Pedro Gorki assume vaga na Câmara após ida de Júlia Arruda para Secretaria de Fátima

Pedro Gorki assume vaga

Mudanças no secretariado do Estado e na Câmara Municipal de Natal. A governadora Fátima Bezerra (PT) acaba de anunciar que a vereadora de Natal Júlia Arruda (PCdoB) assumirá Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos. Com o ingresso de Júlia ao executivo estadual, o primeiro suplente do PCdoB, Pedro Gorki, assume a vaga na Câmara de Natal.

“A pasta agora será liderada pela querida Júlia Arruda, que vem contribuir com sua militância e compromisso pautados na luta em defesa das mulheres, da juverntude, da igualdade racial, dos direitos humanos e da diversidade”, diz parte do anúncio feito pela governadora. Júlia substitui Eveline Guerra, que era responsável pela pasta até então.

Quem é Pedro Gorki?

Pedro Gorki anunciou que assumirá a vaga de Júlia no Palácio Padre Miguelinho, sede do legislativo da capital. “A ida da vereadora Júlia Arruda para a Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos proporcionará a assunção do mandato popular mais jovem da história da cidade”, escreveu.

Pedro Gorki, que tem apenas 20 anos e se tornou o vereador mais jovem da Câmara Municipal de Natal, recebeu 1.250 votos na eleição do ano passado. Atualmente, é coordenador geral do Centro Acadêmico de Pedagogia Paulo Freire; já foi tesoureiro da União Estadual dos Estudantes do Rio Grande do Norte (UEE), além de também ter sido presidente nacional da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e da União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES).

Nascido e criado na Cidade da Esperança, na zona oeste da capital potiguar, Gorki esteve desde sempre envolvido com as lutas populares, tendo iniciado sua atuação política em 2012, quando reivindicava um grêmio estudantil no colégio católico no qual estudava. A partir daí, não saiu mais da luta e participou ativamente dos desdobramentos políticos e sociais das jornadas de junho de 2013, quando levantou sua voz a favor do passe livre e demais pautas estudantis. A militância de Gorki na esquerda progressista se deu por influência dos pais que, além de advogados, sempre atuaram na esquerda do Rio Grande do Norte.

Em sua postagem, Pedro agradeceu “a confiança popular e o empenho da militância, fundamentais para essa conquista”, disse. E também falou sobre as ações do seu futuro mandato: “Nosso mandato buscará encarnar as urgentes demandas da população natalense, especialmente dos que vivem na periferia”, afirmou.

Foto: Raiane Miranda

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal