harmonização é que o melhor vinho é aquele que mais agrada ao paladar pessoal. O especialista do GPA também compartilha dicas valiosas, como a importância de refrigerar os vinhos da forma mais adequada, já que o calor na região é predominante durante todo o ano. Os vinhos brancos devem ser servidos entre 10 e 6 graus, enquanto os tintos devem estar entre 16 e 20 graus, para garantir que a bebida não se torne um problema durante a refeição.

Harmonizar os vinhos com a rica gastronomia regional, que inclui legumes, grãos, farinhas e uma variedade de carnes, como bode, carneiro, aves e peixes, é um desafio saboroso. Confira algumas combinações elaboradas para explorar esses desafios.

Carne de Sol: Este prato, refogado na manteiga com cebola roxa, combina perfeitamente com espumante Brut, uma alternativa aos vinhos tintos. Essa harmonização traz equilíbrio entre a gordura do prato e a acidez do espumante.

Queijo de Coalho: Com um gosto acentuado e salgado, o queijo de coalho harmoniza bem com espumantes Demi Sec, que devido ao toque mais adocicado torna a experiência mais interessante.

Linguiça de Carneiro: Temperada com alecrim e com pouca gordura, a linguiça de carneiro vai bem com vinhos de médio corpo como os da Uva Merlot.

Galinha de Cabidela: Acompanhada de cuscuz de milho e macaxeira, este prato combina bem com vinhos tintos com boa acidez, o Pinot Noir é uma boa opção.

Carneirada: Um ensopado de carne de carneiro, com um sabor levemente adocicado devido à abóbora doce utilizada, pede um vinho com mais estrutura.

Baião de Dois: Elaborado com arroz agulhinha e feijão de corda verde, este prato casa bem com vinhos brancos de personalidade e estrutura. Os vinhos Reserva da uva Chardonnay são uma boa opção.

Paçoca de Carne: Rico em sabores, este prato combina com vinho branco devido à sua manteiga acentuada.

Feijão Verde: Preparado com cebolinha, coentro ou salsa, este prato harmoniza com vinho prosecco, que cai bem com os aromas herbáceos.

Doces Regionais: Acompanhe uma seleção de doces à base de frutas com os vinhos Late Harvest, típico vinho de sobremesa.

Ivan Bianchi destaca que essas harmonizações proporcionam uma experiência gastronômica diferente. “Acredito que os amantes da culinária nordestina têm mais um motivo para explorar a diversidade de sabores da região, agora acompanhados por uma boa taça de vinho que traga harmonia e equilíbrio ao paladar”.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal