Estácio recebe Feira da Inclusão com produtos de empreendedores com deficiência

Estácio recebe Feira da Inclusão com produtos de empreendedores com deficiência

Evento reúne expositores que são PCDs e contribui para a geração de renda dos participantes; pesquisa do IBGE aponta desigualdade em relação ao resto da população

Celebrado nesta quinta-feira (21), o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência estimula ações para conscientizar acerca de uma sociedade mais livre, justa, igualitária e, sobretudo, inclusiva para todas as pessoas. Para contribuir com a construção dessa realidade, a Estácio recebe na data uma feira de economia criativa com a presença de expositores que são pessoas com deficiência ou familiares desse grupo.

O evento é organizado pela Associação Brasileira de Apoio à Pessoa com Deficiência (Abaped) e contribui para a ocupação e o acesso à renda dessa parte da população que, segundo dados da Pnad Contínua de 2022, tem rendimento médio real habitualmente 30,8% menor do que as pessoas sem deficiência.

A presidente da Associação e organizadora do evento, Andiara Freitas, explica que é comum que as famílias de PCDs tenham altos gastos fixos com transporte, medicação e higiene, muitos contando financeiramente com benefícios do INSS. Diante desse cenário, o empreendedorismo é uma via muito buscada para obter renda extra.

“Além do fator financeiro, ter o seu negócio é algo que contribui para a autoestima e bem-estar dos envolvidos com o empreendedorismo, porque mostra na prática como as pessoas com deficiência são capazes e podem ser parte de uma sociedade igualitária”, defende Andiara, que também é mãe atípica.

No evento, os expositores oferecem produtos diversos, como peças de artesanato, bijouteria, óleos essenciais, alimentos, entre outros itens, como livros e camisetas que abordam as questões da inclusão social.

Para Clécio Franco, gestor da Estácio, atividades dessa natureza são fundamentais para que, cada vez mais, a inclusão de pessoas com deficiência seja parte do cotidiano. “Não se trata meramente de um evento para celebrar uma data mas, especialmente, abrir espaço às pessoas com deficiência nos mais diversos segmentos: educacionais, sociais, e também econômicos, de forma igualitária e acolhedora, porque elas são capazes de ocupar esses espaços da mesma forma que as pessoas sem deficiência”, opina.

SERVIÇO – Feira da Inclusão do RN

Onde: Estácio Alexandrino (Av. Alm. Alexandrino de Alencar, 708 – Alecrim)

Quando: 21 de setembro, das 18h às 21h

Redes sociais: @feirainclusivarn

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal