Bolsonaro afirma que volta de Lula seria ‘crime’

Bolsonaro afirma que volta de Lula seria 'crime'

Declaração sobre a volta de Lula foi realizada em uma live na Internet, que contou com a presença do presidente do BNDES.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a atacar o ex-presidente e provável opositor nas eleições deste ano, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em sua live semanal, Bolsonaro disse que a volta de Lula “não é um retrocesso, é um crime que se vai fazer reconduzindo à cena do crime um cara que comandou o País por oito anos”, declarou o presidente. Lula lidera as pesquisas de intenções de voto para o pleito de outubro.

A live do presidente contou com a presença do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, que comentou supostos casos de mau uso de dinheiro público no BNDES nas gestões de Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Os dois citaram, por exemplo, os empréstimos concedidos à JBS, que teria usado a verba para financiar campanhas eleitorais.

O presidente também falou dos empréstimos a outros países. “Foram fantásticos em obras fora do Brasil, em especial ditaduras”, disse Bolsonaro. Ele e Montezano citaram os empréstimos feitos a Cuba. Segundo o presidente do banco, o Brasil, por meio do BNDES, emprestou R$ 3,6 bilhões para a país caribenho com charutos como garantia.

Bolsonaro, no entanto, reconheceu mais uma vez que não houve abertura de “caixa preta” do BNDES, uma de suas promessas na campanha de 2018.

Foto: Isac Nóbrega/PR

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês