Após novo julgamento, TSE mantém inelegibilidade de Wendel Lagartixa

Image

A decisão final foi de 6 votos contra 1

Por decisão do Tribunal Superior Eleitoral, o policial militar Wendel Lagartixa não será diplomado como deputado estadual. Nesta quinta-feira (23.mar.2023), o TSE decidiu manter a inelegibilidade do político do Partido Liberal (PL), que obteve a maior votação da história da Assembleia Legislativa em 2022.

Lagartixa teve a decisão sobre sua inelegibilidade confirmada após uma ação do Ministério Público Eleitoral, que alegou que o então candidato havia sido condenado por crime hediondo e, assim, deveria ficar inelegível por oito anos após a extinção da pena. Como o prazo não havia transcorrido, o ministro Ricardo Lewandowski decidiu determinar a recontagem dos votos, dando a Ubaldo Fernandes (PSDB) o mandato.

Após o pedido de agravo da decisão, aconteceu uma nova sessão, mas o ministro Lewandowski manteve a decisão. Houve divergência por parte do ministro Carlos Horbarch, que votou pelo deferimento do registro da candidatura de Wendel Lagartixa, por entender que a mudança na lei retroagiu para prejudicar o então candidato, o que, em seu entendimento, não poderia ocorrer.

Os ministros Cármen Lúcia e Benedito Gonçalves acompanharam Lewandowski e o ministro Raul Araújo pediu vistas do processo. Na sessão desta quinta-feira (23.mar), ele retomou seu posicionamento convergindo com o entendimento de Lewandowski, e foi acompanhado pelos ministros Sérgio Banhos e Alexandre de Moraes. A decisão final foi de 6 votos contra 1.

Foto: Divulgação

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal