Defur recupera Rolex furtado de lutador Patrício Pitbull; relógio está avaliado em R$ 120 mil

Patrício Pitbull tem relógio recuperado pela Polícia de Natal

O relógio do lutador de MMA Patrício Pitbull foi recuperado por policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Natal nesta quinta-feira (19). O objeto, da marca Rolex, avaliado em R$ 120 mil, foi roubado por uma ex-funcionária da família, que era babá dos filhos de Patrício, no mês de junho, em Parnamirim, na Grande Natal.

Patrício falou sobre a recuperação do item: “Muito se focou nas notícias sobre o valor do relógio, mas para mim ele vale muito mais pelo seu significado. Não tem preço. E ter ele de volta é algo pelo que vou ser sempre grato a todos da Defur”, escreveu em uma rede social.

Babá furta Rolex avaliado em R$ 120 mil do lutador Patrício Pitbull em Parnamirim

Na última semana, a ex-funcionária revelou que havia roubado o relógio e repassado ao companheiro para que ele o vendesse. O casal foi interrogado pela Defur e confessou o crime. Durante as investigações, a polícia identificou um dos receptadores, que apresentou o relógio na delegacia, e foi devolvido ao lutador. O investigado responderá pelo crime de receptação dolosa.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal